Assine aqui para receber atualizações deste blog

sexta-feira, 17 de abril de 2009

LINHA DOS CIGANOS

O Sidney Oliveira sugeriu um tópico sobre a linha dos Ciganos na Umbanda. Espero que tenha o mesmo sucesso do tema anterior.

Em nosso terreiro a linha dos ciganos é comandada pelo Cigano Woisler, entidade que tem ligação comigo desde a minha infância. A deslumbrante Cigana Mama Rosa tem uma presença marcante nessa gira por ter sido mãe carnal do Cigano Woisler. A linha dos ciganos é considerada neutra, ou seja, aquela que não trabalha em nome de nenhum Orixá e por isso pode se manifestar na quimbanda, o que não recomendo. O certo é eles terem a sua própria gira. Os ciganos são simplesmente maravilhosos. A especialidade dos ciganos é manter a harmonia familiar, equilibrando as ações de seus membros, ajudando a parte financeira se esta for um ponto importante para o bem estar familiar. A família para o cigano é fundamental. Gostam de galanteios, insinuam-se com elegância e conservam um porte majestoso e adoram a dança e a musica. Fazem previsões através de leituras de cartas, pedras, velas e cristais. O Cigano Woisler com muita graça diz que "o cigano conhece o passado e o futuro dos outros para viver o seu presente". Está aberto o assunto. FMG

38 comentários:

  1. Luciana Luna - RJ17 de abril de 2009 09:41

    Que lindo Pai Fernando!
    Não sabia que essa corrente dos ciganos cuidavam da familia. Sabia que suas energias trabalhavam com a fartura e com a fortuna...Então com isso posso fazer um amalá para cuidar da harmonia familiar?
    Pai Fernando, trabalho com a cigana Dora há 13 anos. Ela quando se apresentou da primeira vêz ela falou sua idade na época. Falou que tinha 17 anos. Pode com o passar dos anos a entidade tbém pode mudar de idade? Já que as entidades como espírito evoluem também? Pergunto isso devido a postura dela hoje. Sendo ela um pouco mais madura em seus trejeitos.
    Obrigada Pai Fenrando.
    Opcha!

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma ligação muito especial com os ciganos. Todos os que conheci (encarnados)acrescentaram muito em minha vida.Certo dia estava na Ilha das Bruxas (terra da Mãe Alice) e por estar trajando uma saia bem ao estilo cigano, uma cigana que lia a mão na praça me pediu para ver a saia e suas costuras, o que prontamente deixei .Ficamos conversando, sobre tecidos ,costuras,enfim amenidades. No final da conversa ela me agradeceu por ter conversado com ela sem nenhum receio, o que era dificil acontecer. Então ela me deu uma oração de Santa Sara Kali que eu nem conhecia na época pra me proteger pelos meus caminhos.Outra vez, eu possuía um anel muito bonito e ao chegar ao centro de Curitiba encontrei com um grupo de ciganas, peguei aquele anel e dei a uma delas desejando que trouxesse muita sorte. A cigana ficou pasma e emocionada.Fiz o que meu coração pediu que fizesse e naquela época já estava no terreiro. Após algumas semanas, na gira de ciganos ,me veio uma cigana incorporada numa médium e me deu seu anel como retribuição ao que eu tinha feito(com a condição que eu ficasse só ali na gira pra me energizar). A médium nem ninguém sabia do que eu havia feito, oque me emocionou muito mesmo, não esperava nada em troca. Todo mundo gosta dos ciganos ali bonitinhos no terreiro, mas dificilmente alguém chega pra conversar com eles na rua,pois têm medo. E o mais interessante é que nenhuma delas nunca pediu pra ler a minha mão.
    Outro fato interessante é que os ciganos europeus,como já havia comentado com o sr. Pai Fernando, eram ,no final do séc. 19 tementes a São Jorge, nosso amado Ogum.Esta história está no livro Magia Cigana de Charles Godfrey Leland, escritor que me lembra muito o proprio Pai Fernando ,com suas ponderações equilibradas e com bom humor. Axé!E saravá toda a tribo cigana do TPM!

    ResponderExcluir
  3. Luciana Luna:

    Eles se apresentam com a idade que querem. Claro que vc pode fazer uma entrega com esse sentido. FMG

    ResponderExcluir
  4. A energia do Povo Cigano é maravilhosa, é quase impossível não se alegrar com sua presença...

    Quanto a especialidade deles, as pessoas geralmente pensam que é o dinheiro ou, mais ainda, o amor / relacionamentos...

    Mas, os Ciganos viveram em grupos, não necessariamente sanguíneos, mas que eram suas famílias, suas grandes famílias, nesta Terra.. Assim, realmente a família é algo essencial para este Povo, principalmente porque os Ciganos são uma família espiritual, de coração, de alma... São almas amigas que se abençoam, e que nos abençoam também...

    Salve o Povo Cigano!

    ResponderExcluir
  5. Por que o sr. não recomenda que eles se manifestem na quimbanda?

    ResponderExcluir
  6. Pai Fernando,

    Gostaria de tirar uma dúvida, se os ciganos trabalham na linha da quimbanda pq uma entidade exemplo Pomba Gira cigana das sete saias não pode trabalhar na linha de cigano, digo isso pq a Pomba gira com quem trabalho sempre desde pequena se apresentava para mim como pomba gira cigana das sete saias, dizendo vir nas duas linhas...Só que foi me passado que ela não pode ser a mesma e que ela so pode se chamar Sete Saias não pomba gira cigana das sete saias, então ela diz para mim que vem como sete saias na esquerda e cigana das sete saias da neutra, e confesso que eu sinto ser a mesma so que na neutra bem mais leve... Poderia me ajudar.

    Beijos
    Monique

    ResponderExcluir
  7. Monique, a colocação da cigana está certa. Pomba Gira na esquerda e cigana na neutra. Quanto ao nome, ele é dela e ninguém pode obrigar alterações desse tipo. Quem informou a vc talvez desconheça que a Cigana Manon e a Pomba Gira Cigana trabalham em nosso terreiro na linha neutra,mas antes trabalhavam na linha da esquerda quando eu ainda não tinha organizado a gira dos ciganos.FMG

    ResponderExcluir
  8. Andréa, se vc verificar no comentário da Monique ela confessa que na linha neutra a vibração é mais suave. Quimbanda é para o povo da quimbanda e não para linhas neutras. E depois a gira só de ciganos é comandada por eles e não por nenhum Exu. FMG

    ResponderExcluir
  9. Um povo alegre e musical, anarquico e leal. Uma cultura complexa e intrigante. Um povo que roda o mundo ensinando e aprendendo. Contam-se belas historias sobre ciganos, mas ha muitas outras de perseguicoes, exlusoes e preconceito. O nazismo, por exemplo, reservou uma pagina triste e terrivel. E a familia bem supremo para os ciganos era o alvo principal das atrocidades dos que nao aceitam a diferença.
    abracos a todos
    Sidney Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Ah é, já ia esquecendo de comentar: nossa, que legal saber que a Mama Rosa foi mãe do Cigano Woisler... Acho muito interessante quando acontecem esses trabalhos "em família" - o que acaba tendo a ver com nossos comentários sobre o caráter "familiar" do Povo Cigano...

    Andrea, muito legal sua história, do anel... Situações como essa são muito gratificantes, e por vezes servem para fortificar nossa fé.

    ResponderExcluir
  11. Andréa Destefani17 de abril de 2009 17:40

    Pai Fernando, por favor me corrija se eu estiver errada. Como eu sempre falo a Umbanda é simples,tão simples que a gente acaba por não perceber a importância de certos aprendizados. Quando meu filho mais velho me perguntou quando era criança o que é energia, eu o fiz sentir o calor que saia da minha mão, das plantas dos bichos e falava pra ele que tudo neste universo emanava energia. Agora quinze anos depois estou aprendendo exatamente o que eu ensinei,mas de uma forma mais acentuada claro. Eu, na minha pouca experiência,acho que deveríamos,individualmente reconhecer, sentir mesmo, a energia que emana de cada linha. Energia pra mim tem "cheiro".Caboclo tem cheiro de mato. E eu sinto literalmente. Cada um faz uma leitura diferente deste processo de conhecimento. Talvez a Monique ainda não se tenha dado conta,mas ela teve um grande aprendizado. Essa diferenciação é tão importante ,pois vamos levá-la pelos caminhos que trilharmos nesta vida e ,quiçá, possa nos fazer andar por ambientes mais brilhantes e menos perigosos. Perguntei à Dona Nádia, que é mãe de uma amiga minha, e tem 55 anos de Umbanda, na qual sempre foi cambone, e foi nos visitar no terreiro há algumas semanas qual era o orixá dela. Ela me respondeu que não sabia, mas que isso nunca a interessou porque tudo o que havia pedido a eles, sempre teve resposta e se sentia filha de todos.Seus filhos tiveram nomes dados por entidades e estas sempre os protegeram(todos com mais de 40 anos já).Era a energia amorosa destas entidades e dos orixás que a fez acreditar na Umbanda. Passou por momentos difíceis de combates a demandas, de tristezas e de problemas pessoais, mas superou tudo.Isto é a sabedoria que o tempo traz. Acho que a Monique neste sentido está vivendo a Umbanda. Sentindo todas as possibilidades de energias,como os ciganos fazem em sua vida livre. Saravá ao ciganos!

    ResponderExcluir
  12. Boa noite
    Pai Fernando, e o que o senhor me diria das ciganas cruzadas com a linha dos exus? Porque essas entidades conseguem trabalhar nas duas vibrações? Já que são bem diferentes...Ou não?!
    Falo isso porque tive um caso próximo.
    A cigana Dora que trabalha comigo trabalhou na festa de Santa Sarah. Levei uma amiga que é babalorixá e ela meio que teimou em falar que minha cigana era cruzada. Mesmo eu falando que não era, ela não se deu por satisfeita...Então no dia seguinte, minha amiga me ligou me pedindo mil desculpas. Falou que a Dora apareceu para ela em sonhos. num raio de luz rosa, falando que ela não era Cigana Pombagira. Que ela havia sido cortada para trabalhar como Pombagira, e assim indo para a linha dos ciganos.
    Dora tem todas as suas coisas rosa. E nunca havia me pedido nada nessa cor...Foi intuitivamente que comprei todas as coisas dela.
    E ela me aparece numa luz rosa...Lindo! Lindo!
    Salvemos el pueblo gitano!
    Obrigada Pai Fernando por esse precioso espaço.
    Axé.

    ResponderExcluir
  13. Luna:

    Para uma pessoa experiente e pratica já é complicado entender o funcionamento da Umbanda, imagine se começarem a criar histórias em cima das entidades.Com todo respeito à tua amiga babolorixá ela não devia interferir, sugerir ou insinuar o que a cigana que vc trabalha já há anos seja pomba gira. Os ciganos quando trabalham nas outras linhas é porque eles são da linha neutra. Vou dar um conselho para vc: ouça a Dora e não aceite palpite de ninguém. FMG

    ResponderExcluir
  14. O senhor está certo pai Fernando! Eu na verdade não dei ouvidos a senhora amiga. Pois tenho convicção das minhas entidades.
    Mas queria uma explicação dessas junções.
    Obrigada.
    Axé.

    ResponderExcluir
  15. Oi Pai Fernando, conforme o Sr. pediu vou postar a pergunta que te fiz.
    Tenho o enorme privilégio de trabalhar com a Mama Rosa essa nossa querida e amada cigana.
    Lendo o seu post lembrei de uma passagem que ocorreu comigo quando eu comecei a incorporar na gira de ciganos. Ainda não trabalhava com a Mama Rosa, mas já estava incorporando. Só sei que um dia rodando lá no terreiro na vibração dos ciganos olhei para a minha mão e vi que era uma mão cheia de rugas e com as unhas pintadas de vermelho. Quando cheguei em casa falei a minha mãe: "Mãe, a cigana que eu trabalho é velha! Eu vi a mão dela e é cheia de rugas". Mal sabia eu quem era aquela cigana, que eu amo tanto.

    Também, aproveitando este espaço, tenho uma curiosidade que nunca te perguntei. Mas como foi que a Mama Rosa começou a trabalhar comigo? Sei que esse tipo de coisa não se pergunta, mas lembro que na época (há mais ou menos uns 8 ou 9 anos atrás), o Éder ainda era capitão, e numa gira de ciganos, ele pediu para que a cigana que eu estava trabalhando subir e me colocou lá no meio.. Quando cantaram o ponto da Mama Rosa ela veio e desde então eu trabalho com ela (o que me deixa muito feliz e agradecida!) Pode me explicar?
    Grande beijo e axé!
    Saravá os ciganos!

    ResponderExcluir
  16. Fabiane:

    A Mama Rosa era a chefe que quebrava panela de barro na cabeça daqueles jovens de sua tribo que não andavam como ela queria. Já essa condição de matriarca indica uma idade de uma mulher mãe e avó e, talvez por isso, vc tenha visto suas mãos cheias de rugas. As mulheres ficam velhas, mas jamais perdem a pose e a presença. E a Mama é assim. Brilhante, linda, quando chega no terreiro parece que todas as luzes se acendem, autoritária e a única entidade da linha dos ciganos para quem que o Cigano Woisler só diz sim. Espírito não tem idade e por isso ela se apresenta a todos como moça de menos de trinta anos. Os espíritos gostam de se apresentar com o duplo do corpo material sempre no tempo que tiveram passagens felizes. Vc é a terceira médium do terreiro que trabalha com ela. E vou aqui fazer uma observação que pode ser ou não significativa, mas vale como anotação, pois as três médiuns, sem uma falar com a outra, usavam o mesmo tipo de saia, cor vermelha, e o tipo da incorporação sempre igual com as três e todas elas, inclusive vc., são filha de Oxóssi. Por que? Não sei, mas vamos deixar anotado esse detalhe para quem sabe no futuro haver alguma pesquisa. FMG

    19 de Abril de 2009 12:50

    ResponderExcluir
  17. Nossa que interessante isso não? Todas filhas de Oxóssi. Será que algum dia a gente descobre todos os porquês?
    Obrigada Pai Fernando!
    bj

    ResponderExcluir
  18. Em um trabalho especial que fizemos aqui, Velho Venâncio, da linha de Boiadeiros, nos atentou sobre a importância das linhas neutras, e falou sobre os ciganos e boiadeiros.
    Contou que esses eram os únicos capazes de resgatar espíritas que seguiram maus caminhos devido a ignorância ou desespero se envolvendo em energias negativas e mesmo querendo, não coneguem sair. Os Exús são a esquerda, não são Neutros, dizia ele. Não poderiam "neutralizar" a situação para que esses recuperassem o livre arbítrio. Então entram os ciganos. Com suas "armas e firmesas" móveis, montaram muitas casas neutras resgatando essas pessoas e ensinando como praticar uma religião saudável, sem deixar as antigas dívidas para tráz. Uma cigana muito famosa por essas ações é a cigana Carmem, com centenas de casas espalhadas pelo Brasil.
    Então perguntamos a ele: E os boiadeiros? Então ele explicou que os boiadeiros trazem a energia da família. Que voltar para casa é o grande objetivo. Que tristeza é diferente de saudade. Que mesmo sozinho no mundo como muitos vivem na sociedade moderna, não podemos perder de vista nossa "morada". Como não sabemos mais onde fica nossa morada, não sentimos mais saudade, só tristeza. Então os boiadeiros vem nos trazer um pouco dessa força para voltarmos a sentir saudades e voltarmos a querer voltar para a casa, mas agora para a casa que mora dentro de cada um, onde o chão é a terra e o teto é o céu. Aqui estamos bem, é a nossa morada...
    Disse também que seria o Boiadeiro chefe do nosso trabalho o que não costuma fazer, pois não gosta de ficar preso no mesmo cavalo e no mesmo lugar, por isso só viria quando necessário.
    Mas que para ele nós éramos especias, pois nosso trabalho é feito assim, nosso Terreiro o teto são as estrelas, o chão é a terra, o Conga é o mar, e as paredes são a corrente..
    Saravá...

    ResponderExcluir
  19. Mucuiu Pai Fernando!!!
    Eu não sei se a Cigana Mama Rosa e a Cigana Rosa são a msm entidade...
    Mas um dia eu estava no meio do transito conversando com meu marido sobre uns problemas e ouvi nitidamente, como se uma terceira pessoa falasse "Fale com a Cigana Rosa", obedeci prontamente, cheguei no terreiro e fiu logo perguntar se ali no terreiro encorporava uma cigana chamada cigana Rosa, me responderam q sim, mas a medium q recebia ela não tinha chegado, mas q eu saberia qnd ela incorporasse no terreiro, e me explicaram como ela incorpora, a gira comessou e a medium faltou, fiquei chateada, pensando nossa eu precizava falar com ela, e no dia eu tinha levado uma imagem de uma cigana pra cruzar ( q foi uma Cigana em sonho q me pediu explicando como queria q fosse), eu entreguei a imagem e a Cigana da Mãe Ritinha(não sei escrever o nome dela)não quis cruzar, me disse para esperar...la pelas tantas, ela coloca a imagem no centro do terreiro e incorporam umas 5 ou 6 ciganas da forma q me explicaram, e foram todas na imagem no centro e depois me deram uma fitinha...nessa época meu casamento estava em xeque, e depois disso td se arrumou aki em casa e até um novo BB eu tive...
    Só tenho a agradecer...
    Saravá o povo Cigano!!!

    Essa coisa de incorporar igual é mt legal, na gira de boiadeiro eu incorporo uma Baiana, des da 1° vez q ela incorporou é sempre do msm jeito...sorridente, gosta de dançar, amo ela...e um dia fui na gira de segunda e vi uma medium q até então não falava mt incorporar exatamente igual, o clau q estava comigo q me mostrou e ficou impressionado, achei mt legal...

    ResponderExcluir
  20. Mucuiú Pai Fernando,
    Primeiro comentário meu no blog. Leio sempre mas comento quase nada. Tenho grande dificuldade nas vibrações das linhas neutras e das crianças. A vibração de criança sei que é um bloqueio meu, por não me sentir bem incorporado com criança (me sinto meio bobo e não gosto), apesar de ter um enorme respeito e adorar as crianças incorporadas em outros médiuns. O Sr já me falou que é bobagem isso das linhas neutras, mas tenho tentado e não está sendo fácil. Não consigo sentir uma vibração "completa" ou firme como as de Ogum, Oxóssi, Xangô, Preto-velho e Exu. Sem falar que, as poucas vezes que incorporei (acho q estava incorporado), não sabia o que fazer na gira, nem como falar e me senti estranho ficando quieto e talvez reprimindo a vibração. Help!!
    Outra coisa, um dia desses, em função da fumaça de cigarro e charuto no meio do terreiro durante a gira, fiquei irritado e demorei muito para incorporar, isso é normal? Tenho me policiado tanto com as entidades, para não levar o objeto de fumaça ao meio do terreiro, que me senti muito desrespeitado, por isso me irritei.
    Axé.
    Henrique Karam.

    ResponderExcluir
  21. Henrique, que bom que vc está comentando, afinal blog é para isso. Quanto a dificuldade de vc incorporar nas linhas neutras talvez seja porque vc não as conhece tanto quanto as outras. Eu vou sugerir que por umas duas ou três vezes vc sirva de cambono para as entidades dessas linhas. Isso servirá para vc se habituar com elas. Qualquer alteração de humor dificulta sempre. FMG

    ResponderExcluir
  22. Pai Fernando, o Sr. pode contar a história do cigano Woisler e da Mama Rosa? De onde eles vieram, etc? Também sei que ela tem outros filhos ciganos que trabalham no terreiro. Pelo menos ela assim se refere a eles. Mas seriam estes filhos dela na mesma encarnação de ciganos e irmãos do gigano Woisler?
    Obrigada!
    bjs
    Fabiana

    ResponderExcluir
  23. Posso estar enganada, mas tenho quase certeza de que uma médium de Oxum, que já não trabalha mais no Terreiro, tambem trabalhava com a Mama Rosa...

    E eu sempre tive impressão de que todas as médiuns com quem a Cabocla do Mar trabalha são de Oxóssi (já vi 3 ou 4)... Será mesmo?

    Quanto parte do questionamento do Henrique, acho que seria legal um tópico sobre os queridos Erês!

    Ah, aproveitando a deixa: já vi chamarem "ciganos mirins", e ouvi sobre os "bioadeiros mirins"... Toda linha tem sua "contra-parte infantil"? (não achei termo melhor, rs)

    Abraço.

    ResponderExcluir
  24. Ola... Pai Fernando, essa é minha primeira vez que posto aqui...
    sempre leio o blog, mais fico com vergonha de postar, hoje tomei coragem!!!
    gostaria de saber mais informações sobre essa linha (dos ciganos)
    onde eu consigo???, eu sempre tenho intuições e um nome que sempre
    vem em meus pensamentos, (Jairo), sou novo nessa caminhada,
    mais senti aqui a sinceridade desse trabalhos que é feito
    pelo terreiro do Pai Maneco, não estou desmerecendo o
    terreiro onde eu frequento, mais la não se é trabalhado com a
    linha dos ciganos... desculpe por qualquer incomodo, parabéns
    e obrigado desde já...

    ResponderExcluir
  25. Luis Fernando, seja bem-vindo e continue postando. Sobre a linha dos ciganos nosso site tem explicações mas vc também encontra em outros que falam desta linha. Quanto ao nome Jairo, talvez seja do cigano que, embora vc não incorpore dá assistencia para vc FMG

    ResponderExcluir
  26. Ola pai Fernando, Obrigado pela atenção, vou procurar as explicações dessa linha e ler... muito obrigado novamente...

    ResponderExcluir
  27. Dou-me muito bem com um cigano mas ele gosta de mim e quer namurar comigo, séra que ele pode namurar comigo sendo cigano e não me ira obrigar a casar com ele?

    ResponderExcluir
  28. PAI FERNANDO
    Possuo uma cigana,mas esqueci o seu nome. O que posso adiantar para ver se o sr descobre é; quando fui jogar com uma entidade baralho cigano,no final ela disse que não poderia me cobrar o jogo pela cigana que carrego que é muito forte. Vc saberia me informar qual é? E gostaria tb de saber porque em duas semanas seguidas pesssoas que não me conhecem, dizem ver minha cigana[coisa que era raríssimo alguem ver[uma delas me disse que ela é do Oriente]
    Obrigada e aguardo sua resposta

    ResponderExcluir
  29. Primeiro quero dizer que publiquei a mensagem mas peço que na próxima vez declare seu nome que com Anonimo está contra o regulamento do blog. Fica muito diificil dizer o nome da Cigana que vc mancionou porque a maioria delas é do Oriente e fortes todas elas são. Fique atenta com ela porque sempre uma cigana é boa companhia e se tiver alguma dado mais escreva-me.FMG

    ResponderExcluir
  30. Por favor, meu nome é Rafael Queiroz, minha falange é de ciganos e procuro informações sobre o meu cigano cujo nome é artêmio. Esse cigano é tido como "raro" e estou com dificuldades em conhecer essa minha entidade mais a fundo em sua história. Se alguém tiver informações, agradeço antecipadamente. Que a luz de Oxalá abençoe a humanidade de fé.

    ResponderExcluir
  31. Olá.
    Estou desenvolvendo e se possível ,
    Gostaria de saber se é possível a minha cigana vir na linha de baianos e de boiadeiros?
    Grata
    leoni

    ResponderExcluir
  32. Leoni,

    por se tratar de linha neutra, é possível sim, porém, depende do dirigente da gira, é ele quem irá determinar qual linha deve vir.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  33. oI GOSTARIA de saber mesmo sem incorporar se e possivel quem e minha cigana? Nunca incorporei? Estou entrando na umbanda ha 10 meses, venho lendo livros, mas primeiro estudo seu funcionamento, mas a mae de santo do terreiro que frequento me falou que minha cigana e maria rosa, como pode saber? Ny Aranha

    ResponderExcluir
  34. Ny Aranha, primeiro você deve se desenvolver, começar a trabalhar, cambonear, depois incorporara para começar a saber quem são as suas entidades. Você não deve ficar ficar presa ao nome, pois isso não é essencial para incorporação e consequentemente, o teu desenvolvimento mediunico.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  35. ola gostaria de saber aonde posso encontrar alguem que receba o cigano manolo em curitiba, pois infelizmente conheci uma mulher que so me explorou e nao fez nada para me ajudar.
    grata rebeca

    ResponderExcluir
  36. Rebeca, eu não conheço mas vou deixar aberta a pergunta para que os médiuns respondam, ta bem?
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  37. olá me chamo Simone! Não faço parte da Umbanda, mas repeito o trabalho de você, vejo que são pessoas bem instruídas e por isso venho lhes pedi ajuda,tenho 21 anos, desde de criança comecei a desenvolver as cartas, sigo alguns princípios do espiritismo, e já me falar que tenho uma guia cigana, e isso sei que é verdade porque a sinto, mas não sei o por que de ter essa guia, gostaria de saber porque, e também já recebi recados que isso fará mal a minha saúde e meu lado amoroso, gostaria que me esclarecesse essa dúvidas.

    ResponderExcluir
  38. Simone,
    Você deve procurar desenvolver e se aproximar da cigana e que jamais ela iria fazer mal na saúde e lado amoroso.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir