Assine aqui para receber atualizações deste blog

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

DICAS PARA DESENVOLVER A MEDIUNIDADE 4

Considerando que a maioria dos comentários são feitos em tópicos antigos (e neste tema), abro o espaço para discutirmos o desenvolvimento mediúnico.

Saravá,
Camila

56 comentários:

  1. É certo que na infância nossa mediunidade é mais forte, mais aflorada do que na adolescência. Quando adultos, ela torna a aparecer. Tinha uma grande facilidade para ver os espíritos. Posso dizer que sou médium vidente, pois ainda na adolescência consigo ver alguns irmãos em espírito, mas poucos e não como na infância. Quando a minha mediunidade for desenvolvida num terreiro para servir de médium de incorporação, será possível também desenvolver o da visão também?

    ResponderExcluir
  2. Existe um tempo pré determinado para chegar à maturidade mediúnica?

    ResponderExcluir
  3. meu nome é milena estou desenvolvendo minha mediunidade ma casa mae teresa bh tenho uma duvida. meu preto velho é pai Joao ele revelou seu nome em um sonho depois de uma incorporaçao.
    quando eu fui encorpora exu ele falou que era o Sr marabo, so que no dia eu sonhei com Sr caveira estou em duvida em qual sera? vcs podem me orientar.
    grata,
    Milena

    ResponderExcluir
  4. Milena, você pode verificar qual é a entidade através do ponto riscado.
    Se você quiser mandar por e-mail o ponto, nós poderemos te ajudar.
    De qualquer maneira, pode ser que você tenha recebido os dois e um deles irá firmar em você no futuro.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  5. Andréa, eu vejo muitos médiuns antigos estudando em busca da evolução mediúnica, mas eu penso que eles já estão no ápice da evolução, então concluo que sempre existe alguma coisa por aprender.

    Saravá,
    Camila
    3 de dezembro de 2010 18:31

    ResponderExcluir
  6. Lucas, é exatamente isso. Quando crianças, até aos 7 anos, a sensibilidade é maior. Dos 7 aos 14 anos a mediunidade fica um pouco mais afastada, voltando com mais força depois e mais ainda na fase adulta.
    Na verdade a idade que eu coloquei não é uma regra.

    Saravá,
    Camila
    3 de dezembro de 2010 18:39

    ResponderExcluir
  7. Recomendo o texto abaixo, pode esclarecer algumas "duvidas":

    http://www.paimaneco.org.br/filosofia/livro/mediunidade-07-novembro-2010

    ResponderExcluir
  8. Salve Camila! Bem, meu pé na linha está sendo intenso. Muito aprendizado mas as vezes muitas duvidas. Desde o inicio da gira eu sinto muita vibracao. No entanto, algum tempo depois de deixar incorporar sinto a vibração "diminuir".
    Aí vem a duvida, se deixo a entidade subir ou insisto me concentrando. Pois se deixo subir a vibração obviamente começa a se manifestar com força. Fui claro?alguma dica? Grato. Sarava, Weber

    ResponderExcluir
  9. Mucuiu, Mãe Camila!
    Este é um tópico bem interessante uma vez que tão logo entramos no terreiro, seja qual for, mas no caso me refiro ao terreiro que frequento, temos a "necessidade" e desejo de desenvolver o quanto antes.
    Normal. Afinal, passamos a semana inteira esperando para vestir o branco para ir para o terreiro, ver os amigos, cantar, dançar, trabalhar, incorporar. É o novo!
    Nossa umbanda é linda! Rica!
    Mas temos que ter um cuidado e uma compreensão que apenas com o tempo adquirimos.
    O desenvolvimento é permanente. E tem que ser feito na forma mais natural possível. Quero dizer que a paciência é primordial para sabermos e entendermos o momento certo de tudo que se passa ali.
    Não adianta a gente querer incorporar logo, saber os nomes das entidades que trabalham com a gente e ponto final. Até porque perde a graça.
    Nossos guias se apresentam depois de muito tempo. Temos o exemplo do maravilhoso Caboclo Akuan que de seu nome depois de 20 anos.
    Aprendi com Pai Fernando que certa vez o Pai Maneco, nosso querido e sábio preto velho, riscou num pedaço de papel um desenho onde ele mostrava a evolução do médium. E disse que guardassem o desenho para ser lembrado depois.
    Nele, o desenho, estava explicado que o médium está pronto, por assim dizer, quando ele, incorporado, utiliza todo conhecimento dos guias, sem ter as emoções mais comuns do médium. Para isso acontecer o tempo, o nosso tempo, é nosso parceiro. E a paciência nossa maior virtude.
    Aqui vão umas dicas de um médium que já foi afoito, no melhor sentido, por saber com quem trabalhava: dê tempo a você mesmo, aos espíritos, ao seu crescimento. Não queira saber quem é seu guia em tão pouco tempo de terreiro. Concentre seu esforço no seu trabalho dentro do terreiro seja como for. Converse, ouça seu pai/mãe de santo. Só ele pode te ajudar no seu desenvolvimento, afinal ele é responsável por você. Conheça a filosofia do seu terreiro. Saiba como funciona a casa onde você trabalha. Sinta cada incorporação como se fosse sempre a primeira vez. Entenda como chega a energia de seu guia. Entenda o poder dos atabaques.
    Acredito que assim você pode começar a criar uma enorme e feliz conexão com a umbanda.
    Saravá!
    Rodrigo Fornos
    Gira da 5. feira

    ResponderExcluir
  10. Depois dessa só posso dizer Saravá Rodrigo!!!
    Excelente a tua colocação.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  11. Weber, a vibração é assim mesmo, temos que sentir e nos envolver. Se resistirmos à ela, pode ser que ela passe ou que ela nos faça sentir um pouco enjoados.
    Durante a incorporação é comum que a vibração diminua, mas é ai que temos que deixar a entidade se manifestar. Se você fizer com que a entidade suba, ela não vai poder trabalhar direito e você irá sentir que a vibração está forte, é neste momento que você pode ficar um pouco enjoado.
    Consegui esclarecer a tua dúvida?

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  12. Carlos,

    vou deixar o espaço para as pessoas responderem a sua pergunta. Eu, particularmente, desconheço.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  13. Parabéns, Pai Maneco, parabéns Camila, esse blog é um dos referenciais para quem realmente deseja aprender o bom caminho da Umbanda. Estou começando o meu blog agora e apanhando muito do computador, mais fiquei feliz de ter chegado aqui. Estarei sempre visitando voceis, abraços do amigo J.L.

    ResponderExcluir
  14. Grato Camila! Toda palavra aqui é esclarecedora, sim!!!
    Saravá Umbanda!
    Saravá o grande dia de hoje pra ti!
    Weber

    ResponderExcluir
  15. Belas palavras Rodrigo! Eu sou novo e ainda tenho muitas dúvidas, muita ansiedade mas principalmente muita alegria por estar nessa casa. Antes de entrar tbm tinha esse desejo de incorporar o quanto antes. Agora não mais. Tenho sim, desejo de aprender, de evoluir, de adquir mais "intimidade" com as entidades, sem estar necessariamente incorporado (se é que isso é possível). Como são muitas as dúvidas vou colocando a medida que me são apresentadas. Por exemplo, na última gira, o "girão", incorporei Iansã, ela rodava muito rápido, caí duas vezes, uma capitã me dizia "deixa ela te levar, não tente controlá-la." Como se faz isso? Realmente estava muito díficil. Como é possível eu mesmo me soltar e deixar uma entidade agir sem minha influência? Se eu fizer um amalá ( ou vários, um pra cada orixá) ajuda no meu "relacionamento" com as entidades? Seria adequado eu estar na corrente, sentir vibração e não querer incorporar para esperar a hora que eu esteja mais preparado?
    São tantas dúvidas, se alguém puder me ajudar nessas já me sintirei aliviado.
    Parabéns Camila, certamente vc terá um lindo caminho e fará um lindo trabalho!
    Saravá!

    ResponderExcluir
  16. Camila, como vai?

    Tenho uma dúvida.
    Um espírito que trabalha na umbanda, pode se apresentar em outra religião, como espiritismo por exemplo?

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Godinho, pode desde que tenha tido outra encarnação e usar o nome dessa encarnação.

    ResponderExcluir
  18. oi queria saber como faço para descobrir quando estou realmente incorporado.
    na super gira que teve agora final de ano.
    eu acho que incorporei.
    senti como se tivesse alguma energia dominando meu corpo, mais foi apenas meu corpo, mais exato, as pernas, o restante digamos que, estava livre. Girei, e etc...
    Mais será que isso foi incorporação ou foi apenas uma vibração?

    ResponderExcluir
  19. Mauh, a incorporação é assim mesmo, você começa a sentir o teu corpo vibrar e à partir daí o melhor é não inteferir. Provavelmente você irá rodar para que a entidade "encaixe" no seu corpo. Como você continua consciente, provavelmente você estava incorporada.
    De qual gira você é?

    ResponderExcluir
  20. Eliana, quando você sentir vibração o ideal é você interagir com o ponto. Por exemplo, se um ponto fala sobre a mata, pense na mata (verde, passarinhos, árvores). Se você pensar que não consegue se concetrar, isso dificulta.
    Espero ter contribuido para o teu desenvolvimento. Qualquer coisa, nos escreva novamente.

    ResponderExcluir
  21. eu sou da Gira da mãe eli, mais vou ter que mudar para o sabado por causa de estudos

    então na verdade, aconteceu daquele jeito até que a entidade consiga "encaixar" completamente em mim, nas proximas incorporações pode ser que eu comece a sentir algo a mais? seria isso?

    ResponderExcluir
  22. oi meu nome é thairiny, por algun tenpo eu tenho ido em um terreiro de unbanda pq la mi sinto melhor e tal mas de uns tenpos pra ca tenho sentido algo diferente guando estou la dentro, acredito muito em tudo que vejo e tenho muita fé
    mas entao pelo fato de ter 16 anos e gostar e sentir coisas diferentes em meu corpo vc acha que devo proucurar um Pai de santo para eu mi desenvolver?? pq e isso que eu mas quero !

    ResponderExcluir
  23. Mauh, é isso mesmo.
    Se continuar sentindo dificuldade, pode pedir auxílio ao pessoal do meio.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  24. Thairiny, o momento certo para se desenvolver é você quem sabe. Se você se identificou com a casa e tem vontade de desenvolver, faça isso.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  25. Mãe Lucilia.

    Estou na umbanda a um bom tempo.
    Mais mesmo assim existe algumas duvidas uma delas é quando esta começando a gira sinto a energia as vibrações e creio que a entidade encosta para incorporar, porem fico consciente o tempo todo, as vezes aparenta até não estar incorporado a diferença é que tenho alguns pensamentos que não são meus porem movimentos visão são todas minhas, isso me deixa um pouco confuso, pois não sei se estou incorporado ou não...
    Sei que existe a incorporação consciente, e que as orientações vem da entidade porem acho estranho isso, se fosse para escolher escolheria a incorporação inconsciente porem DOM não se escolhe e sim você é escolhido para receber ele.
    As vezes acho que bloqueio a entidade por causa disso.

    Gostaria de saber o que posso fazer para melhorar isso estou sempre buscando conhecimento seja em cursos ou livros blogs.


    sarava,

    Leandro

    ResponderExcluir
  26. Ritz, vamos lá. Pela tua descrição, parece que você tem uma certa mediunidade sim, pois as manifestações são exatamente assim, mas ai voltamos para aquela resposta anterior, você tem que dominar o teu corpo e procurar um lugar adequado para se desenvolver.
    O fato de você ter 16 anos não interfere.
    Agora, quanto a tua outra pergunta, que você quer saber qual linha você pertence, não é bem assim.
    Essas linhas que você mencionou são as linhas da Umbanda, sendo que quando um médium está trabalhando ele recebe todas essas entidades. Acredito que você está confundindo as linhas com o orixá que você pertence, não seria isso?

    Saravá,
    Camila





    Leandro, o medium sempre é consciente. A interação do espírito com o nosso corpo faz com quem nós tenhamos total consciência de nossos atos.
    Você tem que deixar a entidade se manifestar, não ficar pensando se é você ou não, porque isso atrapalha.
    Na próxima incorporação tente fazer isso para ver se ajuda, tá bem?

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  27. Claudia, ninguém precisa desenvolver a mediunidade entrando para uma gira.Assistir os trabalhos, tomar os passes e fazer oferendas aos Orixás equilibram a mediunidade. Siga a tua intuiação.

    Saravá
    Camila

    ResponderExcluir
  28. Oi .. meu nome é renato
    Sou da linha kardecista a algum tempo deixei de participar dos desenvolvimentos e so participo agora das aulas teoricas e estudos no centro.
    Só que tenho uma duvida, me interessei pelo blog, vi perguntas bem respondidas e resolvi tirar minhas duvidas. Como eu disse faz tempo que não participo do desenvolvimento ouve uma vez que recebi um passe de uma medium que no final desse passe me deu uma dor de cabeça muito forte nunca tinha sentido algo parecido antes e a medium começou a falar perto do meu ouvido como se tivesse doutrinando um espirito, achei estar encorporado mais eu estava totalmente conciente mais de olhos fechados, no final de tudo que ela disse me perguntou "graças a deus" ? ( isso é o que os espiritos falam apos o medium ou doutrinador auxiliar o espirito ) mais minha boca não mecheu e eu não disse graças a deus, ela me perguntou a segunda vez e eu respondi graças a deus mais acho que fui eu mesmo que disse o espirito nem se mecheu para dizer nada .. pensei que ele falaria isso sozinho.! depois disso nunca mais tive outra esperiencia com incorporação não sei o que acontece ou está acontecendo.. vc pode me explicar por favor ?! abraços

    ResponderExcluir
  29. Renato, provavelmente no momento do passe ele fez o transporte de um espírito necessitado. o fato de estar consciente é comum.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  30. Saravá Camila!!!

    Parabéns pelo seu cruzamento, foi lindo, fiquei muito emocionada.

    Bem tenho uma dúvida em relação as incorporações. Existem entidades que incorporam em mais de um médium em uma mesma gira. Como isso ocorre? Pode ocorrer de ser a mesma entidade em médiuns diferentes ou só é possível entidades de mesma falange? como por exemplo S. Sete flechas. Isso também ocorre com a entidade Mama Rosa em gira de cigano. Gostaria muito que pudesse esclarecer esta dúvida.

    Axé.
    Luciana

    ResponderExcluir
  31. obrida pela resposta foi muito boa
    voce sabi algum centro bom aqui em minas gerais em bh.
    claudia

    ResponderExcluir
  32. Cláudia, eu não sei de nenhum terreiro. Mas aqui fica a resposta para caso alguém veja, te indique.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  33. Lu, desculpe a demora para responder. Obrigada pelo carinho.
    Bom, vamos lá. Confesso que sobre esse assunto eu tive que consultar o Pai Fernando, pois essa é uma questão que eu já perguntei diversas vezes ao Pai Fernando.
    Na realidade os médiuns que tem essa necessidade de saber o nome da entidade, e muitas vezes acabam se prendendo apenas aos nomes que conhecem.
    Mas é possível que a mesma entidade trabalhe ao mesmo tempo, acontece que uma entidade que está com você, não é a mesma que está em mim, em razão da questão de que a entidade soma-se ao médium, é aquela história do café com leite que juntos fazem uma outra energia.
    É evidente que por razões óbvias, as entidades que são dos dirigentes não poderão ser de outros médiuns, digo mais uma vez, por razões óbvias.
    Ficou mais claro para você? Se não, pode perguntar que nós vamos conversando, tá bem?

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  34. Ola meu nome e lucio tenho 14 anos gosto muito d umbanda quando eu vou assistir antes de começa meda arrepios fico nervoso frio na barriga um baralho na orelha que e isso

    ResponderExcluir
  35. Lucio, você vai em algum terreiro?
    Há quanto tempo frequenta?

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  36. Oii Camila Aki e o Lucio Tipo eu moro em belem aki tem um festival de yemanja na praia uma federaçao organiza entao ja tem isso a muito tempo entao desde de criança eu asisto na praia

    ResponderExcluir
  37. Lucio Tipo, acredito que teu comentário foi cortado. Favor publicar novamente.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  38. Oii camila aki e o lucio queria saber porq sinto isso meu pai e medium tambem mais nao tem terreiro

    ResponderExcluir
  39. Lucio, não entendi a sua pergunta. Você pode esclarecer a tua pergunta?
    Camila

    ResponderExcluir
  40. Aki e o Lucio Porque Quando Eu vou ver alguma gira eu começo a fica nervoso Arepios frio na barriga e ums barulhos no ouvido zumbido O que e isso ?

    ResponderExcluir
  41. Lucio,
    isso são sintomas de mediunidade, vá deixando as coisas acontecerem até tudo normalizar.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  42. eu tenho 14 anos quando eu era criança assim ums 6 7 8 anos eu via espiritos mais agora nao vejo mais porq

    ResponderExcluir
  43. Anônimo, muito embora você não tenha se identificado vou responder tua pergunta.
    Eu entendo as crianças enxergam até uns sete anos, que é a fase da inocência.
    Temporarimente essas visões desaparecem e podem voltar depois na fase adulta.
    Pode perceber que entre crianças é muito comum o amigo invisível, e isso se deve ao fato delas enxergarem os espíritos.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  44. Sarava irmãos tenho uma duvida todos dizem que vou encorporar meus guias porem eles mesmo nunca me derão um sinal de sua existencia como posso saber se afinal eles vão vim em terra alias se existe uma maneira pra isso


    Obrigado AXÉ

    ResponderExcluir
  45. Paulinho,

    continue frequentando a casa porque isso vai acontecer.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  46. Oi, meu nome é Tainá, eu frequento um terreiro de Umbanda a um ano. Antes eu ia em outros mais resolvi ficar só em um, e o que eu escolhi me agrada. Eu sempre senti vibrações, mais agora elas estão mais fortes. Quando o trabalho começa eu já sinto a entidade se aproximar, eu sinto a vibração dela e começo a tremer, ficar com as pernas bambas e ela começa a tomar conta das minhas mãos, dos meus braços e da minha perna e eu começo a tremer. Já me falaram que eu tenho toda a linha da direita e eles já estão prontos para trabalharem. Eu gosto muito de lá, mas tenho apenas 16 anos... gostaria de desenvolver, mas será que está cedo demais?

    ResponderExcluir
  47. Thay, não existe uma idade exata para o início da incorporação, porém, devido a tua idade é preciso um acompanhamento para lhe auxiliar. O interessante é que você administre a incorporação com a assistência do teu dirigente.

    Camila

    ResponderExcluir
  48. Camila,

    Meu nome é Glads. Gostaria de saber se todas as entidades quando estão incorporadas riscam seu ponto pois os meus guias, nenhum deles, ainda o fizeram. Trabalho com Jaciara,seu nome foi me dado através de um "quase" sonho que tive.. Você conhece essa entidade? pode me falar sobre ela? Seu blog é maravilhoso, como maravilhosa é essa nossa religião.

    Um abraço.


    Glads.

    ResponderExcluir
  49. Glads, a entidade risca o ponto conforme o seu desenvolvimento, então provavelmente você irá risca-lo no momento certo.
    Quanto ao nome da entidade, não conheço.
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  50. Camila,

    tenho tido muita dificuldade em saber se estou incorporada ou não nos trabalhos pois permaneço consciente todo o tempo. Existe alguma forma de termos a certeza disso? O respeito que tenho pela espiritualidade me deixa muito apreensiva de estar sendo mistificadora. Me ajude por favor!!!

    Fátima.

    ResponderExcluir
  51. Fátima,
    isso é muito comum acontecer. Você deve confiar mais nas entidades e se entregar, que com o tempo vai havendo maior interação entre vocês e não haverá mais dúvida.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  52. Ola Mae Camila, sou umbandista a quase um ano e ainda nao incorporo, entao gostaria de saber o q eu posso estar fazendo para ajudar no meu desenvolvimento. Quando estou girando sinto muita vibraçao e começo a girar muito rapido e minhas pernas começao a ficar pesadas e quentes mais do nada sinto um peso em cima de mim ai do nada eu vo e cai para tras.
    gostaria de saber sua opiniao sobre o meu caso e ganhar um conselho q possa me ajudar no meu desenvolvimento.
    muito obrigado mae camila e muito axé pra vç.

    ResponderExcluir
  53. Jhonathan,
    Quando você diz que não incorpora e relata o caso de sentir uma vibração, isso já faz parte do teu desenvolvimento. Fique tranquilo que tudo acontece no tempo certo e continue deixando a vibração vir que daqui a pouco você irá lidar naturalmente com a energia.
    Conte conosco no que precisar.
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  54. Ola mae Camila gostaria de saber porque quando estou no meio das girias girando, porque do nada eu sinto um peso vindo em minha direçao ai do nada eu vou e cai para traz?A algo que posso fazer para conseguir aguentar esta força e nao cair Mae Camila.
    Muito Obrigado e até mais um abraço...

    ResponderExcluir
  55. Jhonatan,

    Você deve dominar mais o seu corpo, mas deixar que a entidade se aproxime. Quando começar a sentir a energia, faça o que a entidade quer, não tente prender/segurar o teu corpo, porque isso faz com que você caia.
    Espero que ajude.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir