Assine aqui para receber atualizações deste blog

quarta-feira, 7 de abril de 2010

TEMA LIVRE -31-

Estou criando o Tema Livre -31- onde peço que sejam postadas as novos comentários. FMG

57 comentários:

  1. Qual a importância de uma mãe pequena?
    Quando desisti do candomblé para ser umbandista, fui levada até a cachoeira para um banho com ervas pela minha mãe pequena, isso foi muito importante para mim. Meu pai de umabanda estava lá,e,isso foi fundamental,mas minha mãe simbolizou um cuidado especial para comigo que nunca irei esquecer.Nós, que viemos do candomblé,damos uma importancia gigante aos nossos pais e mães espirituais que nos cuidam, mas como é na umbanda realmente? Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  2. Sandra Estrella, Mãe e Pai em qualquer religião ou lugar tem que ter o mesmo respeito. Mãe Pequena não deixa de ser Mãe de Santo porque é a substituta em eventuais impedimentos da Mãe de Santo. A Mãe Pequena só está subordinada a Mãe de Santo e todos devem ter o respeito como se fosse a propria Mãe de Santo. FMG

    ResponderExcluir
  3. Sabe,vô, agora estou escrevendo para o senhor um tanto emocionada.Minha história no TPM é muito grande,um dia queria sentar contigo e te contar. Frequento o terreiro desde 1993, mas tem apenas 1 ano que entrei pra corrente, antes, experenciei o candomblé, onde permaneci por 5 anos.Lá no candomblé,é tudo diferente,a hierarquia é tremenda, e ao mesmo tempo que isso é importante, é muito difícil de administrar.Na umbanda a importancia maior está concentrada apenas no dirigente, dele,sempre vem a primeira e a última palavra.Confesso que isso é mais fácil de entender,no entanto,as vezes o equilíbrio fica diferente,por isso uma segunda opinião sempre é fundamental.Amo meu pai Jussaro, mas a minha mãe Tania...ela é ímpar em certas coisas.Fiz uma música pra ela, que nem sabe, mas deixo um trecho aqui pro senhor.
    "Mãe, sempre linda e graciosa as vezes é severa e valente, consciente com doçura,com o pai sabe dosar. Ô mãe que me escuta e me entende, me olha lá na corrente, me segura pra eu não cair,traz consigo sempre a força, um abraço um carinho que nunca deixo eu desistir". Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  4. Andrea Destefani7 de abril de 2010 21:03

    Pai Fernando , é muito comum um médium ser tomado as vezes por sensações de que algo ruim ou bom vai acontecer e não sabe de onde vem. Depois estas sensações se confirmam. O que o senhor faz quando tem uma sensação ruim? Hoje suas intuições são todas bem definidas?

    ResponderExcluir
  5. Prezado Pai Fernando;

    Boa Noite!
    Primeiramente quero lhe agradecer por me receber na segunda feira, percebi que o Senhor é uma pessoa "Justa e Perfeita", Extremamente assediada por todos e faz questão de atender a todos com o mesmo carinho. Parabéns!
    Também quero deixar aqui minha Alegria de ter conhecido o Terreiro do Pai Maneco e a belissima Gira apresentada na segunda feira. Confesso que não conhecia nenhum terreiro até então e digo-lhe que fiquei impressionado com a beleza, o respeito, a energia, a seriadade, e principalmente o Amor que irradia de vossos trabalhos. Sai dali com a certeza que se em nosso pais as pessoas se comportassem com a metade do comprometimento, o respeito e o Amor que senti ali, estariamos caminhando a passos largos para a grandesa Nacional.
    Mais uma vez quero postar aqui, a minha admiração e o meu respeito pelo Senhor Pai Fernando e por todas as pessoas que fazem o Terreiro Do Pai Maneco ser o que é.
    Atenciosamente.
    José Dionizio.

    ResponderExcluir
  6. Pai Fernando, as mediunidades como audição, psicografia, visão, clarividência, transporte, etc, são desenvolvidas (para quem tem o dom) assim como a incorporação com o passar das giras? Nas giras de desenvolvimento mesmo sem percebermos também são desenvolvidas?

    ResponderExcluir
  7. Saravá Pai Fernado!

    Muito legal sua opinião de abril, concordo contigo meu amigo.

    Para a alegria não é importante ganhar ou mesmo competir, participar e compartilhar sim.

    O empenho deve ser no sentido da pratica do bem! Assim podemos encontrar a verdadeira alegria, aquela realmente duradoura.

    Esta felicidade, pura como a de Oxoce, se faz latente apenas para quem abandona a inveja e o desejo de sobrepujar os outros.

    Nós somos um!

    ResponderExcluir
  8. Pai Fernando existe uma ordem de hierarquia dos Orixas, Oxála sempre acima certo, explo, Oxála, Ogum, Iemanja, Oxum....

    Axé
    Marcio

    ResponderExcluir
  9. Ana Carolina Fernandes Dias8 de abril de 2010 02:16

    nossa! fiquei emocionada com o ponto da Sandra Estrella pra Mãe Tânia! Mostra grande respeito e amor! Saravá!!!

    ResponderExcluir
  10. Andréa, isso chama-se premonição. Eu acabei com essa incomoda e aborrecida mediunidade deixando de pensar sobre minhas sensações. FMG

    ResponderExcluir
  11. José Dionizio, agradeço a força e seja sempre bem-vindo. FMG

    ResponderExcluir
  12. Natahalia, é exatamente comovc postou. Treinamento faz parte do desenvolvimento da mediunidade. FMG

    ResponderExcluir
  13. Marcio, se vc conseguir apontar um pai mais importante que o outro,quem sabe possamos descobrir hierarquia entre os Orixás. Essa confusão pode ser causada pelo fato de que cada terreiro tem um culto especial e mais importante para um Orixá. Isso acontece por que provavelmente o dirigente do terreiro é filho dessa linha. Para exemplificar, no nosso Terreiro a linha mandante é Ogum, porque eu sou filho de Ogum. Se eu fosse filho de outro Orixá seria esse o mandante e não Ogum. FMG

    ResponderExcluir
  14. Pai Fernando quando a entidade be imediatamente apos a desincorporaçao ela nao deixa o halito nem o efeito da bebida no medium nao e ?

    ResponderExcluir
  15. Vô, por que existe essa grande insistência dentro da umbanda de que Oxalá é Jesus Cristo por isso os filhos de Oxalá não incorporam seu caboclo pai de cabeça?
    Não consigo entender sobre isso, já que Oxalá não é Jesus Cristo e muito menos o criador da terra como alguns dizem.Que eu saiba, Oxalá é um orixá como outro qualquer.Poderia explicar-me?
    Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  16. Olá Pai de Santo Fernando,
    Sobre obssessões no Kardecismo e na Umbanda. Algumas desobssessões podem ser feitas somente na Umbanda e não no Kardecismo?Principalmente com entidades subcrostrais com forma ovóide?
    Abraços,

    ResponderExcluir
  17. Antonio, o cheiro da bebiba permanece. O que a entidade elimina é o efeito. É o mesmo caso do charuto. Uma pessoa que não tem o habito de fumar às vezes gasta três ou quatro charutos seguidos. O efeito do mal estar do charuto desaparece, mas o cheiro não. FMG

    ResponderExcluir
  18. Pai Fernando, sobre as guias de proteção essa que usa no dia a dia, ela tem que ser explo: 7 missanga brancas e 7 marrom ou pode ser uma morrom e uma branca intercalada?

    obrigado
    Marcus

    ResponderExcluir
  19. Marcus, pode ser das duas formas, inclusive atgé uma inteira marrom. Isso se for para Xangô, claro. FMG

    ResponderExcluir
  20. Pai Fernando, como é sua opinião de como deva ser para um espírito desencarnado descer em um terreiro?

    Seria apenas querer, ou seria uma séries de autorizações e leis superiores para que ele possa falar, e/ou fazer?

    ResponderExcluir
  21. Pai Fernando, o Senhor sempre insiste de na hora da vibração não tocarmos nas pessoas, mas algumas entidades tem posturas diferentes p/ essa vibração... a cigana q trab comigo, por exemplo, me dá a sensação que gosta de trabalhar com a saia... passando a ponta dela na palma das mãos das pessoas enqto ela dança. Já a Pomba Gira teve postura oposta, chegou até a perguntar ao Caco se tinha q fazer como os outros pois não gostava de dar vibração colocando as mãos e percebi q ela nem chega muito perto... senti que trabalhou, EU não entendi como, mas não usou a saia, nem mãos...
    Então assim, cada linha tem sua forma de fazer essa vibração? Ou sempre tem q ser por imposição de mãos? Qdo ela não é feita dessa forma tá errado? Como consertar?

    Beijinhos e obrigada



    P.S. Fiz a cirurgia hj pela manhã, estou com dor, mas bem! :o)

    ResponderExcluir
  22. duvidas diversas:

    1 - Quanto ao casamento, qual a posição da Umbanda quanto ao divórcio/separação. Exemplo: uma pessoa casa na Umbanda. Tempos depois este casamento termina. Esta pessoa pode casar-se novamente na Umbanda tempos depois ?

    2 - É possível que uma entidade de outra linha se apresente antes que o pai de cabeça do médium. Por exemplo, alguém pode conhecer o nome do Preto Velho ou do Exu antes de saber o nome de seu pai de cabeça ?

    3 - o que seria exatamente a linha chamada de Povo D'água ?

    4 - É possível fazer uma gira só de Criança, ou eles tem que vir junto com os Pretos-Velhos ?

    Abçs

    ResponderExcluir
  23. Mucuiú Pai Fernando.

    Gostaria de comentar o lindo cruzamento de Pai de Santo que acabou de acontecer no TPM - parabéns mais uma vez a todos os dirigentes e responsáveis pelo TPM!

    Aproveitando o assunto de guias de proteção, gostaria de saber se existe e caso positivo como proceder para "conseguir" uma guia de proteção de esquerda?

    Abraços - Paulo Martins (6˚ - TPM)

    ResponderExcluir
  24. Sandra Estrella,as entidades de Oxalá não incorporam, por isso o Pai de Cabeça vem de outra linha. No caso um filho de Oxala tem um segundo Orixá de onde ele vem. Vc tem razão, Oxalá é um Orixá como os outros e atua em todos os elemmentos da terra através dos outros Orixás. FMG

    ResponderExcluir
  25. Claudio Henrique, a principal diferença que existe entre o espiritismo tradicional e a Umbanda, é que a primeira atua por vibrações do médium e do espirito por seu intermédio, e a Umbanda cria campos de força. Por esse motivo é que algumas desobsessões,principalmente aquelas enraizadas por trabalhos negativos feitos ou encaminhados mentalmente para alguém, só a Umbanda, pela sua força e criação de campos magneticos, é que pode destrui-lo. FMG
    9 de abril de 2010 09:36

    ResponderExcluir
  26. Jeverson, claro que depende de uma série de autorizações espirituais. FMG

    ResponderExcluir
  27. Denise, é dificil dizer qual é o correto parab a entidade transmitir suas vibrações para alguém porque cada um tem uma forma de trabalhar. Só posso informar que toda e qualquer vibração deve ser feito sempre na periferia do perispirito e por isso nunca deve ser tocada a carne da pessoa que recebe o passe. FMG

    ResponderExcluir
  28. Nilzo, respostas na ordem:
    1 - A Umbanda não ve nenhum preconceito com novo casamento.

    2- É normal que uma entidade possa se apresentar e trabalhar com o médium antes de seu Pai de Cabeça. Isso aconteceu comigo, que recebia o Pai Maneco e só depois incorporei o Caboclo Akuan.

    3- Quando se diz povo da água refere-se a Iemanjá, OPxum e Iansã.

    4- Na gira de criança um Preto Velho tem que estar presente, mesmo que seja só espiritualmente.

    FMG

    ResponderExcluir
  29. Paulo Martins, para conseguir guia de proteção de esquerda vc tem que falar com o dirigente espiritual da gira de Exu ou falar com a Mãe de Santo. FMG

    ResponderExcluir
  30. Andréa Destefani9 de abril de 2010 11:13

    Gostaria de citar aqui que as ações de Umbandistas como o Pai Fernando e alguns de seus filhos de fé tem repercutido em outros blogs não religiosos. Simplesmente porque as ações são em prol da comunidade. Caridade não pode ser atributo de uma só religião.Vejam : http://www.cidadaniaejustica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Pois é vô, na umbanda é diferente esse sentido que dão ao orixá Oxalá. Só gostaria de saber o motivo pelo qual a umbanda não incorpora o caboclo de Oxalá. Parece que não há resposta pra isso, não consigo saber.
    Mas tudo bem, obrigada.
    Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  32. Pai Fernando e possivel um medium consciente com o tempo passar a ser semi consciente ou inconsciente?

    ResponderExcluir
  33. Sandra Estrella, acho que a tua duvida é a mesma que tive quando jovem e queria saber por que Jesus Cristo não era reconhecido como Santo da Igreja Católica. Diziam que ele era mais que os Santos mas não era considerado Santo. FMG
    9 de abril de 2010 16:43

    ResponderExcluir
  34. Antonio, essas mudança eu desconheço que tenha acontecido. FMG

    ResponderExcluir
  35. Pai Fernando,

    Lógico que a pré-disposição do médium e algumas "dicas" para facilitar a incorporação são importantes. Mas é comum, principalmente para quem é iniciante como eu, olha em volta para ver como "se faz".

    Como estamos sempre conscientes, parece-me que olhar para os lados, como os outros – mesmo para o Pai de Santo – apenas prejudica o encontro da nossa energia com a dos nossos guias.

    Outro dia, recebi uma mensagem reveladora, que mudaram minha conduta dentro da Gira e gostaria de compartilhar com todos:

    “O mais bonito na fé, meu filho, é o silêncio. Porque nele você encontra a verdade, não busca ligações, nem julga o que são verdades.”

    Em outras palavras, obviamente não tão sábias, aprender com médiuns mais experientes é fundamental. Mas o mais importante, me parece ser olhar para dentro de nós mesmos.

    O que o senhor acha? (aproveitando para aprender mais um pouco, hehe)

    ResponderExcluir
  36. Vô, não entendi o que o senhor postou, mas por acaso o que o senhor quer dizer é que Oxalá talvez na umbanda seja mais que qualquer outro orixá, por isso não se incorpora o caboclo de Oxalá? Ou não há resposta para a minha pergunta até o momento na umbanda?
    Sandra Estrella

    ResponderExcluir
  37. Pai Fernando quando estamos incorporados a gente perde completamente a noçao de tempo e espaço estou certo?

    ResponderExcluir
  38. Claudio, não só observar, mas estudar e principalmente perguntar,além de participar de todas as atividades do terreiro inclusive aulas e giras de desenvolvimentos, é a maneira mais correta de aprender e desenvolver a mediunidade. FMG

    ResponderExcluir
  39. Pai Fernando, meu pai de cabeça é um caboclo de oxossi, porém desde que entrei no terreiro sinto o caboclo de ogum mais próximo e mais atuante.
    Isso pode ser devido ao fato de trabalharmos na primeira parte das giras com ogum e naturalmente eu estar mais "acostumada" com ele? É normal isso? Pode ser uma "falta de aproximação" com meu pai de cabeça? Amalá ajuda nisso?

    ResponderExcluir
  40. Sidney oliveira, ctba

    Lamentamos muito o desencarne de Ivo Rodrigues (Blindagem).

    Os artistas quando partem fazem muita falta. Os músicos ainda mais. A música é a voz da vida e a mistura do humano e do divino. É a música que sintetiza a natureza e o universo. Os artistasdevem ser tomados por sua obra e pelos que as recriam. Sao os artistas que imprimem a alegria e o prazer em versos e melodias de ontem e projetam a saudade no silêncio de amanhã. Se os poetas e escritores contam a vida, sao os musicos que lhes emprestam a trilha sonora. E os roqueiros aceleram essas emoções tal qual sangue que corre nas veias em uma correnteza de rebeldia e a anarquia criadora.

    Blindagem foi a primeira banda que escutei quando aqui cheguei. Que privilégio, comecei bem demais! Um terra que tem uma banda dessa promete demais, pensava eu ha tantos anos...
    Mas, nada de silêncio ou tristeza, aumenta o som, pois hoje vai ter SHOW DE ROCK em ARUANDA.

    SARAVA IVO
    ***********************************
    O Homem e a Natureza (Joao L Silva)

    Qualquer dia, a natureza
    Com toda certeza há de reclamar
    Com razão, a atitude do homem
    Na terra com os rios
    E os peixes do mar
    As matas ardem em
    Grandes queimadas
    Construindo estradas que
    Nos levarão, a nada
    Eu sinto pena da passarinhada
    E dos índios que
    Não podem lutar
    E no futuro
    Quando uma criança
    O ar puro quiser respirar
    Vai sentir que onde era floresta
    É só fumaça parada no ar
    E quando penso
    Me dá uma tristeza
    Em saber que não posso voltar
    Quando ouço o barulho
    Da chuva, sinto
    Saudades daquele lugar

    ResponderExcluir
  41. Olá Pai de Santo Fernando de Ogum,
    Na preparação do trabalho pelo Pai de Santo quais os cuidados necessários para a abertura com segurança e firmeza até a incorporação dos filhos de corrente.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  42. Sandra Estrella, a resposta já foi dada. Na linha de Oxalá não tem incorporação. Não sei porquê, mas é assim. FMG

    ResponderExcluir
  43. Antonio, apesar de eu ter postado o comentário, até agora não apareceu publicado, mas vai a resposta: o médium incorporado perde a noção do tempo. FMG

    ResponderExcluir
  44. Nathalia, vc não precisa de ajuda. Isso é perfeitamente normal. Depende do ajuste das vibrações entre a entidade e o médium, nada tendo com força. FMG

    ResponderExcluir
  45. Claudio, na verdade quando vai acontecer uma preparação de Pai de Santo, tanto o médium que vai ser preparado como aquele que o vai preparar já estão devidamente protegidos e seguros no que vão fazer. Não vejo problema de possiveis assedios espirituais se houver responsabilidade no ritual pelos dirigentes e o terreiro for firme. FMG

    ResponderExcluir
  46. Pai Fernando o que significa quando uma entidade toca a testa na testa de outro medium?

    ResponderExcluir
  47. Pai Fernando de Ogum,

    1) No que se diferencia a firmeza e a proteção de um centro Kardecista para um Centro de Umbanda?
    2) Dois são os graves defeitos dos médiuns: o primeiro vaidade e o segundo pensar que é missionário, um ser iluminado e especial. O Sr. concorda com esta afirmação.
    3) Na Umbanda o hábito faz o Monge?
    Abraço fraterno a todos!
    Claudio

    ResponderExcluir
  48. Claudio, respostas:

    1- A pergunta é muito boa até mesmo para esclarecer a diferença entre as duas religiões, a kardecista trabalhando com a energia dos médiuns e guias e a Umbanda, além disso, com a criação de campos de força. No centro kardecista não existe segurança implantada. Ela é feita através de orações e rezas, o que, evidentemente, não deixa de ser de grande força. Na Umbanda, como disse, além disso, existe a Tronqueira - segurança na entrada, seguranã no meio do Terreiro com as armas do Orixá enterradas no meio do salaão dos trabalhos, a segurança da esquerda na Casa dos Exus, vários outros trabalhos fincados pela entidade chefe do Terreiro, e ainda os pontos riscados pelas entgidades nos dias de trabalho.

    2- Mediunidade, missão e carma, não se misturam. Quando um médium chega no ponto de se julgar um ser missionario, iluminado ou especial é o começo do seu fim. O médium deve ser bem humilde para chegar a se conhecer conscientemente. Consciencia foi definida pelo Pai Maneco quando ele disse em um mensagem "...eu sou justo e sei disso porque vivo entre eles..."

    3- Não entendi a intenção da pergunta e gostaria que fosse mais bem explicada.
    FMG

    ResponderExcluir
  49. Antonio, não é certo uma entidade tocar na testa de um médium. Isso pode acontecer porque o médium é novo e quando incorpora não sabe o que fazer, e no caso de uma incorporação de um médium inexperiente o meio deve atende-lo e conversar com a entidade. Tenho reparado que os capitães atendem muito bem as entidades quando incorporam em médiuns experientes e só cuidam dos médiuns novos protegendo-os de cairem ou baterem nos outros. O médium novo deve receber toda a atenção possivel. Ruy Barbosa jamais seria o Águia de Haia se não tivesse aprendido a ler e escrever. FMG

    ResponderExcluir
  50. Olá Pai de Santo Fernando,
    Na Umbanda o hábito faz o monge? Quando pergunto isto quero saber de toda indumentária e aparato cênico e instrumental, muitas vezes, exagerada para se fazer um bom trabalho.
    Creio que uma vela branca, um copo de água são suficientes. Os maiores médiuns que conheci na minha infância eram simples e despedidos da necessidade de se monstrarem.
    Estou lendo algumas obras que relatam instrumentos que são implantados em processos de obsessões e retirados pelos espíritos do bem, nisto talvez se justifique uma aparelhagem na terra.
    Abraços,

    ResponderExcluir
  51. Pai Fernando, o senhor poderia definir as funções do capitão e mãe pequena durante as giras ?

    Grato
    Luiz Roberto

    ResponderExcluir
  52. Pai Fernando, o Pai Léo quando trabalha com o Tupinambá, faz muito de encostar a cabeça noutro medium, isso é muito constante e ocorre em toda gira.
    Então de acordo com suas palavras o Pai Leo não está sabendo fazer ?
    Antonio

    ResponderExcluir
  53. Claudio, claro que os exageros sempre são dispensáveis e quiçá condenados. Os ciganos gostam de roupas coloridas e isso não é dos médiuns a não ser os excessos. A propria capa do Exu que é um campo de imantação vibratoria da entidade, quando é espalhafatosa, torna-se ridicula. O perfume dando como exemplo é um elemento de magia, condenado pois, que os médiuns o usem durante as giras. Não tenho como responder detalhadamente, mas seria interessante que as qujestões fossem colocadas de modo objetivo. Por outro lado na Umbanda só uma vela branca e um copo d,agua para garantir os campos de força é muito pouco. Vamos deixar claro que na Umbanda são trazidos às vezes entidades do baixo astral de uma força e inteligencia bem acentuadas e para afasta-los tem que ser usado elementos de m uita força. No caso da desobsessão com uma vela e um copo d,agua, que tem como finalidade absorver energias ruins, é para espiritos de pouca luz mas que não sãoi malignos. FMG

    ResponderExcluir
  54. Luiz Roberto, a Mãe Pequena substitue na falta eventual a Mãe de Santo além de exercer sempre sob o comando da Mãe de Santo, as mesma funções. Os capitães são auxiliares do meio, para atenderem as giras. FMG

    ResponderExcluir
  55. Antonio, tenho respondido todas as tuas perguntas com o maior carinho possivel, mas quando vc se dirigir a um Pai de Santo quero lembra-lo que deve haver um respeito maior. O Pai Leo de Oxossi, Pai de Santo do Terreiro do Pai Maneco, incorporado com o baita Caboclo Tupinambá que é o chefe espiritual da gira de 4a. feira, faz o que bem entender. Quando respondi antes estava me dirigindo, cokmo está bem claro no topico, a médiuns novos e e inexperientes. Publiquei tua postagem só para poder responder. FMG

    ResponderExcluir
  56. Desculpe, só fiquei na dúvida, e tinha entendido isso. Não foi falta de respeito.

    ResponderExcluir
  57. Anônimo,
    Sem identificação não publicamos. Repita teu comentário com identificação, tá bem?
    Camila

    ResponderExcluir