Assine aqui para receber atualizações deste blog

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

PEDIDO DE FORÇA PARA OS UMBANDISTAS

Ontem foi atropelado um jovem de nome João Henrique Mendes Xavier Viana, que foi operado no Hospital do Trabalhador, aqui em Curitiba, com poucas chances ´de sobreviver, mas peço que todos façam uma corrente de força. O João é filho da Anna nossa médium da corrente, sobrinho de minha mãe pequena Cris Mendes. Todos aqui estão passando um momento de grande angustia, inclusive a familia do seu pai Toni Xavier Vianna. Vamos pessoal, força na oração. FMG

64 comentários:

  1. Aonde tem um fio de vida, há esperança.Vamos juntos acender esta vela.Sugiro que hoje, as nove horas da noite(pois estaremos no terreiro junto com as entidades), todos nós concentrados no nome do João na tentativa de traze-lo de volta.Sei que a força destes blogueiros mais a fortça das entidades farão o melhor à ele.
    Lucilia

    ResponderExcluir
  2. Oxóssi rei das matas desta vida
    Envolva com tua força e garra a vida de
    João Henrique Mendes Xavier Viana
    E traga a cura de que ele necessita.
    Que neste momento
    Seo Ogum Beira Mar traga todas as luzes de Yemanjá,
    Para aliviar a dor das feridas, envolvendo-o no amor Divino,
    Que meu pai Caboclo das Sete Cachoeiras leve a vida que vem das águas para ele e o fortaleça na luz de Xangô.
    Peço ao nosso amado Pai Maneco que dê a esta família a serenidade de estar bem assistido e os envolva com sua força sempre restauradora.
    Que assim seja na paz de Oxalá!

    Durante o dia todo minhas orações de preparação pra gira a noite estarão direcionadas a esta família,bem como pedirei a pessoas de outros terreiros pra fazer uma corrente muito grande.

    ResponderExcluir
  3. Otima ideia, Pensei tb que poderia ser dado o nome dele para seu Akuan mandar (junto com todos) um grande axé.

    ResponderExcluir
  4. acesse e nos indique como parceiro: www.vencedordedemanda.blogspot.com

    Obrigado!!!

    André Lopes

    ResponderExcluir
  5. Aline, Morro de Sao Paulo-Ba26 de outubro de 2009 14:06

    Estarei junto nesta. Hoje a noite vibrarei daqui da Bahia.
    Sarava!
    Aline

    ResponderExcluir
  6. Que a força de todos os Orixás possam envolver numa corrente de cura o João!
    E que sua familia possa receber as nossas orações.
    Força!
    Luna.

    ResponderExcluir
  7. André Lopes, seja bem-vindo e vamos juntar forças. FMG

    26 de Outubro de 2009 14:11

    ResponderExcluir
  8. Tia Ana e família,
    Estamos juntos! Contem comigo!
    Que oxalá proteja o João e lhe traga a saúde que tanto precisa!
    Tenho fé de que ficará tudo bem!
    bj
    Fabiana

    ResponderExcluir
  9. Muciú Pai Fernando
    Nós aqui de portugal vamos nos reunir hoje para mandar vibrações para o nosso irmãozinho.
    Muita força
    Lauro

    ResponderExcluir
  10. Saravá Anna, Toni, João e família,

    Axé a todos no enfrentamento de tão angustiante momento. Estamos juntos nas alegrias e tristezas da vida. Como disse a Lucília: "Aonde tem um fio de vida, há esperança." Vida é esperança!

    A vida não se acaba, apenas muda estado. Uma pessoa só desencarna, naturalmente, quando tem sua etapa cármica completa. Seja feita a vontade de Deus! Que Oxalá derrame sobre todos sua eficácia luminosa. O João vai ficar bem.

    Mucuiú no Zambi!

    ResponderExcluir
  11. Okê, Caboclo!!!
    Benzedura de arco e flecha, muita erva e araçá, para a cura de João Henrique e força para irmã Anna.
    Contem conosco tb para a corrente de força, às 21hs.
    Saravá!

    ResponderExcluir
  12. Por favor, Pai Fernando, As palavras tem força, por favor retire da postagem "poucas chances de sobreviver". Vamos mentalizar, irradiar e orar pela plena recupreação dele.
    Um abraço, (não post este comentário OK)

    ResponderExcluir
  13. Soube do ocorrido ontem de madrugada e desde então só consigo pensar no João e na Tia Ana..
    Uma família que entrou na minha vida de uma forma muito especial e assim permanecerá..
    Meu coração gelou de tristeza com a notícia dessa violência absurda e estúpida..
    Num primeiro momento fiquei paralisada de tristeza e angústia, uma sensação de impotência perante a ignorância do ser humano e das atrocidades que é capaz de cometer..
    Depois, veio aquela vontade de fazer algo que eu não sabia o que era, então resolvi acender uma vela e rezar, pedindo para que Deus Pai tivesse piedade desse menino e da sua família, em especial da Tia Ana!!
    Que o melhor acontecesse e que esse melhor fosse a sua recuperação.. Como bem disse a mãe Lucilia, enquanto há vida há esperança e é nisso que todos temos que acreditar..
    Vamos TODOS JUNTOS, com todo o amor que existe em nossos corações rezar, suplicando a Deus que ajude essa família, que dê forças ao João..
    Tia Ana, pode ter certeza que você tem amigos que estarão SEMPRE com vc, em especial nesse momento tão difícil!!
    Muita força e fé naquele que nunca nos abandona,
    Inayê

    ResponderExcluir
  14. Rogo a Deus que envie ao jovem João Henrique Mendes Xavier Viana os médicos espirituais para acompanhá-lo no tratamento e ajudá-lo na sua recuperação.
    Que todas as energias benfeitoras possam amenizar o sofrimento deste irmão e que a família seja agraciada com a presença dos guias espirituais lhe passando paz e serenidade neste momento difícil.
    Gonsalves - Curitiba - TPM-Sábado

    ResponderExcluir
  15. O João, meu padrinho, me avisou do acidente ontem a noite... eu e mamis estamos juntas na corrente de oração e força, desejando q td fique bem.

    Beijinhos tristes,

    Dê e Mamis

    ResponderExcluir
  16. Olá a todos
    Podem contar conosco tb para as preces hj as 21 hs
    Bjos e força
    Joyce - Guarulhos - SP

    ResponderExcluir
  17. Querida Ana e Família: Estou aki mentalizando para a recuperação de João. Não o conheço, mas faço parte da corrente de sábado TPM, e como tua irmã de corrente estou orando e vibrando por todos vcs... Força Fé e Esperança!!! Mônica Soares

    ResponderExcluir
  18. Faleceu em meio as preces conjuntas da família TPM... Que Oxalá o receba com todo o amor, toda a graça e toda a força desta corrente de ferro e de aço... Que Pai Akuan, Pai Maneco e Pai Tranca Ruas das Almas o encaminhem e abençoem, nessa nova caminhada.

    "Quando eu morrer vou passar na Aruanda..."

    Meus sentimentos a todos que o conheciam e amavam.

    ResponderExcluir
  19. Só posso deixar aqui meu solidário abraço a Anna, uma pessoa alegre, pra cima, que passa por momento tão delicado.

    Anna: Força.

    Com pesar, Mauro

    ResponderExcluir
  20. Obrigado pela força, gostaria que também possa "Seguir" o meu blog

    mto axé a nós filhos de umbanda!!!

    André Lopes
    www.vencedordedemanda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Vim do Terreiro agora e presenciei a vibração que Sr Akuan promoveu em favor de João e família. Foi um trabalho de vibrações muito boas em Oxalá, Yemanjá e Ogum. O final foi muito marcante quando Sr Junco Verde arriou em Pai Fernando e trouxe consigo muitos Caboclos de Oxóssi, muitos mesmo, às dezenas, todos juntos, gritando e vibrando muito. Foi uma emoção enorme para todos, realmente impressionante. Estou certo que essa luz amenizará a dor em tudo o que for possível.
    Cris, Uca, Guli... força para vocês. E especialmente para Ana e sua filha, a minha solidariedade e prontidão.
    Faz tempo eu não me sentia tão triste. Chega de violência. Nós merecemos a paz.
    Axé
    Leo.

    ResponderExcluir
  22. Se o Sr achar pertinente...

    Por quanto tempo ainda a violência triunfará? Por quanto tempo o preconceito e a banalização da vida triunfarão? Por quanto tempo a intolerância, o egoísmo e a impunidade serão manchetes? Estamos de luto. Não só pela morte de um jovem cheio de vida, filho de uma querida amiga. Estamos de luto porque na sociedade atual ainda se mata por cor de camisa, cor de pele, cor dos olhos, cor da ideologia, cor da sexualidade.... Cores da violência? Não!
    A cor não mata. A cor foi um presente de Deus. A cor celebra os Orixás e a beleza do universo. A cor dá nome ao mundo. A cor é vida. A cor é a palavra. A cor é luz, movimento e som. . A cor é Zambi. Os olhos que deveriam ver a riqueza da diversidade enxergam a miopia do preconceito e a cegueira do ódio.

    O ódio organizado banalizou o bem sagrado da vida. Havia tantos caminhos que poderiam ter sido seguidos. Mas nem se tratava de um conflito. Não se respeitou o direito de ir e vir. De ter uma paixão, de escolher uma cor. Qual a razão para essa covardia? Não há. A desrazão impera. O fanatismo decide. E como protagonistas desse crime outros jovens! Justamente os que iam mudar o mundo, justamente onde se depositava a utopia de um amanhã mais justo e fraterno. Jogaram tudo no lixo por ódio e por desprezo a vida.

    No coração de uma mãe e de uma família uma dor que não precisava existir. Nenhuma palavra cessará essa dor, mas talvez possam ajudar nessa caminhada. Espero que as autoridades não a aumentem com a injustiça. Ontem quando soube do fato o meu coração ficou triste com por essa amiga querida e pela dor que sente. Quantas vezes se disse que os pais não deveriam enterrar seus filhos. Pura verdade.
    Neste domingo passado destruíram vários ônibus, brigaram e tumultuaram em vários pontos da cidade. Neste domingo de Atletiba a vida foi banalizada e humilhada, reduzida a uma cor que sei La quem achou que era a cor errada.

    Não aceito esse caminho para a juventude. Não quero isso para a cidade que adotei e escolhi pra formar minha família. Não aceito deixar de sonhar. Não troco as cores da vida. Não aceito as canções de ódio. Não aceito a intolerância e o preconceito. Não aceito banalizações organizadas. Sou cidadão que paga os impostos e cumpre suas obrigações. Qual é a resposta da policia e da justiça? Qual a resposta dos políticos? E o Coritiba e Atlético que vão fazer? E os meios de comunicação? Será que vocês vão querer me roubar o orgulho e a felicidade com a Copa e as Olimpíadas no meu país?
    Quero uma Curitiba com paz. Quero a vida em cores de amor. Quero respeito pelos direitos humanos. Quero respeito pela vida humana. Quero escutar no vento as canções das folhas e das águas. Quero poder escutar os pássaros. Chega de violência. Quero escutar o vento soprando a paz e o amor.

    Blowing In the Wind (Bob Dylan)
    Soprando no vento

    Quantas estradas precisará um homem andar
    Antes que possam chamá-lo de um homem?
    Sim e quantos mares precisará uma pomba branca sobrevoar
    Antes que ela possa dormir na praia?
    Sim e quantas vezes precisará balas de canhão voar
    Até serem para sempre abandonadas?
    A resposta meu amigo está soprando no vento
    A resposta está soprando no vento

    Quantas vezes precisará um homem olhar para cima
    Até poder ver o céu?
    Sim e quantos ouvidos precisará um homem ter
    Até que ele possa ouvir o povo chorar?
    Sim e quantas mortes custará até que ele saiba
    Que gente demais já morreu?
    A resposta meu amigo está soprando no vento
    A resposta está soprando no vento

    Quantos anos pode existir uma montanha
    Antes que ela seja lavada pelo mar?
    Sim e quantos anos podem algumas pessoas existir
    Até que sejam permitidas a serem livres?
    Sim e quantas vezes pode um homem virar sua cabeça
    E fingir que ele simplesmente não ver?
    A resposta meu amigo está soprando no vento
    A resposta está soprando no vento

    Sidney Oliveira
    Curitiba-pr

    ResponderExcluir
  23. Momentos de aflição e prova surgem pelo caminho, inesperados, concitando à disciplina espiritual indispensável ao processo evolutivo do ser.
    Águas serenas que são açoitadas por fortes vendavais; paisagens tranqüilas que se modificam ao império de tempestades violentas; climas de paz que se convertem em campos de lutas rudes; viagem segura, que se torna perigosa, objetivos próximos de conquistados, que se perdem de repente; saúde que cede à enfermidade; amigos dedicados, que vão adiante; adversários vigorosos, que surgem ameaçadores; problemas econômicos, que aparecem, constringentes, tantos são os motivos de aflição e prova, que ninguém avança, na Terra, sem os experimentar.
    Enquanto domiciliado no corpo, espírito algum se encontra em segurança, vitorioso, isento de experiências difíceis, de possíveis insucessos.
    Os momentos de prova e aflição constituem recursos de aferição dos valores morais de cada um, mediante os quais o homem deve adquirir mais valiosas expressões iluminativas como suportes para futuros investimentos evolutivos.
    Por isso, todos somos atingidos por tais métodos de purificação.

    Vigia-te, no momento de aflição e prova, a fim de que não compliques, por precipitação, o teu estado íntimo.
    Suporta o vendaval do testemunho com serenidade; recebe a adaga da acusação indébita com humildade; aceita o ácido da
    reprimenda injusta com nobreza; medita diante do sofrimento com elevação de Sentimentos.
    Todos os momentos difíceis cedem lugar a
    outros: os de paz e compreensão.
    Não te desalentes, exatamente quando deves fortalecer-te para a luta.
    São os instantes difíceis que as resistências morais devem estar temperadas, suportando as constrições que ameaçam derruir as fortalezas íntimas.
    Quando estiveres a ponto de desfalecer, procura refúgio na oração.
    Orando, renovar-se-ão tuas paisagens mentais e morais, elevando-te o ânimo e reconfortando-te espiritualmente.
    Jesus, que não tinha qualquer dívida a resgatar e que é o Sublime Construtor da Terra, enquanto conosco não esteve isento dos momentos de aflição, demonstrando, amoroso, como vencê-los todos, e, ao mesmo tempo, ensinando a técnica de como retirar do aparente mal as proveitosas lições da felicidade.
    Considera-Lhe os testemunhos, e, em qualquer momento em que sejas defrontado pela aflição ou prova, enfrenta a circunstância e extrai do amor a parte melhor da tua tarefa de santificação. (Joana d'Angelis)

    Sarvá fraterno à todos, que esta mensagem de Joana, que coicidentemente me caiu em maos nesta manhã, sirva de conforto e consolador diante das inúmeras experiencias que esta vida nos transporta.

    Que sejamos a esperança, que sejamos a chama e a simplicidade da persistencia organizada no bem, para promover mudanças, para que possamos dar ao mundo o melhor de nós, para recebermos deste mesmo mundo, o melhor dele.

    Abraço fraterno
    Fabille e pessoal de Brusque- SC
    Estamos em oração....

    ResponderExcluir
  24. Família Umbandista,

    Transcrevo aqui a postagem que fiz no facebook da Lucilia, ontem a noite, logo que ela comunicou o desencarne do João:

    Triste pra quem fica, festa na Aruanda. Fanatismo n... Read Moreão está com nada mesmo, por isso não vou a jogos de futebol tem quase 10 anos. Todos devem lembrar o triste caso do estudante Bruno Strobel, que em 2007 foi morto estupidamente após assistir uma partida de futebol.

    O pior é que, como as coisas são em nosso país, os responsáveis muitas vezes acabam impunes, enquanto os inocentes sofrem com a dor da perda por anos.

    Basta da banalização da vida humana. Deus é um só, somos todos irmãos! Isso também vale pra atleticanos e coxa-brancas, flamenguistas e botafoguenses... Repito, SOMOS TODOS IRMÃOS!

    Intero minhas palavras de ontem, convocando a todos os Umbandistas de fé, que parem com richas por causa de futebol! A Roma antiga e seu odioso coliseu já se foram a muitos séculos, mas este costume estúpido continua. Rivalidade só em campo, mas com muito 'fair play'. Temos a obrigação de dar o exemplo!

    Que o Divino Pai e Mestre Oxalá possa conduzir o espírito de nosso irmão desencarnado pelos campos da Aruanda. Até a próxima vida...

    Saravá!

    Pai Ronald - RJ

    ResponderExcluir
  25. Posto aqui a minha indignação, não somente pelo João, mas também por Jorge Guilherme Marinho Martins, assassinado pela violência dos ultimos dias, como tantos outros que não aconteceram em nossas casas, mas que devem certamente ter causado uma dor sem precedentes em seus familiares.
    Sei que a dor é intensa neste momento, mas permitam-me usar de um chavão: não vamos fazer da morte do João um evento vão. A nossa religião não é desvinculada de uma ação social, como bem lembrou ontem o Pai Fernando ao dizer que os pais de santo têm que agir, mas os filhos de corrente também têm.
    Caridade é também cuidar dos que não estão envolvidos em nossa religião. E nesse cuidar devemos usar de todos os meios disponíveis na sociedade para implementar ações que surtam efetivo efeito. Faltam leis efetivas para segurar a vida de nossos filhos? Pois então lutemos por elas,mas sejamos bem claros no que pretendemos fazer, enviando à politicos soluções e cobrando por elas.Efetivamente fraternidade é o ato de criar condições de uma existência melhor.
    Não vamos aqui imaginar que acabaremos com a violência que sempre existiu, mas não vamos ser coniventes e nos esconder na nossa tristeza. Volto a falar sobre o que seo Akuan me disse: temos que ser sempre lâmpadas acessas! E cada vez mais isto me faz sentido.Não estamos aqui para vingar a morte do João, mas sim pra proporcionar e preservar a vida de tantos outros jovens inocentes.
    Volto a falar sobre a educação infantil no terreiro. Estou separando textos e montando as aulas sozinha, para que tenhamos o que discutir em reuniões, pois acredito que tenhamos que ser objetivos em nossas ações. Educar um jovem dentro de uma filosofia como a nossa é também auxiliar na não-violência.
    Há tantas coisas que podemos fazer e tantas pessoas que não expôe as suas idéias por medo ou por achar que elas não surtirão efeito. Peço ao sr. Pai Fernando que abra um texto pra que todos que têm alguma idéia do que podemos fazer para ajudar a sociedade a minimizar a violência o façam por amor ao próximo, por serem umbandistas de fato.
    Desculpe se fui muito dura, mas há necessidade de ação nese momento. Gostaria de registrar o meu agradecimento ao Sidney Oliveira por tão bela postagem e ao Pai Fernando,Ao seo Akuan, Seo Junco Verde e ao Pai Maneco pela gira mais bonita que já vi em toda minha vida. Que nosso choro de agora regue nossas ações e fortaleça nossos corações pra um bem maior. Saravá!

    ResponderExcluir
  26. Sem palavras...
    Tia Ana, meu Pai! Que sofrimento. Cris, Uca,guli, galerinha...
    Tudo que eu mais queria agora era poder estar junto de vocês nesse momento pra mim absurdo.
    Amanhã, na nossa gira de caboclos faremos uma homenagens ao Joãozinho para que fique sempre bem, e uma axé especial para todos da família e amigos.
    Volta ao céu mais uma das estrelas do jovem exército da paz e da aegria do TPM.
    Como dizia o Léo,a muito tempo não me sentia tão triste.
    Beijo e abraço apertado...

    ResponderExcluir
  27. O trabalho de ontem foi sem dúvida, o mais bonito e forte que já vi. A força de Oxóssi me emocionou muito e me levou às lágrimas.
    Meu profundo sentimento e solidariedade à família do João. Anna, muita força!

    Abraço,
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  28. Amigos e Familiares do João Henrique, em especial a sua mãe Anna e o seu pai Toni, recebam as minhas condolências e solidariedade neste momento tão triste, com a certeza de que ele viverá para sempre nos seus corações.

    Embora timidamente, percebemos que existe um grande projeto de toda a sociedade, governos e sociedade civil organizada ou não, e pessoas de bem, no sentido de acabar com a miséria material que condena seres humanos à fome e a indigência.

    Mas outra tarefa se impõe, muito maior, tão imediata necessária quanto a fome e a pobreza material: a miséria de princípios, de moral e de ética, que se instalou no mundo, e que aflige a todos nós.

    Precisamos iniciar uma cruzada contra a mais vergonhosa face desta miséria moral, a violência desenfreada que diuturnamente ceifa a vida dos jovens brasileiros, nossa esperança de um futuro melhor, mais justo e solidário.

    Durante o último período da história, o pensamento hegemônico da sociedade capitalista em que vivemos nos fez pensar que a mera acumulação de bens e riquezas materiais é o que nos tornaria felizes, e egoisticamente não entendemos que isto nos limitou a sermos consumidores, quando deveríamos ser cidadãos.

    O custo desta acumulação material desenfreada, a cada dia se torna mais claro e visível, sentido na qualidade do ar que respiramos, nos filhos que perdemos para as drogas, sejam lícitas ou ilícitas, nas vidas tiradas sem qualquer sentido ou razão e nos muros e cercas que construímos para nos proteger.

    Na televisão, o que vemos, são programas que glorificam a violência, com o fim único de vender ilusão, desde álcool e cigarros até armas, produzindo o ser humano violento de amanhã.

    No dia-a-dia, esta violência se reproduz, transformando crianças e jovens: uns em vítimas inocentes, outros em assassinos desalmados.

    Está na hora de preservarmos, em primeira grandeza, a saúde e a segurança dos nossos filhos, da qualidade da sua educação e o seu desenvolvimento enquanto cidadãos úteis à família e à sociedade, preparados material, mas principalmente espiritualmente para a construção de um futuro melhor para todos os habitantes da Terra.

    Para que imbuídos de sentimentos de fraternidade e de compaixão, de amor e de respeito ao próximo, de “ser” ao invés de “ter”, sentimentos que efetivamente fazem a vida valer a pena ser vivida.

    Esta é a missão que temos que cumprir.

    ResponderExcluir
  29. Aline, Morro de Sao Paulo/Ba27 de outubro de 2009 15:59

    Aos familiares do rapaz e todos os seus amigos, ofereço meu coraçao cheio de amor e solidariedade.

    Que Oxala consiga amenizar a dor, com a certeza da fé na reencarnaçao e nas diretrizes da vida.

    Pai Fernando, mucuiu!
    Ao senhor, meu pesar, seu que é um momento delicado.

    Sarava,
    Aline

    ResponderExcluir
  30. Fernanda - Floripa SC27 de outubro de 2009 18:18

    Pai Fernando, acabei de saber pela Ana Tezza que a morte cerebral do João não foi confirmada e que hoje no terreiro seria feito mais um trabalho para ele. Peço que não publique meu comentário anterior, onde achava que ele tinha desencarnado Reitero meus votos de força para a família e estou com a Mãe Lucilia, onde há vida há esperança. Aqui nos reuniremos hoje para rezar por ele e sua família e mandar mais e mais forças para esse trabalho, estamos todos juntos!Saravá

    ResponderExcluir
  31. Boa noite. Torço para que o João se recupere sem mazelas, que a família possa unir forças para superar este momento difícil. Neste momento delicado que nossas orações possam ajudar o joão e sua família. Bjs. Ana.

    ResponderExcluir
  32. Boa noite a todos!

    Faço minha as palavras da minha irmã Aline.
    Desejo luz para o João. E aos que ficam muita força!!!
    Que Deus possa estar presente nos corações de todos...
    Nossos profundos sentimentos!

    Luna e Familia.
    E familia Pai Maneco RJ.

    ResponderExcluir
  33. Nossa energia é extraordinária ! Fé meus irmãos!

    ResponderExcluir
  34. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA28 de outubro de 2009 01:44

    ...SEGUNDA EU PRESENCIEI OQUE HÁ MUITO EU JÁ TINHA LIDO,E OUVIDO FALAR PELO PRÓPRIO PAI FERNANDO:" UMBANDA É MOVIMENTO E MÚSICA".VI O CABOCLO AKUAN,REGENDO UMA GRANDE ORQUESTRA...QUE NÃO TOCAVA UM RÉQUIM...MAS UMA CANTATA...ONDE TODOS UNIAM SEUS CORAÇÕES E VOZES PARA NUM AFINADO CORO LEVAR A ENERGIA MARAVILHOSA DA UMBANDA PARA TODOS OS CORAÇÕES AFLITOS,E EM ESPECIAL PARA O MENINO JOÃO,SENTI TODOS OS ESPIRITOS QUE TRABALHAM NA CASA DO PAI MANECO,ALI AJUDANDO E VIBRANDO PARA MOVER QUE FOSSE UMA PARTÍCULA DE ENERGIA DE VIDA...E O GRANDE BEM ACONTECEU...NÃO SEI AINDA QUAL FOI O MAIOR MILAGRE...SE FOI A UMBANDA DAR UM PULSAR DE VIDA NO JOÃO...OU SE COM ESTE PULSAR O JOÃO RESSUCITOU NOSSA ESPERANÇA,QUE JÁ HAVIA MORRIDO.HOJE QUERO O MÀXIMO,VIDA...MAS MESMO COM O MÍNIMO,MESMO COM ESTA FAÍSCA DE ESPERANÇA,EU GRITO..."ESSA CORRENTE É DE FERRO É DE AÇO COM ALMA E CORAÇÃO,ELOS BATEM NO COMPASSO DA FÉ,ELOS BATEM NO COMPASSO DO AMOR..."SARAVÁ A MÃE MAIS QUERIDA E AMADA DE UM FILHO....A MÃE A ANA DO JOÃO,A TIA ANA,A IRMÃ ANA...

    ResponderExcluir
  35. A mata estava escura. Oxosse a iluminou!

    ResponderExcluir
  36. Não faleceu!!!!

    Força João!!! Força me jovem!!!
    Que Deus possa fazer o milagre!
    Seo Akuan, coloque sua magia no joão...
    Força gente. Ele está conosco!!!!
    Axé
    Luna

    ResponderExcluir
  37. Olá amigos
    Esta união de fé e amor é o que nos sustenta.
    Daqui a pouco iremos novamente ao hospital ver o João.
    Muito obrigada por toda esta força e vamos continuar lutando.
    Axé
    Cris Mendes

    ResponderExcluir
  38. Cura Cura AKUAN ,com Luz do Sol da manhã
    Traz a PAZ, Traz a Luz, Traz o Amor
    Traz a CURA do vencedor.

    Ogunhê

    Força João Henrique

    ResponderExcluir
  39. Pai Akuan.... ahhh Pai Akuan... como é forte sua energia. Que bela magia, que força, que luz!

    S. Akuan , S. Folha Verde (S.Sete Ponteiras tb), S. Tucuruvu, S.Sete Ondas fizeram a magia brilhar no terreiro do Pai Maneco mais uma vez nesta gira de terça.

    Indiferente ao ato impensado, a brutalidade exercida, os caboclos só pensanvam em uma hipótese: energizar João.

    Toda a corrente, toda a assistência, a curimba, os espíritos em geral... todos unidos por uma só luz... a cura!

    Vamos continuar com nossas orações, vamos vibrar pelo João todos os dias... mas não esqueçamos que esta brutalidade é resultado de pequenos atos, o qual começa lá na infância... pois somos exemplos.

    Vamos, mesmo que pareça utopia, contagiar as pessoas em nossa volta, pregando a paz, o amor, a caridade. Talvez assim possamos diminuir tanta violência.

    Que ao invés de brigar, discutir. Que peçamos um abraço, desculpas, perdão.

    Que cada um de nós possa ser mais "luz", para que haja menos escuridão (violência) neste mundo.

    Axé...
    Lilian Maria

    ResponderExcluir
  40. As vezes escrevemos coisas de que na hora não dimensionamos...Oxóssi é realmente o rei das matas desta nossa vida!Enquanto vamos seguindo o curso de nossa admiração espiritual, peço que não nos esqueçamos de nossa condição de participantes ativos em nossa sociedade.Gostaria de que, se possível o Sidney que tem um texto mais expressivo que o meu ,redigisse um falando da nossa indignação e pedindo soluções , para que, com a assinatura de todos do terreiro fosse dirigido ao presidente da assembléia, entrega que eu posso coordenar. Não podemos nos calar. Eu tenho três filhos homens e que podem sofrer o mesmo que o João sofreu e mesmo que eu não os tivesse, teria sim a obrigação moral como umbandista de tornar concreta a minha indignação e repúdio a tais atos através de ações que, se não surtirem efeito num primeiro momento, surtirão com a continuidade. Saravá a todos e mantenhamos nossa fé!


    Eu me perdi, Oxóssi me achou. Oxóssi não é caça,Oxóssi é caçador!

    ResponderExcluir
  41. muito axé pra família e pro João. tamo junto!
    e vamos lá, na fé e na força de Oxalá.
    bjobjo.

    ResponderExcluir
  42. Desiree - Curitiba28 de outubro de 2009 15:25

    Forca a toda familia do Joao! Que a uniao de nossa fe a forca dos orixas vos traga um milagre. Que Deus abencoe a todos nos nessa corrente de ferro e de aco.

    ResponderExcluir
  43. Estaremos em nossa casa elevando nossa fé!
    Para a corrente de elevação espiritual do João e
    força a sua familha! Tenho certeza que seremos ouvidos por nossas entidades espirituais e por todos orixas!Mãe Cris da Oxum

    ResponderExcluir
  44. Nesse momento de dor e indignação temos a fé como aliada no compromisso de ajudar, mesmo que por um momento, enviando energias boas a esse moço e seus familiares, pedindo para que superem a
    dificuldade e vençam essa etapa de suas vidas com amor e coragem!
    Estamos aqui, crendo, pedindo unidos diante da força divina de oxalá que ajude João nessa luta...

    ResponderExcluir
  45. Mais uma vez a ignorância do ser humano prevaleceu ao brilhantismo de um belo jogo de futebol.
    Um levantamento feito pelo site Paraná Online (www.parana-online.com.br) mostra os resultados negativos para a cidade após apenas 4 clássicos ATLETIBA

    1º/02 - 11 ônibus depredados e 114 pessoas detidas
    26/04 - 12 ônibus depredados
    19/10 - 7 ônibus depredados
    25/10 - 28 ônibus depredados e 17 ocorrências atendidas pela PM

    Tudo isso por que????
    Por causa de cores distintas de camisas que estão numa competição???
    Como bem disse o Sidney, é preciso lembrar que as cores são presentes de Deus, a cor é vida..Muito triste seria uma vida em preto e branco, ma so ser humano resolveu achar que se o outro gosta de uma cor diferente da que ele entende como a mais bonita isso lhe confere o direito de agredir, de depredar, destruir vidas, acabar com a alegria de uma família..
    Sinceramente isso não faz o menor sentido. A capa do jornal Tribuna de ontem fez um questionamento que repasso a todos vocês meus irmão..
    QUE PAIXÃO É ESSA??
    Aonde está o sentido de destruir tudo em nome da paixão por um time de futebol? A cidade tem prejuízos imensos, somente a população é que sai perdendo..
    Por que??Por que brigar, bater, quebrar, apanhar em nome do desporto??
    O desporto promove a saúde, a qualidade de vida, possibilita a integração social.. Desporto é sinônimo de vida, de alegria..
    Todos vibram com a Copa de 2014 e as Olimpíadas em 2016, mas aí eu me pergunto será que até lá nossa população terá condições de recepcionar eventos tão grandiosos?? Ou se algum de nosso times perder a resposta será essa..A violência, a ignorância contra nossos adversários??
    NÃO!!!
    EU NÃO ACEITO ISSO , SEI QUE VCS TAMBÉM NÃO ACEITAM E PRECISO ACREDITAR QUE OS DIRIGENTES DE NOSSO PAÍS TAMBÉM NÃO!!
    Algo tem que ser feito, pois a beleza do desportoestá se esvaindo em decorrÊncia da burrice humana!!
    O criador está destruindo em nome da criatura, isso é inaceitável!!
    Segunda quando estive na casa da Tia Ana, era só isso que eu pensava e me perguntava.
    Ver toda a família destruída, em especial a Tia Ana, os sentimentos de dor, tristeza, indignação e impotência tomaram conta do meu coração!!
    Meus amigos, é fato que a dor de vivenciar um momento como este é inexplicável e indescritível, seja pelo motivo que for. Mas quanuando ocorre de forma tão estúpida e absurda, propositadamente, por conta de gostos divergentes no futebol, torna-se ainda mais repugnante e inaceitável!!
    Temos que ter em mente quando nossos filhos nascerem ou agora que estão conosco, q=a necessidade de lhes ensinar que podemos sim amar um time de futebol, mas que é preciso respeitar o gosto dos outros, pois a vida é muito mais importante e valorosa que qualquer outra coisa. O amor deve ser dirigido ao desporto e não às cores da camisa vestida.
    É preciso que as crianças, futuro do nosso país, tenham paixão pelo desporto, respeitando as diversidades.
    Registro aqui a minha indignação e peço o auxílio de vocês para que juntos possamos pleitear aos nosso dirigentes algo nesse sentido, como também propôs a Andréa.

    ResponderExcluir
  46. É exata e certeira sua opinião Pai Fernando. Lavou um pouco nossa alma.O senhor pode fazer parte do Movimento dos Sem Governo,mas tem uma direção certeira nas suas palavras.
    O fato da Federação se manifestar, não suprime o nosso atuar. Nós temos força. Nós temos essa obrigação.Quem tem que gritar pela Anna, pela Cris, pelo João somos nós!Nós que precisamos algumas vezes deles e eles estiveram sempre ali, que rimos juntos e que choramos juntos. O fato de ver a Cris e a Anna na gira já é um axé. Sempre sorrindo! Eles não tem condições agora ,mas nós juntos temos. Essa é mais uma história de filhos do Terreiro do Pai Maneco, infelizmente de tristeza. Mandamos nossas forças espirituais a eles junto com nossas entidades diariamente.
    A ação faz parte de nossa condição umbandista. O transmutar tristezas em ações que surtam efeito é nossa grande magia. Saravá.

    ResponderExcluir
  47. Boa Tarde a todos e a todas
    Boa Tarde Seo Fernando
    Boa Tarde e obrigado pelas palavras Andreia

    Terminei agora uma aula falando sobre isso na Universidade...

    Aqui vai um primeiro rascunho...
    Saravá João!


    MANIFESTO PELA PAZ E PELA CIDADANIA

    Nós Umbandistas queremos um Brasil de paz. Que nossa constituição seja respeitada. Que a declaração dos Direitos Humanos seja respeitada. Que as leis sejam respeitadas e cumpridas. No ultimo domingo, foi atropelado um jovem de nome João Henrique Mendes Xavier Viana por que vestia a camisa de um time de futebol. Neste ano ocorreram casos semelhantes. Sem falar nos casos de homofobia, intolerância religiosa, preconceito étnico, repressão ideológica, desvalorização profissional, estética e artística. Sem, falar dos assaltos, roubos e do trafico de drogas e armas.

    Somos cidadãos que pagam seus impostos e cumprem suas obrigações. Amamos o Brasil, o Paraná e Curitiba e não permitiremos que tirem esse orgulho de nós. Não se pode aceitar que a violência, o preconceito e a intolerância triunfem. Nossa maior riqueza é nossa diversidade, nossa família e nosso amor e não vamos permitir que isso nos seja tomado.

    Queremos um estado que seja belo, fraterno e de uma convivência pacífica e democrática. Queremos um estado que seja organizado e desenvolvido para todos. Um estado que planeja seu amanhã sem descuidar das necessidades do presente. Queremos um Paraná e um Brasil de Oxalá.

    Queremos um estado vencedor e guerreiro por seus filhos e por seus ideais. Um estado que ensine a seus filhos o orgulho e a honra de ser brasileiro. Queremos um estado soberano e independente. Um Paraná e um Brasil de Ogum.

    Queremos um estado acolhedor e carinhoso com seus filhos e que lhes ensine a responsabilidade e a cidadania. Queremos um estado que cuide do seu mar e de seus habitantes e que seja digno de possuir esse litoral belo e imenso. Queremos um Paraná e um Brasil de Yemanjá.

    Queremos um estado que cuide de suas matas, de seus índios e de seus animais. Queremos um estado que preserve a natureza e ofereça uma educação de qualidade para todos e gere desenvolvimento da ciência e da tecnologia. Um estado que cuide de suas escolas e universidades. Queremos um Paraná e um Brasil de Oxossi.

    Queremos um estado justo e ético. Um estado que respeite suas leis e as cumpra igualmente para todos. Queremos um estado seguro e firme em seus princípios, em suas ações e em suas metas. Um estado sem corrupção e sem impunidade. Queremos um Paraná e um Brasil de Xangô.

    Queremos um estado que respeite o meio ambiente, que cuide dos seus rios e cachoeiras, que cuide de seus filhos com responsabilidade, cidadania e devoção. Queremos um desenvolvimento sustentável que nos recoloque na natureza. Queremos um Paraná e um Brasil de Oxum.

    Queremos um estado alegre e feliz. Um estado bonito em sua riqueza e diversidade. Queremos um estado sem preconceito e sem intolerância. Queremos um estado que tenha coragem para resolver seus problemas e não tenha medo de enfrentar seus obstáculos. Queremos um Paraná e um Brasil de Iansã.

    Por isso pedimos aos nossos representantes, aos líderes, aos intelectuais e a todos os cidadãos de bem nesta cidade e neste estado que estejam conosco nessa luta. SOLICITAMOS AOS NOSSOS GOVERNANTES, LEGISLADORES E DEMAIS AUTORIDADES QUE TOMEM PROVIDENCIAS E COLOQUE NA ORDEM DE DISCUSSÃO a violência em nossa cidade e em nosso estado. O Paraná tem que cuidar dos seus filhos e dos que vivem nesta terra. Há uma resposta a ser dada a uma família e a todos os cidadãos de bem.

    ResponderExcluir
  48. Ana querida. receba junto ao seu coração toda a energia que outra mãe pode doar. meu coração bate pelo seu filho, que Deus o ilumine no melhor caminho. a tua força é a maior ajuda que ele necessita neste momento. todos nós estamos juntos enviando vibrações positivas para o João.
    quem esteve presente na gira de segunda pode comprovar que a força de nossa corrente é muito maravilhosa.esta força está toda juntoa você,ao Toni, a tua familia e ao Joaõ. saravá. Cristina Hoffmann

    ResponderExcluir
  49. Bárbaro! Sidney vc superou minhas expectativas! O semaninha dura, cheia de emoções!!!Que bárbaro ser umbandista! Vamos conversar sobre este texto e Pai Fernando esperamos seu pronunciamento final sobre isto....

    ResponderExcluir
  50. É comovente ver tantas palavras de conforto, tantas pessoas de coração aberto doando sua cota de amor. Também me comove a indignação tão necessária nesse momento. Obrigada a todos que dividiram suas palavras aqui, porque elas me garatem que nesse mundo tem gente comprometida com o bem e com o despertar da fé. Ana e Cris,eu confesso que não posso alcançar dor de vcs. Eu ofereço o meu colo, toda a força que meu Pai de Cabeça Ogum me despender, toda reza, toda vela, todo o meu bem querer. Peço alento, conforto, coragem, força para João. Deus sabe o momento de intervir. Essa é uma grande corrente e o bem é invencível. Beijos carinhosos. Tatiana Ozores Guimarães.

    ResponderExcluir
  51. Boa noite a todos!
    Sua benção pai Fernando.
    Hoje eu lí a sua opinião...

    Não entendo nada de política ou leis.
    Não entendo muitas coisas sobre reservas.
    Mas entendo um pouco o ser humano...Pois sou um deles.

    Ontem peguei um taxi para pegar minha carteira de Habilitação. Numa conversa e outra o senhor falou de um amigo que estava internado pois sofreu uma surra numa boate. Estava com uma namorada nova e o ex namorado da menina não aceitava a separação. E com isso juntaram uns outros rapazes e bateram no menino até o deixarem em coma...Então lembrei do João...!

    Então pensei...
    Há algúm tempo atrás perguntei ao pai sobre a evolução humana...? Como estaríamos num processo evolutivo?Se nos ultimos tempos era muito difícil ver o noticiário.

    Então vamos ver...
    Somos a quinta geração da raça Humana!
    Nos livros antigos não exitem muitas coisas diferente de hoje.
    Aonde bárbaros travavam lutas gigantescas e se degladiavam a olho nú. Aonde os mesmos eram tidos como heróis!
    Aonde mulheres eram brutalmente violentadas.
    Aonde seus filhos eram vendidos ou mortos por não poderem ter mais de um determinados numeros de filhos ou sexo!
    Aonde pais se apossavam de filhas...
    Aonde os homens tratavam suas mulheres como objetos.
    Aonde era normal matar em nome de Deus!
    Aonde homens bons eram jogados em arenas com animais ferózes...
    Aonde mães matavam seus proprios filhos...
    Onde o homens utilizavam de poder para enriquecimento próprio. E os mais necessitados morriam de fome.
    Então pergunto...Aonde está a evolução??? Onde as coisas mudaram...?
    Então digo: Está na comunicação, nas novas leis( que nem sempre são cumpridas)está na internet,nos carros novos,na tecnologia,nos bens materiais, no poder econômico e tudo mais...
    Hoje sabemos de uma notícia em segundos!
    Antigamente levavam uma semanas ou mêses para um simples recado.

    Então me sinto livre para falar...Enquanto acharmos que a evolução está, nas melhores roupas, nas melhores escolas, nos melhores empregos,na melhor condição financeira ou no sucesso exterior continuaremos arrastando mais uma geração...

    Enquanto essa evolução não chegar dentro dos nossos lares, com uma eduação, respeito, educação religiosa,bondade,união continuaremos vítimas dos atropeladores do João. Dos assasinos de João Hélio, dos assasinos da menina Izabella Nardone e por ai vai...

    Enquanto acharmos que se nossos filhos fumarem uma maconhazinha está tudo bem...Não tem problema!

    Enquanto acharmos que existe o “pecadão “e o “pecadinho” vai realmente ficar difícil de termos novas atitudes e grandes mudanças!
    Porque ontem fomos filhos. Hoje se somos pais(ou se seremos), temos que começar dentro dessa consciência. Porque somos seres humanos.
    Humanos racionais porque tivemos uma certa "educação" e mesmo assim alguns ainda deixam o instinto animal falar mais alto. E nessa fração de segundos enquanto animal. Se comete atrossidades como estamos vendo a cada minuto.
    E vcs sabem o que mais vende??? São essas informações...São novelas que tem seus personagens maus...Essas sim são as mais vistas!!

    Eu realmente não entendo muito de leis. Mas a lei da vida eu entendo um pouco...
    Então penso...Hoje oramos pelo João. Amanhã por quem mais???

    Então é hoje! Não dá mais tempo de achar que a mudança será de fora...Porque ela começa entre nós! Apartir de nós.

    Saravá!
    LUNA

    ResponderExcluir
  52. Saravá minha irmã Luna,
    saravá Pai Fernando!

    Lendo seu comentário Pai Fernando e o seu Luna, diante de tudo que o mundo vem passando, e diante de tudo que o homem vem fazendo (bom ou ruim), lembrei de outro fato...

    Aqui na cidade que eu trabalho, chama Balneário Camboriu, cidade jovem com menos de 50 anos de emancipação politica.
    Cidade grande, com grandes prédios (eu os ajudo a erguer, pois trabalho numa das maiores construtoruas), com pessoas bem arrumadas, perfumadas, que passeiam a beira-mar no final de tarde com seus cachorros ou caminham no inicio da manha para manter o coração batendo e se livrar do sedentarismo.

    Realmente parece o paraíso, ver tudo isso da janela da minha sala comercial no 16° andar!

    Parece!
    Se vc continuar caminhando uns 7 km a beira mar, vc vai chegar no outro lado da cidade.
    Nos Bairros...
    Lá onde moram 70% da população oficial da cidade, porque o CENTRO é de temporada. Pq quem tem "AP" NO CENTRO mora em outras cidades e somente se escalam pra "descer" pra praia no final de ano ou nos feriados...
    Pois é...
    È lá nos bairros que quando chove, as familias precisam ter um bote pra sair de casa, pq a cidade maravilhosa, foi construida em cima de um mangue de forma desordenada.
    Há quase um ano, estas familias, incluindo a casa da minha mae, que é no "gueto" ficou com 1m e meio de agua de enchente.
    Não é agua de riozinho, é lama fedorenta, cheia de doenças e que mancha as ruas e a vida do povo, que já não tem nada e o que perde faz falta pra sobrevivencia, maltrata a dignidade.

    Pois é... é lá nos guetos que não vemos os canteiros enfeitados, é lá nos guetos onde as BM's aparecem somente pra alimentar o comercio de drogas, pq os moradores se completam nos botecos, mas quem financia a porcaria toda é o "boy" do centro.

    É lá no gueto onde crianças ficam nas ruas até sei lá que horas da noite, pq os pais trabalham em dois empregos e não tem com quem deixar os filhos.

    É ai, na familia, na educação que encontramos as respostas pra violencia, para a miséria humana e para a incompetencia politica.
    Educação neste país é piada.
    Educação familiar então? Onde está?
    Se para poder ter pão nosso de cada dia é preciso ter dois empregos, e deixar os filhos para serem "crias" da pobreza e da revolta.

    Mas tudo passa.
    Por que logo chega a temporada, e a cidade onde morei por 9 anos, se enfeita, fica linda pra receber as Ferraris, Porsches, BM's, e todo o povo que tem grana sobrando pra passar o Natal na praia.
    Enquanto na verdadeira cidade de Balneário Camboriu, as mães choram porque na noite de natal, não haverá ceia... não haverá presente... e principalmente já não existem mais sonhos.

    Termino com a frase que está no meu msn esta semana:

    "O Lar é o coração do organismo social. Em casa, começa nossa missão no mundo" - Espírito Scheilla, pela psicografia de Chico Xavier.

    Saravá fraterno e tbm indignado.

    ResponderExcluir
  53. Sem comentarios.
    Esta é a hora de entendermos a lei divina.
    Parabens ana, pelo presente que deu ao ceu.
    Náo conheci teu menino, mas pelo pouco que te conheço, tenho certeza que a semente que deus colocou em tuas máos se tranformou em uma linda estrela que mostrara a todos o brilho do teu amor.
    AXÉ MINHA AMIGA KERIDA.
    KIKO.

    ResponderExcluir
  54. Pai Fernando, Bom dia...

    Tenho apenas 31 anos, e confesso que a violência que a cada dia toma conta das ruas, das capas dos jornais, nunca me assustou tanto quanto hoje. Talvez seja a maturidade que tenha chegado me mostrando a realidade nua e crua e me fazendo sair do mundo cor de rosa que até então vivi.
    Fico revoltada, com a estupidez do ser humano.
    Fico revoltada, quando vejo mães chorando a morte dos seus filhos por causa da brutalidade e ignorância daqueles que se deixam envolver-se pelas drogas.
    Fico revoltada,quando vejo jovens se matando por times de futebol.
    Fico revoltada quando vejo pais culparem as escolas pela má educação dos seus filhos.
    Escola foi feita pra ensinar, e não educar. Educação vêm de casa, vêm dos pais que devem dar aos filhos lições de dignidade, caráter e cidadania. Mas será que os pais querem essa responsabilidade?
    Quando será que essa violência gratuita terá um fim?
    Quando iremos ver policiamento adequado nas nossas ruas? Quando morrer o filho de um governante importante? Acho que nem assim...
    Infelizmente estou perdendo a esperança de que teremos dias melhores!

    Saravá
    Juliana

    ResponderExcluir
  55. Peço a todos o Orixas ,toda a força para o João,e iluminação para nossos corações pois estamos indignados com esse absurdo
    a todos da familia Muito axé e força amor tudo de melhor que eu e minha familia possamos desejar a vcs ,pois estamos de mãos dadas e corações em orações para o João.
    Muita força
    Axé Rita
    Curitiba Pr

    ResponderExcluir
  56. Eu andei lendo várias vezes esses comentários aqui no blog, mas não estava com vontade de escrever. Fiquei, assim como todos aqui, muito triste e revoltado.
    Pensei e repensei na idéia de voltar a ir a jogos de futebol, fiquei sim muito envergonhado de gostar de futebol e ser um coxa branca, porém,com a cabeça mais fria percebi que os “torcedores” que atacaram o João não são torcedores, são BANDIDOS.
    As atitudes por eles tomadas não cabem no esporte seja ele qual for.
    Hoje escuto e leio a possibilidade de um atletiba de uma só torcida.
    Isso é bom?
    Não!
    Não podemos permitir que nos tratem como mero animais, pagando por atitudes de vândalos e por falta de atitudes do poder público. É muito mais fácil proibir ao invés de ensinar, educar, remediar, enfim AGIR.
    Li uma entrevista da Cris Mendes e ela falou do João “se tornar a bandeira da paz”. Infelizmente algo horrível teve que acontecer para que uma bandeira surgisse.
    Tomara que o João se torne não só a bandeira, mas também a ação da paz.
    Antes de sermos o país da Copa e dos Jogos Olímpicos eu fui muito contra e um dos motivos era a violência, fora o desvio de verbas, a falta de investimento social, entre outros. Agora torço, já que não tenho outra coisa a fazer, que esses mega eventos tornem nosso Brasil mais humano, pois acima de tudo somos seres humanos.
    Outra coisa que eu acredito é que fatos como o do João ou do helicóptero no Rio, levem ao povo a repensar seus votos, que o povo cobre atitudes dos políticos aos quais deram a honra dos seus votos.
    De coração dou o meu apoio ao João e seus familiares, pessoas que estão diariamente em minhas orações e pensamentos.
    Que nossos guias, que Seu Akuan, Seu Sete Ponteiras do Mar, Seu Junco Verde, Seu Folha Verde se todas as entidades da casa levem o melhor conforto aos envolvidos.
    Saravá
    Rogerinho

    ResponderExcluir
  57. Sem aviso prévio ou qualquer tipo de sinalização perceptível o seu mundo vira do avesso e aquela notícia tão banal dos telejornais diários, de repente, entra pela sua porta e arremessa você ao chão comparável a um pino de boliche participando de um mega "strike". É assim que estou me sentindo. É assim que, acredito, estão se sentindo os meus..E o meu Juca, o meu guri atleticano está partindo....Fatalidade???? Com minha fé, não consigo crer nisso. Nada é por acaso e não seria a fatalidade que determinaria a escolha deste menino. Dono de um sorriso arrebatador e de um bom humor inigualável, exala alegria por onde quer que passe. Também, creio eu, esta tal fatalidade não teria tanta habilidade assim para escolher justamente ou injustamente, dias tão significativospara nós, seus familiares, como esse dias de sua lenta passagem... De fé, acredito num propósito muito, muito maior. Já na partida deixa rastros de intensa alegria para aqueles que serão presenteados e beneficiados com a doação dos seus orgãos. Uma imensa onda de amor e carinho tomou conta de sua casa. Lá você se sente acariciado pelo que o mundo tem de melhor...Jatos de felicidade nos circundaram durante a vibração intensa emanada das dezenas de Caboclos comandados pelo Sr. Junco Verde. Senti que o Astral está em plena festa e esta festa é para receber o meu Juca.. Com certeza, não é o João Henrique que está partindo de encontro ao Céu e sim o Sagrado que está fazendo o Céu se inclinar para vir buscar o nosso menino que, sem dúvida, se transformará num instrumento de pura luz..
    Juca te amo e sempre te amarei..
    Tio Dado

    ResponderExcluir
  58. Não escrevi antes porque minha tristeza e revolta pelo que está acontecendo era grande demais. Agora, com toda força do meu coração, posso pedir que a luz de Oxalá... a força de Pai Ogum... o alento de Mamãe Iemanjá... o amor e força de todos os Orixás alivie os corações que sofrem.
    Que a justiça de Xangô se faça sentir.

    ResponderExcluir
  59. http://www.youtube.com/watch?v=H4l3Rgq-L1M

    marcia cinto

    ResponderExcluir
  60. “Nenhum homem é uma ilha, sozinho em si mesmo; cada homem é parte do continente...
    ...assim como se fosse uma parte de seus amigos ou mesmo sua; a morte de qualquer homem me diminui, porque eu sou parte da humanidade; e por isso, nunca procure saber por quem os sinos dobram, eles dobram por ti”. John Donne

    A Humanidade toda está menor hoje!

    Não creio que alguém se transforme em um ser violento,inesperadamente. A violência é alimentada diária e constantemente,em pequenas doses de ação, reação ou inércia. Se alimenta de nossos atos, de nossa cômoda e conveniente cegueira e mudez, até explodir num ato "inesperado" e insano.
    Então nos sentimos invadidos e ameaçados.
    Tudo que é alimentado...cresce. Essa é a lei.

    A Humanidade perdeu um de seus Homens, com a morte de João, mas nós ainda somos tantos...somos muitos,podemos e sabemos fazer. Não vamos permitir que tantos sinos dobrem.

    Vamos matar a violência...de FOME!!

    Sheilla

    ResponderExcluir
  61. "Com certeza, não é o João Henrique que está partindo de encontro ao Céu e sim o Sagrado que está fazendo o Céu se inclinar para vir buscar o nosso menino que, sem dúvida, se transformará num instrumento de pura luz." Dado, todo meu carinho para você. Tatiana Guimarães

    ResponderExcluir
  62. BATIDO O MARTELO! Verificando agora a intenção de mnuita gente, e juntando um projeto já apresentado pela Roseli Bassi que a Lucilia me mostrou, vamos projetar para o próximo ano uma Umbanda nova, atuante e cheia de determinação e energia. Estou escrevendo só no entusiasmo, por isso não posso afirmar quando porque preciso conversar com os outros membros diretores do Terreiro para marcarmos uma reunião de todos os médiuns para delinearmos nossa meta. Quem sabe ainda hoje mesmo eu divulgue a data para esse encontro. FMG

    ResponderExcluir
  63. Olá
    Estes textos foram redigidos pela família do João. O primeiro foi escrito pelo Ivan, padrinho do João e o segundo pela Ana, em agradecimento ao apoio de todos.

    O fim da primavera

    A primavera não foi interrompida. Embora nos seja difícil acreditar, ela concluiu o seu ciclo. E o fez de modo fértil. Deixou frutos e flores. Fruto do bom filho, bom irmão, bom neto, sobrinho, primo, amigo e namorado. Flor do carinho, do estar de bem com a vida e da felicidade constante. Flor do menino que só semeou bondade e alegria. E é por isso que nós, da família, resignadamente, agradecemos a Deus por nos ter permitido que este irmãozinho querido dividisse conosco seus vinte e um anos. O João Henrique não morreu. Simplesmente partiu antes, não sem ter, porém, cumprido exemplarmente sua missão. Que Deus o abençoe.

    Ivan Xavier Vianna Filho & Família


    Por certo, quando tio Ivan escreveu estas palavras, quem lhe sussurrou ao ouvido foi Maria, Nossa Mãe Yemanjá, que, como ninguém, sabe o que se passa no coração dos pais que perdem seus filhos. Sempre nos perguntamos como eles suportam esta dor. Nós já sabemos! Deus, em sua infinita bondade, fez de vocês, familiares e amigos queridos, anjos de luz e amor, que em todos estes dias nos sustentaram. Só assim é possível percorrer este caminho tão difícil. Nenhuma palavra comportaria a amplitude de nossa gratidão. Para vocês também foi dada uma missão. Com certeza, nosso Pai Oxalá sente muito orgulho de vê-la sendo cumprida com tanto amor. Esta fagulha de luz permanecerá em todos nós para sempre.

    Ana, Tony e Lu.

    ResponderExcluir
  64. Anônimo, sem identificação não publicamos.

    Camila

    ResponderExcluir