Assine aqui para receber atualizações deste blog

sexta-feira, 11 de março de 2011

TEMA LIVRE

Pessoal, vamos abrir mais um tópico sobre tema livre, já que muitos comentários são postados em tópicos anteriores.
Comunico que a meu pedido, o Pai Fernando irá nos honrar com as respostas (junto comigo) deste tópico.

Saravá,
Camila

60 comentários:

  1. No tópico anterior, vc postou uma resposta a minha pergunta sobre animismo: " “O Espiritismo de A a Z”, editado pelo Dpto. Editorial da Federação Espírita Brasileira: “Fatos anímicos são aqueles em que o médium, sem nenhuma idéia preconcebida de mistificação, recolhe impressões do pretérito e as transmite, como se por ele um Espírito estivesse comunicando” (fls. 359)"
    Isto me suscita uma outra pergunta: se nosso anjo da guarda é a reunião de todas as nossas vidas passadas, demorei mas entendi isto perfeitamente, porque uma destas vidas pretéritas não pode se manifestar como uma entidade?
    E.T. Não gosto da palavra animismo, porque 'cheira" preconceito.

    ResponderExcluir
  2. Pai Fernando sou a mainara da gira de quinta do pai Beco só queria te escrever para lhe dizer que antes de freqüentar o TPM já era freqüentadora de um centro kardecista ...claro fui desobsidiada por pretos velhos exus André Luis e caboclos ....pois hoje os centros já estão mais modernos hehehe....sou neta sobrinha doHabib isfer ....,e quem me ajuda até hoje com seu guias e com conversas é o meu pai de coração o Guilherme , sabe eu q ueria te dizer que ele é tão bom que chega a dar medo da bondade dele. Vivo em uma família carnal que não a credita em espiritualidade os que a creditaram já se foram e se não fosse este grande super herói hoje não estaria aqui para te escrever ....me olhei no espelho uma vez graças a ele...Tinha uma cigana que hoje me ajuda e foi evoluindo comigo que tinha tomado meu corpo totalmente ..Sabe pai Fernando as pessoas só dão valor e homenageiam as outras depois de mortas por isto queria homenagear o Guilherme ,pois ele é meu pai de outra vida .....ele que me ajudou atirar remédios e desenvolver minha espiritualidade ele que me tirou do lodo para a luz como se diz da flor de lótus do budismo...As vezes caio no Lodo e ele me tira com um simples telefonema ....Não desmerecendo meus pias de santo do terreiro o Léo o pai Beco o Rodrigo...amo eles ....Mais tenho uma pai em outra casa que tem outra família e me vê como filha . è tão bom ser amada a distancia pena que tem pessoas que não vivem neste mundo matrix como diz minha amiga cRistal irmã do Bitty....Pena mesmo não preciso de gondola de supermercado ....embora carrego um a fardo nas costas sou sacoleira e cansa ....mais a doro trabalhar e tenho uma filha chamada Bárbara a qual escolhi o Guilherme como padrinho .Pois já nem sei mais como homenageá-lo....Quero batizar minha filha no terreiro .....ela se tiver mediunidade vou tratala com todo respeito e amor ....como meu pai espiritual me trata ...Porque minha família carnal não tem a mesma sensibilidade .....Bom por enquanto é isso se você puder me judar como homenagear mais ainda ele me responda .....adoro o tpm ....Pois não presciso mais esconder minhas entidades q eu pulavam e desciam em minha casa ....agora elas tem um lugar para trablhar obrigada por tudo e muito axé de oxóssi para vocÊ

    ResponderExcluir
  3. Andréa, por um tempo - enquanto durar este tópico que a Camila fez e pediu para eu atender algumas postagens, vou estar aqui. Sei que vc está falando com a Camila, mas vou me atravessar e falar por ela. Animismo é um ensinamento que vem da linha kardecista, porém muito usado por inexperientes e prepotentes umbandistas que não sabem o que dizer ou falar sobre a qualidade de uma incorporação. São os babacas da Umbanda. Talvez por isso vc, como eu também, não goste do termo. Fernando

    ResponderExcluir
  4. Maira, que bom falar como uma sobrinha neta do diferenciado médium Habib Isfer, um dos baluartes da Federação Espirita do Paraná e o grande construtor do Colégio LKiuns de Vasconcelos e do Hospital Psiquiatrico Bom retiro. Coincidencia ou não, recebi hoje um e-mail do Claudio Henrique de Castro que diz "De: Claudio Henrique de Castro [mailto:claudiohenriquedecastro@gmail.com]
    Enviada em: quinta-feira, 10 de março de 2011 10:25
    Assunto: Saiu no blog do Zé Beto de hoje

    Bom Retiro em risco
    10 mar 2011 - 09:47
    Do Goela de Ouro:

    São fortes os indícios de que a Federação Espírita do Paraná vai fechar as portas do Hospital Bom Retiro. Se isso de fato acontecer, centenas de pessoas que se tratam lá de dependência de álcool e outras drogas, além de distúrbios mentais, serão prejudicadas. Há tempos o Colégio Lins de Vasconscelos encerrou as atividades. Pertencia à mesma Federação. Agora será o hospital?
    Maira, que saudade do bondoso Habib Isfer.
    Continuando, não sei a qual Guilherme vc se refere, mas eve ser uma pessoa muito boa pela forma como vc o trata. Por isso gostaria de saber quem ele é. Por outro lado, fique certa que tua filha Bárbara será uma excelente médium, bastante ser Isfer. Só espero que seja Umbandista. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  5. Pois é...

    Questoes como as do Bom Retiro onde sobram belas desculpa, mas faltam atitudes efetivas, lembram o complexo de avestruz que existe em tantos políticos, empresários, lideres comunitários, intelectuais, entre outros... so tiram a cabeca do buraco qdo é conveniente...


    Sidney Oliveira

    ResponderExcluir
  6. Ótimo Pai Fernando, adorei a frase: qualidade de incorporação não se discute! Vou usar isto como resposta única a algumas observações de gente desta qualidade que o senhor descreveu.
    Fico muito feliz de ver pela segunda vez o nome do querido Habib Isfer citado neste blog,pois é mais um destes espiritos iluminados que tivemos a grande oportunidade de conhecer.

    Bom, gostaria muito que o senhor falasse de uma outra coisa. Falei recentemente no meu blog sobre quaresma e Umbanda. Muitos umbandistas de vários outros terreiros me escreveram tentando me mostrar que há relação, mas que publicamente não assumem. Gostaria muito que o senhor falasse sobre o que afeta a Umbanda aqui no blog (muito embora eu ache que o senhor já o fez na sua opinião deste mês),e o que o senhor acha sobre essa necessidade de agregar eventos de outras religiões com o andamento de nossos trabalhos espirituais.

    Camila parabéns pelo convidado especial e saiba que sempre estarei aqui contigo, ok?

    ResponderExcluir
  7. Andréa, as pessoas não assumem porque é uma baita besteita dizer que a quaresma temn relação com a Umbanda. Quaresma não é da Umbanda! Deve ser do catolicismo, imagino, porque na verdade não sei. Parece que tem a ver com a farra carnavalesca. Não entendi bem "a necessidade de agregar eventos...". Se vc quiser minha opinião, peço que explique. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  8. Agregar eventos: a quaresma à Umbanda, a Páscoa à Umbanda, O Natal à Umbanda, falei neste sentido. Na verdade painho eu creio que temos uma falta de eventos próprios da Umbanda. Sou a favor de simplificar a religião, mas eu achava tão bonito quando fazíamos homenagem aos orixás. Lembro-me de uma vez que foi feita uma homenagem a Xangô na terça e que foi muito bonito.
    Sei bem que a homenagem aos Orixás deve ser uma constante em nossas vidas, mas realmente acho que algumas pessoas adotam outros eventos de outras religiões porque sentimos falta na nossa.Nem todos podem ir à gira da praia ou da mata.Ah, painho por favor vamos voltar a fazer? Porque não aproveitamos o dia de Ogum?

    ResponderExcluir
  9. Andréa, quaresma, a Pascoa do Coelhinho e o Natal do velhinho que veste um casacão em pleno verão tropical, não tem nada a ver com a Umbanda. Falando por mim, quem sabe se um dia um padre mandar alguém visitar a Umbanda, talvez eu pense em rever a minha posição, mas por enquanto estgou muito satisfeito com essa Umbanda brasileira, e só ela. Quanto às homenagens aos Orixás, não tenho como faze-las. Eu tenho uma fixação na igualdade, mesmo as dos Orixás. Como posso homenagear Ogum e não Oxalá, Xangô, Oxossi, Iemanjá, Oxum, Iansã, os Pretos Velhos, as Crianças, os Boiadeiros, os Marinheiros e os Exus? Contei doze festas, ou seja,uma por mês. Uma vez cada trinta dias os simpatiizantes da Umbanda, os doentes, os jovens que estão em tratamento para se livrarem dos seus vicios, os desesperados e obsidiados vão ter que assistir sos médiuns em festa. Será que os Orixás querem isso? O Caboclo Akuan não quer, dito por ele mesmo incorporado em mim. No Terreiro do Pai Maneco, nas giras das 2as. feiras -não posso responder pelas outras, a nossa festa é quando um doente sai curado. PÇor enquanto ficamos só com a festa de Iemanjá e da Mata. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  10. oi gente é a mainara de novo me desculpem gente mais graças a deus se o bom retiro for fechado. Fui amiga do carrano o que escreveu o bicho de sete cabeças e que faleceu e que fizeram um filme com o livro...oque ele ganhou da globo foram processos do hospital contra ele e a globo e seus globares dinheiro .Trabalhei no hospital como voluntaria dando aula de tear gente aquilo é um inferno amarrram bipolares psdeudo bipolares que nada mais s~~ao que mediuns obsidiados os quais damos passe nos centros e terreiros os esquizofrenicos que esvcutam vozes e tomam ainda haldol na veia são só mediuns audientes e os drogados sao os realmente que precisam de medico e muito passe e a mor para sair de lá ...ou voces vao me dizer q ue todos os mediuns audientes do tpm são esquizofrenicos ???que os medius videntes são bipolares ???? por favor pelo amor de Deus faz tempo q ue não se tira nem o pó dos livros espiritas do hospital espirita bom retiro elesa só querem dinheirop ou a vista por pais e parentes desavisados e coitados desesperados ou mesmo pelos planos de saude ou mesmo pelo sus cada remedio dado pela receita dos us é lucro pra cada medico pra q ue dar menos remedio e dar alta ?????Se temos porcentagem nos remedios entendem que a quilo é pura hipocrisia ?????/que de espirita só devia ter na época do meu tio habib isfer que deve estar na sua casa no nosso lar desesperado com oque fizeram daquilo ?????de espirita só sobrram livros velhos e pseudo pisiquitras medius ai ai um dia xango fara justiça axe mainara

    ResponderExcluir
  11. Mainara, seria Abibe Isfer, e não Habib Isfer.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  12. Esse blog esta me tirando muitas duvidas, obrigado camila =D. Pai fernando, tenho amigos evagelicos e levei eles no terreiro hoje, mudaram algumas ideias que tinham a respeito, mas me fizeram uma pergunta que nao consegui responder de uma forma clara por favor me ajude. ele perguntou porque tranca ruas na umbanda faz o bem e fora faz o mal, sei que fora da umbanda ele tbm nao faz o mal sao as pessoas que tem uma ideia errada a respeito, mas nao consegui explicar para ele, poderia me ajudar?

    Axé

    ResponderExcluir
  13. Pai Fernando
    Camila

    Como profissional da area da saude achei justa e importante e grave a observacao da Mainara...
    Cade nossos politicos e governantes?
    Mas tb faço uma observacao de que nem sempre o fechamento de um hospital de tanta tradicao é a melhor saida. Sempre entendo que uma boa administracao, envolvimento da comunidade, apoio publico e privado e seriedade com dignidade profissional formam uma alternativa mais adequada. Afinal, nao é pq existem péssimos escritores que devemos queimar os livros e apagar os blogs...
    abraco
    Sidney

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de saber como e quando o seo Ogan Kaian foi descoberto como entidade que cuida da nossa engoma, e porque as engomas dos terreiros têm entidades regentes.Obrigada.

    ResponderExcluir
  15. Gostaria de registrar que achei maravilhoso o item "Questionamento sobre as Linhas de Umbanda feita por Pedro Kritski" no site do Terreiro do Pai Maneco e aconselho as pessoas a lerem.

    ResponderExcluir
  16. Bom dia a todos.
    Meu nome 'e Cris, sou filha da mae Alice de fpolis.
    Tenho uma duvida com relacao ao banho de sal grosso. Sou umbandista ha mais de 14 anos, e sei das propriedades do sal grosso como equilibrador de energia, j'a que descarrega o exesso de energia do corpo, tanto positiva, quanto negativa. Como filha respeito as ordens de minha mae que diz que umbandista nao receita e nem toma banho de sal grosso, mas ainda nao estou convencida do por que? J'a que o sal grosso 'e a agua do mar solidificada, qual seria o problema de se tomar banho de sal grosso para descarregar e logo depois tomar banho de ervas para imantar?Muito grata Cris

    ResponderExcluir
  17. Junior,

    O Exu Tranca Ruas e qualquer outro Exu que trabalhe na Umbanda só podem fazer o bem. Entidade, seja ela qual for, se trabalhar para o mal não pode fazer parte da Umbanda. Alguns médiuns usam nomes de entidade conhecidas, mas na verdade são outros espiritos.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  18. Andréa,

    O Ogan Kaian revelou-se ao Pai Fernando e é comum toda composição da Umbanda ter seus protetores.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  19. Questionamentos que ainda continuam:
    Seo Omolu chefe da esquerda...
    1) Mas pq é incorporado na abertura da gira de esquerda, qual a função disso?
    2) Ele é incorporado por uma unica pessoa, pq? 3) Para um pai de santo que não tenha a mediunidade de visão, como ele sabe quem incorporou o seo omolu?
    4) Ele nao se desdobraria nunca para ser incorporado em mais de um médium?
    5) o que faz ele escolher uma pessoa especifica?
    6)pq ele traria apenas pombas giras dele pra incorporar nas demais pessoas e nao exus que façam parte de sua "falange"?
    7) o que ele tem de "especial" pra ele ser chefe da esquerda (o que faz ele ser "superior" aos demais)?

    ResponderExcluir
  20. Cris,já o conhecido WW.Mata e Silva ensinava que o sal é um fixador de energia e seu uso às vezes ao invés de limpar a energia negativa, deixa-a mais firme. Do meu lado simples de ver as coisas, acho que o sal grosso já está na voz do povo que diz "vá tomar banho de sal grosso...". A Umbanda tem que ser mais tecnica, inteligente e pratica. Se as ervas são referencia para para banhos de descarrego dentro da Umbanda, seus adeptos devem para descarregar seus fluidos negativos essas mesmas ervas. Umbandista toma banho de ervas e os que não são conhecedores do uso da erva que tomem banho de sal grosso. Na verdade se vc tomar banho de sal grosso e depois de ervas, não vai acontecer nada de bom ou ruim. Masé o mesmo que tomar dois remedios para um mesmo mal. Axé, Fernando
    15 de março de 2011 20:08

    ResponderExcluir
  21. Nathalia, vou responder pela ordem:
    1 - No começo para trazer seu axé para que a gira aconteça sob a sua proteção.
    2/3 - Ela incorpora em um só medium porque não existe a necessidade de incorporar em dois mediuns diferentes. O Pai de Santgo que não tiver a mediunidade da visão não vai saber quem o incorporou, mas a entidade se revela.

    4 - Prejudicada pelo resposta anterior

    5 - Não entendi a pergunta. Me parece irrelevante.

    6/7 - Quem faz a firmeza é ele e não sua falange. As pombas giras o acompanham provavelmente para proteger as que forem depois trabalhar. Quem é superior é sem ter culpa. A Umbanda é assim. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  22. Camila, o trabalho de praia foi cancelado?
    Havera gira sabado?

    ResponderExcluir
  23. Uma dúvida sobre as respostas dadas pra pergunta da nathalia: na Umbanda o Orixá não incorpora, ao contrário do Candomblé. Logo quem incorporaria no início da gira de esquerda não seria Omulu-Obaluaiê, mas sim uma de suas pombagiras, não?
    Ou Obaluaiê não considerado Orixá?

    ResponderExcluir
  24. Anônimo, realmente foi cancelado o trabalho de praia e haverá gira normal no terreiro.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  25. Nilzo,
    não é pomba gira que incorpora no come´ço, é seo Omulu mesmo. Ele é Orixá, como também tem Ogum que incorpora como Ogum Beira Mar, Ogum de Ronda, etc.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  26. Mucuiú Camila

    Tenho uma dúvida, o termo animismo é usado para designar um tipo de fenômeno onde é o espírito encarnado do próprio médium que se manifesta por ele. Como saber se um médium é "vítima" do animismo. Quais são as consequências disso pro médium e pra gira? O médium é realmente culpado?

    Saravá,

    Robson de Oxalá - Gira de quinta

    ResponderExcluir
  27. Rob, o médium só será vitima do animismo se for imprudente, pretencioso e não for humilde. Caso contrário, se ele for um obediente aprendiz e respeitador das ordens e ensinamentos de seu dirigente com certeza ele estará sintonizado com as entidades e elas incorporando no médium tira a possibilidade de interferencias espirituais indesejáveis. Não existe consequencias irreparáveis se isso acontecer. São fatos raros e isolados. Nenhuma culpa cabe ao médium, exceto se estiver enquadrado como acima mencionei. Respondendo pela Camila, axé, Fernando

    ResponderExcluir
  28. Olá Pai Fernando, para não sofrer com o animismo o médium deverá ter as qualidades citadas acima. Mas sabemos que mesmo um bom médium (com boas qualidades) pode vir a ter problemas para transmitir a mensagem. Não à garantia de uma boa comunicação. Falo dessa forma por que acho que os médiuns que estão se desenvolvendo ou até os mais antigos, são em determinadas situações mas frágeis,e propensos ao erro. Afinal o cavalo apanha muito, mas os gritos do domador ecoam em sua cabeça, sem a instrução do guia não tem como o médium desenvolver corretamente, pelo que sei o guia não deciste de seu filho, não vejo lógica em o caboclo por exemplo permitir que seu cavalo acesse memórias antigas (mesmo eu achando isso impossível), as dúvidas, a vida pessoal e de outras situações pode nublar tdo ao meu entender pois é o cotidiano; acho vago o animismo, como vejo nas explicações do pessoal. É o que penso.

    Axé Marcos

    ResponderExcluir
  29. Gostaria de saber a diferença entre os trabalhos de Exu, Pomba Gira e exu mirim, por favor.

    ResponderExcluir
  30. Marcos, estamos com o mesma opinião. Com certeza nem sempre o médium, por mais treinado que seja, mantém o mesmo nivel da incorporação e, consequentemente, existe alteração na comunicação. Concordo plenamente quando vc diz que se a entidade estiver incorporada o animismo se torna impossivel. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  31. Olá Pai Fernando, gostaria de lhe perguntar umas particulariedades sobre meus guias. Eu não tenho o vicio de fumar, e beber parei faz muito tempo, por causa do trabalho, e em vida social não bebo só em gira de exú onde é consumido o alcool. Então meu caboclo fuma de 2 a 3 charutos ou mais dependendo do tempo dele em terra, meu exu fuma dois e segue a mesma lógica do caboclo, e toma no máximo 2 copos pequenos de cachaça. Então no dia seguinte algumas vezes fico com gosto de charuto outras vezes não, já tentei diminuir isso, mas não consigo controlar a ação, quanto mais gente for consultada mais charruto vai e as horas passam. Não sei se eu estou de alguma forma errando e atrapalhando, ou me fazendo valer no vicio.. Gostaria de uma opinião..
    Axé, Paulo

    ResponderExcluir
  32. Paulo,
    sugiro que você não fume nem beba porque não é errado, conforme os ensinamentos do Pai Fernando. Você pode colocar cachaça no coite e deixar no ponto, porque se a entidade precisar fazer uso, vai tirar dali o álccol.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  33. Andréa
    os Exus, Pombas Giras e Exu Mirins trabalham de comum acordo, cada um dentro de um plano espiritual. Como se fosse o Caboclo, a Cabocla e os Curumins.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  34. Camila, sobre a resposta que você deu ao Paulo, o consumo de álcool e charuto, essa forma de trabalho não está descaracterizando a original forma de trabalho iniciada pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas? Vejo muitos médiuns novos em seu terreiro, muitos adolescentes q acredito eu, nunca beberam ou fumaram, então essa forma de trabalhar não seria um espaço aberto para absorver esses jovens? Pois seria uma visão melhor para os futuros adeptos, por que antigamente se nunca fumou poderia a vir fumar na gira, passando uma imagem preocupante para os pais do adolescente. Existem ainda muitas características em terreiros antigos, uma delas é de médiuns com perfil mais velho, fumantes ou não, alcoólatras ou não.
    Também vi muitas pessoas deixarem de seus vícios e na gira utilizar eles, após um tempo houve controle maior e conseguiram adquirir as rédeas novamente, e vivem muito bem. Falo isso por que as histórias sobre coisas impossíveis feitas por guias em terra mostrava e afirma que era uma entidade em terra pois qualquer pessoal normal não conseguiria fazer tal façanha. Como eu li no Livro do Pai Fernando onde ele conta uma passagem sobre uma entidade nele incorporada que toma um litro de marafo sozinho, coisa que poderia ter feito qualquer pessoa desmaiar ou entrar em coma alcoólico.

    Saravá, Pedro Marques de Oliveira.

    ResponderExcluir
  35. Vou tentar, obrigado!

    Axe, Paulo

    ResponderExcluir
  36. Paulo, talvez limitar o consumo seja uma alternativa, combinar com o cambono para limitar o consumo de 2 ou 1 charuto e só. E exemplificar os argumentos para que a entidade compreenda os motivos (mas sua ansiedade pode estar fazendo vc fumar sim), afinal temos conhecimento que muitas entidades carregam suas características ou culturas ainda com muita força, e para elas fumar e beber não lhe causa mau. Mas dosando e trabalhando com o tempo ambos chegam num consenso. As alternativas podem existir como a Camila falou, só que cortar algo ou deixar de fazer pra mim não é viável.

    Se for assim logo não teremos congar.
    Não teremos velas.
    Não teremos defumação.
    Não teremos fundunga.
    Nem ponteira vai ter no terreiro.

    Pq? Pq isso faz mau, pq isso polui, pq é perigoso... A umbanda é o que é, por agregar o conhecimento do povo antigo e pobre (pobre por que quanto mendigo morreu na rua e hoje trabalha como entidade iluminada? Quando índio teve sua família arranca de sua presença enquanto novo e hoje presta caridade para aqueles que te fizeram tanto mau? Quanto preto velho desce no terreiro para ajudar? e daí vc vem dizer que preto não pode fumar pq faz mau pro filho?). Eu posso estar muito velho e não entender a nova geração que vai cuidar da umbanda, mas não me espanta por que existem tantas diferenças entre terreiros.

    Saravá ao povo de Umbanda!

    ResponderExcluir
  37. Gostaria de uma resposta mais clara Camila sobre a diferença de atuação de exus, pomba giras e exus mirins, porque até onde sei todas as linhas trabalham de comum acordo, porque sem isso não haveria Umbanda.Voltando à minha pergunta, como, por exemplo se fala que os ciganos trabalham com a estrutura familiar, queria um sentido mais claro nessa linha de esquerda. Espero que tenha sido clara.

    ResponderExcluir
  38. Pedro,

    você tem razão quando alega que a Umbanda do Seu Zélio de Moraes era com bebida e cigarro/charuto, mas é bom lembrar que isso foi em 1908, quando não se sabiam os malefícios que o cigarro e bebida traziam.
    Hoje, no TPM, o Pai Fernando adotou a filosofia de ser opcional fumar ou beber, desde que no toco, por diversas razões.
    Acho errado que um médium que tenha largado o seu vício volte a tê-lo em nome da religião, ou então, o consulente que vai se consultar e fica recebendo fumaça em seu rosto.
    Também, quando você diz que já viu médiuns que eram viciados e na gira conseguem se controlar, acredito que essa seja uma exceção entre os demais casos.
    São por essas questões mais humanitárias que essa atitude foi adotada.
    Além do que, já disse isso em outra oportunidade nesse blog, mas gosto de falar dessa história, uma vez eu estava no terreiro e Seu Akuan chamou as crianças que estavam na assistência, entre as quais uma de quinze dias. Então, ele sabiamente disse que esse era mais um dos motivos que não se deveria fumar lá dentro.
    Então são por essas razões, entre outras que poderia escrever aqui, que eu vejo a desnecessidade do uso do álcool e do cigarro.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  39. Antonio,

    você está certo, mas discordo de você em certo ponto. Não acredito que tenhamos que extinguir o ponteiro e os elementos que você falou, a questão da bebida e do cigarro é uma atitude de saúde pública. Tanto é que temos a Lei Antifumo pelo país inteiro, vou mais além, na Europa (salvo engano) essa Lei será adotada em parques inclusive, tamanha a preocupação do governo.
    É por isso que estamos atrás de alternativas que sejam melhores para o país, como por exemplo um tópico que fizemos aqui no ano passado em que a sugestão era fazer o amalá em cabaça, por ser o meio mais correto ambientalmente.
    Então, assim vamos fazendo nossa parte.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  40. Andréa, como entrei no blog para saber o que estavam falando sobre bebidas e charutos na Umbanda, resolvi interferir e responder sobre a pergunta que vc fez. Claro que todas as entidades, de todas as linhas da Umbanda e da Quimbanda, trabalham em qualquer necessidade dos consulentes, mas especificando e respondendo a tua pergunta: Exus desmancham e destroem campos de força negativos. Pombas Giras ajudam os Exus nesses trabalhos e orientam as necessidades pessoais dos consulentes e os Exus Mirins, fazem as limpezas nos Terreiros. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  41. A todos que estão postando sobre bebidas e fumo nos Terreiros de Umbanda.
    Faz tempo que falo que espirito não bebe e não fuma. De fato no meu livro Grifos do Passado eu conto que o Caboclo Junco Verde bebeu uma garrafa inteira de cachaça Velho Barreiro. Foi a primeira vez que enfrentei uma entidade - logo o seo Junco, para dizer que eu não queria mais trabalhar com ele porque não admitia ele ter bebido usando o meu corpo. Como ele é muito bom, aceitou a reclamação e disse que beberia um pouco de cevada. O espirito bebe para amolecer o médium e poder incorporar melhor. E ele fuma porque os índios em suas pajelanças fazem charuto de uma erva que eu não qual é. O mundo está querendo combater esses vicios e a Umbanda se vangloria de mante-los? Está errado! Eu e uma quantidade enorme de médiuns trabalhamos sem beber e sem fumar e a qualidade das nossas consultas continua a mesma. Por outro lado vejam que as religiões estão se modificando: o meio espirita com um baita pé na Umbanda Robson Pinheiro convenceu a cupula da Federação Espirita do Paraná e não fechar mais o Hospítal Bom Retiro, para alegria do espirito do querido médium desencarnado Abib Isfer. Axé a todos, Fernando

    ResponderExcluir
  42. Se me permitem, eu só queria dar um Olá a todos e dizer que não esqueço vocês. Um grande abraço para todos e um Obrigada, também, a todas as entidades do TPM que trabalham pelo bem das pessoas. Ana, de Portugal.

    Abraço ao sr. Pai Fernando! Tudo de bom :)

    ResponderExcluir
  43. Ola Pai Fernando faz dois anos que acompanho seu site, e já li todo o seu conteúdo no mínimo duas vezes. O trabalho que vocês desempenham é muito bonito e exemplar, mas me calo. De hoje em diante de minha parte não opinarei em seu espaço respeitando o seu povo e a você, muito obrigado.
    Sarava a todos vcs.
    Axe, Antonio.

    ResponderExcluir
  44. Boa tarde,Pai Fernando:
    Vou abordar alguns aspectos distintos,e por isso vou enumerá-los:
    1°)Fico feliz com o não fechamento do H.Bom Retiro, quando estudante de Farmácia,tinhamos um estágio obrigatório em Fcia. Hospitalar,e o meu eu fiz lá.
    O Bom Retiro tem problemas?Claro que tem,mas todos têm!
    Não podemos esquecer que a Medicina ,assim como qq outra ciência ainda não tem todas as respostas,apesar do avanço em muitas áreas,há ainda muito a ser descoberto,a mente humana é no meu ponto de vista um território sub-explorado ,o que se sabe é muito pouco ,com o agravante das escolas formarem muitos profissionais com uma visão totalmente técnica que não conseguem abertura para aceitar ciências alternativas(terapias), e ainda sem maturidade espiritual muitos não vislumbram a menor hipótese de cogitar em seus diagnósticos "conflitos espirituais" (e tb não podem do ponto de vista profissional).
    Porém,lá dentro tem muita gente que "tira água do tijolo",são até auto-didatas pra encontrarem
    soluções viáveis,não esquecendo que há tb voluntários,e profissionais espiritualistas,os quais fazem o que é possível. Pai se lá é ruim,para muitos deles fora é bem pior.
    2º)Mudando de assunto:
    Pq na sua opinião pessoal(digo pessoal,pq imagino que não haja nenhuma bibliográfia a respeito),algumas entidades são tão presentes na vida do médium,contam fatos de suas vidas,preferências,etc,enquanto outras é como se fossem "tímidas" não abrem nada,vem fazem o trabalho e vão embora?
    3º)Cigarros e Bebidas:
    Pai,como nunca fumei e nem bebo(exceto um bom vinho,rsrs),era muito complicado acender cigarros pras entidades(depois de ler seu livro,então parei até de me empenhar),e com a maioria das entidades tive sucesso,mas uma delas faz questâo de "fumacear" a tábua ,e não começa a trabalhar,ou se o faz é contrariada,será Pai que ela estaria "queimando miasmas" que por ventura estariam na tábua?
    Com relação a bebida,é a mesma coisa,já tirei o champanhe da P.Gira e da Cigana,as demais entidades bebem água de coco,porém a boiadeira não tem conversa,ela faz questão da cachaça.Um dia me contou que a vida dela qdo aqui na terra,tinha sido muito díficil,e pra suportar tantas adversidades ela bebia,senti pena então,não pretendo tirar,vou deixar o cópinho dela no ponto.
    Axé:Cleópatra

    ResponderExcluir
  45. Antonio, não sei porque vc está demonstrando aborrecimento com as respostas que dei aqui. Este blog anteriormente era inteiramente cuidado por mim, mas senti a necessidade da renovação das idéias dentro da Umbanda e por isso resolvi deixar para os mais jovens abrirem os focos de troca de idéias. Acho que vc não deve se calar, ao contrario, fale, defenda seus pontos de vista, coloque as coisas como vc entende ser a correta, mas tudo dentro de um principío ético e de respeito. Em todo caso vou dizer a vc - acho que foi essa a questão, porque não gosto das bebidas alcoólicas e do tabagismo. Muitos parentes meus, queridissimos por mim, morreram porque era alcoólatras. Coisa que mata as pessoas que amamos, não posso gostar. Além disso, o bebado(a) atormenta a familia até o ponto de sua destruição. Quanto ao fumo, por 52 dois anos fumei cigarro e cachimbo. O resultado foi um enfarte e a minha qualidade de vida é muito ruim porque tenho enfisema e respiro com muita dificuldade. Vicio que deixa seus adeptos doentes, não pode ser bem vista dentro de uma religião. Eu hoje não fumo e nunca bebi nada que contenha alcool. E eu lamento, mas lamento profundamente, quando vejo os jovens fumando e bebendo. Se os meus Orixás não me abandonaram, é porque não estou errado. Volte a falar Antonio, disponha do blog e do site que sempre poderemos aprender alguma coisa um com o outro. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  46. Camila, tenho uma duvida quanto a linha das almas.
    Pelo que entendi ela pode ser chamada em qualquer linha, mas nao consegui entender como ela trabalha, poderia falar um pouco sobre ?

    obrigado

    Axé, Junior

    ResponderExcluir
  47. Cleópatra, respondendo na ordem:

    1- Não está em questão a qualidade ou não do Hospital Bom Retiro, apenas foi mencionada uma nota publicada pelo famoso blog do Zé Beto. Achei muito legal que ele não vai mais ser vendido ou fechado. Só isso, pois seria contra a ética falarmos do que não sabemos ao certo.
    2- Desde que pratico espiritismo, sempre as entidades falam assuntos pessoais.Não imagino porque outros não fazem.Dentro da Umbanda pode ser a timidez do médium –mencionada por vc, ou pouca receptividade dos dirigentes com relação aos seus médiuns quanto a esses assuntos .
    3- Dentro da minha filosofia sobre a Umbanda não aceito nada que não tenha uma lógica. Tem varias maneiras de uma entidade limpar (sujeiras espirituais) suas taboas, então não entendo porque tem fazer seu médium fumar para fazer isso. Seria interessante vc perguntar à entidade a razão disso, quem sabe ou possa reconsiderar minha posição.
    4- Com relação a bebida e ao fumo fiz um comentário recentemente nesse blog e vou repetir: entidade de luz não precisa beber. As que bebem é para amolecer seus cavalos. Se a entidade que vc menciona bebe porque sua vida foi ruim na terra, seria um incentivo a todos que sofrem problemas a beber para esquecê-los, quando nós na Umbanda fazemos questão de energizar as pessoas para que enfrentem seus problemas. Acho quer vc deve pedir para seu Pai de Santo conversar com ela, Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  48. Olá Pai Fernando, não sou a favor de jovem nenhum fumar ou beber quero lhe deixar claro isso, tenho filho pequeno e jamais desejo tal destino para ele. Em minha família perdi meu pai para o alcoolismo quando criança e tive uma infância sem a presença dele e ainda hoje ele me faz muita falta, fiquei apenas eu e minha irmã. Meus tios estão morrendo um a um por câncer (cigarro e fumo), sei bem como é perder um familiar por causa do vicio que a própria pessoa não consegue controlar, afinal problemas familiares, stress, decepções e demais situações geram uma ansiedade incrível que é pessoa desconta no vicio da bebida/fumo/jogo etc. Bom e por que sabendo disso em gira meu Caboclo fuma e o Exu bebe e fuma? Bem eu sempre bebi e fumei fato atitude destrutiva sim, tinha uma visão muito diferente sobre a vida antes de ter um filho, mas quando ele nasceu meu chão caiu por terra, tive a maior prova de que nesse mundo nada é impossível para quem tem fé, a única pessoa que me ajudou a suportar a fazer as coisas acontecerem nesse mundo material foi um caboclo de um terreiro de umbanda (meu filho precisava de muitas cirurgias). Detalhe sempre, mas sempre fui avesso referente à religião, ex católico, ex evangélico para atual umbandista de corpo e alma; 14 anos de meu trabalho em minha religião atual esse foi o trato (foi nesse dia que falei para mim mesmo num estado de desespero, “ vou vender minha alma pro diabo naquele terreiro se for necessário para ajudar meu filho”) não vendi a alma pro diabo, mas encontrei um amigo, e nesse dia tudo que eu precisei ele me ajudou, e ao meu lado ele caminhou sendo meu pai de cabeça e o curandeiro de toda a minha família (mesmo daqueles que não gostam de mim). Nunca mais fumei nem bebi no convívio social hoje em dia, apenas em gira (muito moderado), eu sei que logo nem disso irei precisar, até a incorporação vai de certa forma ficar mais clara e nítida ao ponto de não ser dependente de todo o ritual para acontecer.
    O fumo e o cigarro são característicos dos primeiros guias que aqui nesse chão iniciaram a religião, se a umbanda fosse criada agora ela talvez não conseguisse o espaço necessário para se manter por causa das criticas referentes a praticas ritualísticas, que de muito longe tentam prevalecer a saúde do médium. Fato um médium fumando e bebendo em gira, fora os trabalhos externos de limpeza, entregas, etc, muito em breve terá um enorme problema de saúde, mas existe um detalhe, a prática inicial se caracteriza por criar o ambiente necessário para a incorporação, os cânticos, a defumação, os banhos o fumo e a bebida. Minha visão é diferente por que acredito que um médium que fuma e bebe em gira com o passar do tempo não precisara mais dessas ferramentas para incorporação, á pratica e o desenvolvimento espiritual aumentam com o tempo, os cânticos ganham mais sentido, mais força, e as palavras se tornam a energia necessária para sintonizar o médium e esse manter firme a comunicação, sem usar as ervas de queima na boca (cigarro), ou a bebida para se acalmar.
    Pra mim e difícil entender quando um jovem diz q o guia não precisa fumar nem beber, que você colocando a bebida e o cigarro no ponto o espírito pode se utilizar delas ali (como pode estar tão desenvolvido para conseguir fazer isso?). Nunca trabalhei com jovens apenas com pessoas mais velhas e cheias de vícios. Pra mim um jovem em gira é novidade e difícil de entender Pai Fernando, sei que é um baita preconceito de minha parte sim. Talvez não consiga entender como uma criança faça algo que levei muitos anos para fazer.
    Talvez meu ponto de vista não fique claro para muita gente, mas eu relendo as linhas acima compreendo minha falha referente aos jovens, sendo incompreensivo, orgulhoso, e também de uma visão fechada, mas com o tempo se Oxalá assim permitir eu consiga mudar isso, e crie um espaço para os jovens em meu terreiro. Após ler o meu texto acima pensei em não publicar no blog, pois quem começa a ler vê como sou e como as coisas andaram em minha vida, e uma falha grande no meu compreendi mento sobre a nova geração.

    Axé, Antonio.

    ResponderExcluir
  49. Antonio, tomei a liberdade de esperar tua confirmação se deve ou não ser publicado teu excelente texto. Acho que se isso acontecer vai fazer bem para muita gente que precisa aprender o que eé ser humilde. Por outro lado gostaria que vc me enviasse o teu e-mail porque quero saber sobre o teu terreiro e de onde ele é. Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  50. Mucuiu Pai Fernando, Camila...

    Tenho uma dúvida... Qual a visao da umbanda sobre o homossexualismo?

    Axé,
    Robson

    ResponderExcluir
  51. Rob, sem nenhum preconceito.

    Camila

    ResponderExcluir
  52. Então, Mãe Camila, rebatendo sua resposta, qual a possibilidade de um casamento homossexual num terreiro?

    Saravá,
    Robson

    ResponderExcluir
  53. Rob,
    não é possível realizar o casamento uma vez que não há previsão em nosso ordenamento jurídico.
    Mas, quem sabe daqui alguns anos quando houver mudança na legislação.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  54. Mucuiú Pai Fernando, Camila...

    Antes que todos esqueçam do tópico, me lembrei de uma dúvida que surgiu depois do curso da Mãe Jô. Sobre defumação. Dizia ela que não se deve fazer defumação em casa, que sempre deve ser feita por alguém que saiba e tal. Queria saber sobre isso, aqueles defumadores e incensos que compramos em lojas realmente funcionam? E ervas que servem para defumação (arruda, alecrim, guiné)? Tem alguns pacotes que até já vem prontos paras serem usados (Mãe Maria). Não se deve mesmo fazer em casa? Li em algum lugar uma vez, que, dependendo da preparação do incenso (material usado, energia da pessoa que o prepara), pode causar certo mal estar, como dores de cabeça. Procede essa informação?

    Axé, Robson

    ResponderExcluir
  55. Robson,
    o que diferencia a defumação do incenso é a finalidade. Salvo engano, a fabricação do incenso já é feita de maneira industrial, então é difícil saber quem manuseou o produto até a destinação final. Por sua vez, a defumação que fazemos é feita com ervas brutas, então é mais fácil identificar.
    Não sei se solucionei a tua dúvida. Qualquer coisa, pergunte novamente.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  56. Mucui Camila....
    Solucionou em partes... com relação a defumação com ervas brutas: Como é feita? Posso fazer em casa? Qualquer pessoa pode fazer?

    Obrigado, Robson

    ResponderExcluir
  57. Robson,

    aí entra a questão da aula da Mãe Jô em que não se deve fazer defumação por conta própria, já que a defumação é feita após constatar que determinado local necessariamente precisa de defumação por estar com as energias carregadas, ou outra questão se faça necessária.
    O dirigente espiritual é a pessoa que faz, ou determina pessoa substituta para fazer.
    Melhor agora?

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  58. Quero saber o seguinte: Como descobrir se a pessoa tem espiritualidade apurada, ou seja desenvolvida sem ter dito estudo sobre.
    E como testar este desenvolvimento, como saber se uma pessoa usa incorporação sem ter presença de espiritos?

    ResponderExcluir
  59. Festeiro,

    todas as pessoas tem algum tipo de mediunidade, mas quanto mais se lida com ela, vai aprimorando. Existem pessoas que escutam, as que vem, as que sentem, e muitas delas chegam no terreiro sabendo que vem, que escutam, mas não sabem como lidar. Isso pode ser a mediunidade avançada porque escuta ou vê muito, mas não é avançada por não saber como lidar. Mas não tem um momento que o médium vai sentir que chegou ao ápice da sua mediunidade, isso não existe.

    Camila

    ResponderExcluir