Assine aqui para receber atualizações deste blog

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

TEMA LIVRE -17-

Está aberto novo tópico porque o outro já está quase com sua capacidade lotada. Publiquem aqui. FMG

159 comentários:

  1. Seo Fernando

    Na resposta para Afranio o sr a terminou dizendo'

    "...se não for umbandista o pai de cabeça não vai estar presente, a não ser que tenha havido compromisso anteriormente assumido"

    Aqui vao as dúvidas:

    1. Nao vai estar presente... quer dizer que nao estará cuidando? que nao cuidará diretamente ou que cuidará totalmente, mas não se manifestrá?

    2. Esse compromisso anterior diz respeito a que período e quem envolve?

    um forte abraco

    sidney oliveira (curitiba)

    ResponderExcluir
  2. Pai Fernando

    É a minha primeira participação. Fiquei na assistencia do TPM por um ano e fazem aproximadamente uns 3 meses estou na corrente das terças, onde minha filha já está a mais tempo. Minha pergunta é, por que via de regra, filhos de Iansã, tem como segundo pai de cabeça, Xangô ? Eu tenho muito de Iansã,e um pouco de Xangô, mas a vibração e a alegria que sinto nos pontos de Oxóssi são extremamente fortes. Por que será? Um abraço e muito axé.

    ResponderExcluir
  3. Sidney, como eu falei essa minha resposta não é definitiva. Eu acho que entidades da Umbanda só cuidam dos umbandistas. Não posso imaginar uma entidade do espiritismo tradicional cuidando de mim depois que entrei na Umbanda. O compromisso é de vida ou vids anteriores. Eu para dar exemplo sei que tinha esse compromisso firmado antes de reencarnar, ao menos com o Cab Akuan, Pai Maneco e Seo Tranca Ruas. Os outros não sei, mas também não preciso saber porque os amo com a mesma intensidade. FMG

    ResponderExcluir
  4. Ligia, sseja bem-vinda ao blog e obrigado pela postagem. Os filhos e filhas de Iansã têm Xangô como seu orixá masculino e de onde sairá o pai de cabeça, simplesmente porque é assim. A razão não sei, transcende ao conhecimento humano, a não ser que alguém queira dar um chute para impressionar os outros. O fato de vc ter vibração mais forte com Oxóssi não tem nada errado. FMG

    ResponderExcluir
  5. Fez muito sentido pra mim. Por tudo que vi, senti e intui desde que conheci (ou re-conheci) a Umbanda. E pelas re-leituras ou mesmo nas confirmações que fizera até esse momento. E a estrada a minha frente ainda vai longe...
    Abraço
    Sidney

    ResponderExcluir
  6. Pai Fernando pq os filhos de Ogum, ou a maioria dos filhos de Ogum tem uma certa dificuldade para incorporar Oxossi?
    Pergunto pq em gira de Caboclo a maioria q fica na corrente qnd td mundo incorpora são os filhos de Ogum, e para tds q eu perguntei se tinham dificuldade assim como eu responderam q sim...

    Isamara (Curitiba-PR)

    ResponderExcluir
  7. Isamara, essa colocação nãotem nenhuma lógica. Está havendo talvez algum constrangimento. Seria interessante, como a gira é da Mãe Rita, que ela responda essa questão. FMG

    ResponderExcluir
  8. Sarava a todos!
    Lendo os posts do pessoal sobre compromisso, relato aqui um depoimento pessoal.
    Meu Exu, o Seo Capa Preta, ele no seu jeitão de ser, me trata como filha. E uma vez ele afirmou ao meu marido que o camboneava, que ele foi meu pai por duas vezes!
    Logo ele me ditou parte da sua ultima encarnação, e foi em meados de 1714 ou seja, nossa ligação vem antes disso.
    Achei muito humilde da parte dele, pelo seu perfil, sério e responsável, ele demonstra sempre aquela autoridade de pai.
    Com isso quebramos aquela imagem de Exu pés de bode e dos Infernos !

    Já com o caboclo, tbm há um compromisso...
    É o meu velhinho, como costumo chamar, pq embora seja caboclo, ele se apresenta com um indio experiente de idade avançada, diferente do seu Pena branca, que é austero e ávido.

    Axé, Fabille

    ResponderExcluir
  9. Oi tio Fernando Bom dia!
    Queria pedir desculpas pelo post de ontem, não era mesmo a intenção ngm comentar era só uma questão de informação de mostrar como algumas pessoas sofrem e o q acontecem em outros locais, mas deixa pra lá desculpa mesmo.
    Mas fala sério eu ri muito com o post do Pai Beco no tema Livre anterior que ele falava do nepotismo, nossa eu gargalhava.... Porque lá no nosso terreiro é um nepotismo só, a minha mãe é minha mãe de santo, que nomeu meu pai pra Capitão dos Ogãs, o meu tio é o segundo Ogã da casa, a minha tia irmã da minha mãe é a mãe pequena e a outra tia era a outra mãe pequena, isso sem falar em mim, meu irmão , meus primos e primas rsrsrsrs cada um com seu "cargo" e "função" eita nepotismo bravo.
    Vejo o Pai Beco como meu irmão que quando era mulequinho entrou pra ser ogã,com uns 15 anos, eu ainda era cambone, mas foi "extraditado do cargo" por necessidade do boiadeiro dele que teimava em se manifestar atrás do atabaque era uma confusão só, na melhor das intenções da palavra, sem maldade era uma correria e hoje o menino já é Capitão óia aí Pai Beco , o Sr já viu esta história né?
    Nós lá em "casa" dizemos que quem substituirá a minha mãe quando chegar a hora é o meu irmão e eu segundo meu irmão fico como mãe pequena, olha o nepotismo de novo rsrsrsrs desculpe a brincadeira mas foi inevitável, ainda bem que esse nepotismo não é ilegal rsrsrs.
    Tio Fernando e Tio Beco (agora o Pai Beco já virou tio) pode considerar nepotismo tb, um grande beijo a vcs, ótimo fim de semana e que Oxalá continue iluminando-os sempre, trazendo essas histórias maravilhosas ao nosso conhecimento. Joyce - Guarulhos - SP

    ResponderExcluir
  10. Mucuiú Pai Fernado. Com a licença do Caboblo Akuan e do Pai Maneco.
    Como os mistérios do Astral, transmitidos pelas entidades da casa, nos inundam de conhecimento e dúvida ao mesmo tempo.
    Primiero quero tornar pública a minha felicidade, pois esta semana participei da minha primeira gira. Na assistência já havia passado por maravilhosas experiências, mas dentro da gira foi mágico. Saravá a todas as entidades que trazem palavras de sabedoria e alento.
    No entanto, existe uma dúvida que está intrigando. Conheço uma consulente da casa. Uma pessoa muito próxima de mim, e estamos intrigados com fatos que tem ocorrido em suas consultas. Na verdade suas três consultas até o momento.
    Antes de mais nada acho importante resaltar que esta postagem não é uma crítica, mas uma tentiva de entender. Não é desconfiança, nem descrédito, mas apenas estamos muito curiosos.
    Na primeira vez que esta pessoa foi buscar assistência, o Petro Velho que realizou a consulta disse que não poderia ajudar a pessoa. Então, ela foi encaminhada para o centro do terreiro para que um trabalho fosse realizado. Não mentirei, mas a pessoa saiu pior do que entrou. Então alguns meses depois ela foi na sua segunda gira. Gira de cura de segunda-feira. A linha do oriente pediu para que ela fosse atendida na gira de cima. Na ocasião a assistência estava muito grande. Seguindo a orientação retornamos para a gira de cura. Foi quando a linha do oriente falou que o problema desta pessoa seria resolvido pelos irmãos da esquerda. Então fomos na gira de esquerda. Nesta gira, ocorreu o mesmo. Ela foi passada de entidade para entidade sem que suas dúvidas fossem dirimidas. Pelo contrário, depois destes eventos elas só aumentaram.
    Pai fernando, é justamente pelo fato de acreditar no trabalho da casa que estamos em dúvida. O que pode estar ocorrendo com a consulente?

    ResponderExcluir
  11. Pai Fernando, sua bênção. Li sua resposta ao Sidney e vim dar uma contribuição. Antes de entrar na Umbanda eu seguia os rituais hindus (e ainda os faço, vez ou outra), e fui parar no Terreiro por causa de uma Preta-Velha que me acompanha. E ainda assim, fui conhecer o terreiro e demorei quase 3 anos para vestir o branco... Tempos depois soube que era a preta em sonho que me falava sobre processos mediúnicos envolvendo um tal de "Rei das Matas".

    E daí veio a dúvida. Sou filha de Iemanjá, o que pra mim foi uma grande surpresa, pois esperava ser filha de Oxóssi. Ainda não joguei Obi para saber quem é o Ajuntó, mas acredito ser Oxóssi. Então meu pai de cabeça vai ser um caboclo de Oxóssi? E ele tem que ser necessáriamente ser "pai"? Pode ser "mãe" não? Rss To perguntando isso pq sinto uma vibração mto forte, aliás a mais forte de todas, com as Caboclas da Jurema.

    Um fraterno abraço..
    Sheila - Ctba

    ResponderExcluir
  12. Bom dia a todos!!
    Bom dia Pai Fernando!

    Faço parte da gira de quarta feira da mãe Jo!
    Daqui a algumas semanas será nosso amaci!
    Pra dar uma adiantada, ja fui atras da minha guia do orixá!
    O que me surpreendeu foi que o atendente da loja disse que as guias irão mudar! Ele faz parte da gira de terça, e disse pra eu ver bem certinho como vai ser!

    Grande abraço
    Hálisson

    ResponderExcluir
  13. Olá a todos! Pai Fernando, eu gostaria de contar algo que se passou cmg há uns anos no centro kardecista e queria que o senhor me explicasse de acordo com sua experiência e sabedoria.
    Uma vez eu estava tomando passe espiritual na sala dos passes, depois do Evangelho. A sala estava composta de vários médiuns à minha volta e eu no meio, todos sentados. Havia, entre eles, uma irmã médium de incorporação, que recebia as entidades que acompanhavam as pessoas que iam receber os passes.. todas as semanas eu levava um para lá. Mas, daquela vez, e na mesma situação enquanto eu estava recebendo a vibração/passe do irmão que dava as sessões de mesa branca(que já está desencarnado hoje), eu senti um arrepio e uma força dos pés à cabeça, e quando chegou em cima, logo de seguida me du uma vontade de dar uma forte risada e eu não controlei....eu dei mas não foi em tom alto. foi mais forte que eu e eu fiquei envergonhada, porque estava recebendo ajuda e não era situação para rir... Aliás, eu sentia carinho por aquelas pessoas, nunca iria rir daquela situação.
    Pai Fernando o que foi que aconteceu?
    Obrigada.
    Beijinhos a todos.
    Ana.

    ResponderExcluir
  14. Aline - Morro de Sao Paulo - Ba4 de setembro de 2009 10:50

    Mucuiu Painho!!!
    Sarava a todos!!!

    Fiquei sabendo atraves da Lu, que a linha dos curumins é diferenciada da linha dos erês...
    Poderia falar um pouco da diferença entre estas duas linhas?
    Todos servimos a um curumim e a um erê?
    Beijao
    Aline

    ResponderExcluir
  15. Pai Fernando, se me permite gostaria de fazer um comentário para a Isamara.
    Oi Isamara.
    Queria apenas contar a você que sou filha de Ogum, mas tenho mais facilidade de incorporação com o caboclo de Oxóssi, do que com o próprio caboclo de Ogum. Não sei também se isso tem relação com o fato da gira que participo (quarta-feira, pai Léo) ter linha de Oxóssi na primeira parte toda semana. Mas quando eu trabalhava em outro terreiro, antes do Pai Maneco, eu nunca consegui incorporar o caboclo de Oxóssi e sempre trabalhava com Ogum. Na minha primeira gira no Pai Maneco, Oxóssi foi o primeiro que veio e super fortemente. Então, vai saber... =)
    Não sei bem se foi aqui no blog ou em conversas com outros médiuns, mas alguém comentou que os filhos de Ogum possuem mais dificuldade em sentir a manifestação de seu pai de cabeça. Eu me senti mais tranquila quando ouvi isso e percebi que tinha mais gente assim, pois achei que o problema era entre eu e ele. hehehe.
    Abraço, Izabella.

    ResponderExcluir
  16. Pai Fernando, Mucuiu.

    O senhor comentou que não imagina uma entidade do espiritismo tradicional cuidando do senhor depois de entrar na Umbanda... Será que essa distinção entre religiões existe também no astral?
    Pois já foi falado sobre entidades que vêm ao terreiro trabalhar com um nome e vão ao centro espírita com outro nome, o que se adequar mais ao ambiente (como no caso do Pai Maneco)... E mesmo nas outras religiões, por mais que não acreditem em vidas passadas ou em espíritos, não consigo imaginar uma pessoa passando uma encarnação inteira "sozinho"!

    Abraços,
    Maureen (Curitiba - PR)

    ResponderExcluir
  17. Mucuiu Padrinho.
    Assunto delicado né. Quem carrega entidades, e quem não carrega? (se bem que este termo carregar Tb é estranho).
    Será que somos privilegiados por ter a companhia de espíritos? Ou na verdade o que sentimos como privilegio, é a prova que bonzinhos de verdade, nós passamos longe em outras reencarnações? Pois conheço muita gente que nem pensa em espírito, energias, velas, e todas as coisas que são normais e indispensáveis para nós, e tem uma vida linda e feliz. Acho que se eles têm isso é porque Tb são merecedores. Pois cheguei a um estagio que sem, sarava, índio, preto, ziriguidum, criança e balacubaco, vivo mais não. Sou dependente. Isso é 100% bom?
    Não tenho duvidas do amor que temos nos braços dos amigos não visíveis, e que na maioria das vezes, esta Cia nos acompanha muito antes de apanharmos do medico no primeiro sopro na espera do choro. (acho isso um defeito de fabricação, pois quando saímos da barriga da mãe ficaria muito melhor uma bela risada). Mas e a grande maioria dos seres humanos tão filhos de deus como nós? Ou seja: dádiva ou carma? Ou é certo pensarmos que somos mais merecedores desta proteção extra que tão bem nos faz, do que os outros que não conhecem a umbanda? Ai, ai, ai.
    Lembro de uma informação que esta na minha memória. Não me lembro de onde veio, mas foi de gente viva. TODOS NASCERAM MEDIUNS. Alguns com a necessidade de desenvolver, e outros não. Se não pensarmos de uma maneira egoísta, nada mais razoável. Mesmo assim, estranho do mesmo jeito.
    Por outro lado, e creio que com todos vcs já aconteceu isso, quando somos apresentados para alguém, e falamos que somos umbandistas, ou espíritas,(no meu caso muito normal, pois todos que me conhecem já sabem que sou da umbanda e sempre rola um comentariozinho), as pessoas varias vezes comentam – olha – uma vez fui em um lugar – e me falaram que sou filho(a) de tal santo. O que vc acha? Penso sempre comigo, se tem santo (orixá cósmico), tem espírito com vibração compatível com esta pessoa, pois o espírito tem o dom de amar incondicionalmente pela sua densidade, independente da pessoa acreditar nele ou não. Corrija-me se eu estiver errado padrinho.
    Neste exato momento me veio outra coisa na cabeça. Será que o ser humano nasce com os itens básicos para ser mediun? Todos?
    Se a caridade não tem bandeira, por que só nós umbandistas teríamos esta proteção – tipo – se vc não acredita se vire sozinho – ou quem não é da umbanda é órfão. Fora que me remete a outra pergunta e desculpe minha ignorância. SEMPRE OUÇO SOBRE O PAI DE CABEÇA. E a mãe de cabeça? Não existe? (machismo?)
    Aonde e de que forma trabalham os espíritos protetores que decidiram por si só, não trabalhar na lei da umbanda? Ou nossa lei seria única condutora ao caminho da luz? Tb não acredito. Acho até uma questão de respeito.
    Ao mesmo tempo em que gostaria de escrever mais, vou esperar os comentários para TENTAR tirar conclusões. Em minha opinião um dos temas mais complexos a ser discutido, pois envolve diretamente o AMOR AO PROXIMO, e o proximo tb reside em outras religióes. sei que aqui só falamos de umbanda, mas simplesmente ignorar o fato é nos colocarmos no mesmo patamar de tantas outras religióes que só olham para o proprio umbigo, limitando o conhecimento, e nos afastando do basico - amar ao proximo como amas a si mesmo.
    Grande abraço a todos.
    AXÉ.
    Kiko da praia.

    ResponderExcluir
  18. Isamara,infelizmente é uma situação que não tem lógica mesmo,pois sempre estamos cuidando da corrente com atenção,e o meio tem como regra prestar atenção nos médiuns que tem ou não dificuldade na incorporação para que durante a gira e nas giras de desenvolvimento possamos ajudar esses médiuns nas dificuldades que tem.
    Terça-feira tivemos gira de desenvolvimento justamente com caboclos de Oxossi, Ogum e Xango e as diferenças de trabalho entre eles e a diferença de vibração e curimba de cada caboclo e felizmente todos os médiuns presentes incorporaram e tirarão suas duvidas.
    próxima gira de desinvolvimento vai ser na primeira terça-feira do mês que vem vai ser terça-feira dia 05/10, esperamos você!
    Rita Tavares
    Curitiba Pr

    ResponderExcluir
  19. Mãe lucilia, minha cabeça tá fervendo com sua proposta lá no Tema Livre 16.Eu vou viajar no domingo ,então pra ver se a acbeça pára de ferver uma pouco, vou começar nossa conversa.
    Olha só: ontem mesmo eu pedi a Deus que me desse uma algriazinha...Faz tempo que não tenho uma, apesar de ser uma mulher bem amada, bem casada...Mas tem um tanto de coisa né?! Parei de trabalhar há um ano por pura frustração profissional e falta de valia financeira.Continuamos sem dinheiro (só pro básico, apesar de meu marido não ganhar tão ruim assim para um casal sem filhos.Mistério essa nossa situação). Então: tô aqui em casa cuidando dela , dos cachorros,lendo, procurando terreiro, pensando na vida, no mundo, no fim do mundo...E os dias se passam assim.A sua proposta bem pode ser a alegria que eu pedi a Deus! Só não tenho a mínima idéia de como viabilizá-la.Conheço pouca gente, tenho pouca iniciativa...mas já pensou algo assim pra eu me ocupar? Já pensou? PAI FERNANDO AQUI?!!!!!!Deus do céu!
    Ó, dia 12 está maracado pra eu ir ao terreiro do qual falei pro Pai Fernando. Não sei direito o que vai acontecer.Eles estão demonstrando muito boa vontade comigo e eu tô mesmo é ansiosa.Foi lá que conheci o cara do chá e achei que tinha me dado bem , mas qual o quê!Ele inclusive saiu de lá. Meu marido quer que desta vez eu sossegue num lugar (terreiro) pra ver se consigo me equilibrar um pouco. Agora, por exemplo ando tendo hipersonia e enjôos todos os dias. Isso já aconteceu antes, mas eu não tenho a menor idéia do que seja depois de ter consultado trocentos médicos. Só sei que algo tá errado.
    Então , o que tenho de concreto é essa ida ao terreiro no dia 12 e os banhos e velas qque o Pena Verde de lá nos orientou.Preciso ir pra ver , Mãe Lucilia...Mas o TPM ou uma lasquinha dele aqui era tudo que eu poderia querer!
    A senhora quiz por fogo e fez um incêndio hihihihihi!!!
    E AGORA JOSÉ?....
    Um abraço e até a volta na terça ou quarta feira.Obrigada por ter me notado...

    ResponderExcluir
  20. Pai Fernando,
    Boa noite ! Na sua opinião qual(is) a(s) virtude(s) ou qualidade(s) que podemos notar nas linhas da umbanda, pretos, exús, caboclos, oguns, etc...
    Um fraterno abraço a todos,
    Claudio - Curitiba-PR

    ResponderExcluir
  21. Alex, não quero discutir problemas que não tenho conhecimento. Na verdade está tudo estranho. Não sei se a pessoa já falou comigo, mas caso não tenha feito mande-me um e-mail (fernandoguima@terra.com.br)para eu verificar o que está acontecendo. FMG

    ResponderExcluir
  22. Sheila, não pode ser mãe. O motivo eu não sei responder, mas isso faz parte da tradição da Umbanda. FMG

    ResponderExcluir
  23. Pai Jussaro, essa resposta fica por tua conta, porque assim tanto o Hálisson como eu vamos saber
    como serão as guias novas. FMG

    ResponderExcluir
  24. Mucuiú Pai Fernando,

    Como o Sidney perguntou e o você respondeu, minha resposta também não é definitiva; entretanto creio que todos, independente de opção religiosa, têm Orixá Pai-de-cabeça.

    Já entidade protetora, da linha originária do Orixá de cabeça, bem como Guardião... aí é como diz o ponto do Pai Antônio:

    "Oi filho que não conhece o Pai,
    Pai Antônio,
    Bate a cabeça no chão vai enrolando..."

    Só no Terreiro pra desenvolver, isso porque nossos Guias trabalham dentro da Lei de Umbanda.
    A lei é dura mas é a lei, ou seja "dura lex sed lex"!

    Saravá!

    Ronald
    TPM Rio

    ResponderExcluir
  25. Aninhas, vc recebeu uma entidade que deveria ser encaminhada. Nada demais, isso é bem comum. FMG

    ResponderExcluir
  26. Aline, os erês são da linha das crianças de Cosme e Damião, e os curumins são crianças indias. FMG

    ResponderExcluir
  27. Maureen, não entenda o que eu disse como desrespeito às entidades do espiritismo tradicional, mas a minha opção de escolher a Umbanda definiu a(s) entidade(s) que me cuida(m). Antes era o Irmão Maneco, hoje é o Pai Maneco. Foi isso que eu quis dizer. FMG

    ResponderExcluir
  28. Kiko, todos realmente são médiuns e nenhum é obrigado a desenvolver essa mediunidade, mas mante-la em ordem e bem, o que pode serf conseguido dentro de uma casa espirita ou diretamente com nossa Mãe Natureza. Sobre mãe de cabeça e esse assunto, respondi em outros comentários antes de ler o teu. Amar os espiritos e a Umbanda é 100% bom, fique calmo. FGM

    ResponderExcluir
  29. Miriam, esse tipo de mal estar pode ser perda de energia (ectoplasma). Daqui uns dias me conte como vc vai estar. Vou revelar como nós podemos conquistar as coisas que queremos. Tempos atrás eu disse para a Lucilia que gostaria que o Terreiro do Pai Maneco tivesse um braço na Cidade de Florianópolis. Ela me disse que gostaria disso mas com um Terreiro no Rio de Janeiro. Então eu olhei para cima, e
    disse aos espíritos que estamos jogando na mão deles os nossos pedidos. Dois meses depois eu cruzava a Mãe Alice no terreiro com o propósito de chefiar o Terreiro em Florianópolis e recentemente cruzei o Pai Ronald e vou cruzar mãe e pai pequeno a Luna e o Mauro, para dirigirem o Terreiro do Pai Maneco no Rio de Janeiro. Não pergunte como isso aconteceu que não saberei responder. FMG

    ResponderExcluir
  30. Claudiop Henrique, anotei essa tua postagem e vou responde-le mais tarde, porque não quero errar. Isso tem muito com o pedido do Paulo sobre Amalás, que ainda não respondi. Fica anotado, FMG

    ResponderExcluir
  31. sidney oliveira, curitiba4 de setembro de 2009 20:08

    Para os blogeiros e blogueiras:

    A renovação da águia

    A águia, a ave que possui a maior longevidade da espécie, chega a viver a 70 anos.

    Mas, para chegar a essa idade, aos 40 anos ela tem que tomar uma séria decisão.

    Aos 40 anos, está com as unhas compridas e flexíveis, não consegue mais agarrar as suas presas das quais se alimenta. O bico alongado e pontiagudo se curva, apontando contra o peito. As asas estão envelhecidas e pesadas em função da grossura das penas, e voar já é tão difícil! Então, a águia só tem duas alternativas: morrer... ou ... enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias.

    Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e se recolher em um ninho próximo a um paredão onde ela não necessite voar. Então, após encontrar esse lugar, a águia começa a bater com o bico em uma parede até conseguir arrancá-lo, sem contar a dor que terá que suportar.

    Após arrancá-lo, espera nascer um novo bico, com o qual vai depois arrancar suas velhas unhas. Quando as novas unhas começam a nascer, ela passa a arrancar as velhas penas. E só após cinco meses sai para o famoso vôo de renovação e para viver então, mais 30 anos.

    Em nossa vida, muitas vezes temos de nos resguardar por algum tempo e começar um processo de renovação. Para que continuemos a voar um vôo de vitória, devemos nos desprender de lembranças, costumes, e outras tradições que nos causam dor.

    Somente livres do peso do passado, poderemos aproveitar o resultado valioso que uma renovação sempre traz. (Autor Desconhecido)
    ___________________________
    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  32. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA,Pr4 de setembro de 2009 20:37

    PAI FERNANDO,APÓS ALGUMAS REFLEXÕES RESOLVI ESCREVER PARA PEDIR DESCULPAS AOS IRMÃOS DO BLOG,POIS ME FOI INFORMADO QUE SE ESCREVO EM CAIXA ALTA,É NA ETIQUETA DA INTERNET,CONSIDERADO UM DESRESPEITO PARA QUEM LÊ,EU TENHO VISÃO MONOCULAR(CEGO DE UM OLHO),E O OUTRO OLHO SOFRE COM UMA MIOPIA PROGRESSIVA,É MUITO DIFÍCIL PARA EU ESCREVER E LER COM LETRAS PEQUENAS,GOSTO DE APRENDER COM TODOS VCS,ME EMOCIONO COM A JOYCE QUE CHAMA PAI FERNANDO DE TIO.COM A EUFORIA DA MIRIAM,COM O DESEJO DA ANA DE PORTUGAL,COM A SEDE DE SABER DA LUNA,COM A DESCONTRAÇÃO DO PAI BECO....TUDO ISSO ME FAZ BEM....MAS PAI FERNANDO SE ESCREVER EM CAIXA ALTA É FALTAR-LHE COM O RESPEITO E AOS MEUS IRMÃOS DAQUI...FICO MUDO, E NA MINHA AUSÊNCIA CONTINUAREI AMANDO O PAI MANECO,PAI FERNANDO, MÃE LUCILIA E TODOS A QUEM ELES REPRESENTAM...MESMO NÃO ENCHERGANDO DIREITO...SARAVÁ...

    ResponderExcluir
  33. Olá Pai Fernando. Mucuiú!
    Difícil deixar passar um tema sem postar.
    Vou lhe responder o porque aconteceu do nosso terreiro aqui no Rio de Janeiro.

    Porque a espiritualidade não dá um pingo sem nó!
    ...Num belo dia entra uma senhora na minha empresa ( de meu marido tbém) e conversa vai conversa vem. Ela olhando nossas imagens na prateleira viu que éramos Umbandistas. E ela sempre falava. Vcs tem que conhecer o Fernando! E eu alí trabalhando...
    No outro dia essa senhora me tráz emprestado um livro ( grifos do passado) e meu marido simplismente devorou! E, eu? Eu lá queria saber Umbanda? Só sabia amamentar e cuidar do bêbe pequeno ( Manuella ). Duas semanas se passaram após Mauro ler o livro e a viagem dele já estava marcada para Curitiba conhecer o Terreiro do Pai Maneco.
    Fiquei sozinha em casa e ele foi...Nem imagina quando ele chegou...Era o terreiro pra cá, Caboclo Akuan pra lá...E eu só cansaço! rsrs
    Depois de um ano quase, decidi ir para Curitiba tbém, conhecer esse tal centro que ele tanto ficava falando. E pra minha surpresa era sim o que ele falava. Porque achava até então que ele falava dessa forma por ser novo na religião. Mas não! Era isso e mais um pouco!
    Assim que pisei os pés no terreiro senti uma paz que só sentia em cemitérios( que adoroooo!), então olhei para o lado e dei de cara com que??? Um lindo cemitério!
    Bom, quando entrei no terreiro senti quando ví o logo tipo da casa ( aqueles bonequinhos coloridos) que o terreiro Pai maneco iria abrir sete filiais. E comentei com Mauro. Que a quantidade de bonequinhos eram os terreiros que ele abriria pelo mundo!
    Então com a abertura do blog,a coisa ficou mais clara. Do nosso propósito com o terreiro. Pois já éramos filhos da casa.
    Pai Fernando foi nos conhecendo, Caboclo Akuan sabia de meu coração e do Mauro. Da nossa intenção com a Umbanda e da nossa fidelidade.
    E estamos aqui...Aprendendo a cada dia o que é o Pai Maneco e trazendo essa filosofia maravilhosa.
    Obrigada Lú e pai Pela confiança mais uma vêz.
    Axé
    Luna - RJ.

    Ah! Aquela senhora que havia emprestado o livro é a mãe do primeiro pai de santo que Pai Fernando cruzou!
    O Pai André ( se não me engano)

    ResponderExcluir
  34. Mucuiu Padrinho.
    Olá mirian.
    Ouça Máe lucilia. basta vc querer mesmo que acontece.
    Eu que ja estou de mala pronta, posso afirmar de carteirinha que, com o povo do pai maneco, a ALEGRIA faz parte do pacote.
    Bora TPM BH.

    Bom feriado a todos.
    axé.

    kiko da praia.

    ResponderExcluir
  35. JOÃO, SEMPRE DIRIGI O TERREIRO DO PAI MANECO COM MUITA DEDICAÇÃO E SEMPRE TOMEI DECISÕES IMPORTANTES, SEM ME IMPORTAR COM SUAS CONSEQUENCIAS OU A QUEM FOSSE ATINGIR. NÃO ME ESCONDO ATRÁS DE NADA E DE NINGUÉM, E POR ISSO NUNCA PERMITI QUE ALGUÉM FALASSE POR MIM. VOU TER O MESMO COMPORTAMENTO NA DIREÇÃO DESSE BLOG. NÃO ME INTERESSA QUEM ESCREVE, TAMANHO DAS LETRAS, QUALIDADE DO PORTUGUÊS OU OUTRO FATO QUALQUER. EU SÓ AVALIO A QUALIDADE DA MENSAGEM. COINTINUE POSTANDO PORQUE QUANDO EU ACHAR ALGO ERRADO VC SERÁ O PRIMEIRO A SABER, MAS POR MINHA LAVRA. FMG

    ResponderExcluir
  36. Luna, de fato é a mãe do Pai André de Xangô. Deixe que ela descubra que vc trabalha com o Exu Tranca Ruas das Almas. Acho que ela conhece todos os médiuns que trabalham com ele aó no Rio de Janeiro. Avisem que com certeza ela irá na gira daí. FMG

    ResponderExcluir
  37. JOAO EMERSESON...

    Nossa lingua tem sua convencoes
    mas sao arbitarias e criadas
    para facilitar o dialogo
    quando atrapalham deixe-as de lado,
    mas nao se cale:
    ESCREVA DO MODO QUE FOR POSSIVEL.
    abracos
    Sidney, Curitiba

    ResponderExcluir
  38. Já falamos com ela Pai Fernando. Ela se tornou nossa amiga. E ficou MUIIIIIIIIIIITO FELIZ! Pela sua confiança.
    Bjs
    E ela sempre fala do seu grande amor que é seo Tranca rua!
    Saravá.

    ResponderExcluir
  39. JOÃO, ESQUECI DE DIZER: O AUTOR DO HINO DA UMBANDA ERA CEGO. FMG

    ResponderExcluir
  40. JOÃO DE OXALÁ!!!

    Uma vêz tinha um senhor pregando numa praça pública. E ele tinha certeza do que ele pregava! Ele levava o amor, a união, a paz de Deus...Os anos se passavam e aquele senhor continuava alí...E as pessoas não davam muita importância para aquele senhor...E os anos continuavam a se passar.
    Até que um dia um outro senhor chegou perto dele e perguntou o porque dele estar há tantos anos alí, fazendo a mesma coisa. Sabendo que as pessoas não se importavam.
    E ele com seu coração e paz falou..." Eu prego essa mesma filosofia há anos, porque se um dia eu parar vcs terão me mudado"

    SACOU?????
    Seja quem vc é e não mude nunca! A não ser para melhorar mais e mais os defeitos humanos. Fora isso continue sendo essa pessoa AMADA que vc é!
    Saravá.

    ResponderExcluir
  41. Ô JOÃO EMERSOM, deixa a gente não sô!!
    KiKo, vou me concentrar em ser mais positiva e a proposta da Mãe Luculia não tem mais jeito de sair da minha cabeça.Só tô um pouco confusa com o compromisso que firmei como o terreiro daqui.Até hoje à tarde, estava certa que era lá que iria ficar. Vamo ver...
    Luna eu também adooooooro cemitério!!!Só agora entendi a estória que você sempre fala dos bonequinhos....
    Pai Fernando, tô indo pra roça, então vou aproveitar pra ouvir passarinho etc etc.Como é que o sr. sabe que daqui a alguns dias estarei boa?!! Eu sei que o sr. sabe, só fiquei curiosa..."Jogar nas mãos dos espíritos".Vou ter que exercitar muito pra fazer isso, mas vou fazer. O senhor sabe como é gente ansiosa né?!
    Abração pessoal!!!

    ResponderExcluir
  42. Olá João Emerson da Costa! Abraço para vc, obrigada por seus posts, eu gosto de ler o que vc escreve. Saravá.
    Ana.

    ResponderExcluir
  43. Patricia Sabadin - Curitiba-PR4 de setembro de 2009 22:27

    Oi Pai, faz alguns dias que não acesso o blog e como tem coisa pra ler.... mas estou tentando me colocar em dia...
    Vi uma pergunta da Flor sobre o ponto do Anjo da Guarda e, acredite Pai Fernando, ela não foi a unica a reparar e questionar esse trecho, meu Pai (de carne) ja me fez a mesma pergunta.
    É que nós, vindos de uma educação católica, temos a premissa que o Anjo da Guarda nos acompanha sempre, pq essa é a função dele, dai o fato de ter que pedir permissão pra isso pode soar um pouco estranho para alguns.
    Mas o Sr. sabe tbem, que uma vez o Leo, falando do entendimento que o Sr tem sobre o Anjo da Guarda ele disse que só achava estranho o fato do ponto dizer "Se Oxala permitir, que venha meu anjo", dai ele disse "Mas se o anjo é meu próprio espirito, onde ele tava". Claro que ele falou na brincadeira, mas é algo a se pensar.
    Patricia

    ResponderExcluir
  44. MUCUIU PADRINHO.
    FALA JOÁO.
    PARE NÁO POR FAVOR, POIS JA ACOSTUMAMOS COM ELA. POR RESPEITO A SUA PESSOA CONSIDERO ESTA LETRONA LEGAL SUA "MARCA REGISTRADA" UM CARA KERIDO ASSIM MERECE. E TAMO JUNTO.
    PROMETO NÁO COPIAR. SÓ DESTA VEZ.
    ATÉ ENGROSSEI A VOZ PARA ESCREVER.rsrs.
    GRANDE ABRAÇO IRMÁO DE OXALÁ.
    AXÉ.

    KIKO.

    ResponderExcluir
  45. SARAVÁ PAI MANECO!

    MUCUIÚ PAI FERNADO!

    Lendo o que Luna escreveu, sabendo o que Mauro me contou, vendo sua resposta, VEJO que o Terreiro Pai Maneco aqui é resultado de trabalho. Muito trabalho por parte dos Orixás, das Entidades que Os representam, e claro, de nós aqui da Terra. Somos os materializadores de um sonho QUE NASCEU LÁ EM CIMA.

    Ainda na Faculdade Espírita, certa Gira, seo 7 Ponteiras do Mar olhou para os engradados de ovos, feitos de papelão, que foram colados no teto, para isolamento acústico. Seo 7 falou:

    "- O número de lugares para colocar ovos que estão aí em cima será o número de Terreiros que irão nascer deste."

    Nada aconte por acaso. A mãe do Pai André não entrou na loja da Luna por acaso, não mudei para o RJ por acaso. O tempo que trabalhei com a Dna Zilméa, depois na Soc Espírita São Sebastião, tudo foi preparação.

    As coisas acontecem na hora que são pra acontecer, sempre de acordo com os desígnios das 7 Linhas. Lívre arbítrio? Claro que existe, mas missão também! AI DE QUEM NÃO CUMPRE, TEM QUE VOLTAR PRA CUMPRIR MAIS TARDE!

    Quando conheci Mauro e Luna, apresentados pela Mãe Lucília, tive certeza que o Terreiro aconteceria mesmo, DE LEI, aqui na Guanabara. Era questão de tempo, só não imaginava que fosse tão rápido. Mas isso é o Pai Maneco quem sabe, os Espíritos. SOMOS SEUS INSTRUMENTOS.

    A Gira já estava acontecendo informalmente nos rolés da 'corrente intirante do TPM', liderada por Lucilia d'Yemanjá. Não existe acaso, nem coincidência!

    Através da Mãe Lucilia me juntei com Mauro, Luna, Roberto, Claudinha e outros filhas e filhos de fé foram vindo e continuarão a chegar. Alguns vão partir outros continuarão juntos.

    A Gira de abertura foi sensacional, com 5 Pais-de-santo, 2 Mães-de-santo, a força da corrente, das Entidades. O Axé dos Orixás! Certamente nossos caminhos estão abertos, cabe a nós e aos Guias a responsabilidade de mantê-los assim.

    Gostaria de compartilhar aqui uma bela frase, que reflete o resultado do momento. É de autoria do filósofo norte americano Edward Earle Purinton: "O que torna irrealizável um sonho, não é o sonho em si; é a inércia de quem sonha!"

    SONHAMOS, AGIMOS, REALIZAMOS!

    SARAVÁ! SARABUMBA!

    AVANTE FILHOS E FILHAS DE FÉ, COM A NOSSA LEI NÃO HÁ!

    Axé,

    Ronald d'Oxalá

    ResponderExcluir
  46. Mauro Monteiro [ Rio de Janeiro ]5 de setembro de 2009 01:47

    Salve Pai Fernando,

    como um cambone deve agir, caso um consulente dê algum presente a entidade ? Sabemos que as entidades não distinguem valores e isso pode trazer a falsa impressão de pagto, mesmo que o consulente o faça sem intenção.

    Me lembrei da história que o Sr. me contou do fumo, dado pelo português.

    Saravá !!

    ResponderExcluir
  47. Mauro, um presente à entidade não deve ser tida como corrupção espiritual, o caso do presente do fumo, a não ser que essa bem de algum valor. Bebidas, charutos, imagens são coisas normais. Em todo caso o cambono deve avisar os dirigentes. FMG

    ResponderExcluir
  48. Pai Fernando, quero fazer aqui um agradecimento público a Mãe Ritinha e a Mirtes, mulheres de fé que merecem tudo de bom. Saravá nossa banda!

    ResponderExcluir
  49. Saravá!!! Pai Fernando,

    Eu também gostaria de saber??? Quem falou foi por conta própria, eu não faria nenhuma alteração sem antes consultar o Senhor, e Hálisson você deveria seguir as orientações da sua Mãe de Santo, e não o que os outros dizem.

    Axé,

    Pai Jussaro de Ogum

    ResponderExcluir
  50. Bom Dia Pai Fernando,
    Gostaria de saber a sua opinião sobre:
    1)Como a corrente deve portar-se durante os trabalhos ? Isto é, o que deve ou não deve fazer durante o trabalho que está se desenvolvendo? Como é a concentração ?
    2) Quando se percebe que a corrente não está afinada, ou está dispersa, o que pode ser feito?
    3) Porque das restrições de entrada na casa de santo e na casa dos exús, atrás do altar? O que justifica isto?
    4) O que o senhor acha da linha dos ferroviários já conheceu ou teve alguma experiência com ela? Seu Zé Pilintra estaria nela?
    5) A exemplo de Nosso Lar de André Luiz, haveria uma egrégora específica para as linhas/falanges da umbanda?
    Um fraterno abraço a todos,
    Claudio - Curitiba - PR

    ResponderExcluir
  51. Jurema_Curitiba_PR5 de setembro de 2009 11:37

    MUKUIU PAI FERNANDO, É CHATO ISSO, MAS EU MAIS UMA VEZ VOU TER QUE FAZER O PAPAEL DE ADVOGADO DO DIABO.
    QUASE ME EMOCIONEI COM A POSTAGEM DO JOÃO, TENHO UM FILHO COM PROBLEMAS SERISSIMO DE VISÃO, ALÉM DE MÍOPE TEM UMA DISTROFIA CONGENITA NA RETINA, POR ISSO UMA VISÃO MUITO LIMITADA... E JAMAIS SERIA TÃO INSENSIVEL COM O PROBLEMA DELE.

    MAS VAMOS AOS FATOS, O JOÃO FOI CHAMADO A ATENÇÃO POR MIM E PELO RODRIGO NA COMUNIDADE DO TERREIRO NÃO POR POSTAR EM CAIXA ALTA E SIM POR ELE TER DADO UMA RESPOSTA INADEGUADA E OUSO DIZER MUITO MAL EDUCADA A UM DIRIGENTE DE OUTRA CASA QUE POSTOU UM CONVITE PARA UMA FESTA DO SR TRANCA RUAS DAS ALMAS...QUE DIGA-SE DE PASSAGEM POSTOU EM LETRAS MINUSCULAS AS QUAIS ELE LEU MUITO BEM.
    EU REALMENTE BRINQUEI COMO SEMPRE FAÇO COM O FATO DE ELE POSTAR EM CAIXA ALTA, MAS A QUESTÃO PRINCIPAL FOI A RESPOSTA GROSSEIRA QUE ELE DEU PARA A PESSOA QUE POSTOU O CONVITE.
    SE ISSO O OFENDEU SINTO MUITO, MAS EU CONSIDERO QUE A OPINIÃO DELE NÃO REFLETE A OPINIÃO GERAL, OU A FILOSOFIA DO TERREIRO PAI MANECO QUE PELO QUE APRENDI ATÉ HOJE RESPEITA AS DIVERSIDADES DA UMBANDA.
    MUITO CHATO ISSO, MAS COMO TODA HISTÓRIA TEM DOIS LADOS ACHEI APROPRIADO QUE O SR CONHECESSE O OUTRO.

    Axé!

    ResponderExcluir
  52. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA,Pr5 de setembro de 2009 11:50

    PAI FERNANDO,CERTA VEZ UMA AMIGA MINHA(CATÓLICA FERVOROSA),VEIO ATÉ MIM EM PRANTOS DIZENDO QUE ESTAVA PASSANDO POR UM PERÍODO CONTURBADO ESPIRITUALMENTE:" JOÃO TODA SEMANA EU VINHA SONHANDO COM PESSOAS MORTAS QUE ME PEDIAM PARA ASCENDER VELAS DE VÁRIAS CORES NO CEMITÉRIO,O MAIS INTRIGANTE ERA QUE ELES ME DAVAM O ENDEREÇO DE SUA SEPULTURA EM DIVERSOS CEMITÉRIOS DE CURITIBA E REGIÃO, QUANDO EU CHEGAVA LÁ...BATATA...ERA O MESMO MORTO DO SONHO,E ASSIMFOI...VELAS,FLORES,ÁGUA,PÃO....ATÉ QUE NUMA NOITE, AOS PÉS D EMINHA CAMA VI UMA FIGURA SOMBRIA E SINISTRA,COM UMA CAPA AZUL E BRANCA,TERNO ESCURO,BARBA FEITA,E COM UM OLHAR QUE ME CONGELOU, EU NÃO CONSEGUIA ME MEXER NEM ACORDAR MEU MARIDO...ACHEI QUE FOSSE ALGO DO MAL...MAS ENTÃO DESDE ESTE DIA EU PAREI DE SONHAR COM OS MORTOS..." PAI FERNANDO,NEM TIVE DÚVIDA PEGUEI O NOTEBOOK E QUANDO MOSTREIA FOTO QUE O JIMMI FEZ DO SEU TRANCA RUAS...ELA DESMAIOU E DE EMOÇÃO RECOBROU A CONCIENCIA CHORANDO...DISENDO:" É ELE, É ELE...NUNCA MAIS VOUE SQUECER ESTE OLHAR....SÓ QUE NO MEU SONHOE LE TAVA SEM CAVANHAQUE". ENTÃO PAI FERNANDO,SEI QUE ELA NUNCA PÔS OS PÉS SEGUER EM MISSAS CARISMÁTICA...POIS ELA É CATOLICA TRADICIONAL....ACREDITO QUE SEO TRANCA RUAS DAS ALMAS ANDA TRABALHANDO PRA CARAMBA,FAZENDO EXTRA EM SONHOS DE FIÉS DE OUTRAS RELIGIÕES. AGORA PERGUNTO, EPLO FATO EM SI.. PODE SEU TRANCA RUAS DAS ALMAS TER ...TRANCADO A PASSAGEM QUE OS ESPIRITOS ESTAVAM USANDO PARA CHEGAR A ELA?ISSO PARA QUE ELA NÃO ENLOUQUECESSE?.....PS...OBRIGADO PELO CARINHO DE TODOS MEUS IRMÃOS E IRMÃS...

    ResponderExcluir
  53. Pai Fernando, Mãe Rita, Izabela...obrigada pelas respostas...via dessa forma pq eu só senti Oxossi depois de mais de 2 anos e sofro bastante pra incorporar ainda, e perguntei a outros filhos de Ogum se trabalhavam com Oxissi e alguns me responderam q não sentinham mt tbm...acho q me precipitei e generalizei...a coisa eh comigo msm rsrs
    Izabela em contra partida a teu comentario, eu sou filha de Ogum e sinto mt e mt forte meu pai de cabeça, sempre foi assim, ele foi o 1º q incorporei, as vezes sofro um pouco pq sinto ele mt forte...mas ele vem...
    Isamara (Curitiba-PR)

    ResponderExcluir
  54. Pai Fernando,

    Peço desculpas pela demora, mas, em virtude de algumas questões profissionais, não acompanhei o blog nos últimos dias.
    Quero, como foi colocado no tema livre anterior, contato com a Luciane, da gira de sábado, para visitarmos esse terreiro.

    Meu contato é edgar.cavalli@gmail.com

    Abraço,

    Edgar Cavalli Jr. Curitiba - Pr.

    ResponderExcluir
  55. Baba! Muito obrigado pela confiança e me por a frente do TPM Floripa, sob sua simples e direta orientação não tem como errar!
    Miriam!
    Acretite que tem um time sendo preparado pelo plano astral para te ajudar! Kiko mesmo já se tornou uma grande fonte de energia positiva móvel! Começou aqui, passou pelo Rio, Bahia, Curitiba, já já ele chega aí com a turma! Prepara o café!

    JOÃO! SEU LETRÃO É O CHARME DO BLOG!NUNCA MUDE!

    Beijos a todos!

    ResponderExcluir
  56. Mucuiu Padrinho.
    Mucuiu Pai Ronald.
    Quebrou no texto heim RRRonallld. Andas embaladissimo na vibe. Copiado e guardado de novo.
    Preciso pegar o gancho sobre o "sonhar", e comentar o que já ouvi do seu mata virgem, em um dia que eu não estava muito bem.
    Sempre fui MUUITO sonhador. E comigo sempre deu certo. Fui atrás de todos, e a corrida não termina nunca, todo dia durmo (acordado mesmo) e chego a sentir na boca do estomago a sensação do realizar. O sonho vira combustível.
    Em minhas Viagens acordado, lembrei de um sonho que dormindo se repetia varias vezes. Era uma oca de 5 paredes, sendo uma de tijolos de vidro. Seu mata me abraçava e sorria feliz. Depois via vários espalhados pelo litoral do Brasil, usando o mar como condutor (elétrico mesmo) da energia de um trabalho feito em sincronismo. Todos eles vibrando a mesma força juntos, a mesma gira, exatamente no mesmo momento. Pouco tempo depois conhecia a vida nanequiana através da Likinha, atual Mãe Alice. Thnx.
    Acontece que demorei a entender o sentido do "PÉ NO CHÁO". E no meio de um nó na mente por ser muito sonhador no meio do povo do pé no chão veio a vozinha do meu amado índio.
    FILHO.
    ONDE MELHOR LUGAR PARA MATA VIRGEM COLOCAR UM FILHO SONHADOR, DO QUE NO TERREIRO EM QUE O SIMBOLO MAIOR É A AGUIA, QUE VOA LIVRE COMO OS SONHOS. E NÁO EXISTE OUTRA MANEIRA DE VOAR FILHO MEU. SÓ TIRANDO OS PÉS DO CHÁO.
    Vou continuar com meus pés no chão. Mas meus sonhos deixo com a águia de pai Akuan.
    Sarava Irmãos de fé.
    AXÉ.

    Kiko da praia.

    ResponderExcluir
  57. Andréa Destefani-Colombo-Pr5 de setembro de 2009 14:35

    Amigos blogueiros:
    Lendo o blog hoje me emocionei muito com tudo que foi escrito, em especial as mensagens ao meu amigo amado João. Luna o seu comentário foi bárbaro.
    Fabille também "pertenço' ao seo Capa Preta(pois nós é que somos deles, acredito nisso) e ele é justamente assim: um pai zeloso! No começo ,e o Pai Fernando sabe disso, eu tinha medo dele, mas hoje eu sei o quanto de amor esta entidade nos dá, do jeito dele.
    Aninha vc queria que eu falasse dos filhos de Iemanjá, sob a minha ótica, e vou te dar um exemplo bem simples. Os filhos de Yemanjá são como o mar, a gente não pode conter só admirar. Veja a Mãe Lucília: ela está espalhando a nossa Umbanda pelo Brasil como um tsunami benigno e ninguém mais segura ela!Saravá a todos!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  58. Andréa Destefani-Colombo-Pr5 de setembro de 2009 14:37

    Gostaria de avisar a todos que continuo firme no propósito do projeto de educação infantil no terreiro. Retomarei o projeto a partir do dia 10, quando já terei entregue meu livro. Peço a todos desculpas pelo atraso...

    ResponderExcluir
  59. Luna e Miriam...
    Bom saber que mais pessoas gostam de cemitérios além de mim! rsss
    Pra mim, lá é um lugar de uma energia inigualável.
    Sinto mais paz lá dentro que na beira do mar.
    Não que o Mar não me traga paz e serenidade, mas tenho um respeito "extra" no campo santo.
    Certa vez, li um texto onde um Exu Tranca Ruas, esclarecia os médiuns do seu terreiro sobre a importancia da calunga pequena.
    Ele falou de que o Cruzeiro das Almas era um lugar iluminado e que ali no cemiterio embora a crença popular fale de espiritos trevosos e de baixa vibração, existem muitos trabalhadores do espaço responsaveis em auxiliar os que ainda estão presos a materia e os que perambulam nas cidades em busca de socorro acabam por lá tbm.
    Além de que uma oração sincera para as almas no cruzeiro cria um poderoso campo de força, trazendo muitas beneces aos que precisam de energia.
    Salve a Calunga Pequena!
    è por isso que meu exu trabalha tanto lá...
    Quem sabe um dia eu não meraça tbm uma opornidade de auxilio junto à ele?

    Sarava a nossa umbanda querida!!!!
    Fabille

    ResponderExcluir
  60. Pai Fernando, entendi. E gostei muito também do post do Pai Ronald Stresser, sobre a diferença entre o Orixá Pai de Cabeça e Entidade Protetora.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  61. Afrânio - Ceará

    Pai Fernando,

    A pipoca é usada em algum amalá? por exemplo posso utilizá-la no amalá para Criança ou para qualquer outro Orixá?

    Salve!

    ResponderExcluir
  62. Claudio, pela ordem:

    1- A corrente deve estar atenta a todos os movimentos da gira, não conversar com o vizinho, não observar as incorporações dos irmãos da corrente e manter a mente ligada ao ponto cantado, que não deixa de ser uma forma de se concentrar.
    2- Nesse caso os dirigentes devem fazer os reparos necessários e os membros que estão observando isso devem ficar concentrados sem mentalizar nenhum aborrecimento.
    3- Acho que mesmo em nossa casa temos quartos reservados e pessoais. A casa dos exús e a casa dos pais de santo devem ser respeitadas porque ali é que os dirigentes fazem seus pedidos, inclusive para os membros da corrente quando solicitam. Não vejo isso como cerceamento aos membros da corrente.
    4) Eu desconhceço a linha dos ferroviários, por isso nada posso dizer.
    5) Também não sei responder.

    FMG

    ResponderExcluir
  63. Jurema, explicado e quero nesse momento pedir que não sejam mais postados assuntos sobre esse caso, muito embora alguns ainda vão ser porque já estão no blog. FMG

    ResponderExcluir
  64. Ronald,isso ai, sarava a Mirtes que esta sempre ajudando com carinho todos os mediuns e cambones do terreiro!

    Sobre o cemiterio, sempre me senti em casa em cemiterios..eh indescritivel a sensacao. Mto bom encontrar uma religiao que acolhe estas sensacoes que em outros espacos pareceriam tao estranhas. Tive sorte por minha mae ser umbandista e nao se assustar com meus passeios no meio da tarde pela calunga da minha cidade,rs.

    Pai Beco, adorei tua postagem. Acho que a musica, alem de muitos outros aspectos, marca uma diferenca fundamental em relacao as outras religioes: nunca sera chato frequentar uma gira. Todos adoram um bom batuque. Ja levei algumas pessoas ao terreiro, a maioria ateias e elas adoraram o samba.
    Sarava o batuque do TPM que nao deixa ninguem parado.

    Abracos a todos.
    Desiree - Curitiba-PR

    ResponderExcluir
  65. Andréa Destefani-Colombo-Pr5 de setembro de 2009 22:21

    Pai Fernando gostaria de saber se ,por exemplo, uma pessoa monta um terreiro num local alugado e sai deste lugar sem "desfazer" as firmezas do local, pode vir a prejudicar os próximos moradores? Porque as vezes fico pensando que as firmezas funcionam também como uma fonte de referência a espíritos que busquem apoio em terreiros, como se fosse uma fonte de luz.

    ResponderExcluir
  66. Boa Noite Pai Fernando,
    Vejo que muitos dos problemas dos consulentes estão relacionados a questão financeira, saúde e emocional, e no fundo todos estes aspectos da vida envolvem-se com o espiritual. Muito bem!
    Solucionada a(s) questão(ões), ou atenuada(s), dentro do merecimento de cada um, na sua opinião, qual a principal mensagem da Umbanda para estas pessoas ? E qual a mensagem para os médiuns que cotidianamente atuam neste sentido?
    Abraços, Claudio - Curitiba PR

    ResponderExcluir
  67. Mauro Monteiro [ Rio de Janeiro ]5 de setembro de 2009 23:06

    Salve Pai Fernando!

    Nao havia visto sua resposta no tema 16 sobre a pesquisa, me perdoe, qdo abri a maquina, dia 04 set, já acessei o tema 17. Obrigado, sua opinião é mto importante, que bom que gostou. Tenho uma observação a fazer , dispararam emails em minha caixa com novos nomes, vou precisar atualizar ainda mais aquela lista, e pelo andar da carruagem ela ainda deve crescer mais.
    Já me enviaram nomes de mestres juremeiros, boiadeiros, ciganos, e outros, daqui a pouco vai dar para escrever um livro...hehe...

    Terça-Feira envio uma lista atualizada.
    Mas ainda dentro do proposto.

    Amanhã [ hoje ] é dia de gira, nao vero a hora de começar. Salve a nossa banda !!!

    Saravá !!!

    ResponderExcluir
  68. Andréa, concordo com vc! eles não são nossos! rs
    É apenas um "vicio de linguagem", que vou corrigindo aos poucos.
    No começo eu tive receio, não medo, mas receio, por não saber trabalhar na esquerda. Ficava preocupada, porque ouve-se cada absurdo sobre os Exus que me assustavam só pelos comentários.
    Além das diversas manifestações onde os médiuns "apavoravam" qualquer um.
    Enfim...
    Tenho plena confiança nele. É um grande espirito que veio me dar uma mão. Sei que a vida dele, segundo o relato, não foi das melhores, ele era um nobre portugues e que na ávida vontade de enriquecer ainda mais acabou por agenciar navios negreiros, para o Brasil. Onde hoje tem forte ligação ao Preto-Velho que tbm me dá assistencia.
    Dentre outras coisas mais que ele revelou...
    Com isso. vamos aprendendo o quanto eles são humanos e como trabalham !
    LaroiÊ Exu!
    Grande abraço
    Fabille

    ResponderExcluir
  69. Pai Fernando boa noite. Sua benção!

    Duas coisas. A Dona Norma ( Mãe do Pai André de Xangô), ficou esses últimos tempos adoentada. Mas ela falou que quando puder irá sim ao terreiro. E mandou abraços.

    E sinto lhe dizer que a senhora que recebia o Pai Manceo aqui no Rio de Janeiro e que era mãe pequena do terreiro Faleceu tem 3 mêses.

    E´isso. Bjs e boa noite!
    Porque amanhã é nossa gira e tenho que descansar!
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  70. Andréa, não creio que se isso acontecer vá gerar energias ruins para os proximos moradores. Mas píor, muito píor será parq quem deixar para trás algo otão importante. Será um dos maiores desrespeitos e falta de cuidado de um dirigente. FMG

    ResponderExcluir
  71. Claudio Henrique, vou contar uma histórinha. Certa vez uma pessoa foi falar com o Caboclo Akuan e disse que não tinha mais ido no terreiro porque estava muito atarefado com sua vida profissional, e que esperava que ele entendesse, apesar desta melhora em sua firma ter sido um trabalho que o caboclo tinha feita. Resposta dele: "meu filho, quis ajudar teu "trabalhador" e acho que acabei atrapalhando vc. Vou tirar o que te dei, e assim vc pode vir no terreiro". Claro que a entidade acedeu aos apelos do "por favor, nãoa f aça isso". Acho que cada um deve ter a consciencia de suas obrigações com o mundo espiritual. Quanto aos médiuns, digo sempre que eles são meros instrumentos e quem faz os trabalhos são os espiritos. FMG

    ResponderExcluir
  72. Mauro, essa tua lista vai ter que ser atualizada sempre,por isso peço que vc sempre comunique para completar a lista que vai para o site. E aproveite para incluir o nome do Caboclo Akuan. FMG

    ResponderExcluir
  73. Boa dia Pai Fernando.
    Estamos aguardando sua opinião do mês de Setembro.
    Bom domingo para todos!!!
    Axé
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  74. Pai Fernando. Estava pensando numa coisa aqui...
    O que o senhor acha daquele médium de Umbanda, que no seu dia a dia. Na sua vida pessoal Usa drogas?

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  75. Luna, o dependente de drogas só deve participar de uma gira sob cuidados dos dirigentes e para que ela possa se curar. Caso não seja nessas condições ela acaba se envolvendo com espiritos viciados - o semelhante atrai o semelhante, e será um problema muito sério para ser resolvido. FMG

    ResponderExcluir
  76. Pai Fernando, muuuuuito obrigada por ontem, o Sr. não sabe o quanto estou feliz!
    Mas, por conta de tantas emoções, acabei esquecendo de fazer algumas perguntas...

    1- As vezes vemos médiuns que trabalham com a Entidade X e, por algum motivo, depois de um tempo, passa a trabalhar com a Entidade Y.
    Por que isso ocorre? É possivel que a primeira entidade tenha vindo para "desenvolver" ou "preparar" o médium para a outra entidade?

    2- Pode acontecer tbem, de uma entidade ser chamada pra trabalhar com um médium pq a gira precisa daquela entidade e depois o médium passa a trabalhar com a entidade na qual tem o compromisso?

    3- Logo que entrei pra corrente, S. Tupinambá me disse que eu tinha uma "ligação muito forte" com o Caboclo Ubirajara. Anos depois vim a saber que sou cavalo dessa maravilhosa entidade. O Sr. acha que essas "ligações" podem ser resgates ou compromissos por conta de vidas passadas?

    4- Todas as entidades que trabalhamos podem ter essas ligações com a gente ou algumas podem se aproximar depois, apenas por afinidade energética e para trabalhar, tipo, alguma entidade pode se aproximar para trabalhar pq vc é o "cavalo ideal" naquele momento, sem ter sido firmado um compromisso anteriormente?

    Acho que não esqueci de mais nada....rss
    Bjo grande

    Patricia Sabadin - Curitiba/PR

    ResponderExcluir
  77. Pai Fernando meu exu quando vem esta dando gargalhada isso significa que ja estou incorporando?

    ResponderExcluir
  78. Andréa Destefani-ColomboPr6 de setembro de 2009 12:45

    Pai Fernando, às vezes sinto , depois de analisar os fatos, que atuei como médium sem saber, sem sentir nada. Como se eu passasse mensagens pras pessoas sem eu ter conhecimento no exato momento que isto acontece. Logicamente que sou responsável por tudo que eu falo e não fujo desta responsabilidade. Por exemplo sei quando seo Beira Mar passa uma mensagem pra alguém mesmo que eu não o cite. O problema é quando me envolvo em situações e mais tarde vou analisando cada ponto e vejo que foi algo além de mim mesma. Então tenho algumas perguntas sobre isto:
    1. Isto ocorre mesmo?
    2. Se a pessoa não levar a sério sua mediunidade, ela pode então ser um canal para entidades não tão boas?
    3. As pessoas que não estão ligadas a uma religião, mas trabalham com um grande número de pessoas pode ser usada como médium? Como uma pessoa que trabalha com política por exemplo?

    ResponderExcluir
  79. Boa tarde Pai Fernando!
    A mãe Lucília queria colocar a Míriam no fogo, mas acabou me chamuscando hehehe Apesar de não morar muito tempo em BH, acredito que posso ajudar em alguma coisa. Pelo menos boas vibrações já são garantidas hehehe
    Imagina o pessoal por aqui!! Maravilha!!
    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  80. Boa noite, boa noite a todos os amigos do blog...

    Pai Fernando, sei que a pergunta vai parecer boba, mas é que conversando aqui e ali... acabei ficando na dúvida... Quais são as 7 linhas da Umbanda? E quais são as linhas auxiliares?

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  81. Boa noite Pai Fernando,gostaria de responder a pergunta de Claudio Henrique de Castro a nº5.
    Sim,na colonia Nosso Lar ha espíritos da egrégora da Umbanda trabalhando,os Exus por exemplo.
    André Luis se comove com um espírito feminino que pede para poder entrar na cidade nosso lar e pede a sua orientadora
    para poder deixar entrar aquele espirito que esta sofrendo muito, a orientadora pede calma a André e diz que primeiro que eles tem que consultar
    o Chefe dos Vigilantes (Exus) aonde ele observa o espírito e diz que não esta na hora de ser socorrido mostrando o porque.
    Outro fato interessante é o pau que fechou no nosso lar,quando tiveram que derrubar o governador, um baita traficante de carne do umbral,isso mesmo
    o chefe do trafico,a irmã Veneranda com a ajuda dos Exus(vigilantes)sitiaram a cidade e fizeram um impeachment é só observar no livro.Outro fato de espiritos
    da Umbanda é quando André Luiz vai visitar sua casa e encontra o novo marido de sua esposa que está doente, a amiga Narcisa que esta com André vão até a natureza.

    Segue trecho do livro.
    "Admirado da lição nova, segui-a, silencioso. Chegados a local onde se alinhavam enormes frondes, Narcisa chamou alguém, com expressões que eu não podia compreender. Daí a momentos, oito entidades espirituais atendiam-lhe ao apelo. Imensamente surpreendido, vi-a indagar da existência de mangueiras e eucaliptos. Devidamente informada pelos amigos, que me eram totalmente estranhos, a enfermeira - São servidores comuns do reino vegetal, os irmãos que nos atenderam."
    Neste trecho do livro fica por conta da interpretação de cada um.
    Gerson-Curitiba

    ResponderExcluir
  82. As postagens dos pais Fernando e Beco foram muito significativas. É bom demais saber o caminho que trilharam... Mas podiamos ir rodando a pergunta:
    Como cada um dos pais e maes de santo do TPM chegaram na Umbanda ? Quando a Umbanda se fez inevitavel na vida eles ?

    OBS: TPM (Ctba, Rio e Floripa!)
    abracos
    Sidney Oliveira (Ctba. PR)

    ResponderExcluir
  83. Patricia, respostas na ordem:
    1- Isso é muito comum acontecer, inclusive no nosso terreiro várias vezes aconteceu que uma entidade vem abrir o caminho para outra.
    2- Também é perfeitamente normal e acontece quase sempre no nosso proprio terreir0
    3- Diante do aviso do Caboclo Tupinambá, não deve contestar a veracidade dessa afirmação, mas, daí para ligações com vidas passadas, resgates, não acredito e não curto esse tipo de crenças. Para mim ontem já foi, hoje é um outro dia. Vidas passadas no meu entender já passaram.
    4- Essa pergunta também é verdadeira e é comum acontecer. FMG

    ResponderExcluir
  84. Antonio, com certeza. Vc não iria fazer isso sem a presença da entidade. FMG

    ResponderExcluir
  85. Andréa, pela ordem:
    1- Quanto mais sintonia existe entre o médium e o espirito, mais comum o médium transmitir o pensamento da entidade sem perceber. É muito comum e comigo acontece frequentemente. Vou mais além pois eu percebo quando uma pessoa me transmite uma mensagem do espirito, só que não digo nada para não impressionar a pessoa.
    2- Também pode acontecer, mas não porque não leve a sério sua mediunidade, mas porque todo médium está sujeito a ser vitima de um obsessor.
    3- Com certeza, tanto que em postagem anterior dei o exemplo do Hitler. FMG

    ResponderExcluir
  86. Flavio, com o fogo se alastrando espero que outras pessoas também se chamusquem. FMG+

    ResponderExcluir
  87. Denise, as sete linhas cósmicas da Umbanda são Oxalá, Ogum, Oxossi, Xangô, Iansã, Oxum e Iemanjá. Linhas auxiliares existem mas eu não as classifico. FMG

    ResponderExcluir
  88. Gerson, não foi só ao Claudio que vc esclareceu. A mim també, porque o que está escrito pelo Chico Xavier eu tenho como verdade. Nesse livro o Clarencio carregava uma bengala de luz, tal e qual os Pretos Velho da Umbanda, porque ninguém pode imaginar que a entidade usa bengala só para se equilibrar. FMG

    ResponderExcluir
  89. Sidney, bem legal a pergunta. Vamos aguardar os Pais e Mães de Santo do nosso Terreiro, mas extensivo a todos os dirigentes que quiserem colaborar. É muito interessante saber isso. Eu, como já contei em meu livro fui levado à Umbanda por ordem do Pai Maneco e me fiz Pai de Santo porque o Pai Edmundo Ferro desencarnou. Está aberta a questão. FMG

    ResponderExcluir
  90. Pai Fernando o Pai Maneco sempre fala que perdão não se pede se conquista.Uma amiga nossa diz que as vezes não se acha digna de vestir o branco porque não consegue perdoar algumas pessoas que lhe magoaram no passado. Falei que perdão depende do nível do nosso entendimento, que vai mudando com o tempo, e que "vestir o branco' iria ajudar muito, mas como fiquei na dúvida gostaria de ouvir a sua opinião. Acho que esta gripe não está deixando eu pensar direito....

    ResponderExcluir
  91. Andréa, o conselho que vc deu seria o mesmo se fosse pedido a mim. FMG

    ResponderExcluir
  92. Nossa Pai Fernando não tinha me tocado do irmão Clarêncio... bem lembrado,com certeza ele é um Preto-Velho.
    Obrigado.
    Gerson_Curitiba

    ResponderExcluir
  93. Andréa Destefani-Colombo-Pr6 de setembro de 2009 22:53

    Tenho pouca experiência de Umbanda,mas acredito que a única forma dela crescer e de nós médiuns também é através do diálogo e da atenção que prestamos a todas as coisas que ocorrem dentro da gira e de nossas vidas. Estamos nos desenvolvendo como espíritos e estamos aqui desenvolvendo a Umbanda como religião. Fazemos já parte da história, das histórias individuais,das pessoas que buscam apoio e conforto, e da comunidade umbandista como um todo. Muito do que eu sei tenho aprendido com o Pai Fernando, como muita gente também.Um filho de corrente presta uma atenção enorme em tudo o que seu pai ou mãe de santo faz e fala e há muita responsabilidade nisto. Da parte do Pai ou Mãe de Santo em demonstrar o amor que a Umbanda nos proporciona e do filho de corrente em saber que ali na sua frente está um ser humano, que apesar de ser seu desenvolvedor,é passível de erros também e merece mais que nosso respeito, nosso amor principalmente, porque não é fácil administrar tantos filhos. Não é porque vestimos branco é que nos santificamos, vestimos todos o branco porque buscamos a mesma coisa , mesmo nas nossas desigualdades:a luz que nos guie a caminhos melhores nesta existência...Refletiu a Luz Divina com todo seu explendor....
    Obrigada meu querido Pai Fernando por tudo que tem feito por mim, por tudo que tem me ensinado e pelo amor que nos dedica diariamente...
    Obrigada Mãe Lucília pela força que você tem...
    Obrigada Pai Beco pelo seu sorriso constante(um pai de santo tem que sorrir sempre!)...
    Obrigada Pai Jussaro por todo o tempo que passei em sua gira e por tudo que me ensinou...
    Obrigada Mãe Jô por todas as conversas que tivemos e ainda vamos ter!
    Obrigada meu compadre e amigo Pai Bitty pela linda gira de sábado!
    Estes são os pais de santo que tenho mais contato mas gostaria de pedir aqui um axé especial à mãe Ritinha, que aniversaria hoje, e apesar de não ter um contato maior, gostaria de desejar que Oxum a fizesse brilhar cada vez mais como pessoa,como profissional e como umbandista!

    ResponderExcluir
  94. Mauro Monteiro [ Rio de Janeiro ]6 de setembro de 2009 22:54

    Salve Pai Fernando !

    Vou escrever todos os assuntos na ordem :

    * perdão por nao ter colocado o Caboclo Akuan na pesquisa. Na verdade a ansiedade e o cansaço visual ( foram muitos copia e cola do excel para a planilha e deixei de colocar varios outros nomes )me fizeram cometer alguns erros que vou consertar nessa terça... fora a emoção de ver o trabalho pronto logo, confesso.

    * minha chegada a Umbanda escreverei em outro post porque a historia é longa.

    * a gira de hoje correu bem, agradeço aos irmãos que vieram de Curitiba para nos ajudar. Sensacionais.
    Como estava mediunizado em boa parte dela, vou preferir ler as opiniões dos que estiveram lá. Tivemos hoje perto de 40 consulentes, talvez mais. Emocionante ( e surpreendente ) ver os consulentes batendo palmas e nos ajudando a cantar, já que tivemos a dificuldade natural por estarmos iniciando, em cantar os pontos na mesma sintonia.
    Inclusive Pai Fernando, tive uma ideia e gostaria de contar com seu aval :
    Pensei em xerocar os pontos que cantamos, e deixar na assistencia para que as pessoas possam companhar a gira, cantando conosco.
    Também acho que seria legal, eles participariam e se sentiriam mais proximos ainda da corrente.
    É isso.

    * Lucilia : Tô felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz !!!!

    Saravá !!

    ResponderExcluir
  95. Patricia Sabadin (Curitiba/PR)6 de setembro de 2009 23:01

    Pai Fernando, só quero esclarecer que eu nunca questionei oq S. Tupinambá disse-me a respeito do S. Ubirajara, apenas queria entender como acontecem essas ligações. Mas acho que algumas respostas nós só teremos quando estivermos ao lado deles, do lado de lá né...

    ResponderExcluir
  96. Mauro,eu não ia perder essa do Cab. Akuan. Já estou sabendodo sucesso da gira. Pô, quarenta consultas na 2a. gira é sucesso total. O Ronald já tinha ligado e me contou. Dei desconto por ele ser suspeito, mas logo em seguida minha prima e amiga Lolita liugou e me fez um relatório. Estou muito feliz e vamos ter muito trabalho. É fundamental a participação da assistencia na gira. Pura alegria. Saravá todas as entidades. FMG

    ResponderExcluir
  97. Pai Fernando e Lú, mucuiú!...Hoje eu estou caindo pela banguela. Mas amanhã com certeza posto no Blog!
    Axé. Que bom o senhor ficou feliz!
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  98. Matheus-Curitiba-PR6 de setembro de 2009 23:35

    Ola pai fernando!tenho 13 anos e essa eh minha duvida:
    assim eu consultei em uma gira de caboclos com o caboclo flecha dourada e contei de uns sonhos q tinha com pessoas falando comigo e pessoas q nunca vi e elas apareciam primeiro como sombras depois em forma humana mas eram do bem pois eu sentia muita tanquilidade quando falava com eles e entao ele me benzeu(antes nos fizemos eercicios de respiraçao etc..) e me pediu para fazer uma guia verde e branca com uma pena verde e um dente curvado eu ainda naum fiz ele pois foi sexta passada q consultei ele disse q iria cruzar a guia e eu gostaria de saber como funciona o cruzamento eu jah procurei na internet mas naum axei.
    muito obrigado!

    ResponderExcluir
  99. Pai Fernando eu hj qnd incorporo as entidades normalmente sinto elas ali, oq me da confiança e segurança, eu estou consiente mas não sou dona de mim, porem com a Preta Velha não é assim, é tão sutil q mau sinto vibrar, e depois não sinto mais ela, parece q sou mais consiente q com as outras entidades, q sou eu o tempo todo, e consequentemente tenho mais medo tbm... então queria perguntar:
    1-pq isso acontece?
    2-é normal? se for, como eu faço então para me sentir mais segura?
    Isamara (Curitiba-PR)

    ResponderExcluir
  100. Caro Gerson e Caro Pai Fernando,
    Obrigado pelos esclarecimentos, em várias passagens identificamos entidades da Umbanda nas obras de André Luis, vejamos por exemplo o capítulo dos Umbrais: "As missões mais laboriosas do Ministério do Auxílio são constituídas por abnegados servidores , no Umbral, porque se a tarefa dos bombeiros nas grandes cidades terrenas é difícil, pelas labaredas e ondas de fumo que os defrontam, os missionários do Umbral encontram fluídos pesadíssimos emitidos, sem cessarm por milhares de mentes desequilibradas, na prática do mal, ou terrivelmente flageladas nos sofrimentos retificadores. É necessário muita coragem e muita renúncia para ajudar a quem nada compreende do auxílio que se lhe oferece" (p. 75).
    A minha pergunta específica foi quanto a descrição de como seria o "Nosso Lar" dentro da Umbanda.
    Um abraço a todos, Claudio - Curitiba - PR.

    ResponderExcluir
  101. Bom dia a todos!
    Bom dia Pai Fernando e mãe Lucília. Mucuiú!
    Bom a nossa gira...

    A gira do Pai Maneco Rio de Janeiro, foi simplismente boa.
    Fomos Pai Ronald, Pai Mauro, Camila, Bruno, Seo Sergio, O capitão do Terreiro de Curitiba ( me pedoe - não guardei o nome) e um outro rapaz muito simpático que fotografou a nossa gira. Todos ajudaram e fizemos o nosso melhor!
    Foram dois amigos Ogans - Neto e Bruno. Que são de outro terreiro nos ajudar ( peço pai Fernando o seu agradecimento, pois sem eles não teríamos os atabaques cantando) Foram todos de coração aberto no intúito de fazermos uma gira harmoniosa e alegre.
    O mais surpreendente foi a assistência. Tivemos cerca de 40 pessoas na assistência. E essa mesma estava junto conosco na gira. Batendo palmas alegremente e cantando.
    Realmente os espíritos tocaram a gira de forma redonda e sem maiores problemas.
    Cantamos, dançamos, vibramos aos pontos do terreiro! Foi muito bacana participar de toda essa energia.
    Tinham duas meninas de Curitiba que ajudaram a cantar.
    Pai Rock foi representando a tenda são Jorge. De pai Pedro e foi levar seu axé.
    Senhora Lolita foi levar sua alegria!
    Tivemos cinco pessoas interessadas em entrar para a gira.
    A assistência ficou muito satisfeita com todos os trabalhos.
    Mas foi fundamental as três pessoas que vieram de Curitiba para nos dar uma grande força e fé.
    Cantamos ao som de Caboclo Akuan e de todos os Orixás!
    Mas queria muito agradecer as pessoas que de longe ajudaram...
    João de Oxalá - Mandando os pontos cantados
    Denise Oliveira - Junto comigo on line, baixando os pontos.
    Rodrigo Fornos - Mandando o passo a passo
    Mirtiz - Mandando nosso material de trabalho
    Dêdê - se preocupando e agitando o que podia ai
    Laura, Roberta, Maurem...sem a ajuda dessas pessoas não teríamos tanta organização por aqui.
    É fundamental estudarmos o certo para que a coisa dê certo.
    O brigada de coração!
    Obrigada as pessoas que se propuseram vir de tão longe, as pessoas que estão acreditando, e que relmente estão abraçando com amor e dedicação o Terreiro pai Maneco aqui No Rio de Janeiro.
    Porque não precisamos quantidade e sim qualidade de pessoas que querem realmente servir a Umbanda pés no chão. Que querem abraçar essa causa tão grandiosa que Seo Akuan e Pai Maneco está nos presenteando. Porque esse é o segredo!
    Amar, servir, se dedicar e acreditar!
    Muito Obrigada a todos.
    No mais estamos nos preparando para que tudo dê certo. Como já está dando!
    Estamos felizes. Muito felizes e gratos.
    Obrigada a todos. E se eu esqueci de alguém desculpe.
    Saravá e vamos que vamos!
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  102. Matheus, o cruzamento da guia é uma forma simples que a entidade faz no toco, sem nenhum ritual. É como a guia se fosse abençoada. Vejo que vc é jovem. Isso é muito bom para o futuro da Umbanda. FMG

    ResponderExcluir
  103. Isama, é normal. Isso acontece pela afinidade que vai acontecendo entre vc e a entidade. Comigo acontece a mesma coisa quando recebo o Pai Maneco. Também, já faz mais de cinquenta anos que eu o incorporo. FMG

    ResponderExcluir
  104. Claudio Henrique, não posso afirmar, mas acho que o Nosso Lar tem muito com a Umbanda. Vou colocar a seguinte questão: tirar os espiritos obsessores da Umbanda e deixa-la sem tarefa. Então, todos esses espiritos que são afastados das pessoas que procuram os terreiros, mesmo a propria vibração de Iansã e o trabalho dos Exus que trabalham com as almas, para onde eles são levados? FMG

    ResponderExcluir
  105. Mucuiu meu Pai.
    Eu acredito que os espíritos que são afastados das pessoas pela Umbanda, são encaminhados, muitas vezes, para locais de tratamento e doutrinamento, para recuperação.
    Vemos também, alguns casos em que espíritos são "recrutados" por Exus para trabalharem para eles.
    Seria mais ou menos isso?

    Charles - Curitiba/PR
    Gira de quinta - Pai Beco.

    ResponderExcluir
  106. Pai Fernando eu nao te expliquei direito eu quis saber se quando o exu chega e solta sua gargalhada mostra que ele ja esta devidamente incorporado ou seja no dominio tanto do mental quanto do corpo?

    ResponderExcluir
  107. Oi Tio Fernando Boa Tarde!
    Boa Tarde pra todo mundo
    Eu queria contar uma coisa que aconteceu cmg sexta-feira.
    Não tivémos gira,agora elas são quinzenais, entao eu desci até o terreiro, que fica na parte de baixo da minha casa, no mesmo terreno mas não no mesmo local, desci, entrei, sentei num banquinho de frente ao congá, to ali quietinha fazendo uma prece... qdo de repente olho pro lado e vejo, uma menina ruiva, de laçarote de fita amarela na cabeça e vestido da mesma cor, olhos azuis cor de bolinha de gude, uma carinha de sapeca e bem rosadinha.... Ela pega sem mais e nem menos fala assim... Oh tia pode deixar que vai ter meleca pra mim.... Agradeci, me emocionei e já reconheci quem era naquele instante que ela sumia... Era Mariazinha, a erê que eu trabalho, que chamo carinhosamente de Maricota, respondendo uma pergunta que estava na minha cabeça há alguns dias. Como todos já sabem a minha tia, que era a mãe pequena do terreiro, ela faleceu há 10 meses e era ela quem fazia a maria mole que a Mariazinha come e chama de meleca, eu estava muito preocupada com quem iria fazer pra Festa de Cosme, já que ela não faria e a Mariazinha respondeu que terá Maria Mole mesmo sem minha tia....No sábado acordei e minha prima, filha desta tia, me ligou e disse que tinha tido um sonho com uma menina e descreveu exatamente que eu tinha visto, essa menina pediu: Tia! Faz vc a meleca pra mim!
    Minha prima já entendeu quem era e o que queria, só estava me ligando pra eu ficar calma...
    Nossa contei que eu já sabia, eu e minha prima choramos muito, de saudade e de alegria, pois pra nós foi muito lindo tudo isso que aconteceu... adorei muito tudo isso
    Bjos tio Fernando e tio Beco bom feriado para todos.
    Joyce - Guarulhos - SP

    ResponderExcluir
  108. Charles, aí que está o grande mistério. Se os espiritos são encaminhados para locais de tratamento e doutrinamento, onde ficam esses locais? Outra colocação e insisto nisso. Sabemos que na Umbanda quem trabalha são os espiritos já conhecidos dessa religião, como os Caboclos, Pretos Velhos e todos que sabemos. Mas que tipo de espiritos são os obsessores pela Umbanda afastados das pessoas e encaminhados para os locais de recuperação? E os recrutados pelos Exus para trabalharem para eles, não teriam que para assumir essa tarefa de auxiliar dos Exus passar por um treinamento em locais de recuperação? E por que não o Nosso Lar? FMG

    ResponderExcluir
  109. Antonio, foi isso que entendi e assim eu respondi, ous eja, a entidade já incorporou. FMG

    ResponderExcluir
  110. Joyce, que legal! Eu quero que vc viva sempre assim, cheia de alegria, fé e determinação. FMG

    ResponderExcluir
  111. Pai Fernando, pensando como Umbandista, eu diria que estes lugares estariam dentro dos campos de força de cada Orixá.

    Eu ia escrever sobre os obsessores, mas, resolvi fazer uma outra pergunta dentro deste tema, para talvez formular melhor meu entendimento. Os espíritos obsessores, quando em contato com Caboclos, Pretos, Exus ou entidades de outras linhas, podem ser forçados a deixar de obsediar certa pessoa, ou seria "um acordo" e a partir dali ele ser encaminhado para tratamento? Onde entraria o livre arbitrio desse espirito?

    Charles - Curitiba - PR
    Gira de quinta-feira - Pai Beco

    ResponderExcluir
  112. Pai Fernando, sou da opinião de que cada espírito, mesmo resgatado pela Umbanda é encaminhado para locais conforme sua própria crença. Nada impede que a Umbanda resgate espíritos que em vida eram adeptos de outras religiões, mas creio que eles são encaminhados de acordo com aquilo que acreditam, para seu melhor entendimento.
    Acho que a Umbanda resgata todo e qquer tipo de espirito. Desde aqueles que ainda não tomaram consciencia do seu desencarne e encontram-se perdidos, até aqueles ditos "trevosos".
    E tbem entendo que os Exus fazem sim, uma seleção e treinamento para aqueles que passarão a fazer parte de seu "grupo de trabalho".
    Mas aí, será que não existem locais específicos para tais treinamentos?

    ResponderExcluir
  113. Charles, obsessor, trevoso, espirito do mal só tem o livre arbitrio para cair nessa. Depois o seu livre arbitrio desaparece, ou seja, perde esse direito divino de exercemos nossa vontade propria. Vc imagine se fosse dado o livre arbitrio para os condenados e presos nas penitenciairias.
    .FMG

    ResponderExcluir
  114. Patricia, vamos começar a pesquisar junto aos espiritos. FMG

    ResponderExcluir
  115. Pai Fernando, entendi. Mas e se mesmo assim o espirito se naga a obdecer determinada entidade. O que pode acontecer a ele?

    Charles - Curitiba - PR
    Gira de quinta-feira - Pai Beco

    ResponderExcluir
  116. Mauro Monteiro [ Rio de Janeiro ]7 de setembro de 2009 16:50

    Salve Pai Fernando, Salve Charles !

    Vou participar também dessa conversa

    Segundo consta em livros de André Luiz , são várias as colônias que operam na transição de espiritos socorridos. Como ja li a respeito destaco o nome de algumas delas, todos transcritos de livros Andrê Luiz :

    Colônia Esperança, Colônia Regeneração, Colônia Nosso Lar, Colônia Campo da Paz, Colônia Socorrista Moradia, Casa Transitória de Fabiano, Colônia Redenção, Colônia Semonta, Colônia Caminhando para a Paz, Colônia Caminhando para a Libertação, Colônia Amigos do Cristo, Colônia dos Artistas, Colônia Casa do Escritor, Colônia Amigos da Paz, Colônia São Sebastião, Colônia São Paulo (no plano sutil da capital paulista), Cidade Espiritual de Alvorada Nova, Metrópole Astral do Grande Coração, etc.

    Estas colônias espirituais se situam nos "céus" do planeta, ou seja, nos espaços astrais e extrafísicos acima do nosso planeta.

    Existem diversas outras, porém a titulo de ilustração creio que essas bastam. Vale destacar que no plano astral o socorro é dado a todos os espiritos que precisem, avaliando seu grau de necessidade e por qual aprendizado devam e precisem passar.

    Saravá !!

    ResponderExcluir
  117. Pai Fernando.
    Se uma pessoa é vítima de um trabalho feito para o seu mal. Esse trabalho só vai ser desfeito caso a pessoa peça ajuda?

    ResponderExcluir
  118. Pai Fernando...

    Na quarta fui levar um amigo na gira do Pai Léo e na primeira parte foi feito um super trabalho com os médiuns da corrente. Na hora do intervalo coversando com uma moça q é da corrente de outro dia e nesta quarta estava na assistência, ela disse-me ser vidente e q ainda tinha um trevoso escondido que para ir embora queria 'negociar'.. tipo queria algo em troca para ir...
    Como funciona nesses casos? É feito a troca? Se eles não tem mais livre arbítrio como podem querer essa troca?

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  119. Luna... OBRIGADA pela lembrança e carinho!!! No q eu puder ajudar, tô dentro.... só falar!!! Faço com carinho...

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  120. Sidney!
    Como cheguei na Umbanda...
    Bom, na verdade nunca fui "normal". Desde criança posso ver aura, tenho lembranças da minha mãe gravida e com 5 anos levantava sonâmbula e dava consultas espirituais, sempre com meu pai junto.
    Com 8 anos, minha tia (cunhada do meu pai que era Umbandista)fez um trabalho para fechar minha mediunidade o que me possibilitou uma vida normal (sem ver os seres pequeninos de dentes pontudos,sombras, capas pretas, pessoas sem rosto como antes).
    Minha mediunidade só voltou aos 12 anos quando minhas amigas inventaram de fazer "brincadeira do copo". Tive vários problemas espirituais, via os espíritos "brincalhões" fazendo confusão com a vida de todos. Sempre eu tinha que ir salvar. fazia combinados com os espíritos.
    Comecei nessa época a ler tarot e ter contato com um espírito que eu chamava de anjo, Ariel. (na verdade era a cabocla de oxum que trabalho, Raio de Lua).
    Até ficar grávida com 19 anos, meus baralhos e taros foram minha segurança e até fonte de renda...
    Quando eu morava em Pontal do sul, estava grávida, uma amiga me falou que tinha conhecido um lugar que era minha cara (TPM). Mas quando ela falor ser um Terreiro logo exitei, pois estudei muito para equilibrar minha mediunidade e não queria brincar com ela.
    Meses depois eu havia me separado e voltei a morar em Ctba com minha filha de meses.
    Sozinha, do nada resolvi ir no tal Terreiro do nada, nem tava precisando, só queria conhecer. Era uma quarta feira. Gira da Mãe Jô. Frequentei a gira da Jô na assistência por um ano sem sentir uma vibração. adorava ir lá tomar um axé. Belo dia, Vó Maria Chica na Jô me chamou e disse: Filha, vc está no lugar certo mas no dia errado! Venha na segunda feira!
    Na outra segunda eu fui na gira do Fernandão.
    nem preciso dizer que na semana seguinte já estava de branco.
    Hoje tenho 8 anos de TPM e semana que vez completo um ano de mãe de Santo do TPM Floripa!
    Como? Obedecendo o plano astral e seguindo a risca as orientações do Pai Fernando com muito amor e força de Ogum!
    Espiritualmente, quem me levou ao Terreiro foi uma cigana muito especial para mim chamada Manon, que tive a honra de ter me orientando e abrindo meus csminhos.
    Sempre digo á minha corrente que meu gira é firmado em Terra Cigana, ou seja, não precisamos de chão, carregamos nossa força, nossas armas, nossa união, nossa família TPM!
    É isso...
    Saravá!

    ResponderExcluir
  121. Charles, como ele não tem o livre arbitrio, será levado à força. FMG

    ResponderExcluir
  122. Mauro, é que alguns acham que como foi a Umbanda quem afastou tem que ser levado para uma casa de socorro da Umbanda. Eu não creio nisso, tanto qie as Umbanda foi criada para exatamente interceder contra esses espiritos malignos. Por isso acho que eles atuam de comum acordo. FMG

    ResponderExcluir
  123. Patricia, nenhum mal pode perdurarpara sempre. Só pede auxilio os que não conseguiram se livrar desses trabalhos do mal. FMG

    ResponderExcluir
  124. Denise, médium de outra gira, vidente, diz que viu e não avisa o dirigente, ou não devia ter ido ou devia ter calado a boca. FMG

    ResponderExcluir
  125. Pai Fernando, o espírito obsessor pode fingir que aceita ser encaminhado, para depois fugir e retornar a obsediar a mesma pessoa?

    ResponderExcluir
  126. Pai Fernando, como meu conhecimento sobre o kardecismo é bem superficial, pergunto: o kardecismo consegue afastar espiritos obsessores? se sim, de que forma diferencia-se do método utilizado pelas entidades da umbanda? Particularmente, não estou conseguindo imaginar que tipo de espiritos são os obsessores afastados pela Umbanda, seriam eles, aqueles que o Kardecismo não consegue afasta-los? Ou seja, no Kardecismo não existe o "vai a força"?

    E Mauro, é sempre bom termos mais opiniões nas conversas, obrigado!!!

    Abraços

    Charles - Curitiba - PR
    Gira de quinta - Pai Beco

    ResponderExcluir
  127. Pai Fernando, quero compartilhar minha alegria... Acabei de falar com o veterinário da Luma e os exames não deram nada... Nem o linfoma nem prob de coluna. OBRIGADA por me permitir ficar na vibração semana passada pela minha cachorrinha. Obrigada obrigada obrigada obrigada obrigada!!!! :o))))

    Pai Fernando, aproveito para perguntar... tem algo q eu possa fazer para evitar esses sofrimentos delas? Foi assim com a Mel tb... ela só melhorou depois da vibração no terreiro... O q pode estar acontecendo??? E é sempre prob de locomoção... nos exames veterinários não dá nada.

    Beijinhos e mais uma vez OBRIGADA!!!!!!

    ResponderExcluir
  128. Patricia, essa é uma das diferenças do mundo material e espiritual, pois mesmo sendo espirito atrasado sua palavra dada é respeitada. Depois nenhum espirito desses iria conseguir fingir a um espirito de luz. FMG

    ResponderExcluir
  129. Charles, claro que o espíritismo tradicional afasta e encaminha espiritos obsessores. A diferença fica em trabalhos negativos onde foram criados campos de força. Aí a Umbanda é imbativel e o espiritismo de mesa não consegue derrubar. Fica aqui também uma observação interessante, pois os médiuns do espiritismo tradicional sofrem bastante o assedio de espiritos inimigos, e na Umbanda a segurança dos médiuns é bem maior pelas defesas implantadas por nossos Orixás. FMG

    ResponderExcluir
  130. Oi Pai Fernando, e blogueiros.
    Uma vez perguntei ao mentor da casa espirita, que estava incorporado numa medium sobre a "hierarquia"espiritual e o trabalho com as outras linhas .. sabendo que eu sempre fui umbandista mesmo no centro espirita...
    E a resposta foi clara: "A diferença existe apenas aqui, onde é colocado para a melhor compreensão dos trabalhaores da seara cristã e para o descortinamento do preconceito". Ou seja, que eles trabalham em comum acordo, cada um com sua especialidade.
    Achei fantastico. Porque converge com o que penso.
    Na propria apometria, aqueles seres trevos e com uma deformação no corpo astral deveras animalizado (com formas animais) muitas vezes eram encaminhados "à força" sim. Pois a doutrinação convencional mesmo com a apometria, não surtia efeito e acabavam por exigir muita energia do médium. Assim como dependendo do tipo de tratamento que é despendido ao espirito, são encaminhados para colonias especializadas na sua recuperação especifica.
    Um vez, recebi um espirito, deveras raivoso e deliquente, que insistia em perturbar as nossas seções. O dirigente não conseguia um diálogo fraterno, e ele sempre acabava preso, sob os campos de força criados para que fosse "amolecendo". O objetivo dele, era cumprir ordens de um "maioral" um superior que não se aproximava das seções e estava dificil rastreá-lo para encerrar a sua influencia do corpo mediunico. Pois o objetivo era enfraquecer a mesa e fazer com que o desequilibrio energetico acabasse com os trabalhos de encaminhamento.
    Era muito serio.
    Pois a vibração deles, era tão nociva que as barreiras do centro ficavam sempre imantadas de vestigios negros e pegajosos. Então na abertura dos trabalhados eram chamados os elementais e os guardioes para restaurar o equilibrio e instaurar o bloqueio com seu magnetismo para dar segurança aos trabalhos. Exigiu de nós muita concentração e um trabalho coletivo com diversos trabalhadores, inclusive de outras vertentes.
    Eu como já na mesa trabalhava com o Pai João, ele auxiliava no comando da linha das entidades de umbanda. E deu resultado. Num atendimento, conseguimos localizar a base que ligava o obsessor mandado ao manda-chuva e logo conseguimos "puxa-lo" e saber o que estava acontecendo. Ele foi encaminhado a força, por mensageiros da fraternidade da Cruz e do triangulo do mestre Ramatis cuja, casa de trabalho estava vinculada.
    Conclui dessa experiencia, que eles trabalham em conjunto quando necessários, afinal cada um com sua banda, mas todos pela Banda Mundial.
    Ah!!! Quando as denominações: muitos trabalhadores para não "ferirem " o ego dos ortodoxos espiritas, adotavam nomes comuns, mas aqueles que tinham videncia viam de quem se tratavam e logo mantinham a sensatez de zelar pela prosperidade dos trabalhos e ficavam na deles. Afinal se a minha iniciação na umbanda servia pra alguma coisa, eu quando precisava de ajuda num trabalho, era a Umbanda que buscava socorro, mesmo em se tratando de um centro espirita, e essa ajuda nunca foi negada e muito menos dificultada pela linha de trabalho, pois o respeito entre eles é impecável, pois visam o mesmo objetivo.

    Sarava fraterno!
    Fabille

    ResponderExcluir
  131. Boa Noite!

    Sidney!!!

    Minha entrada na Umbanda... ( eu posso participarr, pai fernando? Se não , não precisa aceitar)

    Bom, crescí sendo Testemunha de jeová. Aprendi muitas coisas nessa religião. Com aproximadamente sete anos fui para a igreja católica e alí permanecí por quatro anos. Porêm chegava perto do padre e fazia muitas perguntas nas quais ele não sabia responder. Mas amava as missas. Quando se aprende a entender uma missa, sem se prender aquele ritual é maravilhoso! Aos 11 anos minha mãe casou de novo. E a sogra dela era evangélica. E lá fui eu para Universal. Adorava aqueles rituais, as orações, os louvores ( como gosto até hoje, das músicas) e fui ficando...Até meu padrasto implicar com as coisinhas que levava para benzer a casa.
    Aos 15 anos deu uma reviravolta na minha cabeça e me tornei uma pessoa extremamente agressiva, rebelde e marginalizada. E com isso me afastei de qquer religião. Ficando a mercê da sorte da vida. Pois por onde andava era tudo muito perigoso.
    Num certo dia. Um amigo bateu em minha porta me convidando a ir na igreja dele. Eu participava de uma igreja evangélica e teria uma consagração. Fiquei meio relutante mas fui! Chegando lá era uma pastora falando uma passagem b[iblica muito linda. E me emocionei! No exato momento sentí algo muito estranho envolvendo meu corpo. Como uma pessoa me apertando, pesada. Não conseguia respirar...Então fui tomar um ar fresco.
    Quando me ví, estavam um pastor e quatro obreiros me enfiando a pregada! Arrancanso meus cabelos, e expulsando " os demônios" que estavam em mim...De certo eram vários. Porque pesava 45 kilos. E absolutamente ninguém me segurava! Tal era a violência dos obsessores que estavm comigo.
    Claro medianta de minhas andanças, eles se aproximaram...
    Olha foi terrível! Um filme de terror. Os espíritos obsessores se apossaram de mim a todo momento. Era na rua, em casa, no trabalho. E eram várias pessoas tentando tirar os demônios. Mas não conseguiam. Pois eram de uma violência total. Eu não podia sair na rua. Eu não podia me aborrecer, eu não podia passar em bares, me divertir. Fiquei refém daquilo tudo. Meu corpo era hematomas e hematomas. Minha mãe não sabia o que fazer. Pois minha familia nunca foi religiosa. Somente eu.
    Então num certo dia estava no trabalho e meu gerente regional estava visitando a nossa empresa. E sabe o que aconteceu????????
    Imagina?? Pois é! Quando dei por mim estavam todos os seguranças do shoping chamando a ambulância querendo me levar para o hospital de maluco. Pois ninguém conseuia segurar os Bichos que estavam comigo Por que eram bichos mesmo! Rosnavam, gritavam, quebravam as coisas...Então um amigo abendo daquilo tudo, telefonou para minha mãe e foram me buscar em combóio para um centro Kardecista Cruzado com Umbanda.
    E foram lá eles me levar. Eu não andava. Meu corpo estava todo machucando, então cheguei carregada, por dois amigos.
    Na hora que apontei na porta do terreiro. O pai De santo pediu o encerramento do estudo e pediu ermissão para abrir a gira.
    Bom fiquei lá no meio umas cinco horas só n desobsessão. Foi terrível. Mas permanecí no banco, enquanto os médiuns trabalhavam pra mim.
    Saí de lá caminhando e feliz!
    E comecei um longo tratamento nesse centro que permanecí por 12 anos. Esse homem maravilhoso é Sebastião Mauro da casa de caridade e irmandade Batuíra e pai Miguel das almas. O senhor que me entregou para o pai Fernando na nossa primeira gira aqui no Rio.
    Então foi isso. Esse meu começo. Com 17 anos!
    E durante esses anos todos fui lendo, estudando, frequentando, trabalhando na Umbanda. E hoje estou aqui com vcs no terreiro pai Maneco, sendo filha de pai Fernando e mãe Lucília.
    Axé e saravá

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  132. Boa Noite, Pai Fernando,
    Quanto a desobsessão a obra "Diálogo com as Sombras" de Hermínio Miranda me parece maravilhosa. Minha pergunta é a seguinte: quais são as seguranças importantes do terreiro para enfrentar obsessores ? Tronqueira, casa de santo, gira concentrada, pai de santo preparado? Guias experientes ?
    Um abraço a todos,
    Claudio - Curitiba - das quintas-feiras

    ResponderExcluir
  133. Pai Fernando Só a tútulo de saber mesmo!

    Como se prepara um capitão do terreiro? E como devemos saber quando é o momento?

    Obrigada.

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  134. PAI FERNANDO!!!

    A LILIAN MARIA!!! ELA ME AJUDOU TBEM E ME PASSOU TODO O HINÁRIO DA GIRA.
    OBRIGADA LÍLI.
    BJS

    LUNA - RJ

    ResponderExcluir
  135. Pai Fernando,gostaria de perguntar ao senhor e com sua permissao ao Pai Ronald, sobre o Sr. Exu Caveira. Senti uma energia fortissima qdo do cruzamento no momento da incorporacao desta entidade, e gostaria de saber mais sobre. Se outras pessoas tiverem informacoes sobre os caveiras de forma geral, seria bem interessante pq existem diferencas dentro desta grande familia. Abracos

    Desiree - Curitiba- PR

    ResponderExcluir
  136. Pai Fernando

    Gostaria de entender a pergunta do Matheus...foi no nosso Terreiro? Pergunto isso, pq por coincidência, fiz um levantamento essa semana para a Rita e nao temos na gira de sexta nenhum caboclo identidficado como Flecha Dourada e tb pq sexta feira passada foi gira de boiadeiros. Pergunto isso so para esclarecer, pois estranhei qdo ele disse q foi na gira de sexta.

    Beijos
    Mariana Meister - Curitiba/PR

    ResponderExcluir
  137. Belissimo depoimento Alice.
    Determinacao e força.
    Saravá !
    bjao
    Sidney

    ResponderExcluir
  138. "Mirtes"!

    Desculpe ter escrito seu nome errado!
    Axé.
    Boa dia Luna -RJ

    ResponderExcluir
  139. Bom dia, amigos umbandistas.
    Uma pergunta de iniciante: fiz, há algum tempo, entrega para o exú João Caveira.
    Ontem falei com ele mas ele nem disse se "recebeu" ou não.
    É comum as entidades não fazerem referência às entregas?
    (Minha fé anda meio abalada há um tempo. Por isso talvez eu precise de uma 'prova').
    Muito grato pela resposta,
    Julio Luis - Curitiba

    ResponderExcluir
  140. Fabille, muito boa a colocação que vc fez. Só mesmo com vendas nos olhos é que não se vê a harmonia que existe no plano espiritual. Pudessemos ter a comunicação direta do espirito, sem a interfrencia do homem, o mundo seria muito melhor. FMG

    ResponderExcluir
  141. Mãe Luna, não publicar o teu texto? Como se a tua história vai ganhar o premio? Outra coisa, não me lembro se já falei. O Irmão Batuira era o dirigente espiritual do centro do espiritismop tradicional onde trabalhei vinte e cinco anos, inclusive tendo tido a honra de vez ou outra dar uma mensagem incorporado com ele. FMG

    ResponderExcluir
  142. Claudio Henrique, a Umbanda não enfrenta obsessores, ao contrário, só os afasta das pessoas e os encaminha. Obsessores não tem campo de força criado e por isso não oferecem perigo aos terreiros, exceto quando exercem o poder da manipulação no mental dos dirigentes. Estou falando de obsessores conscientes e preparados pelo astral inferior. FMG

    ResponderExcluir
  143. Luna, a função dos capitães é auxiliar os dirigentes nas giras e da corrente, por isso preferencialmente o capitão deve ser médium que não incorpora. A preparação é uim ritual que varia de casa para casa. Nós aqui fazemos o cruzamento chamando todas as linhas e oferencendo os amalás a cada um. FMG

    ResponderExcluir
  144. Mariana, vamos pedir ao Matheus que explique sua Cidade e qual o terreiro que fez a pergunta. FMG

    ResponderExcluir
  145. Oi Pai Fernando, conte-nos um pouquinho sobre o Exu Morcego, por favor! Ontem ele veio na gira e a energia dele é indescritível!
    Laroiê Exú!
    bjs
    Fabiana

    ResponderExcluir
  146. Julio Luis, nem sempre a entrega é feita ao espirito especificamente, mas aos seus falangeiros. Quando eles pedem a entrega é para criar um campo de força. Se vc quiser uma prova, se é que vc precisa dela, peça mentalmente a ele alguma para acontecer alguma coisa e vc vai ver como acontece. DFMG

    ResponderExcluir
  147. Mauro Monteiro [ Rio de Janeiro ]8 de setembro de 2009 12:48

    Salve Pai Fernando e irmãos do blog !

    essa questão de obsessores sempre me preocupa.

    Mas o aspecto é simples : Como LIDAR, como QUALIFICAR cada tipo de obsessão.

    Acredito que cada Terreiro aqui no plano fisico receba a sua fonte energetica para solucionar esse grande desafio que é doutrinar a horda cada vez mais crescente deles.

    A obsessão espiritual pode ter diversos fatores :

    * pode ser causada de proposito, para arruinar alguém ;

    * pode ser involuntária, um espirito sem direcionamento o faz sem querer , se mantendo ali ao lado da vítima até que receba a correta orientação mediúnica;

    * pode ser causado pela propria pessoa, atraindo para sí determinados espiritos causadores de molestias espirituais, que estão em ambientes impregnados pelo jogo, drogas, sexo prostituido, e outros menos benéficos a qq saude espiritual ;

    enfim...para nao me tornar muito extenso citei apenas os que considero mais comuns...mas existem varias outras formas de obsessão, é obvio.

    Por isso temos que ter muito cuidado no tratamento desses irmãozinhos que precisam de ajuda, seja com o médium incorporado ou não, já que muitas vezes um médium que não incorpora ajuda com uma prece ou energização com as mãos.

    É importante estar atento ao real problema que o consulente atravessa.

    Saravá !!!!

    ResponderExcluir
  148. Fabiana, veja no site www.paimaneco.org.br que eu conto a história dele. FMG

    ResponderExcluir
  149. Mauro, muito bem colocado. Repare que em todas as situações em nenhuma podemos supor um campo de força negativo. Por isso é que dificilmente o Exu intercede com o obsessor. O Exu tem como tarefa maior destruir campos de forças negativos. FMG

    ResponderExcluir
  150. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA,Pr8 de setembro de 2009 13:57

    PAI FERNANDO,ESSA SUA SOBRINHA E NOSSA PRIMA IRMÃ DE GUARULHOS REALMENTE EMOCIONA,JOYCE VC ESTABELECEU UM VÍNCULO LINDO COM TODOS NÓS DO TERREIRO DO PAI MANECO,FICO FELIZ POIS LEMBRO DAS SUAS PRIMEIRAS POSTAGENS SOBRE AS INCERTEZAS...E QUE BOM QUE TUDO CLAREOU AGORA...PAI FERNANDO QUANDO UM PRETO VELHO VEM TRABALHAR NUMA GIRA DE EXÚ SUA VIBRAÇÃO É TOTALMENTE DE EXÚ?O SENHOR PODE FALAR UM POUCO SOBRE ISTO?PORQUE ALGUNS PRETOS TEM ESTA PERMISSÃO?SARAVÁ

    ResponderExcluir
  151. João, ninguém muda vibração.O Preto Velho vem na Umbanda e não esconde essa roupagem. Veja por exemplo o Tio Antonio e sua fotografia feita pelo Jimmy. Para mudar a roupagem, tem que vir em outra encarnação. FMG

    ResponderExcluir
  152. Mais um causo fresquinho rsrs
    Na sexta feira durante um atendimento no toco normal com o Pai João, em meadas da conversa, o Pai João pediu pro cambono e para o consulente dar as maos e sentado mesmo no toco chegou o Exu.
    O Preto Velho não disse que ia "subir" ou dar passagem, simplesmente quando eu me dei conta, já tava seu capa preta trabalhando, pediu uma vela branca e uma preta fez o trabalho, firmou no ponto, disse que tudo ia se resolver, e se despediu. Sem alarme, sem mudança de comportamento, sem saltos e barrancos.
    De imediato voltou pái Joao e continuou a consulta.
    Ele nao mudou a vibração, mas em determinada situação, geralmente na linha dos pretos quando preciso, ele chama o "menino" para trabalhar.
    Ali no toco, quieto mas com muita mironga.

    Sarava

    ResponderExcluir
  153. Hum??? Que prêmio pai Fernando????
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  154. Luna, o premio da história mais complicada. Brincadeirinha...FMG

    ResponderExcluir
  155. rsrsrsrs...E eu ainda pergunto! rsrs
    Axé.

    Luna -RJ

    ResponderExcluir
  156. rsrs...
    Isso porque pai Fernando, eu esquecí de falar do tapa no rosto que o padre levou e a cusparada de água benta que ele tentou jogar na minha boca enquanto estava com os obsessores...rsrs
    E quando me amarraram com cordas de biquiní para tentarem me levar por dentro de um shopping center, pelo meio da praça de alimentação. Com todos vendo..hahaha
    Como eu sofrí!!! Tadinho do padre...Só lembro dos óculos dele voando tentando me exorcisar.
    rs.
    Axé

    Luna- RJ

    ResponderExcluir
  157. Boa noite Pai Fernando, sou Rejane do RJ e cheguei ao blog por indicacao de um amigo de muitos anos o Mauro Monteiro.
    Tive o prazer de participar da Gira no RJ deste domingo e senti a vibracao maravilhosa do trabalho dos mediuns e a ligacao sutil do espaco com as entidades que lentamente e gradativamente se aproximam de mim,diria que estou em fase de desenvolvimento,aprendizado e....por que nao de euforia e alegria.Inicio minha participacao timidamente e crescentemente.Grande abraco e axe.

    ResponderExcluir