Assine aqui para receber atualizações deste blog

domingo, 26 de junho de 2011

TEMA LIVRE - N.35

Está aberto o tema livre de número 35. Opinem e perguntem.

Camila

71 comentários:

  1. oi boa noite a todos queria tirar uma duvida pode ate ser primaria mais la vai:
    1-quando as entidades bebem afeta o cavalo deixando ele alcolizado?
    3-O que definiria um bom umbandista?
    4-Um Médium que tenha uma vida desequilibrada e desregrada, pode através de seus guias, dar consultas e efetuar trabalhos de grande qualidade espiritual?

    desde ja agradeco!!!

    ResponderExcluir
  2. olá primeiro eu queria parabenizar a todos pelo blog que com certeza esta ajudando muitos.
    agora eu queria saber se é normal na encorporação uma entidade vir com uma energia tão fraca ou leve que poem em duvida o médium?
    exemplo: minha criança quando encorporado vem com uma energia tão leve ou fraca não sei dizer bem o que é que quando ele vai eu fico pensando se é coisa da minha cabeça.

    o amor, gostar, querer, tem haver com esses tipos de coisas?

    desde já obrigado.
    daniel
    axé!

    ResponderExcluir
  3. Camila tenho uma dúvida quanto ao ritual. Por exemplo , digamos que houvesse um pai de santo de Xangô no Terreiroe ele, por um motivo pessoal, tivesse que ser substituido definitivamente por seu pai pequeno de Oxóssi, os filhos de corrente teriam que fazer novamente o amaci? Porque vejo este ritual não só como entrada na Umbanda como também um fechamento de 'acordo' com a entidade regente da gira.
    Algumas vezes eu vi aqui que as pessoas falam também ,por exemplo, da morte de seu pai de santo e fechamento do terreiro que frequentavam. Qual a postura do nosso Terreiro se por exemplo ninguém baixou ,lá naquele terreiro que fechou, o amaci da pessoa. Seria feito de volta? Desculpe ,mas é curiosidade de Yansã. Obrigada querida!

    ResponderExcluir
  4. estou agora vendo o site oficial do tpm...vocês estão de muito parabéns,enfim o que me chamou a atenção foi as imagens das entidades que foi dada aos médiuns por intuição das mesmas.lindas e vocês estão de parabéns!
    quando eu estou para trabalhar com dona maria mulambo e quando estou invocando-a afim de entregar um trabalho ou agradecer algo eu tenho uma imagem fixa em minha mente que tenho certeza ser ela...pode ser ela que esteja me dando sua aparência quando encarnada? e tem alguma regra para fazer esse desenho de uma certa entidade?

    gostaria de ajuda para este assunto!
    desde já grato!
    daniel

    ResponderExcluir
  5. Priscila,
    Apesar do álcool permanecer no corpo do médium, ele não produz efeito porque é tirado pela entidade, assim o médium não fica alcoolizado.
    O bom umbandista é aquele que crê e segue a filosofia da Umbanda.
    Pode sim dar consulta e efetuar trabalhos, porque a entidade sempre aproveita toda oportunidade para trabalhar, mas não é recomendável que isso aconteça com os médiuns.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  6. Daniel,
    isso depende do dom de médium, porque a entidade costuma transmitir à ele sua fisionomia.

    Camila

    ResponderExcluir
  7. Andréa,
    vou pedir que o Pai Fernando responda.

    Camila

    ResponderExcluir
  8. Andréa,
    conversei com o Pai Fernando e ele me explicou que depende dos fundamentos enterrados no Terreiro. Se ele for retirado e colocados os do novo Pai de Santo, modifica-se a estrutura espiritual do Terreiro.
    Quanto ao amaci, depende do novo Pai de Santo se isso acontecer.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  9. Daniel,
    quanto mais harmonia existir entre o médium e a entidade, mais suave se tornam as incorporações.

    Camila

    ResponderExcluir
  10. Olá,estou colocando mais algumas duvidas aqui: 1-sempre que um preto velho incorpora ele faz o medium se curvar? ou o medium que faz isso? 2-depois que o medium é experiente isso ainda acontece? 3-já li que o motivo dessa postura que o medium fica é devido ao chacra que a entidade se liga ao medium, é isso mesmo? 4-eu havia feito uma pergunta no post anterior que não foi respondida, devo repetir neste?
    obrigado pela atenção e ensinamentos!
    Lécio

    ResponderExcluir
  11. Oi Camila, referente à morte do médium.
    Digamos que sou um médium praticante dentro de nossa religião a mais ou menos 20 e poucos anos, quando eu desencarnar, é possível que as entidades que me auxiliam nesse plano dentro da umbanda, exemplo: caboclo, preto velho, exu, etc... eles vão me auxiliar após os desencarne ? Vocês têm alguma informação referente a esse processo natural no qual todos irão passar? Para que lugar iremos? Sabe o nome de nossa morada?
    Axé
    Elza Gomez

    ResponderExcluir
  12. Oi Camila, adoro ler tudo que aparece por aqui.Parabéns.
    Hoje deixo a sugestão do blog Forças Sutis.

    Até lá.Obrigada por tudo.

    ResponderExcluir
  13. não me lembro em que lugar, mas esses tempo o pai fernando sugeriu a leitura do livro 'sexo e destino' do chico xavier. eu li e achei bem interessante o livro.
    por isso, minha sugestão para o próximo tema livre, seja 'obsessores', não apenas em matéria de sexo mas no geral, nos vícios que as pessoas têm. cigarro, bebida, drogas ilícitas e lícitas. os vícios e fraquezas são um problema, se não fosse o rivotril não seria o remédio mais vendido no brasil, seguido por anti-concepcionais.
    porque no livro do pai fernando, no capítulo do monte dos drogados, ao que parece toda a culpa do vício é jogada na fraqueza do rapaz em questão, mas seguindo o livro do chico, poderíamos jogar metade dessa culpa nos obsessores.
    e até onde as entidades da umbanda podem se meter com um obsessor e até onde elas têm que deixar ele trabalhar livremente.
    acredito esse ser um campo bem vasto e gostaria de opinião dos mais experientes.
    obrigado.

    ResponderExcluir
  14. Oi Camila, descobri que tenho mediunidade e gostaria de desenvolvê-la.
    Mas não sei onde ir. Você saberia me indicar um terreiro em Campinas-SP?
    Obrigada
    Nana

    ResponderExcluir
  15. Oi Camila!
    Li essa pergunta no outro post, mas a resposta pra mim não ficou clara.
    Filho de Xangô só pode ser filho de Iansã e vice-versa, mas pq?
    Os orixás são energias da natureza, certo???
    Se na natureza as energias interagem entre si, influenciam umas nas outras, como as pedras de xangô que estão juntos das águas de oxum, por exemplo, por que para os filhos existe a restrição de xangô só poder ser o masculino de Iansã???
    Os ventos de Iansã são muito óbvios nas matas de Oxóssi, mais um exemplo, e mesmo assim Iansã só pode ser o feminino de Xangô. O que justifica essa restrição??

    ResponderExcluir
  16. Anônimo, favor repetir a pergunta identificando-se, para eu poder responder.

    Camila

    ResponderExcluir
  17. Nana,
    eu não conheço terreiro em Campinas, mas vou deixar o espaço aberto para se alguém souber, indicar.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  18. Marina, obrigada pelo recado.

    Saravá!
    Camila

    ResponderExcluir
  19. Roberval,
    muito boa a tua postagem. Fica anotada a sugestão para os próximos tópicos.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  20. Elza, com certeza eles nos auxiliam. Eu espero uma recepção calorosa quando chegar na aruanda (lugar para onde vamos quando desencarnamos).
    À partir do momento que o médium vai criando os laços com as entidades e com a religião, esse processo se torna mais natural.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  21. Lécio,
    cada entidade possui uma caracterísitca própria, inclusive nas incorporações. Mas não é uma obrigação essa curvatura, depende de qual é a entidade, como no caso do preto velho, é bem como você falou, mas pode ser que depois que haja a incorporação, o médium pode se levantar.
    No começo pode ser que a incorporação seja mais difícil, mas com o tempo a tendência é que a interação do médium e entidade torne a incoporação mais sútil.
    Qual foi a pergunta anterior Lécio? Pode repetir aqui sim.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  22. Paula,
    talvez você não tenha lido o comentário em que falei que a regra no TPM é assim porque não temos caso em que não vire filha de Xangô como segundo santo para filha de Iansã. Razãzo disso, inclusive, que eu postei ali no canto do blog que quem aina tem dúvida, peça para o seu Pai/Mãe de Santo tirar o segundo.
    Segunda-feira o Pai Fernando pegou uma filha de Iansã que achava que não era filha de Xangô e qual não foi a surpresa? Era filha de Iansã com Xangô.
    Então, continuamos com essa regra que não foi criada por nós mas pela maioria dos autores e dirigentes umbandistas.
    Espero ter esclarecido.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  23. Olá Camila,
    reformulei a pergunta pq parte dela foi respondida para outra pessoa aqui no blog.
    se eu perguntar para o caboclo das 7 encruzilhadas sobre o episodio da criação da umbanda com o sr. zelio, será a mesma entidade que estava lá? ou pode ser da mesma falange? ele responderá?
    existe alguma entidade que não divide o nome com a falange?
    muito obrigado!
    Lécio

    ResponderExcluir
  24. Camila com a sua permissão, gostaria de falar um pouco sobre esta ligação Yansã/Xangô, conforme o que observo na minha prática. Xangô cuida da Justiça Divina, ou seja,no meu ponto de vista conforme os atendimentos realizados pelo Caboclo das Sete Cachoeiras, a possibilidade de nosso livre arbítrio no cumprimento de nosso aprendizado enquanto espíritos em evolução. Se há algum desalinho neste cumprimento, por exemplo a atuação de um obssessor, entra em ação a energia de Yansã. Sob esta minha forma resumida de ver as duas energias, não há como Yansã agir se não estiver em acordo com a ação de Xangô.Os dois agem como ação e reação inseparáveis.Ou melhor, Yansã não tem como estar dissociada de Xangô.
    Quando Pai Fernando liberou para que se jogasse obi para ver o masculino de Yansã, tive duas alegrias. Sempre tive Ogum muito próximo a mim, e a entidade à qual eu sirvo é muito protetora e amiga, me trazendo serenidade nos momentos mais difíceis.Pedi ao Pai Jussaro que realmente jogasse o obi e já na primeira frase do ponto de Xangô deu positivo.Não duvidei da paternidade de Xangô, antes tenho a sorte de ter duas entidades de linhas diferentes tão acolhedoras.Como eu, conscientemente já tinha uma teoria do porque estas duas energias divinas Yansã/Xangô são faces da mesma moeda, precisava mesmo conferir. E espero que todas as filhas de Yansã façam o mesmo, não por dúvida da palavra do dirigente, mas antes como comprovação pessoal.
    A segunda coisa que me deixou muito feliz foi a postura do Pai Fernando em permitir que fosse jogado, mesmo ele tendo certeza do resultado. Me orgulha ser filha do Terreiro do Pai Maneco, pois um dirigente de Umbanda tem que ser claro em seu discurso e em suas ações, coisa que o Pai Fernando, bem como todos os pais/mães de santo de nosso terreiro fazem. E como boa filha de Xangô, Pai Fernando estou muito feliz pelo senhor ser justo. Saravá.

    ResponderExcluir
  25. Oi, vi alguns comentários sobre os amalas e as finalidades, vi sobre exu = emprego, preto velho = falta de dinheiro, ciganos = problema familiar, oxum = traçar ou melhorar os caminhos.... gostaria de saber se vc poderia colocar aqui os outros e suas aplicações, tipo amalá para Iansã, Oxalá, Ogum, etc... obrigada!!!
    Bjào a todos vcs..

    Axé Marcia de Fatima.

    ResponderExcluir
  26. Lécio,
    especificamente em relação à esse episódio da criação da Umbanda há que ser considerado o ano em que tudo aconteceu, como foi que aconteceu, por isso que as palavras do Seu Sete Encruzilhadas no S. Zélio são únicas.
    Mas quanto a falange, pode ser sim. A falange deve ser entendida como uma família, então dentro de cada falange tem os nomes próprios, entendeu?
    Se ficou com dúvida, pode perguntar mais.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  27. Andréa,
    agradeço pelo Pai Fernando a sua postagem.

    Saravá!
    Camila

    ResponderExcluir
  28. olá axé a todos!
    eu gostaria de uma ajuda.
    eu não consigo sentir a energia de nenhum espirito ou orixá perto ou longe de mim,encorporados ou não.não sinto presença,eu acho que seja coisa do meu orixa(obaluaie)alguma característica sei lá.nem dos meu guias eu sinto eu acho isso muito estranho!

    desde de já obrigado...jefter!

    ResponderExcluir
  29. Márcia,
    na realidade não existe apenas um trabalho para tal fim. Quando falamos dos amalás, foi aplicado a algum caso concreto, então se você pudesse perguntar qual é o amalá para determinado problema, facilita.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  30. Camila, então pode haver combinações dependendo do tipo do problema?
    Em todo caso meu problema é de saúde minha e de uma familiar, nesse caso qual devo fazer ?

    Axé Marcia de Fatima.

    ResponderExcluir
  31. Saravá mais uma vez! Depois da minha última pergunta, em relação a incorporação de exus muitas coisas aconteceram, principalmente essa semana. Em três giras (4ª, 5ª e Sábado) tive minhas primeiras incorporações. Confesso que ainda estou meio assustado com o caboclo e maravilhado com a criança e muito próximo do meu Exu. Ainda assim, gostaria de saber se existe algum tipo de preparação antes da gira. Estive pesquisando em alguns sites e li que devem ser ingeridos alimentos leves, evitar álcool, fumo e sexo. Se isso proceder, existe uma explicação lógica?

    Axé!

    ResponderExcluir
  32. Luan Alves de Souza6 de julho de 2011 22:34

    Pai Fernando gostaria que você falasse um pouco da sua posição sobre o ABORTO, e se aqueles que são coniventes com o aborto tbm são perseguidos espiritualmente, e um duvida todos que abortam sofreram por perseguições de espíritos não evoluídos?

    ResponderExcluir
  33. Olá Camila e Pai Fernando,
    gostaria de agradecer pela atenção e dedicação com que são dadas as respostas no blog e parabeniza-los pelo site.
    no meu caso, vocês foram um farol mostrando um caminho a seguir. continuem assim!
    espero visitar o terreiro e cumprimentar pessoalmente vocês pelo trabalho.
    abraço!
    Lécio

    ResponderExcluir
  34. Em meu nome e do Pai Fernando, agradeço a delicadeza Lécio.

    Camila

    ResponderExcluir
  35. Luan, vou pedir ao Pai Fernando que responda a tua pergunta.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  36. LUAN,

    no terreiro onde trabalho uma médium que já tinha filhos praticou o aborto alguns anos atrás, e desde então sua vida tem sido perturbada por manifestações espirituais bem pesadas. Não sei se as manifestações que acontecem com ela tem relação ou não com o aborto praticado, mas como você perguntou se quem é conivente com o aborto sofre perseguições espirituais me veio na hora a idéia que desde este ato praticado por ela, sua vida vem repleta de manifestações espirituais bem perturbadoras.
    Também estou curioso para saber se tem alguma relação o aborto e perseguições espirituais, se alguem puder responder também agradeço.

    Axé a todos.

    ResponderExcluir
  37. Luan e Marcio:

    No meu livro Grifos do Passado fiz um texto sobre o aborto onde ponho minha opinião sobre esse polemico assunto. Uns médicos fazendo uma pesquisa queriam a opinião da Umbanda sobre o uso da pílula do dia seguinte, que é abortiva três dias depois de concebida a criança. Expliquei que ia dar minha opinião pessoal e não da Umbanda.

    Sou convicto que o espírito só reencarna e se liga ao corpo quando a criança dá o primeiro grito de vida e por isso não posso considerar que o aborto é um assassinato se não existe ainda nenhum espírito reencarnado, muito embora possa estar ao lado da mãe e de seu futuro corpo.

    O aborto é um tema polêmico, e sobre ele as religiões são austeras e radicais, inclusive o espiritismo e a Umbanda. Se o aborto for crime, está instituída a pena de morte no Brasil, pois a lei brasileira permite o aborto em casos especiais.



    Acho que a condenação às mulheres que abortaram, movidas por uma porção de razões, são movidas por fanatismo religioso. Muitas delas, depois que têm a consciência da religião, são levadas ao desespero por terem cometido esse suposto crime. E pior, as inocentes crianças ficariam condenadas a perpetua infelicidade. Quero deixar claro que não sou a favor do aborto.

    As informações dadas ao Marcio são absurdas e sem nenhuma lógica. Uma mulher ser perseguida por espíritos porque provocou um aborto me parece uma perseguição Divina, o que seria inconcebível dada a extrema bondade de nosso Pai.
    Encerrando, como no texto eu explicava que a ciência pode mudar conceitos religiosos, vou explicar porque me convenci que a reencarnação só acontece quando a criança grita. Tirei essa frase do meu texto: “Alguém pode me explicar, de modo convincente, como estão os quinhentos espíritos dos embriões humanos congelados na Inglaterra? Estão grudados nos quinhentos tubos de ensaio, esperando, sabe até quando, para serem gerados?”

    Axé a todos,

    Fernando

    ResponderExcluir
  38. Jefter,
    tenha calma que as entidades vão se manifestar, mas você deve conversar com o seu Pai/Mãe de Santo sobre a influência de Seo Obaluiaie durante suas incorporações.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  39. Márcia,
    recomendamos entrega para Oxóssi em questões de saúde.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  40. Felipe,
    em dias de gira não comemos carne; o sexo não é recomendado 24 horas antes da gira, da mesma maneira a bebida, isso para não influenciar na energia. Também tomamos banho de descarrego do Orixá.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  41. Olá Camila!
    Alguma previsão de resposta para minha pergunta sobre pemba e ponteiras? Fiz essa pergunta no tópico anterior, sobre o que não entendo na Umbanda.
    Obrigado
    Luiz C.

    ResponderExcluir
  42. Luiz,
    naturalmente será desnecessário dizer sobre a Pemba, pois vc já fez pesquisa sobre ela. O que posso dizer é que ela é fabricada no Brasil, mas sua formula veio da África. A diferença da pemba para o giz comum usado nas escolas, é que uma foi feito para uso de uma religião e outra não. Na verdade não é o pó que produz o efeito, mas de quem a usa e seus riscos nas taboas dos Terreiros. Quanto as ponteiras sua principal finalidade é firmar os pontos e trabalhos. Quanto a cor do cabo ela tem importância. Por isso algumas entidades costumam quebrar os cabos e só usa a ponteira.

    Axé,
    Fernando

    ResponderExcluir
  43. Minha Historia começa com muitas desavenças, minha mãe sempre foi contar minha religião, por mais que quando o bicho pega pra ela ela recorre, mais eu sempre tive muita fé e sempre busquei uma casa que pudesse me acolher e que eu me sentisse bem nela.
    Ha uns 5 anos atras comecei a namorar com um garoto que sua mãe era de centro tbm, o relacionamento não andava muito bem e com 5 messes ele terminou, mais continuei frequentando sua casa e conversando com sua mãe.
    De la pra cá minha vida só andou para traz, ate que conheci um grande amigo que e médium e recebe seu zé
    que na consulta me disse varias coisas entre ela que eu recebia santo sim (entidades) e que minha pomba gira esta muito nervosa ja que essa mesma mulher que eu achava que era amiga (mãe do ex namorado ) tinha feito algo para minha pomba gira que deixou ela com raiva de mim e para ajudar como não tinha conhecimento nunca tinha colocado nada para ela, então me aconselhou a fazer uma oferenda para ela.
    No dia que eu coloquei ela veio na minha cabeça, mais tive consciência de tudo e ouvia tudo tbm, mais ela não falou nada,
    Em outra ocasião na casa desse meu amigo mesmo o Zé dele fez ela voltar ja que eu tenho que desenvolver, e ela voltou ha não dizer nada com as mesma coisas eu ouvia e via tudo.
    Mais o por que ela não quer falar, sera que o problema e comigo ou ela realmente não quer fala
    Me ajude por favou.
    Espero o retorno de vocês Axe
    Vanessa
    se você puder me responder ai vai meu E-mail
    vanessapralon@yahoo.com.br
    desde ja agradeço a todos que puderem me ajudar
    e os que não conseguirem tbm Axe

    ResponderExcluir
  44. Olá a todos!

    Alguém poderia me dizer algo sobre o Sr. "Exu Tranca Ruas da Estrada"?

    Abçs,
    Vivian Werneck
    V. Redonda/RJ

    ResponderExcluir
  45. Boa tarde Camila!
    Não sei se é aqui que devo perguntar, todo caso...
    Como já comentei, sou do terreiro de Florianópolis, fui na super gira de 2010, gostaria de saber se alguém tem os vídeos e fotos?!!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  46. Olá, gostaria de saber se um homem pode ser filho de um orixá feminino como Oxum, Iansã... Se não, qual o fundamento?? No TPM há homens filhos de Oxum ou Iansã??

    Att,

    Rubi

    ResponderExcluir
  47. Oi Camila eu gosto muito do site do pai maneco e desse blog que me ajudou a esclarecer muitas dúvidas que eu tinha sobre mediunidade na umbanda.Eu queria perguntar sobre o jogo do Obi .Eu ja trabalhava em terreiro e não sabia quem era meu pai e mae de cabeça e fiquei um tempo afastada desse centro onde eu trabalhava ai me falaram do jogo do obi no TPM e eu estive lá e fiz o jogo do obi e deu que eu era filha de ogum,porem quando voltei pro centro onde eu já trabalhava iemanjá se manisfestou como sendo mãe da minha cabeça,ai fiquei um pouco confusa..qual é a meneira mais correta e segura de saber quem é nosso pai/mãe?

    ResponderExcluir
  48. Rubi,
    Este tema foi bem discutido recentemente, sugiro que você leia para esclarecer tua dúvida.
    Camila

    ResponderExcluir
  49. Nucolly,
    Você tem como Orixá masculino Ogum, de onde virá seu Pai de Cabeça, e o feminino é Iemanjá.
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  50. Vivian,
    Eu particularmente não sei sobre essa entidade. Deixo o espaço para comentários.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  51. Vanessa,
    Você deve ter mais fé e acreditar no que os espíritos falam para você.
    Se acalme para que você possa entender o que eles dizem e o que você quer dizer para eles.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  52. Oi Camila!
    Fui no terreiro 02 vezes na gira do Pai Leo e amei. Me senti muito bem e gostaria de saber mais e entender a umbanda. Vc me indica algum livro?

    ResponderExcluir
  53. O ponto riscado serve para firmar a energia, criar um campo de força, para identificação da entidade, do trabalho que será feito e etc. Ainda assim pergunto: é possível um terreiro sem ponto riscado? em caso negativo, pq não é? o ponto riscado existe desde o início da umbanda?

    ResponderExcluir
  54. O livro do Pai Fernando está online no site (www.paimaneco.org.br) e na lojinha do TPM tem o livro do Alexandre Cumino sobre a história da Umbanda.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  55. Nathalia, o ponto riscado existe sim desde a raiz da Umbanda. Na Tenda N. Sra. da Piedade todos os pontos são riscados na frente do congá e no chão, sem tábua.
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  56. Olá Camila!!
    Eu li os outros tópicos e comentários e ainda sim não entendi sobre a possibilidade de Homens serem filhos de Oxum ou Iansã.

    Rubi

    ResponderExcluir
  57. Rubi,
    Pelo fato de que os orixás são descobertos através do obi e até o momento não houve manifestação através deles neste sentido. Respondi em tópico anterior que não somos nós quem decidimos os orixás, isso vai além da nossa competência.
    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  58. Aproveitando a pergunta sobre orixá.... Gostaría de entender como é possível a divergencia no orixá cósmico de uma pessoa, se mudar de "tipo" de umbanda ou mesmo de terreiro apenas. As astrológicas utilizam a data de nascimento como base por exemplo e mesmo de um terreiro para outro que utiliza filosofias semelhantes, vejo divergências. Não teria que ser sempre o mesmo sendo que é o orixá cósmico que rege a pessoa, sua energia seria de uma x forma independente de onde esteja?

    ResponderExcluir
  59. Nathalia, o Orixá é o mesmo em qualquer religião, considerando que o Orixá é uma centelha cósmica.
    Se as pessoas revelam por data de nascimento, não sabemos como, considerando que o tempo no espaço não existe.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  60. Eu acredito que o orixá por data de nascimento esteja relacionado a uma fase do NOSSO TEMPO no qual exista uma vibração mais forte de um determinado orixá.
    Explico: em uma estação ou mês mais chuvoso (e que se repete com frequência durante todos os anos) é um período no qual as pessoas recebem uma vibração maior de Iansã.
    Nascer durante este período é visto como nascer durante a vibração de Iansã, logo a pessoa é filha de Iansã.

    Considerando que no TPM, pelo que entendo, é vista a vibração do nosso espírito (uma vibração imutável, que vem de incontáveis encarnações), é utilizado o obi, que responde a esta vibração interna, independente da vibração durante a nossa hora de nascimento nesta encarnação. Correto?

    Em tempo: somos filhos de todos os orixás, considerando somos formados da soma de todas as energias, ao menos durante esta nossa encarnação, correto? Acredito que não existam impedimentos para um filho de Iansã ou Oxum, em nosso terreiro, mesmo que não existam exemplos para citarmos.
    Já ouvi comentários como: "Mas quando é homem PdS/MdS não joga pra Oxum e Iansã então não tem como dar mesmo.". Ignoro. Prefiro ignorar por não saber ao certo como funciona o obi. Sei muito pouco, ao menos por enquanto, para julgar assim tão severamente uma pessoa com muito mais experiência do que eu.

    Eu não acredito em limitadores no Astral. Acredito que existam possibilidades diferentes das usuais: filhos de Iemanjá com Xangô; Oxum com Ogum; homens filhos de Iansã ou Oxum, e assim por diante. Mas por outro lado respeito os paradigmas do terreiro que frequento e acato as ordens que recebo. Afinal de contas, é lá que eu bato cabeça, não?

    Acredito que existam caboclos/as de Oxum ou Iansã; pq limitar as entidades? Pq se fixar tanto assim nesses detalhes? Que todos aqueles que questionam essas miudezas possam colocar a mão na cabeça e pensar: O que vale mais a pena? Questionar seu PdS sobre o nome de uma entidade (sendo que a caridade está sendo feita), sobre o desenvolvedor no resultado do obi (sendo que a entidade está trabalhando) ou ainda sobre a existência de linhas ou vibrações (sendo que nós as sentimos de acordo com o que é ditado pela liderança espiritual da casa - algo ligado com a nossa querida hierarquia)? O trabalho acontece e nós somos médiuns; veículos da boa nova e da paz.

    Mucuiú, p.Fernando; m.Camila,

    Fabio

    ResponderExcluir
  61. Simone, qual é o teu e-mail?
    Posso te mandar um link de fotos.

    Saravá,
    Camila

    ResponderExcluir
  62. Lendo os comentários me surgiu uma dúvida: Sou filha de Ogum. Em outras vidas também fui/serei filha(o) de Ogum?

    ResponderExcluir
  63. Isa, o fato do nosso inicio de vida ter sido uma centelha do nosso Orixá faz com que sejamos sempre filho deste mesmo Orixá. Se vc é Ogum, sempre será Ogum.

    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  64. Olá ! Tenho uma duvida relacionada a linha do mar ! Gostaria de saber se homem também recebe sereia ? E se toda sereia por via de regra o medium quando recebe fica deitada ou o medium fica em pé ? tenho pesquisado porém não encontro respostas?
    Desde já agradeço.

    Carlos Henrique .

    ResponderExcluir
  65. Carlos Henrique,não seria incorporar sereia, a vibração é das ondinas, a qual não fala e sua incorporação é quase sempre no chão porque elas limpam os terreiros de detritos espirituais. Axé,Camila

    ResponderExcluir
  66. Olá, Camila! Tenho uma pergunta: Como pode uma entidade - preto velho - que trabalha com um pai de santo há mais de 30 anos aceitar que o mesmo cobre por trabalhos e demandas? Ele não interfere nisso?
    Já me responderam que se há cobrança não é Umbanda, mas se não é umbanda quem seria esse preto velho? Um espírito disfarçado por todo esse tempo? Que horror!
    Obrigado por enquanto!
    Saravá!
    Guilherme

    ResponderExcluir
  67. Guilherme, a tua pergunta está cheia de razões. É dificil entender que aconteça o caso exposto no comentário, mas é assim mesmo. Nenhuma entidade perde a oportunidade de fazer o bem, mesmo havendo tais abusos. Existe um exemplo muito bom quando falam que um médico para salvar uma vida faz uma cirurgia comuma faca quando não tem um bisturi ao seu alcance. Eu particular tenho uma explicação que me convence: se um médium trabalha com uma entidade cheio de pureza e outro médium trabalha com a mesma entidade cometendo erros, é por que esse médium também é filho da entidade. E qual o pai que não quer salvar seu filho? Axé, Fernando

    ResponderExcluir
  68. Nossa! Então se nem o preto velho pode julgar tal atitude, quem somos nós para fazer o mesmo, não é? O que é certo qto a isso, o que é errado? Creio que não sabemos! Muito obrigado! Saravá!
    A umbanda veio para afirmar a tão respeitada frase "há mais mistérios entre o céu e a terra do que julga nossa vã filosofia" e com o tempo revelar esses mistérios que ainda não foram e estão sendo respondidos!

    ResponderExcluir
  69. E Pai Fernando,

    Querendo ou não, não seria uma intromissão no livre arbitrio do medium?

    A entidade tentara de toda forma persuadir o medium, mas chega um momento que não cabe mais nada a fazer se não estará de tal forma se intromentendo que não existira mais o livre arbitrio, corret?

    E ainda não pode haver o caso de um quiumba tomar o lugar da entidade e se apresentar como ele para "destruir" a casa atraves do desrespeito as leis divinas?

    Assim como ocorre em diversas casas que alaram trabalhar com Exus mas que não passam de Quiumbas, acho que o mesmo pode ocorrer com outras entidas, correto?

    Thiago

    ResponderExcluir
  70. Thiago,
    isso que você falou do quiumba se passar por entidade não ocorre em razão da segurança da casa, para isso que toda gira tem uma entidade espiritual no comando.
    Os quiumbas vem em qualquer linha, não apenas na linha dos Exus. 
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir
  71. Cris,
    O teu comentário foi deletado porque não é assunto para ser debatido nesse blog.

    Camila

    ResponderExcluir