Assine aqui para receber atualizações deste blog

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

TEMA LIVRE -26-

Está aberto o Tema Livre 26, todavia peço que antes de acessarem ou perguntarem verifiquem no blog os assuntos anteriores para ver se já não matéria discutida. FMG

54 comentários:

  1. Alguem sabe contar alguma historia ou ensinamento dito por algum marinheiro no TPM?
    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  2. Saravá Pai Fernando,
    Vou fazer uma pergunta, e gostaria da opinião dos irmãos quanto a um assunto que me foi ensinado de maneiras diferentes, então estou querendo aprender com quem conhece melhor que eu.
    Desculpe se parece obvio e bobo demais... mas lá vai:

    QUal o significado do espelho de Oxum?
    Onde ate suas manifestações as mediuns dançam como segurando o espelho?

    Qual o significado da machadinha de Xango? Da espada de Ogum? Dos Ventos e o Bambu de Iansã? Da estrela de 6 pontas para Oxalá?

    Estou pesquisando sobre estes elementos e seus significados para comparar com os elementos utilizados pelos rituais de nação, pois cada nação provinda de uma região especifica da Africa, adota um instrumento que caracteriza o Orixa de maneira diferente, umas das outras e ate a referencia da vibração do Orixa muda...

    Mas quero saber da nossa Umbanda.
    Porque nossas Oxuns seguram espelho?
    Porque as nossas Iansas agitam os braços?
    Qual o significado disso?

    Eu sei, eu sei.. é bem obvio, mas tenho certeza que não sou a unica com duvidas neste sentido.

    Obrigada pela compreensão de sempre Pai Fernando.

    Axé
    Fabille

    ResponderExcluir
  3. Acho que a resposta esta na herança do Candomblé, acho que as poucas que ficaram.
    Se temos ainda estes nomes temos que carregar tudo que ele carrega.
    Lucilia

    ResponderExcluir
  4. JOÃO EMERSON DA COSTA.4 de dezembro de 2009 10:52

    ...FABILLE,VOU TE FALAR MINHA EXPERIENCIA COM OXUM...ME DÁ MAIS CUIDADO COMIGO MESMO,VOLTO MEU OLHAR PRA MIM,PARA PERCEBER QUE MAMÃE OXUM QUER QUE EU SEJA CUIDADOSO E NÃO VAIDOSO(COMO TALVEZ UM ESPELHO SUGIRA)...MAS VOLTAR O OLHAR PRA MIM...SABER QUE TENHO QUE ESTAR BEM COMIGO PRA ESPALHAR ISSOS TB AOS OUTROS...E QUANTOA INCORPORAÇÃO...SINTO ELA SEGURAR ALGO NA MÃO ORA ESPELHOS ORA PENTE,E PENTEIA SEUS LONGOS CABELOS(E OLHA QUE SOU CARECA).BEM NESSE MOMENTO JÁ ME SINTO MAIS FELIZ...RSRSRSR....ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  5. Pai Fernando acho que é bem legal que todos vejam a matéria que saiu na Gazeta do Povo hoje.
    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=951234&tit=Vem-de-Aruanda-ue-pra-Curitiba-ua
    Pai Beco pode cantar a musiquinha do cordão que hj nem ligo. Saravá!

    ResponderExcluir
  6. Mucuiú Pai Fernando.
    Parabéns pela reportagem da gazeta do povo de hoje. Sou uma filha nova na sua casa, mas de idade avançada, então, descobri através da reportagem ,que o senhor trabalhava num terreiro aqui do Pilarzinho, onde moro desde que nasci. E fiquei pensando, será que, por acaso da natureza, meu pai ( carnal ), não era integrante da sua casa? Ele chamava Rubens Quadro, era catarina, incorporava Seo Ubirajara , trabalhava como delegado e na Ico Comercial,e voltando minha fraca memória no tempo, parece que me lembro de ouvir seu nome. Se assim for, ficaria muito feliz de saber que a minha família já vem de muito tempo trabalhando na mesma casa que hoje a minha geração também trabalha ( eu e filho). Se o senhor tiver alguma lembrança sobre isto, por favor meu Pai,responda minha postagem.
    Para mim é importante , por que agora , cada vez mais, sinto que não foi só acaso que me levou ao TPM. Que súbita alegria tomou conta do meu coração, coincidência ou não, nesta semana, conversei com Seo Ubirajara e ele me disse coisas que tem haver...ví o olhar do meu Pai ( carnal ) nos olhos deste médium....e lhe digo, foi muito emocionante as palavras ditas por ele. E agora talvez esta sua confirmação,deixa selada uma suspeita que eu tinha deste reencontro . Mais uma vez , meus parabens pela reportagem que enaltece seu trabalho e sua existência.
    Sou filha do Pai Léo, e trabalho em sua casa , nas quartas -feiras, com muito carinho e orgulho.
    Tenho pouco tempo de casa, não tenho ainda entidade definida ( nem sei se tenho ...).Mas estou muito grata pela acolhida e por todo o carinho e atenção,que aí recebo. Saudações meu Pai, e grata pela compreensão.
    Muito axé...
    Eni Lúcia Quadro Cunha.

    ResponderExcluir
  7. Fernanda Garcez -- Floripa SC4 de dezembro de 2009 11:27

    Pai Fernando, bom dia!!
    Vim apenas postar aqui também o link do artigo do José Carlos Fernandes, publicado na Gazeta do Povo de hoje e que fala so sr e sua trajetória até montar o Terreiro do Pai Maneco. Vale a pena aos irmãos de longe lerem!

    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=951234&tit=Vem-de-Aruanda-ue-pra-Curitiba-ua

    Beijo e bom final de semana a todos!

    ResponderExcluir
  8. Em tempo:
    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=951234&tit=Vem-de-Aruanda-ue-pra-Curitiba-ua

    Pai Fernando...
    Fantastica coluna... Nao contive a boa e sadia gargalhada do lado de cá do monitor.
    Adorei a coluna enviada pela Fer de Floripa.
    Isso é um retrato do trabalho destas almas ai de Curita que reflete no Pais todo!

    Saravá ,
    Fabille - Brusque - SC

    ResponderExcluir
  9. Eni Lucia, seja bem-vinda ao blog. Tenho muitas lembranças da casa do Ferro, mas na verdade os nomes nunca eram os verdadeiros, pois todos tinham apelido. Por um acaso seu pai tinha um? Qual a época que ele trabalhou lá. Obrigado pela menção da reportagem. FMG

    ResponderExcluir
  10. Acho que aqui tem muita gente que é fã sua hein, Pai Fernando? O sr já é nosso pop star, inclusive a foto que está lá que a Mãe Lucilia fez comprova isso....Saravá!

    ResponderExcluir
  11. João Obrigada.
    Realmente eu gosto de ouvir as experiencias e o conhecimento sobre determinado tema por outras pessoas para que eu possa refletir sobre as minhas proprias observações.

    Abraço Fraterno!
    Fabille

    ResponderExcluir
  12. Fernandão na Gazeta tá demais! Com asas e tudo. Sensacional o artigo do Fernandes, não deixem de ler:

    http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=951234&tit=Vem-de-Aruanda-ue-pra-Curitiba-ua

    "Não verás um lugar como esse" É mesmo!
    Dá-lhe TPM!
    Saravás.
    Leo

    ResponderExcluir
  13. Saravá Pai Fernando!

    Muito legal o artigo 'Vem de Aruanda, uê, pra Curitiba, uá', do José Carlos Fernandes na Gazeta de hoje.

    Mas o que ficou mais porreta mesmo foi a foto da Lucília com o trabalho de arte do Felipe Lima. Uma beleza mesmo, já salvei aqui!

    Axé / Ronald

    ResponderExcluir
  14. Bom voltando ao que a Fabille havia falado eu acredito que entendo hoje um pouco mais de Yansã. Os ventos são a energia do movimento que Yansã causa, para realmente quebrar coisas estáticas, paradas. Uma energia parada é como a propria água parada que cria limo. Então na medida em que Yansã se move vai quebrando estas, vamos dizer crostas de estagnação, e trazendo ou possibilitando uma vinda de energia renovadora. Ela possibilita a mudança e a renovação em seus movimentos e o bambu é, para mim, sua representação máxima, pois se estamos em uma religião de combate, Yansã é uma guerreira aguerrida, ou seja ,não sobrevive sem estar lutando por algo e como ela o bambu verga mas torna a se levantar. Senhora das almas, no meu entender, porque os espiritos desencarnados tem que continuar seu processo evolutivo e não podem estagnar neste plano, então esta é a função dela. Apesar de desencarnados estão naverdade em uma vida nova. Yansã também está na cachoeira gerando energia e força para que as almas se purifiquem e sigam seu curso.Ela é a luz do raio que cai com força as vezes em nossa vida, com a intenção de que tomemos umadecisão rápida de para onde ir. Acredito que Yansã é mal compreendida, porque se fala pouco deste orixá maravilhoso.Eparrey Yansã!

    ResponderExcluir
  15. Mucuiu Padrinho.
    Xik demaasss a reportagem sobre Fernando...
    Orgulhoso por seguir o caminho aberto por ti meu pai.
    Feliz por fazer parte do movimento, que vai levar o nome, e a energia da umbanda leve, capaz de fluir no coração de todos que conhecem a doutrina manequiana passada pela sua sapiência.
    Parabéns e muito obrigada.
    Axé.
    Kiko - TPM são Paulo.

    ResponderExcluir
  16. Andréa,não concordo quando vc disse que se fala pouco sobre Iansã. Mesmo no nosso Terreiro Iansã é mais chamada que as outras linhas femininas. FMG

    ResponderExcluir
  17. Não falei neste sentido meu pai. Falei que se fala pouco no sentido de estudo deste Orixá.E disse muito acertadamente a Mãe Lucilia que o conhecimento que temos vem do Candomblé.De forma alguma isso foi uma crítica, mas mais na realidade uma colocação para que observemos mais seu campo de atuação.

    ResponderExcluir
  18. BOM DIA!

    Gostaria de informar que a gira do Pai Maneco segmento Rio de Janeiro foi suspensa, por motivos de segurança. Pois terão dois jogos de futebol próximo ao terreiro e a prova do Enem. E as respectivas ruas serão interditadas!

    Ainda marcaremos a próxima data.
    -----------------------------------

    Pai Fernando muito boa essa matéria do Gazeta. Muito divertida e esclarecedora! Parabéns!!!

    Bom fim de semana a todos!

    Axé/Luna.

    ResponderExcluir
  19. Tio Boa Tarde!

    Boa tarde a todos

    Postarei novamente a minha dúvida que ainda persiste, se o Sr achar inoportuna não precisa postar. Bjos

    Tio me responde uma dúvida que surgiu ao ler as postagens, estava lendo que o Exu Tiriri foi irmão do Sr Tranca Ruas, eu trabalho com o Sr Tranca Ruas e minha prima que a considero como mais que irmã e olha que tenho muitas mas é só com ela este sentimento e muitas de nossas entidades possuem ligações já comprovadas por eles mesmos, ela trabalha com o Sr Tiriri e eles qdo estão em gira sempre trabalham juntos, a minha pergunta é: Há alguma explicação para isto? Pq será que nossas entidades (minha e dela) tem os mesmo relacionamento que nós as médiuns que trabalahm com elas? Existe alguma explicação em atrairmos este tipo de entidade?

    Sei lá acho que ficou meio confuso, mas é do jeito que estou agora....

    ResponderExcluir
  20. Joyce, o fato dos Exus Tranca Ruas e Tiriri trabalharem na mesma vibração não quer dizer que tenham sido irmãos carnais, por isso não acho que vcs tenham afinidade pelo parentesco. As duas entidades sempre se aproximam nos terreiros e por uma provavel coincidencia eles incorporam em vcs. FMG

    ResponderExcluir
  21. Pai, quero usar este espaço para recomendar à todos assistirem o filme Besouro.Lá assistimos a história de um Capoeirista.Ele encontra com Exú,OXum,Iansã e Oxossi lhe cura.
    Lição de fé e retrato das forças da natureza.
    Lucilia

    ResponderExcluir
  22. Pai Fernando gostaria de saber quais são os limites de nossa ajuda ao próximo. Há muitos anos atrás quando o meu filho mais velho tinha seis anos ele estava com febre e eu tentei puxar aquilo pra mim.Ele me olhou sem eu ter dito nada efalou que aquela febre era pra ele e não pra mim. Desde então não faço isso com meus filhos, mas desde que entrei na Umbanda peço sim o apoio das entidades quando eles estão doentes.Eu acredito que uma das coisasmais difíceis na caridade é ajudar quem pede ajuda, poisacabamos por nos preocupar com as pessoas que amamos.Saravá!

    ResponderExcluir
  23. Eu e Desi fomos e amamos e tb recomendamos. Um excelente filme.
    Sidney

    ResponderExcluir
  24. Desirée - Curitiba - PR7 de dezembro de 2009 14:28

    Fiquei mto emocionada por assistir em curitiba, shopping barigui um filme retratando nossos orixas. Fiquei sem voz na 1a cena em que aparecem. Atencao especial ao Exu que é TUDO no filme Mto bom! vale mesmo ver.

    ResponderExcluir
  25. Desirée - Curitiba - Pr8 de dezembro de 2009 02:12

    Pai Fernando, tão linda a entrevista da Dona Velha do Cemitério no site do Terreiro. O senhor podia publicar aqui num topico a parte, tem tantos ensinamentos ali sobre a Quimbanda e Umbanda e eu tive dificuldade de encontrar no site.... abracos

    ResponderExcluir
  26. Andréa, dificil responder a pergunta. Talvez nosso limite seja até onde não nos obrigue o envolvimento no problema de quem estgamos ajudando. FMG

    ResponderExcluir
  27. O rio é de Oxum, aiê-iê-o... O lago é de Oxum, aiê-iê-o... Águas de Oxum, aiê-iê-o... Aiê-iê, Oxum, aiê-iê...Água da cachoeira, aiê-iê-o... Força da cachoeira, aiê-iê-o... Água cristalina, aiê-iê-o... Aiê-iê, Oxum, aiê-iê... O rio passa na mata, aiê-iê-o... Na pedra uma cascata, aiê-iê-o...
    Oxóssi e Xangô, aiê-iê-o... Aiê-iê, Oxum, aiê-iê... Um vento na campina, aiê-iê-o... O rio corta a campina, aiê-iê-o... Iansã e Ogum, aiê-iê-o... Aiê-iê, Oxum, aiê-iê... O rio encontra o mar, aiê-iê-o... Nos braços de Iemanjá, aiê-iê-o... Mãe de Oxalá, aiê-iê-o... Aiê-iê, Oxum, aiê-iê...
    Saravá Mamãe Oxum...
    08 de dezembro...dia de Oxum!!!
    Jan - Ctba - Pr

    ResponderExcluir
  28. Oi Pai Fernando, com relação ao que a Andréa disse sobre "puxar" pra nós sofrimentos de outras pessoas. Uma entidade me disse que, por compaixão, eu faço isso, e que nem ela aguentaria segurar para si,e que como ela faz, eu deveria mandar pra Oxalá.
    Me lembro, principalmente depois que minhas filhas nasceram, pensar que se eu pudesse gostaria de livra-las do que estavam sentindo, pra mim vê-las com qualquer tipo de sofrimento é pior do que eu senti-lo. Não sei se foi aí que comecei a agir assim, e nem sei se é assim que puxamos coisas de outras pessoas pra nós. Depois do alerta, penso em Oxalá quando vejo qualquer pessoa sofrendo. O problema é que não consigo deixar de ficar muito triste nestas ocasiões e tristeza não ajuda ninguém, não é? Tenho consciência que não sou forte o suficiente para ajudar todos que sofrem e quero me reeducar. Evoluir não é fácil, né Pai Fernando? O que devo fazer? Como não guardar pra mim uma coisa que se instala sem qualquer controle?
    Pois é Pai Fernando...balanço de final de ano (rsrs) para que no próximo eu esteja um pouco melhor.
    beijo

    ResponderExcluir
  29. MUCUIU PAI FERNANDO!!
    GOSTARIA DE SABER SE HÁ ALGUMA "CONTRA-INDICAÇÃO DE FAZER UMA ENTREGA PARA OXUM na LUA MINGUANTE!!! PRECISO FAZE-LA E ESTAVA PREPARANDO PARA HOJE! SERÁ Q O SR PODE ME ORIENTAR?? GRANDE ABRAÇO HELVIANY

    ResponderExcluir
  30. Helviany, nada contra, Espero que tudo corra bem. FMG

    ResponderExcluir
  31. Seo Fernando, Boa tarde

    Gostaria do endereço do Pai Maneco do Rio.
    Obrigada, Rosangela.

    ResponderExcluir
  32. Pai Fernando,

    para a próxima festa "NÃO BATA A CABEÇA À TOA" foi pedida a colaboração de médiuns que soubessem ler cartas e outros tipos de oráculo; de médiuns que soubessem psicografar e assim por diante.
    E AÍ ME SURGIU A SEGUINTE DÚVIDA: como que eu, um médium iniciante na Umbanda posso desenvolver este tipo de atividade/mediunidade ? Como posso aprender a psicografar ? Preciso da orientação do pai/mãe de santo ou posso organizar ou fazer parte de um grupo de estudo, sem ligação com a Umbanda ? Hj existem vários livros q ensinam técnicas de psicografia e assim por diante, posso aplicar o que está escrito nos mesmos ? E o Tarot ? Basta comprar um baralho e ler um ou outro livro ? A mesma coisa vale pros búzios ?
    Agradeço desde já.

    ResponderExcluir
  33. Pessoal ligado na área que o Nilzo mencione, pode explicar? Será uma explicação bem interessante e oportuna. FMG

    ResponderExcluir
  34. Maura, o importante é vc entrar em contato com a entidade que vc trabalha, isso vibratoriamente, porque se vc deixar por conta dela a tentativa da ajuda com certeza a tua emoção não será afetada. FMG

    ResponderExcluir
  35. Pai Béco de Oxóssi8 de dezembro de 2009 21:03

    Mucuiú! Pai Fernando.
    Rosangela. o terreiro Pai Maneco do Rio De Janeiro foi dividido em dois grupos e ainda não sabemos onde serão instaladas as sédes. Mas, aguarde notícias que tão logo sejam definidos os locais, faremos ampla divulgação, inclusive através deste espaço, para dar continuidade deste trabalho que, temos certeza, será a extensão do TPM no Rio de Janeiro para a satisfação de todos os filhos desta casa. Axé! Pai Béco de Oxóssi.
    Ps. Pai Ronald, não fique triste que um ano passa logo e, quem sabe, o teu time volte para a série A.
    Pai Mauro, mais uma vêz Parabéns pelo Mengão.

    ResponderExcluir
  36. No meu parco entender Nilzo a questão da psicografia resume-se ao seguinte: você "ouvir" o que as entidades ou recém desencarnados tenham a dizer.Precisa sim de prática e uma prática razoalvel para que você saiba reconhecer quem está falando contigo. Funciona assim: é como se alguém te ligasse e depois de um tempo você nem precisasse que a esse alguém se identificasse,pois já reconhece pela voz. Quando eu leio o que Pai Fernando escreve simultâneamente na minha cabeça "escuto" a voz dele.
    Com o tempo e com a prática na Umbanda vamos reconhecendo as entidades que trabalham conosco, e aprendemos a escutar e a perceber a energia destas entidades. Com isso fica mais fácil a comunicação e também as psicografias. É necessária esta identificação Nilzo porque as vezes acontece de aparecer algum espírito mais carente e te ditar algumas inverdades que pra ele sejam reais, e podem sim a vir assustar um médium mais novato. Te digo que as vezes recebo mensagens ruins ,mas quando percebo imediatamente paro e espero outra oportunidade.Aconselho que se a pessoa que for nova na Umbanda que não faça psicografias em casa e deixe para fazê-las no terreiro,pois ali você terá gente pra te orientar melhor.Olha no começo eu escrevia ao lado dos atabaques e o barulho nunca me incomodou,pois a voz das entidades vêm do coração e não tem o que atrapalhe isto.Uma mente aberta sempre dá vazão a grandes comunicações, tenha a certeza disto.Não cabe a quem escreve julgar o que foi ditado, me entende? As vezes pra alguémreceber uma linha onde esteja escrito por exemplo:Está tudo ok, vá em frente! tem um significado maior que quem escreve pode julgar. Então resumindo psicografar é ter a mente aberta, não julgar a mensagem e ter respeito por quem vairecebê-la e por quem está ditando.Espero ter sido clara. Saravá!

    ResponderExcluir
  37. olá

    Obrigada senhor Beco. Mas alguém tem uma previsão, ou alguém que eu possa contactar?
    Moro no Irajá e conheci o Pai Maneco pela internet.
    Obrigada seo Fernando.
    Rosangela

    ResponderExcluir
  38. Sarava Pai Fernando,
    Com sua licença, peço para responder ao Nilzo quanto a psicografia, como uma experiencia prática.

    Oi Nilzo.
    Como não é mistério aqui no Blog, frequentei alguns anos centro espirita com orientação universalista do Mestre Ramatis.
    Dentre as atividades que fiz parte, estava o estudo doutrinario e as técnicas de mediunismo, aplicadas pelos dirigentes e pelos médiuns mais experientes da casa.

    O que eu vi e presenciei neste interim, me mostrou o quanto oportunizar para a descoberta e o burilamento de outras faculdades mediunicas em um grupo pode vir a ser interessante, pois vai da iniciativa do dirigente da casa, estabelecer o estudo condizente com a prática aplicada e conduzir sob a orientação do mentor especifico.

    Por exemplo, estamos batalhando para abrir a Associação Espiritualista Fraternidade do Triangulo Divino - Casa do Caboclo Sete Penas, aqui na minha cidade.
    E não qual foi nossa surpresa em saber que o "chefe" responsavel pela doutrina e desenvolvimento mediunico será o Caboclo Pena Branca.
    Então penso que o desenvolvimento de outras mediunidades, sejam elas quais forem, depende da oportunização da casa em disponibilizar pessoal para conduzir esta forma de desenvolvimento e da vontade do médium, em estudar e viver a reforma intima, como uma disposição facilitadora das entidades benfeitoras responsaveis pela comunicação entre os planos.

    No livro Missionarios da Luz, do André Luiz com Chico Xavier, encontramos uma literatura sobre mediunidade muito bem elaborada, onde com as explicações e estudos do estimado médico e espirito André Luiz, nos conta em minuscias as tentativas de psicografias nos centros, e a dificuldade encontrada pelos bem feitores espirituais para se utilizar de bons mediuns para suas atividades no astral ou em comunicação com o plano terreno.

    Acho que pra tudo deve haver merecimento, inclusive para caridade.
    Nada é impossivel, mas depende de nós fazermos por merecer que as coisas aconteçam.

    Eu mesmo, posso dizer que durante os trabalhos de mesa branca / desobsessão, psicografei receituarios e mensagens de alguns espiritos quando se tratava de obsessão entre parentes.
    E em uma unica vez, psicografei as diretrizes do mentor da casa para cada aluno do estudo doutrinario, que sinceramente nao lembro o que foi escrito ou como foi escrito, pq estava nesta oportunidade sob forte transe / concentração devido a responsabilidade de causa.

    Entao acho que é bem possivel a Umbanda utilizar estas ferramentas da espiritualidade, é a minha opinião, e como o telefone toca de lá pra cá, ele deve estar funcionando para que possamor ouvir seu toque.

    Sarava fraterno.
    Fabille

    ResponderExcluir
  39. Salve Pai Fernando, mucuiú, salve a todos.

    Rosângela , meu email é monteiro.mauro7@uol.com.br.

    Vc pode me contactar a vontade. Estou na dependência de confirmar a data da proxima gira porque aonde ela acontece, ainda nao sei a data do recesso, o que saberei na proxima sexta ou sábado.

    Mas é bem provável que dia 20 de dez aconteça.

    Saravá !

    Mauro Monteiro ( Mauro de Ogum )

    ResponderExcluir
  40. Sobre o TPM-Rio, me permito discordar de uma palavra que meu querido P. Beco usou... Dividir....
    Posso trocar por multiplicar? Pelo que conheci das pessoas que estao nesse projeto o TPM foi multiplicado, pois um só é pouco para uma essa cidade maravilhosa!
    Saravá TPMs
    abraços
    Sidney Oliveira
    CtbaPR

    ResponderExcluir
  41. Joyce
    Vc recebeu o email? conseguiu abrir os artigos que mandei ?
    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  42. Bom Noite a todos!
    Mucuiú Pai Fernando!

    Pai Fernando, conheço a representação pelas imagens dos 7 Orixás cósmicos cultuados pela nosso terreiro q são sincretizadas por santos Católicos ( São Jorge, São Sebastião, Santa Bárbara.....), sei tb q a nossa Umbanda “Pés no Chão” é Umbanda Pura e não é “traçada com nada”, e desde já gostaria de dizer q esse é um dos principais motivos de ter escolhido este Terreiro o qual me orgulho muito, mas gostaria de entender pq nossos Orixás só são representados por imagens de Santos Católicos e não tb por imagens do Candomblé? Pois pesquisei e observei q os nossos 7 Orixás tb tem imagens, diferentes de Santos Católicos, no Candomblé. E q fique bem claro Meu Pai q meu desejo não é uma mistureba (Umbandomblé) como existe em alguns terreiros aki do RJ e sim mostrar apenas mais uma das plurais riquezas q a Umbanda possui e q tb pode ser explorada nos Terreiros, claro q se o Srº achar q tem alguma relevância.
    Ogunhêeee!
    Axé!
    Bruno TPM/RJ.

    ResponderExcluir
  43. Oi Tio Fernando bom dia!

    Bom dia!

    Sidney

    Não recebi nada ainda, peço que encaminhe para o joyce.regattieri@komando.com.br

    Esse é mais fácil.

    Obrigada pela atenção

    Bjos a todos

    ResponderExcluir
  44. Bruno, na verdade o sincretismo na Umbanda só existe com a Igreja Católica. Repare que na sua fundação a primeira Tenda, Terreiro ou Casa de Umbanda é a Tenda N.S. da Piedade, a primeira do Brasil e que existe até hoje em pleno funcionamento. As outras casas fundadas pelo sr. Zélio, por ordem do Caboclo das 7 Encruzilhadas tamb´´em têm nome de santos da Igreja Católica. Eu gosto do meu Ogum, Jorge, o matador de dragões, porque ele era santo e seu titulo foi caçado pelo Vaticani. Quem sabe no futuro alguém resolva fazer o mesmo na Umbanda. Mas até lá ficamos assim. FMG

    ResponderExcluir
  45. Bom dia a todos!

    Pai Fernando uma curiosidade...

    antes da virada do Ano fala-se de Orixás que irão reger o anado e suas influências energéticas na politica, saude, econômia e até nos fenômenos naturais. Isso realmente acontece?

    E dentro do Terreiro também influencia, tipo nas firmezas, nas oferendas e trabalhos no decorrer do Ano?

    Axé, obrigada

    Anna RJ

    ResponderExcluir
  46. Anna, aprendi que na Umbanda e ou na religiosidade existem varias formas de suas manifestações dentro do planeta e por isso não posso dizer que as previsões feitas para o ano que se aproxima não existem. Eu não as sigo mas creio nelas. As influencias dos terreiros através de seus trabalhos e obrigações nada têm nenhuma influência. FMG

    ResponderExcluir
  47. Rê disse...
    Desde pequena vejo vultos, escuto vozes, sonho com coisas que acontecem e sinto quando alguém pensa algo sobre mim, no começo era sobre mim, parece q leio mentes mas na verdade não acho q seja isso, talvez só loucuras da minha cabeça, mas nunca consegui me comunicar com eles.Qdo eu tinha 9 anos eu disse pra minha mãe q sentia q com 30 eu iria morrer, eu sentia uma forte mudança...Sempre evitava ter que ver ou falar com eles, primeiro por medo e depois por acreditar q fossem espiritos maus.Minha familia sempre foi religiosa, do lado evangelico.
    Entaum, houve um tempo q isso começou a ficar intenso e procurei os Kardecistas, frequentei mas pude sentir que ali não era pra mim, me senti muito bem, chorei varias vezes pois a emoção era forte, mas sabia q não era meu lugar.
    Entaum, eu não queria mais isso, fumava maconha pra essas coisas desaparecerem, só assim eu não sentia a ansiedade q sentia quando falava ou via algo espiritual, qdo eu sonhava com algo eu tinha paralisia do sono e queria acabar com isso, usando drogas.Mas há 6 meses, senti uma cobrança dentro d mim, sempre soube q tinha uma missão e fugia dela...então eu humildimente me arrependi d tudo q ja fiz e pedi perdão a Deus, e pedi q iluminasse meus caminhos q me fizesse então enxergar qual era a missão.Então, drasticamente d uma forma inesperada, um desconhecido me chamou pra trabalhar em São Paulo e ele me disse q eu chorei tanto pra Deus q Ele ouviu e resolveu me ajudar...eu acreditei nisso e vim, aqui conheci a umbanda, tinha preconceitos contra essa religião, mas agora estudando um pouco, percebo q fui errada!Detalhe essa mudança na minha vida aconteceu bem no mês em q fiz 30 anos...Qdo comecei a frequentar tinha espiritos comigo que precisavam ir embora, q me seguiam, eles me limparam...Eu me sinto bem no centro ainda não comecei o desenvolvimento por medo, por que não acredito em mim, não acho que seja merecedora disso, e ouço vozes me dizendo q eu vá embora, q isso não é pra mim, mas no centro eles dizem q não há ninguém comigo, como pode ser?As vezes eu vejo q há outra pessoa em mim e ela quer q eu volte na vida q era antes.Será q é loucura? Eu não uso mais drogas há 6 meses.As vezes eu sinto tanta ansiedade, tanta tristeza do nada, não há motivos,tanta raiva...desconto em pessoas, animais, eu tô com medo d mim...por que eu não era assim e no centro eles dizem q não há nada comigo...entaum eu deduzo q sou louca?

    12 de dezembro de 2009 14:01

    ResponderExcluir
  48. Rê, fiz a mudança de sua postagem para o tema livre 26, por ter achado de grande importancia essa tua coloção de uma pessoa que sofre pela sua mediunidade da videncia e da influencia dos espiritos. Vc está no caminho certo, mas com o erro do medo. Vc tem que enfrentar a solução de sua mediunidade, e quanto mais drogas vc usar vai ser pior. Converse abertamente com a pessoa que está orientando vc., ponha o branco e se prepare mnediunicamente para incorporar as entidades que te protegem. Tenho certeza que logo vc vai equilibrar tudo e vc será uma médium de grande utilidade em favor dos teus semelhantes.Não deixe de nos escrever contando tua história, não só a presente como a futura. Fique certa que já vi casos e casos iguais ao teu e todos se normalizaram. Separe totalmente a realidade da fantasia ou dos recursos que não fazem parte da simplicidade da Umbanda que logo vc estará bem e confiante. FMG

    ResponderExcluir
  49. boa noite, com certeza este tema já foi abordado,
    mas como muitos só agora tive coragem de perguntar: Sou medium conciente, e minhas duvidas
    são muitas, ex. no terreiro os guias dizem que veêm outros guias, já eu nada, tenho medo de dar passes, pois não enxergo e nem sinto nada, será
    que estou mesmo incorporado. como pereceberam estou totalmente perdido.

    ResponderExcluir
  50. Salvador, o que está aocntecendo com vc é comum acontecer com todos. Fiqued tranquilo, tenha paciencia, mas deixe de falar com os dirigentes. FMG

    ResponderExcluir
  51. em um centro annterior ao que estou, gurava-mos
    para de caboclos marinheiros, já neste centro
    esta linha não é acionada, como os fica os guias que já vinha em desenvolvimento no centro anterior?

    ResponderExcluir