Assine aqui para receber atualizações deste blog

quarta-feira, 13 de abril de 2011

A IMPORTÂNCIA DA GUIA

Que tal falar sobre as guias? Que a maioria sabe, ou imaginam, é que a guia serve para proteção. Mas acho importante falar sobre sua utilização, elementos, entre outras dúvidas que provavelmente existam.


Estamos aqui para isso.

Saravá!

76 comentários:

  1. Olá pessoal,

    Na minha opinião, as guias recebem e absorvem as energias necessárias utilizadas pelos guias espirituais, limpam, descarregando toda a negatividade dos campos energéticos do médium. Durante os trabalhos, as energias vão sendo absorvidas às guias, auxiliando o corpo do medium para que nao retenha nele todas as energias negativas, livrando-o de sobrecargas e desarmonia durante os trabalhos. As guias devem ser bem cuidadas, com todo o respeito e carinho, se possivel passarem por defumação, inclusive!

    Importante lembrar que jamais deve se alterar os valores entre uma guia e um orixa. As entidades poderão trabalhar da mesma forma sem as guias. A "força" de uma entidade não é comparada á quantidade de colares num medium. Não é a guia que dá poderes a entidades; e sim a entidade é quem dá poderes às guias, já que a mesma é só mais um recurso do qual eles utilizam para auxiliar o médium.

    Jeverson

    ResponderExcluir
  2. Nathalia, você pode repetir a tua pergunta sobre as guias neste tópico, por favor?

    Camila

    ResponderExcluir
  3. Por que a guia neutra é dessa forma? ou seja, possui 17 contas azuis, 3 laranjas e assim por diante? de onde surgiu essa forma de confeccionar e por que é assim?

    ResponderExcluir
  4. Camila, aproveitando o tópico. Apesar de não ser exatamente sobre guias, creio que caiba aqui o questionamento.
    Queria saber um pouco sobre a faixa do orixá que utilizamos. Ela tem uma utilidade de proteção ou trata-se apenas de um elementos "ritualistico"? Isso surgiu no TPM ou é algo que o Pai Fernando já trouxe com base do terreiro que fez parte por anos e/ou é algo histórico sempre utilizado desde os primórdios da umbanda?

    ResponderExcluir
  5. Nathalia, as guias devem ser confeccionadas da seguinte forma:
    Iemanjá: 14 contas (azul claro) e 15 miçangas grandes na cor azul.
    7 contas na cor do Orixá do dirigente de cada gira, no caso do Pai Fernando são vermelhas com 8 miçangas grandes na cor branca.
    Baiano: 4 contas pretas com 3 contas brancas e 8 miçangas grandes na cor preta.
    Oriente> 4 contas rosas, 3 amarelas com 8 miçangas grandes na cor amarela.
    Ciganos: 1 conta vermelha, 1 amarela, 1 laranja, 1 branca, 1 verde, 1 roxa 1 azul e para cada uma conta uma miçanga grande de sua cor e na azul 2 miçangas grandes na cor azul.
    Boiadeiro: 4 contas marrons com 3 amarelas, 8 miçangas grandes na cor marrom.
    Marinheiro: 4 contas azuis com 3 brancas e 8 miçangas grandes na cor azul.
    Omolu: trio de 1 vermelha, 1 branca, 1 preta para cada conta e uma miçanga grande da sua cor.

    Disse, Seu João Boiadeiro furioso ao ser inquerido de como poderia aumentar esta guia:
    "a guia da linha neutra não tem meio ou vira guia...só aumente em Iemanjá em múltiplos de 7, e em omolu no trio".
    Acho que isso responde a tua pergunta, não é Nathalia?

    Colaboração nesta resposta: Mirtes

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  6. Nathalia,
    a faixa é utilizada para proteger o plexo solar, identificar o Orixá e permitir aos que dirigem a gira ter um apoio quando for necessário levantar ou segurar o médium, ou seja, segura-se a faixa por trás, sem ter necessidade de contato pessoal.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  7. Camila, em um momento de folga resolvi dar uma olhada no nosso blog. Um dos elementos mais forte que é usado na Umbanda são as guias dos médiuns. Achei estranho que exista tão pouca postagem, considerando a importancia do tema. Quando inexistem perguntas é porque não existem duvidas. Bem,na verdade eu não sei porque não existem duvidas se é um dos elementos que menos os médiuns sabem das suas importancias. Acho que os médiuns sobre as guias não querem nenhuma explicação, mesmo porque se isso acontecer muitas delas deverão ser modificadas. Guia não é colar e sua beleza de nada vale se os elementos colocados nelas não forem os certos. Será que todos sabem como se fazer uma guia de caboclo ou uma de preto velho, qual a diferença da guia do Exu e da Pomba Gira? A Nathalia perguntou sobre a guia das linhas neutras, mas não sobre as outras. Por outro lado o Jeverson fez uma análise muito boa sobre as guias, exceto que confundiu acender velas com defumação, mas isso é o de menos. O que me causa surpresa é ninguém mais ter falado nada sobre as guias. Nem os capitães, dirigentes e os médiuns antigos. Auto defesa? Vou pedir para vc Camila que me deixe responder esse tema e se dentro desta semana não existirem postagens abra outro tema e não responda mais nada sobre as guias. Por que? Protesto! Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  8. Olha só, eu tenho um monte de dúvidas mas, como pergunto pra caramba, decidi - como protesto mesmo- não perguntar nada desta vez. Em virtude de tão bonita fala deste amado filho de Ogum não tive como resistir. Aí vão minhas dúvidas enumeradas para não se perderem:
    1. Se é através do meu conhecimento pessoal que as entidades passam as intuições, como é que vou receber a intuição de fazer as guias se não conheço nenhum nome de sementes e elementos usados nas guias?
    2. Tenho uma guia do meu pai de cabeça, seo Sete Cachoeiras, nítida na minha mente e tenho pedido a ele que me dê explicações para eu poder externar ao meu pai de santo.Um dos elementos que acho estranho é na parte que fecha a guia uma pedra e outro são pequenos pedaços de bambu. Tenho tentado prestar atenção ,mas ainda não vi estes elementos em outras guias.O que o senhor acha disto?
    3. Existem sementes distintas para caboclos de Oxóssi, Xangô e Ogum? Quais são elas?
    4. Qual é a função de uma pena numa guia? Pergunto porque consigo entender que uma semente possa absorver energia, mas uma pena eu não consigo entender o porquê.
    5. Nas guias de exu quais são os elementos comuns? Por exemplo uma vez vendo uma montagem de guia me falaram que o senhor não usa muito uma semente vermelha com preto porque diz que é muito pesada, porquê painho?
    6. Há diferenças entre elementos das guias de exus da encruzilhada e da calunga? E quais seriam estas diferenças?
    7. E as guias de erês? Vi poucos médiuns usando-as no terreiro e pergunto se é comum o seu uso...
    8. Outra coisa: se uma guia arrebenta é possível reutilizar seus elementos ou é melhor que se faça outra?
    9. Há algum significado em arrebentar uma guia específica? Por exemplo nunca minha guia de Yansã arrebentou, contudo a minha de Oxalá já arrebentou umas quatro vezes....
    Tenho uma infinidade de perguntas sobre guias, mas não gostaria de ficar sozinha perguntando....Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. No nosso terreiro, a partir de que momento uma entidade pode pedir uma guia própria?

    Abraços
    Juliane (quarta tarde - Beco)

    ResponderExcluir
  10. Andréa,antes de mais nada a Camila vai tirar uma foto das guias do Caboclo da Cachoeira e do seo Akuan, onde vc vai ver pedra e bambú -os dois como firma. As entidades pedem um oi mais elementos e o Pai de Santo ou algum Capitão fará a guia. Não precisa ser por intuição, pois normalmente eles informam seus cambonos. Não existe diferença entre os caboclos, elas aparecem mais com as guias dos Preto Velho.Eu uso sim, olho de cabra. As principais diferenças é que os Exus da kinha do cemitério e das almas gostam de ter caveiras como elemento, sem excesso e tamanho discreto. As penas são muito mais energeticas que as sementes. Como curiosidade, a pena que vai nas guias e para que ela possa energizar é necessário que ela venha de uma ave viva. As penas de aves mortas devem ser desprezadas. Os Erês tambeém têm suas guias. A falta de habito faz os médiuns se esquecerem. Eu, por exemplo, apesar de amar o Joãozinho não tenho guia de criança, se bem que ela está na guia das linhas neutras. Pode usar as mesmas contas sem nenhum problema. Isso até é bom e é o correto. Guia arrebenta ou por acidente material ou porque recebe uma carga que seria ao médium. Espero ter respondido e no que estejam fotografadas as guias serão as fotos publicadas para todos verem. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  11. Então painho tenho mais umas perguntas:
    1. Os dentes usados nas guias são também mais potentes que as sementes? Eles são usados mais para Ogum?
    2. Pode-se usar por exemplo uma estrela do mar numa guia?
    3. Se um filho de corrente faz sozinho sua guia, porque ele não pode fechá-la?
    4. Quando um médium falece e sua guia é desmontada pelo pai de santo o que se faz com os elementos?
    5. Existem sementes que indicam que a entidade trabalha também na esquerda?

    ResponderExcluir
  12. Camila

    Há um processo energético nas guias. Fala-se muito no recebimento de energia, mas a guia tb é fonte de propagacao e manutencao de energia.
    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  13. Olá... com a confusão aqui em casa nem vim olhar o blog.... aproveitando o tema... Pq as entidades pedem guias? Qualquer entidade pode chegar e pedir uma guia ou tem q ser um médium que dê consulta para poder pedir? Se é só médium q dá consulta que pode ter uma guia de entidade, essa 'permissão' é pq a guia tem alguma 'função especial'? Se sim, qual essa 'função'?

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  14. Juliane, existem vários tipos de guias.As tradicionais são as feitas com as contas de cristal e que são dos Orixás e as das entidades quando já são conhecidas. Para exemplificar: eu tenho uma guia para o Orixá Ogum e outra feitas, posteriormente, do Caboclo Akuan.Uma é só de contas de cristal e a outra só de sementes (vou publicar uma foto dela para todos terem conhecimento). Desta forma a entidade pede a guia só depois que ela é conhecida e pode dar umn ou mais elementos que ela quer. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  15. Andréa, respostas na ordem:
    1- Ninguém pode afirmar qual elemento é o mais potente. Depende de cada caso e cada um deles tem o seu proprio potencial. Seria o mesmo que dizer qual é o mais forte e melhor, se o ovo de galinha ou de pata. Cada um tem uma ação em determinados casos.
    2- Na minha opinião, não existe maior falta de gosto do que pendurar uma estrela do mar no pescoço. Além de frágil ela demonstra exibicionismo do médium.
    3- Como o filho de corrente não pode fazer sua propria guia ele não tem como fechá-la. Isso é tarefa apara a direção do Terreiro, inclusive para manter a padronização determinada pela casa. Se vc deixar por conta dos médiuns, não duvide de aparecerem até melancias...
    4- Quando eu tenho essa tarefa costumo queimar no fogo as contas para destruir eventuais energias nas contas e depois me desfaço delas sem nenhuma preocupação de lugar. Antes eu costumava jogá-las em um rio, mas alguém me alertou da possibilidade de um peixe engolir as contas, o que lhe causaria provavelmente sua morte. Por isso mudei.
    5- Eu desconheço isso, embora se for verdade só pode ser o olho de cabra, muito usado pelos Exus. Mas considerando que a guia é energética e não tem como função indicar nada a ninguém, acho que não existe.
    Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  16. Sidney, vc está certo em teu comentário. Realmente uma das funções da guia é firmar as energias entre médium e a entidade. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  17. Denise, como vc não leu as respostas que publiquei agora, peço que faça isso porque todas as tuas perguntas já foram respondidas. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  18. Oi vo Fernando...

    sou uma médium do TPM com 3 anos de casa, e resolvi postar por causa do seu desafio onde diz que quase ninguém postou por aqui, então lá vai:

    Guias:São compostas d certo nr d elementos(contas e etc..),c/ 1 numero e 1 cromo d acordo c/as determinações da entidade.Têm poder d elevação mental durante 1 trab espiritual,serve como ponto d atração vibracional,auxiliam nas incorporações atraindo “energia” das entidades,captam e emitem bons fluidos formando vibração benéfica ao redor do médium,servem como pára-raios e podem ser utilizadas p/ “puxar” 1 vibração

    Além da importancia das guias, existe também o congá.

    CONGÁ:Núcleo d força atrator,condensador,escoador,expansor,transformador e alimentador d energia e magnetismo.ATRAI pensaments q pairam s/ o terreiro.CONDENSA feixes mentais ao s/ redor.ESCOA como fio-terra.EXPANDE pensaments positivs do corpo mediúnico.TRANSFORMA lixo astral p/o ambient.ALIMENTA fluidos p/as atividads do Congá.Congá não é enfeite,tem fundamento,razão d ser,diretrizes sólidas e a magia d Aruanda

    Importancia das palmas:

    Palmas na gira:Por que são importantes?Se cadenciadas e ritma¬das, criam um amplo campo sonoro cujas vibrações agudas alcançam o centro da percepção localizada no mental dos médiuns. Com isso, os predispõem a vi¬brarem orde¬nadamente, facilitando o tra¬balho de reajus¬tamento de seus padrões magnéticos

    A grande importancia da magia na umbanda:

    Magia:Magia é a arte de manipular a natureza criando campos de força. E é exatamente isso que fazem os Guias nos Templos Umbandistas.Todas as pessoas que trabalham na Umbanda são pequenos magos. 1-Magia do álcool:volatilidade do álcool, apresenta eterização para desintegrar morbos e campos de forças mais densos.2-Magia da fumaça:depurador das energias

    ‎3-Magia do som:mantra 4-Guia:pára-energias. Às vezes ela arrebenta pela atração de energias negativas e forte. 5-Ponto riscado:Magia q chama falanges e constrói campos de força. 6-Magia do ponteiro:ponta do aço é usada para explodir campos negativos d forças.Quando fincado,firma a magia.7- Magia do templo:Nele se concentram todas as energias dos Orixás e Guias. Suas firmezas, o Congá, o Santuário, a Casa dos Exus.

    ‎8- Magia da disciplina e da hierarquia:Este conjunto de respeito forma a união e a integridade mágica da casa espiritualista.9- Magia do Congá que é núcleo de força, em atividade constante. Boas magias

    Enfim, é tudo tão importante, simbólico e com certeza deve ser explicado pelo senhor vo Fernando, que é um grande dirigente!

    Acho que contribuí pelo menos um pouco com o blog e te agradeço imensamente por poder participar, caso esteja alguma coisa errada, por favor, publique.
    Com grande respeito e carinho,
    da sua neta que muito lhe considera
    Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  19. Olá, gostaria de saber por que antes as guias dos orixás eram feitas com contas transparentes (cristal) intercaladas com a cor do orixá e hj é sem as contas transpatentes?
    Vejo alguns médios usarem todas as guias na primeira parte do trabalho, existe certo ou errado?
    Obrigada
    Célia Ribeiro

    ResponderExcluir
  20. Célia, apesar de estar acontecendo, não existe nada de errado. A guia feita com a cor do Orixá intercalada com a transparente que em nosso terreiro simboliza a cor do Anjo da Guarda, era um critério nosso e que o fato de estar mudando não tem nenhum significado maior. Aproveitando a tua postagem vou pensar até amanhã e talvez eu resolva adotar a cor inteira do Orixá e inteira do Anjo da Guarda. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  21. Sanadra Estrella, vc tem contribuido bastante para o nosso Terreiro e para a Umbanda. No caso desse tópico e teu comentário, não posso deixar de fazer algumas considerações. Como ele é sobre guias é só sobre elas que devemos comentar, mas para não ficar duvida, ninguém é mágico, somo apenas desconhecedores da ação das entidades. Talvez elas- as entidades, é que sejam os mágicos, mas o Pai Maneco, um dos precursores da Umbanda Pé no Chão, ensina que nada pode acontecer sem que aja uma ação. É assunto para depois. Falando em Umbanda Pé no Chão, guia é guia. Sem exageros ou colocações esotéricas em sua ação não tem nada além de ligar a entidade com o médium e ser sua defesa. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  22. Vo,

    quem sou eu para ser uma boa contribuidora do TPM, faço com humildade uma pequena parte, mas é com muitíssimo carinho e respeito para continuarmos a ajudarmos nossos irmãos carnais, tão necessitados, assim como nós, de ajuda espiritual. Obrigada por todas as considerações e ficarei mais alerta. Um grande abraço. Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  23. Pai Fernando ano passado o senhor falou na possibilidade de fazermos uma guia de proteção para uso no dia-a-dia do seo Tranca Ruas das Almas. Pergunto se podemos pedir para fazer também do Pai Maneco ou do caboclo Akuan.

    ResponderExcluir
  24. Oi Pai Fernando

    Comentando sobre as guias, quando entrei no Terreiro existia a guia do orixá, com as contas na cor, intercaladas com as transparentes e também a do anjo da guarda, inteira transparente. Hoje quase não se ve mais essa guia do anjo da guarda.
    Como capitã da gira de sexta, quando tenho que fazer guias, faço assim: se a pessoa é filha de Ogum com Iemanjá, por exemplo, a guia de Ogum faço intercalada com anjo da guarda e Iemanja faço toda com contas azuis.
    Aproveito para perguntar: todos nós temos que ter guias de xangô, certo? Mas se somos parte de um terreiro de Ogum, não deveriamos todos ter guia de Ogum, principalmente as giras de 2ª,3ª,6ª e sabado, que trabalham com Ogum na primeira parte?

    Beijos
    Mariana

    ResponderExcluir
  25. Pessoal, acabei de introduzir uma montagem das guias como prometemos.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  26. Mariana, vc está fazendo corretamente,com alguns reparos:se a conta do Anjo da Guarda está intercalada com a do Orixá, não precisaria ter outra. A guia de Xangô quem determinou foi o Caboclo da Cachoeira. Cá entre nós, é que ele acha que as giras não dão a atenção merecida a Xangô. Quanto a ter guias dos outros Orixás, nada errado também. Quem quiser pode fazer, isto é, pedir a alguem da direção da gira que faça. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  27. Sandra Estrella, se eu não achasse que vc tem importancia para nosso Terreiro eu não diria nada. Cuide-se, é bom, mas não mude para não perder a autenticidade Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  28. Andréa, a guia do Exu Tranca Ruas das Almas representa toda a linha da esquerda do nosso Terreiro. Acho que é por isso que só a dele foi recomendada. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  29. Poderia ser feita uma foto com todas as sementes e elementos das guias e seus nomes e disponibilizados aqui ou no site?

    ResponderExcluir
  30. 1) Pai Fernando qual sua opinião sobre os terreiros ( como os q seguem a linha do caboclo Mirim e os primados de Umbanda) q não usam guia alguma ?

    2) Sobre as guias de criança: esta é uma guia q os médiuns mais velhos ( ops) da casa possuem , mas hj está em desuso? Ou ainda pode se pedir uma destas guias?

    3) O Pai de santo pode/deve impor limite aos nº de guias do médium ou determinar o uso específico de uma guia para o filho de corrente ( por exemplo determinar q um filho de Xangô use uma guia de Iemanjá )?

    4) Porque nas giras de linha neutra não se pode usar as demais guias de linha da "direita"? A recíproca não deveria ser verdadeira, ou seja, nas giras de caboclo e preto velho não se usar a guia neutra ?

    5)Alguns comentários do q me foi ensinado sobre as guias de Entidade e neutra:
    A guia da Entidade, como o nome diz é DA ENTIDADE, ou seja, serve pra proteger e atuar na energia da entidade, e não na do médium. A mesma deve ser feita pelo pai/mãe de santo, sendo q seus elementos "contam" parte da história da entidade ( tanto na matéria como no espírito) a linha e o modo que trabalha e inclusive parte de seu karma.
    Desta forma o médium não pode abdicar da sua guia de proteção do orixá, POIS É ESTA QUE LHE PROTEGE. Da mesma forma, usá-la sem estar incorporado com a entidade ou em outra linha de trabalho q o da mesma, não produz qualquer efeito pro médium.
    Sobre a guia neutra, existe uma diferença na montagem da mesma, de acordo como o Orixá do pds. Por exemplo, a guia neutra do filho do P leo, q é Oxóssi , é diferente da guia do filho do P Bitty , q é Ogum.

    ResponderExcluir
  31. Vo,

    as vezes eu ouço alguns irmãos dizendo que fazem as coisas no terreiro e não acreditam que alguém repara nisso. Sempre digo que não, pois o TPM não é feito só por 1 ou 2 filhos, é feito por todos que ali estão, e, dessa forma, toda a ajuda é percebida sim e de grande valia. Da minha parte,eu não faço essas viagens, viu, eu faço as coisas e pronto! Se algum dia eu fizer algo que não seja legal, alguém vai reclamar e eu vou melhorar, mudar meu jeito, sei lá o que, o importante é que o TPM é o meu terreiro e sendo meu, tenho que cuidar, zelar, fazer o que eu acho como filha, que devo fazer, sem me preocupar se estão olhando, reparando, gostando... agora: com certeza se eu fizer algo de errado, serei requisitada, e aí eu reformulo, como tudo na vida, e sem culpa.
    Vo, fiquei bem feliz que o senhor tá satisfeito comigo, obrigada e um beijo.

    ResponderExcluir
  32. Andréa, isso seria muito bom, mas é dificil pois depende de uma pesquisa, no que, confesso, não sou bom. Fico devendo essa. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  33. Nilzo, vamos responder por etapas.


    1) Pai Fernando qual sua opinião sobre os terreiros ( como os q seguem a linha do caboclo Mirim e os primados de Umbanda) q não usam guia alguma ?

    R. Vamos deixar bem claro que não temos nada a comentar. Nós estamos comentando as guias no Terreiro do Pai Maneco e cada um faz como quiser e se não quiserem usar guias é o direito deles, isso em respeito à diversidade da religião.

    2) Sobre as guias de criança: esta é uma guia q os médiuns mais velhos ( ops) da casa possuem , mas hj está em desuso? Ou ainda pode se pedir uma destas guias?

    R. Claro que quem quiser pode pedir.

    3) O Pai de santo pode/deve impor limite aos nº de guias do médium ou determinar o uso específico de uma guia para o filho de corrente ( por exemplo determinar q um filho de Xangô use uma guia de Iemanjá )?

    3- O dirigente é que faz o tipo de guias que deve ser usado no terreiro de sua responsabilidade para haver um padrão. Então ele pode limitar, permitir ou não um uso de guia. O Pai/Mãe de Santo tem esse direito. Só não tem o direito de inverter a ordem das coisas e extrapolar em seus mandos.



    4) Porque nas giras de linha neutra não se pode usar as demais guias de linha da "direita"? A recíproca não deveria ser verdadeira, ou seja, nas giras de caboclo e preto velho não se usar a guia neutra ?

    4. Não entendi, pois linha neutra é neutra. Pode ser usada em qualquer momento.

    5)Alguns comentários do q me foi ensinado sobre as guias de Entidade e neutra:
    A guia da Entidade, como o nome diz é DA ENTIDADE, ou seja, serve pra proteger e atuar na energia da entidade, e não na do médium. A mesma deve ser feita pelo pai/mãe de santo, sendo q seus elementos "contam" parte da história da entidade ( tanto na matéria como no espírito) a linha e o modo que trabalha e inclusive parte de seu karma.

    R. Nenhuma guia é para proteger entidade, mas sim o médium. Sobre isso já esclareci em tópico anterior. Quanto a contar a sua história, inclusive seu karma, não podemos levar em consideração isso, mesmo porque duvido que alguém possa fazer essa leitura.


    P. Desta forma o médium não pode abdicar da sua guia de proteção do orixá, POIS É ESTA QUE LHE PROTEGE. Da mesma forma, usá-la sem estar incorporado com a entidade ou em outra linha de trabalho q o da mesma, não produz qualquer efeito para o médium.

    R Claro que pode abdicar evocando o direito do livre arbitrio.Dizer que usa-la sem estar incorporado não produz nenhum efeito no médium a
    não me parece coerente. A proteção se dá em qualquer ocasião.



    Sobre a guia neutra, existe uma diferença na montagem da mesma, de acordo como o Orixá do pds. Por exemplo, a guia neutra do filho do P leo, q é Oxóssi , é diferente da guia do filho do P Bitty , q é Ogum.

    R. Isso é irrelevante.

    Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  34. Tive um problema aqui e não sei se foi minha pergunta, de qualquer forma vou fazer de novo. Qual é a função da firma na guia? Estava vendo a foto das guias e me veio uma questão: ela é colocada (a firma) como proteção em cima de um chacra? O comprimento da guia é apenas uma convenção ou tem a ver com proteção de alguns chacras também? Desculpe o excesso de perguntas, agradeço a atenção!

    ResponderExcluir
  35. Andréa, firma é o que o nome diz. Firmar a guia de acordo com um elemento. Nas guias de cristal, a firma é do mesmo material. Nada a ver com chacra. Ela protege o médium por uma vibração de ligação com o Orixá. Alguns dizem que o tamanho da guia na altura do umbigo é para proteger o plexo solar. Até pode ser, mas vejo muitas guias de médiuns de outros terreiros que usam guias curtas e têm a mesma proteçao. Pela lógica, acho que de algum tamanho ela tem que ser e depende da padronização do terreiro. Mande perguntas, sem problema. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  36. Até o final do ano passado, enquanto pensava ser filha de Ogum, usava a guia de Ogum junto com Anjo da Guarda. Quando soube que meu Pai não é Ogum, fui orientada para que não usasse mais esta guia. Considerando isto, tenho 2 dúvidas: 1ª Devo fazer guia de Anjo da Guarda? 2ª Porque não posso mais usar a guia de Ogum?

    ResponderExcluir
  37. Se entendi direito o senhor diz, nas primeiras respostas, que as diferenças entre as guias aparecem mais nas utilizadas por pretos-velhos. Quais são estas diferenças?

    ResponderExcluir
  38. Boa noite!! Com relação a guia de proteção, essa pequenininha que usamos diariamente, hehe... há algum problema em num dia, por algum motivo especial, não usá-la no pescoço? Como age essa guia no nosso dia a dia?

    Beijinhos e obrigada, Dê

    ResponderExcluir
  39. Denise, claro que não tem problema. Axé,Fernando

    ResponderExcluir
  40. Andréa, as guias dos Pretos Velhos são mais singelas e carregam o minimo de adornos. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  41. Maura, não sei se vc é do nosso Terreiro, mas o fato de ter sido modificado o Orixá de cabeça por um provavel erro antes, não significa que vc deva banir de sua vida o nosso Ogum. Agora por curiosidade, qual era o anterior Orixá? Axé, Fenando



    Até o final do ano passado, enquanto pensava ser filha de Ogum, usava a guia de Ogum junto com Anjo da Guarda. Quando soube que meu Pai não é Ogum, fui orientada para que não usasse mais esta guia. Considerando isto, tenho 2 dúvidas: 1ª Devo fazer guia de Anjo da Guarda? 2ª Porque não posso mais usar a guia de Ogum?
    24 de abril de 2011 22:05

    ResponderExcluir
  42. Pai Fernando, Mãe Camila, mucuiu!

    Fazia muito tempo que não passava por aqui. Um dos motivos foi a falta de costume. Portanto, a partir de agora, o Blog do Pai Maneco volta a minha leitura diária. Graças à Andrea Destefani que nos avisou pelo Facebook. E mais: vou voltar a fazer propaganda do Blog para que todos que estavam afastados, assim como eu, possam retornar à leitura diária aqui no nosso ponto de encontro.

    Sempre tive uma preocupação enorme em relação às guias que usamos tanto no terreiro, quanto fora dele, ou seja, as guias de proteção. Uma das coisas que me incomoda, assim, gratuitamente, é a utilização da guia de proteção como ornamento. Uns usam no pulso, outros dentro das bolsas e uma parte para fora da camisa como um colar comprado numa loja de acessórios.

    Creio que as pessoas talvez sequer entendam a necessidade, a meu ver, desta guia ser utilizada para dentro da camisa, ou da blusa, para nos proteger e, corrija-me se estou errado, para estar junto ao nosso corpo (pode ser que isso nada tenha a ver com a questão).

    As guias que usamos dentro do terreiro nos dias de trabalho também devem ter o respeito e cuidados necessários para sua preservação e boa funcionalidade.

    Gostaria de saber, afinal, quais são as guias necessárias e/ou essenciais para que possamos trabalhar a contento?

    Um forte e saudoso saravá!

    Rodrigo Fornos
    Gira da 5. feira

    ResponderExcluir
  43. Sandra Estrella, ALELUIA! Axé,Fernando

    ResponderExcluir
  44. Mucuiu Pai Fernando!
    Faço parte do terreiro Pai Maneco,único terreiro em que vesti branco. Quando foi jogado Obi, pela primeira vez (em 2008), deu Ogum com Iemanjá. Não acredito ter sido erro, na época... precisava me sentir guerreira, até pra continuar na Umbanda (o lado de lá... sabe o que faz, não é?). No final do ano passado, depois de ter tido um sonho, pedi que fosse confirmado meu Orixá e soube que era filha de Oxalá com Xangô. Olha que interessante Pai Fernando, no Obi, viraram as 4 partes, tanto pra Oxalá quanto pra Xangô! Outra coisa interessante, logo que comecei na corrente (mesmo sendo cavalo chucro hehe), durante uma gira vi um caboclo e ele me disse "ainda não é hora", só não me explicou o que isso queria dizer hehe. Nas giras, no ponto do Pai de Cabeça, me sinto abençoada por ele, é emocionante!!! Ixi, já escrevi demais.
    Pai Fernando, se entendi sua resposta, posso voltar a usar minha guia de Ogum com Anjo da Guarda, não é?
    Agradeço sua atenção
    beijo

    ResponderExcluir
  45. Pai Fernando, agora fiquei na duvida, rs.
    A guia de Erê não deveria ser pedida pela própria entidade? Pode o médium querer fazer sem que a entidade tenha pedido?


    Mariana

    ResponderExcluir
  46. Pai Fernando gostaria também que o senhor falasse sobre a guia de proteção de sete linhas que usamos no terreiro. Tenho feito essa guia, mas tenho pouca explicação sobre ela e gostaria de saber mais afim de poder explicar o certo quando me for solicitado! Outra dúvida que tenho é sobre a guia do anjo da guarda e guia do casmento. Eu recebi uma guia no dia do meu casamento, ela é igual a de Anjo da Guarda, feita com contas transparentes. É a mesma? Posso usar ela? Eu deixo como um patuá, sobre a nossa cama, como que nos protegendo. Beijos Fernanda

    ResponderExcluir
  47. Rodrigo, ouso de guias no pulso, até pode ter uma certa proteção, mas o correto é no pescoço e de preferencia embaixo da roupa. Devemos cuidar de nossas guis e aoi segurá-las devemos imaginar que seja um copo finissimo de cristal. As guias essenciais para o trabalho, são determinadas pelas entidades, mesmo que seja através de intuição. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  48. Maura, use a tua guia de Ogum sim. E boa sorte em tudo para vc. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  49. Mariana, existem dois tipos de guia: a do Orixá e a que a entidade pede com elementos. Os elementos a cvriança pode pedir, mas o médium pode pedir ao dirigente a guia de criança. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  50. Fernanda, não sei sobre essa guia das 7 linhas. Não me consta que seja usada em nosso Terreiro. Quanto a guia do Anjo da Guarda no ritual do casamento, é entregue ao noivo a guia da noiva e à noiva e guia do noivo, para que, de forma simbolica, um peça e cuide do Anjo da Guarda do outro. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  51. Bem, direto ao ponto, ok?

    1) Qual o critério de utilização da Guia de Proteção do s. Tranca Ruas? Digo, ela é necessária? A guia de proteção mais usual não é suficiente?

    2) Vi, em uma casa que visitei tempos atrás, que os médiuns usavam suas guias de trabalho, bem, não tenho como explicar de forma mais simples, como se fosse a faixa da camiseta do Vasco da Gama. :P Com a firma do lado do pescoço, e a guia tanto no peito quanto nas costas, terminando no quadril. Espero que eu tenha sido compreendido... de qualquer forma, alguém já havia comentado que isso não é permitido no TPM. Por qual motivo? É algo burocrático (ou seja, apenas uma padronização da casa) ou existe algum motivo espiritual?

    3) Quais as guias essenciais para o trabalho? Pergunto isso pq possuo apenas a do meu Orixá, sem contas transparentes. Ao meu ver as próximas guias a se fazer, sem pressa, seriam as guias Neutra, Esquerda e eventualmente a guia de Preto Velho. Aonde entra a guia de Oxalá, a guia do Anjo e eventualmente guias de Ogum ou Oxóssi?

    4) Existe algum motivo especial para os médiuns optarem apenas pelas guias da linha vigente (vejo isso com relativa frequência na gira de Quinta, que frequento)? Explico: Na primeira parte do trabalho, quando os caboclos de Oxóssi vem trabalhar, normalmente os médiuns optam por usar apenas guias de Oxóssi. Em tempo, qual a influência das Guias de Hierarquia (Capitão, Ogan, Pai/Mãe Pequenos, Pai/Mãe de Santo) na incorporação? Sempre noto que eles tiram esta guia para trabalhar e logo depois a recolocam. Qual o motivo?

    5) Ainda sobre a Hierarquia (sim, o nome é pejorativo, eu concordo), o que é feito com os elementos das suas guias de Capitão quando os mesmos são cruzados, eventualmente, Pais Pequenos?

    6) Vou aproveitar pra tirar as dúvidas sobre as guias da Hierarquia também (e aparentemente pra usar a palavra Hierarquia... eu sei que se trata do Meio): Qual a diferença entre a guia de um Ogan e a guia de um Capitão, se é que há uma...?

    7) Médiuns da Hierarquia possuem duas guias, certo? Uma para uso em todas as giras... e outra para giras de esquerda. Falo pelo que vejo, claro... qual a função dessas guias? Em tempo: Alguém comentou que nestas guias consta a ordem dos 7 orixás: como é revelada esta ordem e como a guia é feita, depois de se ter essa informação?

    Acho que por enquanto é só, espero não ter feito perguntas demais e espero não ser mal compreendido. Se minhas perguntas não estiverem claras eu volto aqui pra refraseá-las.

    Forte abraço,

    Axé.

    Fabio

    ResponderExcluir
  52. Pai Fernando algumas vezes quando recebi algumas entidades senti a guia "queimando" em meu pescoço e tive que tirá-la. Vou dar um exemplo mais recente: numa gira de desenvolvimento com o Pai Jussaro, senti muito próximo uma preta velha. Quando incorporei tirei a guia de yansã e a incorporação se deu de uma melhor forma, porque aquela guia não estava mais me incomodando. É até normal a gente ver alguns médiuns recebendo entidades e fazendo isto. Só que eu não tenho ainda uma resposta clara para isto, porque acontece?

    ResponderExcluir
  53. Vamos lá Fabio:
    1) a guia de proteção do Seu Tranca Ruas é necessária para quem quer tê-la, para quem quer a proteção da entidade. A diferença é que as outras guias de proteção são dos orixás e essa da entidade.
    2) entendi sim a tua explicação, as guias são usadas lateralmente, né? Se for isso, não vejo razão em usar a guia assim porque não pega um dos chackras principais, o qual está na região do umbigo.
    3) a guia é essencial para o trabalho sim, mas depende da linha em que você trabalha. A guia de esquerda e de preto-velho devem ser feitas assim que o médium faz o seu amaci. As contas brancas, não cristal, a outra, simboliza a guia de Oxalá, a qual no nosso Terreiro é utilizada junto com a do Orixá. O Anjo da Guarda entra na guia do próprio Orixá, são as contas transparentes. Já as guias de Ogum e Oxóssi, bem como a de Xangô, dependem de qual gira você pertence e qual é seu orixá. Em nosso Terreiro o Caboclo da Cachoeira determinou que todos os médiuns deveriam usar a guia de Xangô, por isso, fazemos. Como eu sou filha de Iemanjá com Ogum, utilizo a guia de Ogum também.
    4) não entendi muito bem essa pergunta, você quer saber o motivo pelo qual as pessoas só utilizam a guia de Oxossi na primeira parte, é isso? Ou os médiuns utilizam apenas a guia do seu Orixá?
    Quanto o motivo que o pessoal do meio tirar a guia é pelo simbolismo para mostrar que é o médium, sem a hierarquia.
    5) o capitão deve entregar a guia.
    6) a diferença na feitura da guia não há, ambas são feitas com 3 fios, mas a função é diferente. Um Ogã não pode exercer as mesmas atividades que o Capitão, ele é o responsável apenas e somente pela engoma, quando o Capitão tem o dever de zelar pela gira e incorporação dos médiuns.
    7) sim, existem essas duas guias, a razão é simples: uma para ser usada nas linhas de Umbanda e a outra na Quimbanda. Você está querendo saber a ordem da guia que não a de esquerda, né? Porque só essa que tem a sequência. Se você reparar a guia é feita de acordo com o Orixá da pessoa, uma filha de Iemanjá terá a predominância azul, Oxóssi, será verde e assim por diante.

    Havendo mais dúvidas, ou se a resposta não estiver clara, pergunte novamente.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  54. Andréa, a guia do seu Orixá não deve ser tirada, muito embora, se isso acontecer, nada vai impedir de receber entidades de outra linha. Não sei explicar o que aconteceu com vc., mesmo porque nãovejo uma razão que provoque esse tipo de reação. Talvez não possa explicar com convicção porque é a primeira vez que tenho conhecimento disso. Se aconteceu com outras pessoas, será bem oportuno que postem esclarecendo. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  55. Boa noite, eu possuo a guia de proteção do meu Orixá e também a guia de proteção do Seo Tranca Ruas, não tiro as minhas guias do pescoço nunca, mas já ouvi q em gira de esquerda deveria tirar minha guia do Orixá e que nas demais giras deveria tirar a do Seo Tranca Ruas pq se, por exemplo, chamam as almas a guia dificultaria a incorporação. Isso tem lógica? O que é recomendado?

    Obrigadinha, beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  56. Camila
    P. Fernando

    As guias de um pai de santo só podem ser feitas por outro pai de santo. As guias de um capitao podem ser feitas pelos dirigentes. As guias dos mediuns da corrente podem ser feitas por um capitao. É essa a sequencia ou é mais simples?
    abracos e axe, Sidney

    ResponderExcluir
  57. Tentei postar ainda a pouco e o blogger comeu meu comentário, dizendo que não havia sido possível concluir a solicitação (Isso acontece as vezes, eu sei), então vou tentar repetir o que eu havia escrito.

    *respira fundo... se acalma... o post será gigantesco de novo... *

    1) Exatamente o que eu queria saber...

    2) Sim, é exatamente o que eu quis dizer, e era exatamente o que eu estava querendo saber, afinal, pq no TPM usamos as guias sobre o peito.

    3) Explico: tenho apenas uma guia, inteira marrom, sem contas transparentes. Foi o que me foi pedido pro meu amaci, foi o que fiz. A minha pergunta é qual a prioridade de obter novas guias (já que não disponho de capital suficiente para fazê-lo tão já). Existe uma ordem pré-estabelecida ou vai da necessidade que eu eventualmente sinta? E quanto a guia de contas transparentes, já que a minha guia não possui contas transparentes?

    4) Usando o exemplo da gira de Oxóssi, médiuns tiram todas as outras guias, deixando apenas a guia de Oxóssi (e noto isso com frequência entre médiuns de toco). Acho que as perguntas são: "Existe alguma impossibilidade de um médium trabalhar com Oxóssi sem a guia de Oxóssi?" (presumo que não, mas vamos seguindo); "Existe alguma facilidade para o médium trabalhar com Oxóssi com a guia de Oxóssi?" (presumo que sim, já que a guia sintoniza a energia); "Existe alguma facilidade para o médium trabalhar com Oxóssi usando apenas a guia de Oxóssi?". E eu acho que era a pergunta que eu estava tentando fazer...

    5) Obrigado pela resposta sucinta.

    6) Obrigado novamente pela resposta sucinta em relação as guias

    7) Sim, quero saber em relação a ordem da guia que não a de esquerda (eu já havia pensado que a guia de Quimbanda era uma espécie de "contra-parte" a guia das linhas de Umbanda). Minha questão não é em relação a predominância, mas sim ao "assim por diante": como é descoberta essa ordem? Através de obi, intuição ou existe uma terceira maneira?

    Acho que esse post não ficou tão grande quanto o que eu perdi, o que é uma excelente coisa. Me coloco a disposição novamente para voltar aqui e esclarecer as minhas dúvidas novamente, caso seja necessário e já agradeço pela atenção.

    Em tempo: sei que é fora do escopo, mas como não sou um cara muito ligado a formalidades, gostaria de saber se existe algum pronome de tratamento adequado para Capitães (Capitão Fulano/Ciclano? - nunca vi sendo usado), Pais/Mães pequenos/as (imagino se é usado Pai Fulano/Ciclano), além do Pai Fulano/Ciclano para os Pais/Mães de Santo.

    Axé!

    ResponderExcluir
  58. Olá Pai Fernando, acontece de guias arrebentarem logo no comecinho da gira, sabe me explicar pq? Isso nunca aconteceu comigo (ufa, pois tenho o mto carinho com minhas guias), mas só acho curioso ocorrer dessa maneira...
    Ah! e tem algum problema guarda as guias todas juntas?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  59. Olá! Também estou voltando ao blog, após um tempo de turbulências e falta de tempo...

    Bem, lá vai:

    1. Nas Giras de Ciganos, trabalho sem faixa pois pedem para tirar a faixa do Orixá; por isso, qdo "meu" Cigano vem, ele prefere deixar a Guia Neutra "de lado", "cruzada", "à lá Vasco da Gama", simplesmente pq ela é comprida pra mim, e de lado ela fica mais ajeitada. Qdo ele dá passes, um pouco abaixado, se a Guia está solta, fica encostando no chão ou no consulente. Uma vez me foi orientado por Capitão que era proibido usar a Guia assim, de lado, então eu e o Cigano concordamos de usar solta...

    Afinal, por questões apenas de praticidade, às vezes pode-se usar a Guia cruzada, ou não?

    2. Como seriam as Guias de Erê e as de Preto Velho? Não a da entidade, mas a "da casa"?

    3. Pq nas Giras de Boiadeiro e de Ciganos não podemos usar as Guias dos Orixás e de Oxalá?

    4.Pq têm contas de Omolu na Guia Neutra?

    5. Pq a Guia Neutra começa com contas de Iemanjá?


    rsrs... me senti uma cça cheia de perguntas...

    Abraço com axé!
    Laura (de Oxóssi, Gira de Sábado).

    ResponderExcluir
  60. Denise,
    as guias de proteção não precisam ser tiradas, tanto as do orixás quanto a do S. Tranca Ruas.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  61. Sidney,

    a guia pode ser feita por qualquer pessoa que tenha a mão cruzada. A guia do Pai de Santo pode ser feita por ele próprio ou por quem ele indicar.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  62. Célia,

    a função da guia é a proteção e se há alguma carga energética ela estoura, mas pode também arrebentar por acidente.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  63. Fabio Nice Bobby, vão as respostas que faltam na ordem:

    3) Explico: tenho apenas uma guia, inteira marrom, sem contas transparentes. Foi o que me foi pedido pro meu amaci, foi o que fiz. A minha pergunta é qual a prioridade de obter novas guias (já que não disponho de capital suficiente para fazê-lo tão já). Existe uma ordem pré-estabelecida ou vai da necessidade que eu eventualmente sinta? E quanto a guia de contas transparentes, já que a minha guia não possui contas transparentes?

    Resposta 3- Fabio, imagino que vc seja filho de Xangô. Não será a guia que vai fazer a qualidade do médium. Se vc no momento não tem como fazer as outras guias, não se preocupe. Prioridade não existe nas guias. É como vc disse, vai sentir intuitivamente.

    4) Usando o exemplo da gira de Oxóssi, médiuns tiram todas as outras guias, deixando apenas a guia de Oxóssi (e noto isso com frequência entre médiuns de toco). Acho que as perguntas são: "Existe alguma impossibilidade de um médium trabalhar com Oxóssi sem a guia de Oxóssi?" (presumo que não, mas vamos seguindo); "Existe alguma facilidade para o médium trabalhar com Oxóssi com a guia de Oxóssi?" (presumo que sim, já que a guia sintoniza a energia); "Existe alguma facilidade para o médium trabalhar com Oxóssi usando apenas a guia de Oxóssi?". E eu acho que era a pergunta que eu estava tentando fazer...
    Resposta 4- Acho que a resposta está prejudicada pela resposta anterior quando eu disse que não será a guia ou sua falta que vai fazer o médium. O critério de por ou tirar guia é do dirigente. Mesmo não usando a guia o médium pode trabalhar perfeitamente com sua entidade, seja ela Oxossi ou outro Orixá.


    7) Sim, quero saber em relação a ordem da guia que não a de esquerda (eu já havia pensado que a guia de Quimbanda era uma espécie de "contra-parte" a guia das linhas de Umbanda). Minha questão não é em relação a predominância, mas sim ao "assim por diante": como é descoberta essa ordem? Através de obi, intuição ou existe uma terceira maneira?
    Resposta 7 – Não estou bem certo, mas imagino que vc esteja se referindo ao dito carrego dos médiuns, ou seja, depois de seu Orixá de cabeça quais os que influenciam o médium. É isso? Se for isso, esqueça que carrego é papo furado.

    Resposta: interessante essa tua observação. Realmente não existe tratamento para o Capitão. Pela lógica, pode ser chamado Capitão Tal... Para Pai/Mãe de Santo e Pai/Mãe Pequena, o tratamento é Pai/Mão de Santo e Pai/Mãe

    Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  64. 1 - Não é questão de proibição, é que está errado porque a guia deve estar pendurada no pescoço e terminar na altura do plexo solar. Se ela estiver grande, diminua seu tamanho. Depois um outro argumento e muito forte: se todos usam de uma forma, poor que vc vai ser diferente?

    2- Casa não usa guia, apenas os seus dirigentes criam os seus padrões. Por isso sugiro que vc pergunte ao seu Pai de Santo, por seria irrelevante explicar aqui.
    3- Por ser linha neutra, não se deve usar as guias do Orixá.
    4- A linha neutra tem as cores de seo Omulum e do Exu Tranca Ruas das Almas, porque eles chefiam a Quimbanda em nosso terreiro e é uma proteção deles ao médium.
    5- Vc queria que fosse de Oxóssi? Mas não dá, tem que ser Iemanjá por opç/ão nossa.

    Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  65. Mucuiú, Pai.

    1. Ué, não é pq todo mundo faz de um jeito que não vou questionar o pq disso né... rsrs.. Mas ok, não usarei a Guia cruzada, entendi a fundamentação.

    2. rs, com "padrão da casa" quis dizer tipo as "Guias padrão" de Esquerda, dos Orixás e de Oxalá que temos no TPM, que seguem um determinado padrão, aí queria saber como seriam as de Preto e de Cça, pois não lembro de ter visto algum médium usando no TPM, apenas usando as Guias solicitadas pelas entidades... Apenas curiosidade.

    3. Ok.

    4. Ok.

    5. rsrsrs não queria que fosse de Oxóssi não, só perguntei pq achei interessante ter Iemanjá na Guia de Linha Neutra... Odoyá, salve a proteção de Iemanjá! :o)


    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  66. Olá Pai Fernando.
    Estava lendo as postagens, e diante da pergunta do Fabio, quanto aos mediuns tirarem algumas guias e usarem apenas a de Oxossi (na gira de Oxossi), gostaria de esclarecer, por eu mesma fazer assim.
    Durante o ritual de Abertura, inicio o trabalho usando a Guia do Orixá, a guia de Xango, a guia de Oxossi, a guia do Anjo, a guia Neutra, ou seja, são 5 guias no pescoço. Quando vou trabalhar com Oxossi, tiro as guias, usando apenas a guia de Oxossi (inteira verde, solicitada pelo Caboclo Pena Branca) e a guia do Caboclo que trabalho. Esclareço que tiro as guias, não por algum motivo especifico ou determinação, apenas para "facilitar", pq 6 guias no pescoço pesam, e acabam "incomodando".
    Se eu estiver fazendo errado, por favor, me corrija.
    Axé, Patricia

    ResponderExcluir
  67. Patrícia,
    esse é uma opção tua, não tem nada contra, mas se usasse todas trambém estaria certo.

    Sravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  68. Antes de mais nada quero agradecer o esclarecimento da Patrícia. A minha dúvida era sobre uma possível OBRIGAÇÃO em manter apenas a guia de Oxóssi, por algum motivo espiritual. Percebo que se trata de OPÇÃO, e isso esclarece completamente as minhas dúvidas.

    Agradeço também ao Pai Fernando, por ter respondido as minhas dúvidas de forma direta e concisa... mas a última dúvida ainda permanece. Vou tentar explanar um pouco mais a respeito e ver se consigo me fazer entender.

    Vejo as guias de hierarquia com as cores dos 7 orixás, sendo que a firma é da cor do orixá da pessoa, bem como a predominância das cores. Independente de existir ou não este "carrego", ou esta influência dos orixás no médium a partir do seu orixá de cabeça, a minha dúvida é em relação a ordem das cores ou dos outros 6 orixás nesta guia de hierarquia.

    Não estou bem certo se as guias ainda estão sendo confeccionadas desta maneira (já faz algum tempo que não vejo um cruzamento de capitão, ogan, pai pequeno/mãe pequena - sendo que não vi nenhum de pai de santo), mas a minha dúvida acaba sendo bem mais simples, percebo, se explanada de outra maneira: Quando a guia está sendo confeccionada, como é determinada a ordem das cores? Eu havia presumido que se tratava da ordem de orixás, e não acredito que seja algo aleatório, as cores sendo combinadas ao bel prazer da pessoa que está confeccionando a guia.

    Havendo sido esclarecido que não se trata da ordem de influência dos orixás sobre aquele médium em específico, qual o significado desta ordem, que é diferente de pessoa pra pessoa, então? Noto que mesmo entre médiuns de mesmo posto hierárquico e de mesmo orixá de cabeça, existe diferença na ordem.

    Sucintamente e recapitulando:

    - Como é escolhida a ordem das cores na guia de hierarquia?
    - O que esta ordem de cores significa?

    Acho que assim facilita um pouco a compreensão, peço desculpas se não me fiz entender em comentários anteriores.

    Grato pela atenção e pelo conhecimento passado,

    Axé

    ResponderExcluir
  69. Fabio, hoje no nosso Terreiro as guias de hierarquia, inclusive dos Pais de Santo, estão padronizadas, sendo abertura e fechamento da cor do Orixá da pessoa e no meio, intercaladas e sem nenhum ordem as outras cores. Não se obedece a nenhuma ordem. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  70. Salve Baba e Cami!
    Fazia tempo que eu não lia o blog por motivos de correria, mas adorei esse tópico e gostaria da ajuda de vcs com a guia de esquerda da Hierarquia.
    Tem uma foto? A Mirtes nos explicou mais ou menos, mas não consegui montar...
    Outra coisa, a pergunta que a Fer Fer sobre a guia de 7 lilhas se trata da guia de proteção feita pelo Pai Geraldo que também usamos aqui, mas não sabemos explicar sua "lógica"
    Beijo
    Alice (Floripa)

    ResponderExcluir
  71. Salve Mãe Alice, vamos lá:

    A guia de esquerda é feita com as miçangas normais da guia de esquerda, mas naquele esquema de 3 ou 5 linhas para capitães, ogans e pais/mães pequeno.
    Quanto a linha de proteção das 7 linhas, indo pela lógica, é para pedir proteção para as 7 linhas e não individualmente.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  72. Anônimo, favor se identificar e repetir a pergunta para eu poder lhe responder.

    Camila

    ResponderExcluir
  73. Oi Camila tudo bem eu tenho uma duvida sobre as guias, pois tenho lido sobre elas, a minha duvida´ é. Qual a diferença das guias compradas em loja e as feita com as próprias mão do médiuns, sei também que as guias devem ser apresentada ao seu guias, para ter efeito, para proteção. mas minha duvida realmente e a guias comprada em lojas e as montada pelo médium, quando apresentada ao guias tera o mesmo efeito de proteção.
    Saravá
    Camila

    ResponderExcluir
  74. A guia deve ser feita por alguém da hierarquia, porque ela é feita pensando na energia do médium.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  75. Oi Camila, tenha uma dúvida. Já ouvi muitas pessoas falando que devemos tirar a guia de proteção quando tomamos banho no chuveiro. Uns dizem que não devemos tirar em nenhuma circunstância, outros dizem q sim. É correto isso ou não tem nada a ve? Existe alguma situação que devemos tirá-la?

    Axé,
    Fernanda
    Gira da mãe Alice - Florianópolis

    ResponderExcluir
  76. Fernanda,
    a guia de proteção deve ser tirada sempre que ouver o risco de arrebentar e o banho pode ser um desses momentos.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir