Assine aqui para receber atualizações deste blog

segunda-feira, 27 de abril de 2009

ENSINAMENTOS DE PAI DE SANTO

Como eu abri um novo tópico sobre a mediunidade, vou gravar um ensinamento do pai de santo Edmundo Rodrigues Ferro: "cavalo alisado é cavalo estragado". FMG

MEDIUNIDADE - DUVIDAS E QUESTIONAMENTOS

O Julio sugeriu e eu achei uma boa idéia abrir um tópico sobre a mediunidade, suas duvidas e questionamentos. Como ele já tinha feito as perguntas vou responde-las agora:
1ª. Pergunta: É possível depois de algum tempo nós médiuns perdermos a vibração de incorporação? Ou seja não incorporar mais? Pois um médium com responsabilidade não teria um efeito anímico oui mistificador?
Resposta: O médium pode não incorporar, mas só exercendo o direito do livre arbítrio. Ninguém é obrigado a incorporar, ao contrario, isso só deve acontecer se o médium permitir. Quanto a pergunta final eu não entendi.
2ª. Pergunta: Gostaria de saber sobre os medos e anseios, se é possível para um filho de santo ser fechado as incorporações, exemplo determinado filho incorporava, mas agora tem medo e gostaria de não desenvolver mais a sua mediunidade pedindo o “fechamento do corpo”.
Resposta: como eu disse o médium pode não querer e por isso não permitir incorporações dos espíritos, exceto se ele for inexperiente e estiver sendo alvo de incorporações de obsessores em lugar que não sejam adequados. Nesse último caso alguns fazem o “fechamento do corpo” que nada mais é do que acertar o seu perispirito. Fechamento de corpo para não incorporar só ouço falar mas nunca evidencei. FMG

sexta-feira, 24 de abril de 2009

CIGANA CARMEN

Recebi a pintura com o seguinte texto:
Olá amigos.

Mais um presente que ganhamos, esta Cigana maravilhosa que a muito tempo vem me protegendo , foi muito bacana em particular este contato pois conheci a Sra Carmen a anos atrás em uma médium que me ajudou e preparou para algumas coisas que ocorreram em minha vida, principalmente espiritual, quando fui para o Pai Maneco acabei reencontrando-a em uma médium da gira, que novamente me deu um presente continuando a conversa do ponto que tinha parado na coroa da outra médium. Depois de algum tempo recebi então mais um presente, este lindo, sábio e vivido espírito começou a trabalhar com a Mari minha esposa, que me encontou a primeira vez que pude ver sua incorporação , pois mesmo a mari não sabendo quem era ainda a cigana, nossa saudosa cigana já se mostrara para mim, brindando a alegria e eu sinceramente emocionado tive que guardar este “segredinho”da mari até ela mesma saber de quem tratava-se. Saudosa cigana Carmen que nos abençoe. Salve Sara, Salve o Povo Cigano.

Grande abraço meus amigos , hehe existem alguns outros conversando comigo agora, vamos esperar logo saberemos quem são ...

Axé

Jimmy

quinta-feira, 23 de abril de 2009

A ORGANIZAÇÃO DAS GIRAS

A Luciana Luna disse...
Poxa pai fernando, bem que o senhor podia abrir um tópico sobre as giras e seu andamento. Iria bombar! RsBjs”


Achei bom o tema. Existem fatos que as pessoas desconhecem e são bem interessantes. Vamos falar das giras, sua organização, detalhes e preparações, entretanto, só como curiosidade, vou iniciar o tópico fazendo uma revelação que provavelmente a maioria não sabe. Os espíritos quando vão incorporar eles ficam aguardando o ponto de chamada. O Exu Tranca Ruas das Almas, por exemplo, como trabalha comigo com cruzamento do oriente, quando ele é chamado para incorporar, ele vai para o oriente e aguarda o ponto cantado e quando isso acontece, ele traz consigo toda a força dos elementos daquela região. Todas as entidades ficam, nos dias de trabalho, aguardando que sejam chamados em seus lugares de atuação. A curiosidade que mencionei, é que as entidades que trabalham com os dirigentes quando são chamados atravessam o conga para trazerem a força que ali existe ao pai ou mãe de santo. Por isso que eles ficam sempre em frente ao congá. Os médiuns sem essa graduação recebem as entidades sem que elas tenham esse procedimento. Isso não é privilégio, ao contrario, é necessidade. FMG

domingo, 19 de abril de 2009

CABOCLO GUARACI

Uma pessoa fez-me a seguinte pergunta:

“Velas bicolores vermelhas com verde podem ser utilizadas na Umbanda, pelos Caboclos? Pergunto porque sempre que vou comprar velas, me pego admirando-as, acho-as muito fortes e bonitas... Além disso, hoje pensando sobre isso me veio o nome "Guaracy" na cabeça... Sei que ele é um Caboclo, inclusive tem ponto dele lá no Terreiro... A vela bicolor vermelha e verde e o Caboclo Guaracy tem alguma coisa a ver um com o outro, pelo que o Sr. saiba?”

Resposta: O Caboclo Guaraci é uma entidade fortíssima e é da linha de Oxossi, como muito bem se pode observar pelo ponto cantado. Um fato bastante curioso é que ele normalmente desce no terreiro junto com a linha de Ogum, só não o fazendo quando ele é chamado separadamente. Quando iniciei na Umbanda, eu recebia o Caboclo Akuan, mas seu nome eu desconhecia. Eu só sabia que era o Ogum que cuidava de mim. E como ele não tinha ponto cantado, ele descia sempre no ponto que dizia “Ogum Iara, Ogum Mege, Salve Ogum Rompe Mato auê...” Por essa razão e como algumas entidades de Oxossi cruzam facilmente com a linha de Ogum, não vejo nada errado em acender para ele uma vela bicolor vermelha e verde, as cores de Ogum e Oxossi. FMG

sábado, 18 de abril de 2009

JANTAR DO PAI MANECO-ONTEM

O Marcio, Didi, MãeLucilia, Aline e Rita jantaram ontem na Bahia em homenagem ao Pai Maneco no já consagrado encontro mensal. Na foto dois a comida.


sexta-feira, 17 de abril de 2009

LINHA DOS CIGANOS

O Sidney Oliveira sugeriu um tópico sobre a linha dos Ciganos na Umbanda. Espero que tenha o mesmo sucesso do tema anterior.

Em nosso terreiro a linha dos ciganos é comandada pelo Cigano Woisler, entidade que tem ligação comigo desde a minha infância. A deslumbrante Cigana Mama Rosa tem uma presença marcante nessa gira por ter sido mãe carnal do Cigano Woisler. A linha dos ciganos é considerada neutra, ou seja, aquela que não trabalha em nome de nenhum Orixá e por isso pode se manifestar na quimbanda, o que não recomendo. O certo é eles terem a sua própria gira. Os ciganos são simplesmente maravilhosos. A especialidade dos ciganos é manter a harmonia familiar, equilibrando as ações de seus membros, ajudando a parte financeira se esta for um ponto importante para o bem estar familiar. A família para o cigano é fundamental. Gostam de galanteios, insinuam-se com elegância e conservam um porte majestoso e adoram a dança e a musica. Fazem previsões através de leituras de cartas, pedras, velas e cristais. O Cigano Woisler com muita graça diz que "o cigano conhece o passado e o futuro dos outros para viver o seu presente". Está aberto o assunto. FMG

quinta-feira, 16 de abril de 2009

domingo, 12 de abril de 2009

LINHAS DA UMBANDA

Uma pessoa não identificada solicitou um pedido:

"Gostaria de receber esclarecimentos sobre,as linhas de atuaçao dentro da Umbanda ,acho tão complexo e não consigo entender.Por exemplo:Caboclo Sete Flechas,atua na linha de Oxosssi? "

Essa solicitou foi feita no texto Curiosidades, editado em fevereiro. Por essa razão faço o pedido como uma postagem nova. Vou abrir a questão pedindo ao anônimo que se identifique, pois gosto de saber com quem estou trocando idéias. Mas vamos lá: são sete orixás na Umbanda. A Umbanda está sustentada pelos espíritos dos caboclos, pretos velho e crianças. Indo pelas bordas, vamos falar dos caboclos, que são os índios e seus mestiços. Cada entidade, quando encarnada, era filho de um orixá, e por isso eles tabalham dentro das suas respectivas vibrações. No caso concreto, o Caboclo Sete Flechas, como era filho de Oxóssi, trabalha nessa linha. Para dar mais exemplos, o Caboclo Sete Pedreiras era Xangô e por isso vem nessa linha, e os Oguns têm o mesmo procedimento. FMG



sexta-feira, 10 de abril de 2009

É FALSO OU VERDADEIRO? -2-

(continuação)

É falso - pensar que a umbanda pratica o mal.

É verdadeiro - saber que a umbanda é uma religião nova, autenticamente brasileira, só pratica a caridade e prega o amor, e seus adeptos buscam, através dela, o retorno ao Criador, tendo entre os que reencarnaram em nosso planeta o nome de Jesus Cristo como sua figura máxima.

É falso - pensar que o Exu é o demônio, usa chifres e rabo pontudo, praticando a maldade ou espalhando a doença.

É verdadeiro - saber que o Exu é o mensageiro dos Orixás, são bonitos e espíritos de luz e só praticam o bem em busca da sua evolução espiritual, o que só poderão conseguir seguindo as ordens divinas da amorosa umbanda.

É falso - quando dizem que um cigano ou cigana o acompanha e querem trabalhar.

É verdadeiro - quando dizem que você tem um cigano ou cigana ao teu lado, aguardando teu desenvolvimento, ocasião em que, com ordem das entidades mandantes da umbanda - caboclo e preto, se manifestará no terreiro e nunca em casa ou outro lugar.

É falso - quando o pai de santo ou mãe de santo não responde algumas perguntas, afirmando serem mirongas de congá.

É verdadeiro - saber que o pai de santo ou mãe de santo nem sempre conhece todos os segredos da umbanda.

É falso - quando a entidade diz que você tem que desenvolver a mediunidade, senão vai sofrer muito na vida.


É verdadeiro - quando dizem que você, quando sofre a influência da mediunidade, deve mante-la equilibrada, através de frequentes vibrações em uma corrente de umbanda, sem ter necessidade de vestir o branco e fazer parte de uma gira, salvo seja feita pelo amor e vontade própria.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

FALTA ENTENDIMENTO EM TODO LUGAR

Leio sempre nos jornais que o Brasil está devastando suas florestas e o desmatamento já chega a sei lá quanto percentuais. Essas perdas das nossas matas estão rigorosamente contabilizadas, inclusive com preciosos dados estatísticos. Por outro lado não me lembro de nenhuma noticia informando que houve replantio dessa perda. Eu há trinta anos plantei aqui na minha casa duas pequenas mudas, uma de pinheiro araucária e outra de uma palmeira. O pinheiro já alguns anos produz pinhão e a palmeira está enorme. Estou imaginando daqui sessenta anos o tamanho dessas duas arvores. Isso quer dizer que, se ao invés de se acomodar as autoridades providenciassem o replantio, esse desmatamento no futuro não iria ser notado. Claro, se o governo impedir a continuidade desses cortes absurdos. O espiritismo é igual: se o homem antes de olhar para baixo para ver quem está no inferno olhasse para cima em busca de Deus o mundo dentro de alguns anos teria uma população bem mais feliz e as coisas ruins que consomem a humanidade como o álcool, a droga, o fumo, a briga, as guerras não existiriam mais. Claro, se os lideres espirituais se entenderem. FMG

domingo, 5 de abril de 2009

É FALSO OU VERDADEIRO? - 1

Eu já estive nas duas pontas da umbanda. Lá atrás, escondido entre o público, e hoje, na frente comandando a gira. Sempre tive orgulho das minhas observações. Olho tudo e todos, nos mínimos detalhes. Não escondo meu fascínio pela umbanda A primeira gira de umbanda que assisti, quando vi aquele garboso conjunto de pessoas de branco teve, em mim, o mesmo impacto como se eu visse o céu e seus anjos loiros exibindo suas asas brancas. Todos eram anjos para mim. Não faziam diferença, uns dos outros. Eu nem sabia se eram médiuns adiantados, desenvolvidos ou de qualidade. Se estava de branco, era um anjo. Não podia imaginar que fossem pecadores. Naquela ocasião eu não sabia diferenciar o falso do verdadeiro. Vou, aos poucos, transmitindo as coisas que aprendi.

É falso - pensar que os médiuns e diretores de uma gira, por pertencerem e incorporarem entidades maravilhosas, sejam puros e sem pecados.


É verdadeiro - separar a entidade do médium, e colher apenas suas mensagens, sabendo serem os médiuns tão sofredores e necessitados como qualquer um.


É falso - exigir dos espíritos só a felicidade, sem imaginar que o sofrimento possa lhe atingir.

É verdadeiro - pensar que o livre arbítrio e o carma fazem parte da essências de todos, não tendo os guias espirituais permissão para interferirem em nenhum deles.

É falso - imaginar que na umbanda os espíritos gostam de beber e fumar, como qualquer viciado encarnado.

É verdadeiro - pensar que os espíritos bebem e fumam, obedecendo a lei da magia, e, se realmente fossem viciados, ao invés de um sagrado terreiro de Umbanda, iriam incorporar nos alcoólatras freqüentadores dos bares que proliferam nas cidades. FMG

ENTIDADES DA UMBANDA EM CENTROS KARDECISTAS

Este texto foi editado e por um engano deletado. Vai novamente para constar na lista de temas editados. Peço o especial favor de quem enviou comentários, que repitam, se possivel.

“Gostaria de saber se um médium frequentador e desenvolvido na doutrina kardecista pode incorporar e trabalhar em sessões de mesa com preto-velho e boiadeiro.”

Minha resposta:

Receber e trabalhar com entidades da Umbanda não tem nenhum problema, mas só para trabalhos de cura e vibração, e nunca de desobsessão. Quanto acontece de entidades da Umbanda se manifestarem em centro espírita tradicional, é porque encontraram uma brecha na filosofia do grupo, que demonstra liberalidade para trabalhar e desapego da rígida linha kardecista. Quanto a desobsessão não é aconselhável porque grupos espíritas não têm a segurança firmada com elementos como nos terreiros.Isso pode permitir algumas infiltrações de espíritos indesejáveis. FMG

quarta-feira, 1 de abril de 2009

PAI LUIZ DE XANGÔ.VIVA O JIMMY!

O meigo Pai Luiz de Xangô.

FRASES SOLTAS

Trecho de uma frase do Rubem Alves sobre o diabo.

“De vez quando o diabo me aparece e temos longas conversas. Em nada se parece com o que dizem dele: rabo, chifres, patas de bode e cheiro de enxofre. Cavalheiro de voz mansa e racional, bem vestido, apreciador de desodorantes finos, me surpreende sempre pela lógica de seus argumentos.”