Assine aqui para receber atualizações deste blog

sábado, 10 de outubro de 2009

TEMA LIVRE -23-

Vou abrir o Tema Livre 23 repetindo uma postagem do Mauro, do Rio de Janeiro, com a nossa resposta:
"Mauro Monteiro disse...
Salve Pai Fernando, mucuiú !Aqui no Rio de Janeiro temos o mais antigo programa de musicas de Terreiro do Brasil: o Programa Melodias de Terreiro, criado pelo saudoso lider umbandista Attila Nunes e sua esposa Bambina Bucci, em 1948, hoje comandado pelo seu filho e tb pelo neto, ambos Atila Nunes.É o deputado que mais luta pelo direitos das religiões de matrizes africanas sendo reeleito seguidamente pela décima vez se nao me engano. Pois bem.O Terreiro do Pai Maneco e eu fomos citados em razão da pesquisa sobre nomes de entidades que consta em nosso site ( www.paimaneco.org.br ). Ele leu vários nomes e divulgou com muita satisfação. Para mim uma honra.Salve a Umbanda !Salve o TPM !Saravá !Sempre com a Umbanda no coração ,Mauro Monteiro - RJ"
Nós também ficamos satisfeitos, não só pelo nosso Terreiro como pelo teu trabalho. FMG

157 comentários:

  1. Meus parabéns Mauro!

    É a Umbanda nas ondas do rádio e na escada do poder. : )

    Saravá povo de Umbanda!

    ResponderExcluir
  2. Pai Fernando,boa noite
    gostaria de saber como se forma um ogã?

    ResponderExcluir
  3. Salve Pai Fernando, mucuiú !

    Queria fazer um comentário.

    Conversando aí em Curitiba, o senhor me disse que o espirito " nao pesa ". Obviamente concordo.
    Mas por quê será então, que sinto uma pressão nas costas quando da incorporação de Exú ?

    Parece que as costas abrem como uma asa ... sinto uma pressão...fiquei pensando sobre isso , claro que com respeito ao que o Sr me disse, sou um eterno aprendiz, mas queria que o Sr comentasse mais sobre esse assunto.

    Sempre com a Umbanda no coração,

    Saravá !

    Mauro de Ogum

    ResponderExcluir
  4. JOÃO EMERSON DA COSTA11 de outubro de 2009 01:00

    PAI FERNANDO ACHEI ESTA LETRA DE MUSICA,ACHEI INTERESSANTE SE O SENHOR ACHAR BONITA...PODE POSTAR...GOSTEI MUITO DO JOÃO BOIADEIRO DE DOIS CORAÇÕES...:

    João Boiadeiro
    Moreno e Moreninho
    "Vamos reunir a peãozada
    Pra atravessar o sertão de Mato Grosso"

    Em Mato Grosso, sertão cuiabano
    Vive a boiada ali nos pantanais
    Apareceu um rapaizinho pobre
    Que nesse mundo vivia sem pais
    E foi chegando na fazenda Estrela
    Do seu Timóteo, grande fazendeiro
    Que vendo aquele sorriso criança
    Chamou Joãozinho pra seu companheiro

    Menino alegre de grande talento
    Ali vivendo na lida de gado
    Foi revelando em muito pouco tempo
    Ser boiadeiro dos mais afamado
    Foi transportando gado pro sertão
    Bom laçador e grande berranteiro
    Foi na cidade de Pontaporã
    Que ele arranjou o seu amor primeiro

    Cortando estrada cheia de poeira
    Avermelhando o chão dos pantanais
    Quando lembrava na linda faceira
    O seu berrante chorava demais
    Mas o destino mudou sua vida
    Quando gozava a flor da mocidade
    Naquela grande luta boiadeira
    A sua herança foi a enfermidade

    João Boiadeiro, coração doente
    Foi despedindo do seu Mato Grosso
    Foi pra São Paulo para tratamento
    E conhecer o gigante colosso
    Foi receber de um coração paulista
    Deixando o seu que veio do sertão
    Doutor Zerbine com a mão sagrada
    Foi quem fez essa transplantação

    João Boiadeiro de coração novo
    Mas durou pouco sua nova vida
    Pois o destino lhe tombou por terra
    Foi sepultando sua despedida
    Assim termina a vida de um caboclo
    Que Deus te guarde no reino da glória
    Vai boiadeiro de dois corações
    Fica o seu nome no livro da história

    JETOÁ CABOCLO BOAIDEIRO

    ResponderExcluir
  5. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA11 de outubro de 2009 01:07

    PAI FERNANDO MAIS UMA LETRA,RESUME BEM A FIGURA DO SEO JOÃO BOIADEIRO....COLOSSO:....

    Capela de João Boiadeiro
    Moreno e Moreninho
    Reuniram boiadeiros
    Do sertão do meu Brasil
    Pra fazer uma homenagem
    Muito simples mas gentil
    Construiram uma capela
    Amor puro e verdadeiro
    Colocaram a imagem
    Do herói João Boiadeiro

    O que resta de sua luta
    Para nós muito importante
    O seu laço de doze braça
    E o seu famoso berrante
    Se achar na capelinha
    Para uma recordação
    De quem foi o rei do laço
    Boiadeiro do sertão

    Sua noiva ainda chora
    Quando vê uma boiada
    Quando ouve um berrante
    Repicando pela estrada
    Lá na sua capelinha
    Existe um grande letreiro
    O seu nome João Ferreira
    Conhecido João Boiadeiro

    Todo mundo ainda comenta
    O boiadeiro colosso
    Que foi ele o rei da linda
    No sertão de Mato Grosso
    Não deixou uma grande herança
    Mas deixou a sua glória
    Seu talento e sua luta
    Ficou em nossa memória

    ResponderExcluir
  6. Mucuiú Pai Fernando, Saravá Povo de Umbanda,

    Aproveitando ainda o assunto da abertura do Tema Livre 23, gostaria de compartilhar o endereço da Rádio Web Melodias de Terreiro, que também transmite o Programa Melodias de Terreiro da Rádio Bandeirantes AM 1090 (Rio), de segunda à sexta-feira, entre 23h e 24h:

    www.radiomelodiasdeterreiro.com.br

    A Rádio Melodias de Terreiro funciona na internet 24 horas, transmitindo pontos de Umbanda e Candomblé. O Programa Melodias de Terreiro pode ser ouvido, através do link, às 23 horas em ponto.

    Os responsáveis pelo programa são Átila Nunes Filho e Átila Nunes Neto, que podem ser contatados através do e-mail: atilanunes@emdefesadaumbanda.com.br ou tel.:
    (21) 2461-0055.

    Informação compartilhada, seguimos a caminhada.

    Axé,

    Pai Ronald - Rio

    ResponderExcluir
  7. Alexandra, ele é que tem que se dedicar a tocar atabaques. Depois que demonstrar a sua vontade de ser ogam e zelar pelo rum, rumpi e lé (nome dos atabaques) é que será cruzado no terreiro. FMG

    ResponderExcluir
  8. Pai Mauro, o peso deve ser ocasionado pela pressão quando a entidade se aproxima e começa a vibrar nos chacras. Mas isso não é comum e vc deve tentar,pela força da vontade e do pensamento, que isso desapareça. Mas continuo afirmando que a sensação é tua e não do espirito, porque espirito realmente não tem peso. FMG

    ResponderExcluir
  9. Mauro Monteiro - RJ11 de outubro de 2009 08:54

    Maravilha Pai Fernando. Vou ficar atento a isso.

    E obrigado pelos agradecimentos sobre a pesquisa.

    Amo o TPM !!

    Saravá !!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Pai Fernando.
    Boa domingo a todos!!!

    Eu gostaria de saber se uma pessoa que não acredita em Deus, ou não acredita em rezas. E essa pessoa ser rezada escondido. Essa reza pode fazer efeito???
    Obrigada.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  11. Luna, com certeza pode fazer efeito. Independe da pessoa que se reza o seu efeito positivo, mesmo não sabendo o que está sendo feito e mesmo ser ateu. FMG

    ResponderExcluir
  12. Pai Fernando... Se não estou enganada li em algum topico do Blog que o senhor ficou um tempo sem comer qualquer tipo de carne... O senhor sentiu diferença nas giras em comparação com quem só fica 24h ou um pouquinho mais antes da gira sem comer?
    Eu pergunto pois fui vegetariana por anos e carne nao me faz a menor falta, então realmente sendo significante penso que poderia retomar essa cultura. Obrigada!

    ResponderExcluir
  13. Oi Luna!
    Obrigada, estou no aguardo , anciosa! heehe

    Pegando seu gancho...
    Me lembrei de um caso, uma vez na apometria, em que o pessoal tinha receio em atender a distancia devido pensar interferir no livre arbitrio: da pessoa não ter pedido ajuda.
    Mas pensando bem, reza, oração, bons pensamentos direcionados sempre ajudam! E como poderia ser diferente???
    Uma vez o caboclo sete penas me disse algo maravilhoso: disse que quanto mais o ser pensar e orar por aqueles que já atravessaram os campos celestes (desencarnados)com alegria e fé, mais retorno se tem devido a retribuição da prece não ter data definida pra acontecer, assim é com aqueles que ainda não atravessaram os campos!
    Resumidamente, ele quiz dizer que se colhemos o que plantamos independente de quanto tempo leve e do que venha a ser a semente, um dia recebemos de volta.

    Ah! Isso tbm vale pro efeito contrario: pensamentos ruim, criações negativas ou farmas-pensamento destrutivas que incidem no corpo astral ou duplos, acontecem tbm quando as pessoas nao pedem, ou nao acreditam...

    Abração!!!!

    ResponderExcluir
  14. Andréa Destefani - Colombo-Pr11 de outubro de 2009 18:41

    Bonitas postagens João. Aqui perto do sítio estão sendo feitos vários rodeios este final de semana,pois a maioria dos boiadeiros são (algumas entidades também foram em vida) devotos de Nossa Senhora da Aparecida. Meu Saravá a essa linha tão bonita e importante da Umbanda!

    ResponderExcluir
  15. Pai Fernando somente a titulo de curiosidade msm, eu queria saber como é o ritual funerario na Umbanda?
    Pq sei como é o Batismo, o Casamento, mas e o funebre???

    Abraços
    Isamara

    ResponderExcluir
  16. Nathalia, fiquei quse dois anos sem comer qualquer tipo de carne, exceto a de peixe. Isso me fez emagrecer cinco quilos e sentia muita fraqueza. Acontece que a comida brasileira é feita basicamente com carne, o que torna muito dificil a alimentação fora de casa. Espiritualmente não senti nenhuma diferença. Então resolvi trocar a alimentação pela promessa de nunca mais brigar com ninguém. Isso quer dizer que estou em débito com todo mundo porque não consegui cumprir a minha palavra. Continuo brigando normalmente. FMG

    ResponderExcluir
  17. Isamara, as vezes que eu fui solicitado para dizer algo antes de um enterro, conforme o caso, falava sobre o desencarnado e pedia alguns cantos de nossa religião. Isso se a pessoa não é vinculada a gira, nesse caso eu peço todas as roupas, guias e o que for da Umbanda e descarrego no fogo. Alguns dirigentes têm um ritual para o desencarne, principalmente acendendo velas durantes alguns dias. Como eu ignoro o que for relativo a tempo, eu não sigo essa regra. A cremação não é condenada pela Umbanda. FMG

    ResponderExcluir
  18. Andréa Destefani-Colombo-Pr11 de outubro de 2009 21:15

    Já foi realizado algum velório no Terreiro Pai Fernando?

    ResponderExcluir
  19. Andréa Destefani - Colombo-Pr11 de outubro de 2009 21:36

    Pai Fernando gostaria de falar um pouco mais sobre os boiadeiros. Certa vez ,há algum tempo, numa gira quando ainda recebia o boiadeiro ele cumprimentou uma pessoa com uma reverência hindu. Eu achei muito estranho,mas após a gira a pessoa veio falar comigo e me contou que ela passara alguns anos morando na India e estudara o hinduísmo. Seo Pedro Mineiro é uma entidade que junto à Mãe Lucília,devido à profissão dela como fotógrafa,formam uma terceira energia indescritível e que depois de apenas uma consulta ainda está mudando minha vida. No meu entender e na minha observação a linha dos Boiadeiros é muito ainda misteriosa. Eles têm o "super poder" de observação da nossa alma, adquirido pela vivência que tiveram,pois quem lida com animais e está próximo à natureza desenvolve isto. Gostaria que o senhor nos falasse um pouco da sua experiência com eles,bem como o que o senhor observou a mais nessa linha.

    ResponderExcluir
  20. Andréa, nunca foi realizado um velório no terreiro. Aliás, não acho um lugar adequado para isso. É apenas uma opinião pessoal. Quanto aos boiadeiros acho dificil falar assim de forma generica. Vou buscar alguns textos que tenhao sobre eles, e por isso peço que vc me cobre o assunto dentro de uma semana . FMG

    ResponderExcluir
  21. Bom dia a TODOS.. :o))

    Pai Fernando, obrigada... darei o recado. :o)

    Pai Fernando, lembro no Amaci q a Mirtes falou q nós controlamos nosso corpo... lembro da Mãe Lucília explicando q as entidades não vão 'nos invadir' e q a incorporação acontece qdo permitimos...
    Então pergunto, como pode acontecer de 'não segurar incorporação'???

    Beijinhos e obrigada,

    ResponderExcluir
  22. Denise, para que isso aconteça a pessoa tem que se entregar permitindo a incorporação. FMG

    ResponderExcluir
  23. Salve Baba!
    Seu Taiunan, (Ogum da Espada) algumas giras atrás deixou uma mensagem interessante para mim gostaria de compartilhar:
    "Ogum cego é aquele que encherga o mau com bons olhos"
    Isso me serviu muito!
    Hoje, ouvindo uma música do Nando Reis, ouvi algo que achei servir como arma contra essa cegueira:
    " O que os olhos não vêem, o coração pressente"
    É isso, só para compartilhar duas frases que me fizeram melhorar como Mãe de Santo de Ogum!
    Saravá a todos!

    ResponderExcluir
  24. Anonimo, não foi publicada tua mensagem pór falta de identificação. FMG

    ResponderExcluir
  25. Parabéns Mauro, considero muito importante mais esse reconhecimento ao nosso Terreiro e à nossa religião.

    Abraço,

    Edgar Cavalli Jr. Curitiba - Pr

    ResponderExcluir
  26. Boa Tarde! Pai Fernando.

    O Sr Antonio perguntou onde trabalha o Exu Seu Mangueira ? Ele trabalha na encruzilhada.

    Saravá a todos!
    Dede

    ResponderExcluir
  27. Boa noite, Pai Fernando!!
    Agora já aprendi como postar :)
    Vou repetir a minha pergunta:

    Pode um médium de Umbanda, sem nunca ter frequentado um Terreiro de Candomblé, ter um Pai de Cabeça um Orixá do Candomblé?
    Na Umbanda ele teria outro Pai de Cabeça?

    Obrigada!
    Anna

    ResponderExcluir
  28. Bom Dia Pai Fernando!
    É uma honra postar no seu Blog,bom sou gaúcha da beirinha do Rio Uruguai,admiro muito seu trabalho,é referencia,frequento um Centro em minha cidade fazem 2 anos,mas que tenho dificuldade de me adptar,tanto é que eu me meu marido iremos em junho próximo conhecermos vcs ai!Mas a pergunta é como posso ser uma sócia do TPM á distancia!Popis como já disso admiro mto o seu trabalho e desejo contribuir.
    Um carinhoso abraço de sua fã!

    ResponderExcluir
  29. Mucuiú Pai Fernando .
    Mucuiú Pai Béco.
    Mucuiú Pai Léo.

    Sabemos que o Cambone é parte essencial na Umbanda ,o pilar,o alicerse e o aparador material dos trabalhos espirituais.
    Cambone não é tarefa menos importante do que qualquer menbro da gira,pois sabemos que a responsabilidade é grande.
    O que presencio muito ,infelizmente é a situação complicada quando em nossas giras ,faltam Cambones.
    Seria de muita valia se o a pessoa que optou pela responsabilidade de Cambonear,quando for faltar a gira que avise o Mediun com quem trabalha (fone,msn.,email,mensagen..etc)para que o mesmo quando chegar sabendo da sua falta, comunicaria a um capitão para que fosse escalado outro naquele dia antes do inicio dos trabalhos.
    É muito complicado ver entidades sem Cambones com dificuldades para encontrar os materiais de trabalho , e quando não temos consulentes sozinho com as entidades.

    Att.
    Gilmar Franco
    -gira quinta-

    ResponderExcluir
  30. Pai Fernando boa terça feira! Mucuiú.
    Boa tarde a todos do blog!!!

    Estava pesando uma coisa...Venho conversando com amigos a respeito das crianças de hoje. Que além de seren crianças com muita inteligência e sensibilidade, são crianças mais vulneráveis com relação a doenças e doenças psicossomática. E até mais sensíveis ao mundo espiritual.

    Então...Já falamos aqui no blog sobre algumas crianças pegarem algúm tipo de energia negativa. E que devido a elas temos que rezar e ficar de olho nessas interferências.
    Tbém já foi dito que as crianças tem proteção. Concordo! Mas até que ponto elas tem essa proteção. Tendo em vista que são espíritos? E não temos a certeza de qual procedência desse espírito.
    E que tbém existem casos de espíritos encarnarem juntos com seus supostos obsessores. Para fim de Karma.

    Não estou querendo afirmar uma situação. Mas o que podemos fazer com nossas crianças. Ou o que elas poderiam usar para fim de proteção??

    Outra coisa...Me foi perguntando tbém com relação as crianças que apresentam mediunidade muito cedo. Digo cedo mesmo...Com quatro, cinco anos.
    O que se pode Pai Fernando fazer ( na Umbanda ) para adiar essa mediunidade tão aflorada??

    Bjão

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  31. Ana, seja bem-vinda ao blog. Ainda ontem uma entidade disse que os Orixás Cósmicos não têm nome. Então dizer que um deles é da Umbanda ou do Canbomblé iria em desencontro com as forças Divinas. Acho que ninguém é dono de ninguém. Uma vez no nosso Terreiro nós mandamos fazer e distribuimos entre os umbandistas um adesivo escrito: "JESUS NÃO TEM DONO". Então entendo que os Orixás são os mesmos, com nomes diferentes, e por isso pode dar a impressão que mudaram, mas pais não podem mudar. FMG

    ResponderExcluir
  32. Daiane, seja bem-vinda ao blog. Fiquei muito honrado com as carinhosas palavras e espero que vcs venham mesmo conhecer nosso terreiro. Voce acabou de ser sócia do Terreiro do Pai Maneco, como convidada especial do pai de santo. Mande-me teu nome e endereço para anotações aqui. Mande pelo meu e-mail fernandoguima@terra.com.br

    ResponderExcluir
  33. Gilmar, hás uns dois meses antes de iniciar nossa gira de 2a feira, fui comunicado que nove entidades estavam sem cabonos. Imediatamente convidei nove pessoas da assistencia para essa tarefa, imediatamente foi completada a lista e desempenharam muito bem esse papel. Não é o ideal, mas é uma idéia. FMG

    ResponderExcluir
  34. Poxa que bacana heim Pai Fernando!!!A cada dia as pessoas estão se identificando mais com a filosofia do Pai Maneco.

    * Daiane, vc não irá se arrepender. Aproveita e faz logo o amaci, para se tornar filha da casa e ser cuidada pelo pai...hehehehehe

    Pai Fernando. A anna - RJ é uma de nossas médiuns.

    Aos médiuns (TPM - RJ) que postarem no Blog. Se identifiquem para pai Fernando conhecê-los!!!

    Axé Luna - RJ

    ResponderExcluir
  35. Luna, a proteção de uma criança é porque ela ainda não tem dentro de si os vicios e maldades mesmo normais do ser humano, e toda perturbação espíritual acontece por ligações de vibrações afins. Parece complicado, mas não é. Por mais que exista uma tentativa de aproximação espiritual ela não acontece pela absoluta falta de afinidade. Por mais que tenham existido encarnações anteriores, toda criança é pura. Quanto as crianças com mediunidade visivel, hoje muito comum e sinal que o mundo está evoluindo, a melhor defesa é realmente as vibrações nos terreiros de Umbanda ou mesmo os passes de linhas tradicionais do espiritismo. FMG

    ResponderExcluir
  36. Entendi Pai Fernando.
    E agora sim compreendi a relação entre a semelhança vibracional de uma criança e um espirito...Não havia pensado ainda dessa forma que está corretíssima!!!

    Então com relação a mediunidade precoce é isso mesmo que eu imaginava. Nada como adiar essa faculdade.
    Obrigada Pai!

    Axé.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  37. sidney oliveira, curitiba13 de outubro de 2009 15:31

    Seo Fernando, amigas e amigos
    Ontem foi cantado um belissimo ponto para o Cabolo Urubatão. Uma letra muito bonita e forte, por sinal.
    O Sr conhece a historia desse caboclo?

    Falando em pontos aqui vao alguns que parecem ser muito cantados pelas muitas citacoes:

    PONTO UM

    Chegou Urubatão de dia
    E veio para nos salvar
    Trabalha com sua pemba
    Trabalha com sua Guia
    Em nome da Virgem Maria

    PONTO DOIS

    Eu vi um caboclo
    Lá na ribanceira
    Era Urubatão
    Chefe dos Peles-vermelhas
    Estrela matutina
    Clareia o mundo sem parar!
    Estrela clareou a nossa banda
    Estrela Clareou nosso Congá
    Estrela que ilumina Urubatão
    Estrela que vem lá do Jurema
    Na mata virgem ele vem caçando
    Quando ouviu o cantar do azulão
    Veio correndo saravar nesse terreiro
    Ele é o caboclo Urubatão!

    PONTO TRÊS

    Quando ele em lá do Oriente
    Vem com ordens de Oxalá
    Sua missão é muito grande
    É espalhar a caridade
    E seus filhos proteger
    Meu Sarava Mamãe Oxum
    Meu Sarava Papai Oxalá
    Meu Sarava Seu Urubatão
    Ele é o dono dessa casa

    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  38. Sarava Pai Fernando!
    Pegando outro gancho da Luna..
    Ainda sobre mediunidade x crianças..
    O que fazer quando mesmo trabalhando somente a vibração ou passes no espiritismo e existe a incorporação? Se bem que não existe incorporação sem permissão certo?
    Pergunto, porque já presenciei tanto no centro espirita quanto no terreiro esse acontecimento, e parece ser muito doloroso.
    Geralmente são obsessões, e a medida tomada de primeira mao no terreiro foi assim, afinal foram em meus atendimentos, com as minhas entidades..

    Tendo visto um atendimento assim, o caboclo sete penas chamou 3 mediuns que estavam camboneando, para ficarem em volta da criança e da mae, pq ela estava apavorada (as duas)ele aplicou um passe deu uns trimiliques fortes e subiu, me deixando sozinha hehe então intuitivamente sei lá... coloquei uma mao sobre o chacra coronário e outra sob o umbilical e "puxei" a entidade obsessora.
    Mas, como no centro que eu ia, nao tratavam obsessão, mentalmente chamei o Exu Capa Preta e o Preto Velho, e pronto! Acho que eles se encarregaram...pq desincorporamos! Logo voltou o caboclo e aplicou um passe e receitou um banho de ervas e pronto.

    No centro espirita, já foi mais facil...
    Pq lá o trabalho com a desobssessão é prioritário.
    Então na mesa mediunica normal, senti o meu estomago revirar, logo percebi que não era entidade da criança mas espirito obsessor pela dificuldade e agressividade.
    Então ele foi doutrinado e encaminhado como de praxe.
    mas o que espanta é o nivel de obsessão para uma criança nesta faixa etária entre os 7 anos.
    Começaram com pesadelos ainda em idade tenra - 3 anos e começaram a se agravar, passando por melancolia, agressividade.
    Mais tres atendimentos e melhorou.. não precisou mais .
    Como receita de praxe tbm, o evangelho no lar foi uma medida de principio de evangelização que sempre era adotado nestes casos, segundo a minha dirigente.

    Bom..
    O que o senhor pensa, depois desta biblia toda??? Se cometi um erro, onde posso corrigir?
    Axé, Fabille


    Fato que a criança tinha uma media de 8 anos estava incorporando a nivel quase de possessão.
    Nestes casos (embora raros) qual o procedimento ideal?
    O que o Sr. pensa no procedimento que tomei?
    Na verdade fiz sem saber o que fazer, entende Pai Fernando? Pq depois vieram me dizer que era o exu da criança (pelo amor de Deus né?? absurdo total) mas fiquei na minha.

    ResponderExcluir
  39. Não ria Pai Fernando.... mas caso tenha postado 2X o mesmo assunto é porque me enrolo toda para postar, mas devagarinho estou chegando ;)

    É verdade Pai Fernando, sou do TPM do RJ e já acompanho o Blog já algum tempo.

    Eu particularmente adoro a diversidade dos tópicos e os comentários. Considero esse espaço um "Almanaque Interativo a Luz da Umbanda" (com respeito devido a Querida Umbanda) com assuntos interessantes, uma troca de conhecimento maravilhosa, informação e participação.

    Pai Fernando isso é bommmmmmm D+, como eu aprendo a cada leitura de um tópico no Blog do Pai Maneco.

    Será um prazer conhece-lo e pedacinho do TPM de Curitiba!!!

    Obrigada
    Axé a todos

    ResponderExcluir
  40. Boa Tarde, Pai Fernando,
    Interessante o fato dos terreiros de Umbanda não possuirem capelas para velar seus mortos. Na verdade até o fim do Império da religião Católica era a oficial e as outras crenças foram proibidas de fazer templos. O Jardim dos Orixás no Terreiro Pai Maneco é uma grande inovação. Na sua opinião é possível fazer Capelas na Umbanda ? No estilo Cristão, com imagens e num local apenas para oração e devoções e eventualmente velamentos?
    Um fraterno abraço a todos.

    ResponderExcluir
  41. Desiree - Curitiba - Pr13 de outubro de 2009 20:35

    Pai Fernando, encaminho a mensagem psicografada do Caboclo Boiadeiro. Entendi que seria importante compartilhar. Se nao achar pertinente, nao precisa postar. Abracos!

    "A estrada é longa. Os caminhos tortuosos, mas os que têm fé prosseguem a caminhada dolorosa desta vida. Quem pode saber o que virá na próxima curva, se é Deus que clareia vossas idéias, desejos e perscruta vossos corações endurecidos pela dor. Quem poderá dizer que é maior do que o outro, se as estradas de vossas trajetórias nessa terra cruzam-se num sem-fim. Se o maior disser: sei o que acontecerá..mente, pois que se és hoje maior é porque um dia foi menor. Eis que todos caminhamos em estradas tortas, como cegos sem saber o que nos aguarda. O engano desta vida, de achar que se sabe do que virá, cega ainda mais vossos olhos. Eis que andam como cegos em busca de luz. Há, pois, que abrir vossos corações para a luz divina que não os deixa tropeçar, nem parar de caminhar. Aos que podem, ajudem a seu semelhante puxando-lhe pela mão, mas eis que são tão cegos quanto o que é puxado. Apesar de tudo há que se seguir em frente. Pela fé que anima os corações, a caminhada há de ser mais branda. Dentro de vós, a fé vos dá paragem, é descanso quando as forças meneiam. Sois como peregrinos numa estrada deserta. Acreditam-se cheios de gente, mas no fundo, cada qual caminha seu próprio caminho. Há que não arrefecer, pois este que é um mundo de passagem, não deve merecer mais atenção e paradas que um gole d’água para arrefecer a sede. Descansai e levantai que a estrada chama para outros mundos. Melhores paragens. Ao que desiste, permanece faltante e vazio seu caminho, sem seus passos para o término. Não se prendam ao que nada vale. Para caminhar basta fé e força e esta se reforça na outra. Considerem que sua luz os ilumina, a luz de Deus em vossos corações e não desistam. Ainda haveremos de nos encontrar em tempos melhores. Hoje eu os auxilio e peço com isso melhoras no meu andar. Hoje os guio, quando ainda em outro tempo fui guiado. Hoje sou maior, porque antes fui menor. Haverá um tempo em que guiarão os que necessitam de luz. Hoje acendo a luz da fé em vossos corações. Ontem, houve luz acendida em meu peito por espíritos que não conhecia. Hoje, com a graça de Deus, trabalhamos lado a lado para os que necessitam de forças para caminhar, se levantem e retomem a jornada. Oxalá estaremos um dia juntos, trabalhando em prol dos outros, pois eis que há muitos parados em seu caminho ou que desistiram. Um dia estaremos juntos a ajudar outros e para isso é necessário que resistam...ao fogo, `a chuva, `as pedras, ao calor do sol do meio dia. Que estes não arrefeçam vossos corações no lide diário, que não endureçam vossas mentes para o justo e o correto. Que as forças malignas não afetem vossa justeza de coração e espírito para que esta terra não venha a conhecer dias piores. Sedes caridosos sem perder a força. Sedes a árvore no meio do caminho.. que abriga, dá sombra, mas que não encobre o caminho. Sedes fonte de descanso, mas não pedra na vida dos outros. Dêem sombra ao viajante, mas não o impeçam de retornar sua jornada, pois que estará ajudando que outros prossigam. Aguardo-vos no dia em que seus olhos abrirão para a grande beleza que é esta grande jornada da terra. Nesse dia, terão olhos para ver a beleza que Deus os possibilitou. Não se enganem: Deus os ama. Que Oxalá os guarde e proteja".

    Caboclo Boiadeiro.

    ResponderExcluir
  42. Oi Pai Fernando...

    Boa noite a todos. :o))

    Ontem de tarde recebi a visita de um casal de amigos na minha casa, eles moram em São Bernardo do Campo e são kardecistas. Levei-os para conhecer o terreiro a tarde e ao voltarmos p/ casa conversar o rapaz começou a bocejar e reclamar de dor nas costas e ele disse ser por causa da energia.... mas fiquei sem entender... O q pode ser??

    Beijinhos e obrigada!!

    ResponderExcluir
  43. Claudio Henrique, eu ainda não pensei sobre isso. Já está muito bem pensado e isso não vai demorar para ser feito um espaço para serem cultuadas as cinzas dos umbandistas. Mas vamos analisar tudo, poiis não deixa de ser uma iddéia razoavel. FMG

    ResponderExcluir
  44. Fabille, no principio da lógica, se deu certo é porque vc agiu de forma correta. Esse tipo de incorporação em crianças é muito dificil de acontecer, mas se for o caso temos que entender que é uma entidade indevidamente incorporada e que deve ser afastada, e o fato de ser o médium uma criança no momento do afastamento não deve ser levado em consideração. FMG

    ResponderExcluir
  45. Denise, em consideração a vc não vou responder aos teus amigos kardecistas. FMG

    ResponderExcluir
  46. Pai Fernando boa noite.

    Estava lendo sobre o que a Fabí escreveu...Me diga uma coisa...Já ví casos de desobsessão na qual o encarnado não pode ser separado de um espírito de imediato.

    Ex: Sabemos que existem obsessões de encarnado ( pessoa viva) para desencarnado ( espírito de pessoa que já morreu - só para ser mais clara)Então dependendo da união desses dois seres, muitas das vêzes não é possível fazer um desligamento imediato. Causando choque entre um dos seres ( seja encarnado ou desencarnado). Então essa "desobsessão ou afastamento é gradativo para que os dois não sintam o rompimento violento. Na Umbanda pode-se tbém ser feito esse tipo de tratamento?
    Axé

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  47. Pai Fernando outra pergunta

    Estou lendo o livro Abismo de André Luis.
    Na verdade sempre soube que o espírito não " involui" Mas estou agora sem saber o real...

    Nossa passagem na Terra é para melhorarmos o que temos de pior dentro de nós. Sejam elas,nos defeitos de carácter; Nos vícios (sejam eles quais forem)
    SEJAMOS DE QQUER RELIGIÃO!!!!
    Então estava lendo uma parte do livro que fala que um espírito pode se desintegrar de sua forma périspiritual e voltar a ser apenas moléculas...Apartir de seus erros e trajetória.

    Confesso que essa informação me pegou se surpresa. Pois ainda não tinha visto essa informação em lugar algúm...

    Na verdade esse livro só me foi liberado agora ( depois de quase 17 anos de estudos espirituais) Pois meu hoje amigo e ex pai de santo Maurinho nunca deixou eu ler.

    O que o senhor me diz dessa informação pai Fernando?
    Pode ajudar???
    Obrigada.

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  48. Luna, na Umbanda principalmente existe esse cuidado. O cuidado maior não é com o encarnado, mas com o desencarnado que sendo retirado de forma bruta pode se perder no espaço. FMG

    ResponderExcluir
  49. Luna, antes de tudo vamos esclarecer que esse livre foi orientado pelo espirito do André Luis mas foi escrito pelo R.A. Ranieri. Faço essa observação porque sempre o nome do espirito do André Luis é vinculado ao excepcional médium Chico Xavier. Feita essa observação, vc vai ver que o espirito conforme vai se desviando do caminho da evolução pode criar corpo de animal e viver anclausurado dentro de sua propria maldade tal e qual uma gema de ovo que fica esperando alguém quebrar essa casca para que ele possa continuar a sua caminhada na seara correta do amor. Não é meu estilo falar assim, mas no momento não existe forma melhor do que enaltecer a necessidade de treinarmos nossa sensibilidade para os asssuntos Divinos, sem deixar, entretanto, de ter nossos pés fincados no chão para não cair na mesmice da falácia comum dos moralistas religiosos. FMG

    ResponderExcluir
  50. Bom dia A todos!
    Sarava!
    Oi Luna!
    Lá vou eu relatar coisas da apometria novamente..eita.
    Mas não deixando de mencionar que em alguns tratamentos comuns de desobsessão e limpeza dos corpos e cordões, presenciamos parasitas.
    Porém que estes parasitas, eram denominados OVOIDES ou seja, um espirito que perdeu a sua forma humana e que encontrava-se apenas com seu mental, que devido a sua condição, era manipulado por obsessores para prejudicar diretamente o encarnado.
    Sei que parece esquisito, mas a forma em que se encontrava o espirito era de uma esfera negra cintilante que parecia absorver os nutrientes auricos do encarnado, se alimentando tal como um vampiro.

    Este é um nivel em que uma consciencia humana pode chegar, preso por si mesmo no arcabouço d maldade, perdido e confuso no meio hostil, sendo alvo das mais diversas facetas dos que ainda perseveram na ignorancia do amor cristico.
    Passiveis como bebes solicitando colo materno, era esta a impressão que dava.
    Cada atendimento em que um espirito se apresentava com seu corpo astral lesionado, nos tomava de profunda compaixão, pois é nestas horas em que podemos compreender até que ponto nossa mente pode nos elevar ou nos fazer escorregar por entre nossos proprios sentimentos inferiores.

    Mas Graças a Oxala, nada se perde!
    Tudo se transforma! Ah!!! Isso tbm é física!

    Sarava Fraterno

    ResponderExcluir
  51. Bom dia!
    Verdade pai Fernando. Uma coisa é ser ditado, outra coisa é ser orientado.Obrigado pelas respostas!!!
    Axé e bom dia.

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  52. Boa tarde Pai Fernando, Boa tarde a todos.. :o)

    Mas assim, esse assunto de bocejos, em geral, eles não sendo por sono, preguiça ou tédio podem ser de causa espiritual? Já ouvi comentários que acontecem por conta de cargas negativas de pessoas q se aproximam de nós.
    Segunda feira, enqto camboneava, surgiu esse assunto e o que entendi do que a entidade falou é ser por energia positiva, que nos relaxava e dava essa 'molezinha' e então o bocejo.
    Mas já me aconteceu de ir em algum lugar e parecer q fui 'drenada', chegar bem e sair "de arrasto".
    Como que funcionam essas coisas? :o)

    Beijinhos e obrigadinha SEMPRE!!

    ResponderExcluir
  53. Denise, é isso mesmo, a entrada de energias positivas em nossa aura pode provocar esse sono que não conseguimos entender. FMG

    ResponderExcluir
  54. Pai Fernando o senhor sabe que no inicio das incorporaçoes o medium balança muito com a entrada da entidade comigo acontecia a mesma coisa agora nao me acontece mais e algo sutil sera que eu ja estou firme nas minhas incorporaçoes?

    ResponderExcluir
  55. Antonio, com o tempo o médium entra em mais harmonia com o espirito e a incorporação fica mais suave. FMG

    ResponderExcluir
  56. Pai Fernando, mucuiú,

    Sobre isso do sono x vibração. Na última Gira que tivemos aqui no Rio, durante o trabalho de Ogum, seo Megê falou pra Dna Lolita que a sonolência que as pessoas sentem nos trabalhos de mesa branca é vibração de Oxalá.

    Lembrei disso só agora, lendo a resposta que deu pra Denise. Está correto então?

    Abraço / Axé,

    Pai Ronald - Rio

    ResponderExcluir
  57. Pai Fernando. Mucuiú!
    Boa noite...

    Com relação ao que Denise falou tem haver com a liberação de energia ou um recebimento?
    Porque a assistência tanto recebe uma carga de energia nos trabalhos como tbém podem doar junto com os trabalhos espirituais. Ou não?

    E com relação as dores das costas dele acho eu que até pode ser a entidade dele. Já que ele trabalha na linha Kardecista tradicional e as entidades vêm de forma sutil, e na Umbanda a "coisa" fica mais firme e mais próxima. Porque eles ( os espíritos ) tem liberdade para virem da forma que eles quiserem.
    E como o rapaz não está acostumado com essa energia total pode ter desencadeado essa pressão nas costas.
    O que o senhor acha??

    Axé - LUNA - RJ

    ResponderExcluir
  58. Luna,a liberação de energia é diferente, ao contrario de sono, a pessoa fica enjoada, com palpitações e fraqueza. Quanto a dor nas costas eu já tinha dado baixa em consideração à Denise, mas já que vc provocou, vamos lá. Dor nas costas que tem é pessoa que está já ha tempo com uma energia negativa porque péla coluna onde se localiza o chacra kudalini é que as energias entram e a pessoa fica com essaq dor, mas não é um fato imediato, ou seja, ir em lugar e ficar com dor nas costas. Kardecista tem essas manhas para menosprezar a Umbanda e digo isso com convicção porque se a pessoa que foi convidada pela Denise para ir visitar a sua Casa, onde elatgem a maior fé, o minimo que tinha que fazer, isso se fosse verdade, era ficar quieto e não falar nada em respeito à sua amiga Denise. FMG

    ResponderExcluir
  59. rsrs.
    Tá certo...Saravá!
    Luna.

    ResponderExcluir
  60. Luna tenha a certeza de que todos em uma gira doam e/ou recebem energia. Na assistencia nao é diferente. Posso lhe testemunhar as vezes em que, estando na assistencia, doei ou recebi energia. Ate por isso nao é legal sair na metade de uma gira ou antes de seu final.
    abracao
    Sidney Oliveira

    ps: A Desi tava querendo teu email.

    ResponderExcluir
  61. Mucuiú Pai Fernando.
    Há tempos estou com uma dúvida e gostaria que o sr. me explicasse melhor sobre a questão do karma no mundo espiritual à luz da Umbanda. A doutrina, e portanto, conceito de karma, que tive vieram da filosofia oriental explicada pela Teosofia. De acordo com essa explicação, o karma, que estaria baseado na lei de causa e efeito, é vinculado apenas aos seres humanos, aos encarnados. Então, seria devido a este fator que reencarnamos: dívidas de outras vidas, coisas "a pagar ou receber", e o grande sentido da vida espiritual seria então transcender o karma, sair da famosa "roda de samsara" que prende a alma espiritual nas vivências terrenas um sem número de vezes.
    Isso é muito importante pra mim, pois parte do sentido de vida que construi após uma demolição consciente de mim mesma foi a partir deste conceito de karma. Agora, percebo que na Umbanda a questão do karma é mais profunda... e menos severa. Existe karma no mundo espiritual? Nossos guias estão trabalhando espiritualmente devido ao seus karmas? Sempre pensei nas entidades como seres de luz, porém muito próximas de nós. Até onde eu sei, uma entidade, ou seja, um espírito que trabalhe espiritualmente é porque não "voltaria" mais a reencarnar, e se isso acontece é pq não há mais karma (no meu entendimento), então pq eles precisam "evoluir"? Aliás, para que? Acho que quem evolui com tudo isso somos nós, cavalos, né não? Ou também? Bom, o sr. faça idéia como está essa confusão na minha cabeça... rs. Gosto muito de ler, caso o sr. me passe uma bibliografia cm certeza estudarei.
    Obrigada!
    Saravá!
    Sheila

    ResponderExcluir
  62. Boa noite a todos.... Bem, na verdade, eu achava q essa dor dele era outra coisa, hehe... Pq ele foi muito de boa no terreiro e se interessou muito pelo livro do Pai Fernando, pensou em voltar p/ assistir a gira, só não fez isso pq partiria na terça logo cedo p/ SP. Tenho certeza q não menosprezou nossa Umbanda, senão eu teria pulado, hehe... Ele se interessou em aprender, ia ler o site, nosso blog... inclusive ele dá aulas no centro kardecista e algumas vezes perguntam sobre Umbanda e por isso ele tb se interessou em conhecer, para poder citar bons exemplos nas aulas dele, já q lá aonde ele mora, ele comentou q quase tds os terreiros de umbanda cobram caro, inclusive os atendimentos.
    Mas, no centro kardecista que ele participa ele trabalha com desobsessão... pensei q a dor nas costas e os bocejos seriam exatamente o 'descarregar' dessas energias... :o)

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  63. Sidney
    Bom dia!

    Meu e-mail : luna.taborda@uol.com.br

    Abração.

    ResponderExcluir
  64. Saravá povo do blog,

    Sempre volta o tema dores nas costas e muita gente só vê explicação espiritual. Segundo dizem certas estatísticas, 30 a 40% das pessoas apresenta dor nas costas e 80 a 90% já sofreu dela em alguma época da vida.

    Tenho uma amiga que é fisioterapeuta, ela me deu a dica de um site que mostra as maiores causas de dores nas costas, pela ordem são elas:

    - Problemas musculares (por exemplo, contratura muscular)
    - Má posição ou postura
    - Falsos movimentos
    - Osteoporose (na região óssea)
    - Artose (na região da cartilagem)
    - Artrite
    - Gravidez (por causa do ganho de peso)
    - Lesões de disco intervertebral
    - Fratura ou acidente
    - Metástase (em caso de câncer)
    - Problemas psicológicos como o estresse ou um choque psicológico

    Podem colocar em último lugar os problemas espirituais como causa destes sintomas.

    Para prevenção:

    - Quando carregar objetos pesados fique com a coluna endireitada e dobre sempre os joelhos.
    - Se trabalhar em um escritório, por exemplo, procure mudar freqüentemente de posição, pois manter sempre a mesma posição não é bom para as costas. É também aconselhado se levantar regularmente.
    - Durma em um bom colchão e um bom sommier(duro de preferência).
    - Utilize calçados confortáveis mas que estejam firmes nos pés.
    - Controle o seu peso.
    - Pratique esportes regularmente (de preferência caminhada, bicicleta, hidroginástica ou natação). O esporte é considerado o melhor «remédio» em caso de dores nas costas. Na verdade, a prática de esportes ou exercícios fortalece a musculatura e exerce um efeito preventivo contra essa afecção.
    - Você pode utilizar um cinto lombar, isso permite aliviar a dor nas costas.

    Na dúvida procure um ortopedista, se não resolver aí sim o tratamento é outro.

    Axé!

    ResponderExcluir
  65. Pai Fernando gostaria de Saber se o Senhor pode postar o poster do lançamento do almoço de domingo "Macarronada do Seu Zé", almoço este que terá 17% revertido para o terreiro. Se o senhor puder me responda que envio o poster em jpg para o senhor postar nop blog

    Mucuiú
    Juliana akel
    PS: não consigo encontrar o tpmaneoficial no twitter

    ResponderExcluir
  66. Sheila, antecipo que não tenho um conhecimento profundo sobre a reencarnação, sei apenas que ela existe. O processo pregado por outras doutrinas e mesmo por pessoas mais ligadas ao "como se processa e o porquê" da reencarnação devem ter obras mais tecnicas sobre o assunto. Fica então claro que sou apenas um homem de fé, mesmo porque a teoria da reencarnação para mim é indiscutivel. Não entendi o quye vc quis dizer "menos severa", porque entendo que a busca da nossa evolução através da queima do nosso carma deve ser de forma suportavel mesmo porque creio que ninguém pode assumir nada (e aí está nosso livre arbitrio) que não possa suportar. Pensar que as entidades de luz que estão trabalhando na espiritualidade estão livres de reencarnações é querer botar um freio no processo evolutivo, mesmo porque além das reencarnações carmicas existes as missionárias que são diferentes. Nunca ouvi de nenhuma entidade - e isso já há mais de meio século, que ela não iria mais reencarnar. Talvez o ponto fundamental da reencarnação seja a imantação pela lei da afinidade. Eu não acredito que seja determinado a um espirito a sua reencarnação em lugar já escolhido e mesmo a familia onde o espirito vai reencarnar. Isso poderia ser feito pelo exercicio do livre arbitrio, tipo assim, eu fiz ao Fulano um mal e quero resgatar a para isso vou ficar próximo para que isso aconteça, ou o espirito é imantado pela afinidade (ex. Pais, Estado, Cidade e familia) e aí a oportunidade de estar junto aos seus afins em outra vida material. É dificil falar sobre isso em um limite de espaço de um blog, mas gostaria de dividir com vc a forma como penso, que é não me preocupar com o processo da reencarnação, não buscar vidas passadas, e viver a presente da melhor forma possivel que os carmas vão se diluindo. Só para explicar bem, espiritos missionários são aqueles que reencarnam com um proposito já determinado e sempre voltado para grandes feitos. Espero que tenha sido satisfatoria minha explicação, mas se não volte que continuaremos a conversar. FMG

    ResponderExcluir
  67. Denise, no final desta tua postagem vc resolveu o assunto, pois poderia ter sido descarrego de sua energias. Mas não foi o que vc insinuou na tua postagem e acho que respondi como vc escreveu. Se fui grosseiro, peço desculpas. FMG

    ResponderExcluir
  68. Boa tarde, Pai Fernando.

    Gostaria muito de pedir orações por uma conhecida minha que mora no Ceará.
    É paciente lupica, já está em cadeira de rodas e agora complicou um pouco mais. Está com degeneração cerebral. Ela não pede a sua cura, pois sabe que não é possível. Pede apenas orações para que essa degeneração pare e que ela possa viver um pouco mais.
    O nome dela é Maria José Viana.
    Obrigada,
    Clarissa

    ResponderExcluir
  69. Pai Ronald, tua postagem é muito util a todos, mas quero fazer uma ressalva quando vc diz "podem colocar em último lugar os problemas espirituais como causa destes sintomas", porque no meu entendimento, fruto de varias observações e atividades nesse campo, a dor na coluna, principalmente em sua base, é por causa de energias espirituais negativas. Para esclarecer a obsessão ou mesmo só a existencia de miasmas na aura, têm sintomas, e o principal deles é a dor na base da coluna e nas costas. Fiz varios encontros aqui no terreiro do Pai Maneco e tenho gravado em DVDs essas reuniões e fiz uma demonstração para que todos vissem como um simples uso de fundango curou uma pessoa que a medicina não conseguiu. FMG

    ResponderExcluir
  70. Juba, o endereçoi já foi alterado na página inicial. Mande o material para meu email fernandoguima@terra.com.br FMG

    ResponderExcluir
  71. Boa Tarde Pai Fernando,
    Boa tarde a todos,
    Escrevo para fazer um convite a todos.
    Trabalho em um colégio estadual em Curitiba e estamos organizando as atividades para o dia da Consciência Negra (20 de novembro).
    No dia 21 de novembro (sábado) iremos realizar atividades culturais para todos os membros da comunidades escolar. Atualmente atendemos cerca de 1300 alunos.
    O convite é para pessoas interessadas em trazer atividades culturais (música, dança, debates, palestras....) para participar desse evento.
    Como é uma escola pública, que atende uma comunidade carente, as atividades não devem trazer custos aos alunos.
    Assim, peço aos interessados que entrem em contato comigo pelo meu e-mail: tatiananeiva@hotmail.com
    Agradeço a oportunidade para a divulgação.
    Abraços a todos.
    Tatiana (Curitiba - TPM - Gira da Mãe Jô)

    ResponderExcluir
  72. Peço a todos que façam vibrações positivas para a Maria José Viana (residente no Ceará), conforme o pedido da Clarissa. Juntos nós podemos curar qualquer coisa. Afrânio, vc pode ajudar com teu pessoal daí do Ceará. FMG

    ResponderExcluir
  73. Salve Pai Fernando, mucuiú !

    To animado para participar da gira de segunda. Ta chegando...

    Saravá !

    ResponderExcluir
  74. Boa noite Pai Fernando.... gostaria de colocar minha opinião sobre "dores nas costas". Como eterna aprendiz, sei que assim como o kudalini a energia negativa pode afetar outros pontos energéticos do corpo.
    Os 7 principais chacras: Coronário,Frontal,Laríngeo,Cardíaco,Umbilical,Esplênico e kudalini também podem apresentar dores ou sensações de mal estar dos mais diversos, dependendo da carga negativa quer ali se impacta prejudicando o livre fluxo do chacra afetado. Cada chacra tem influência direta com um tipo de energia e muitos centros de mesa branca, por exemplo, utilizam esses pontos de dor para identificar a entidade que poderia estar pertubando ou afetando o indivíduo que chega necessitado de ajuda ou mesmo de uma limpeza da aura através de passes magnéticos para retirar os miasmas e com isso liberar o fluxo energético.
    Normalmente a medicina convencional não dá resultados diante dessas questões, eu particularmente aposto sempre no bom senso, não dá para tudo ser espiritual nem simplesmente ser só matéria!


    Saravá!!

    Anna

    ResponderExcluir
  75. Anna, o equilibrio em tudo é sempre uma boa opção. Eu devia ter dito que sempre é bom procurar um médico, mas também um terreiro de Umbanda. O mais facil e barato é o Terreiro, por isso ele deve ser procurado em primeiro lugar, não havendo melhora ir no médico para os exames. Isso, claro, tratanto-se de Umbandistas. FMG

    ResponderExcluir
  76. Pai Fernando, eu que peço desculpas acho que escrevi meio truncadinho e não consegui expôr com clareza minha dúvida até pq estava meio sem entender a resposta do meu amigo tb. :o)
    Depois, pensando na sua resposta, nas postagens dos amigos do blog e no que conversei com ele achei q poderia ser o descarrego das energias msm como coloquei no final da última postagem... :o)

    Obrigada SEMPRE, desculpe novamente,

    Beijinhos carinhosos, Dê :o)

    ResponderExcluir
  77. Seo Fernando, Ronald e Anna

    Entendo que tudo isso se complementa. Sem necessariamente uma dimensao ser mais importante que a outra. tudo que nos faz é importante.

    O Umbandista provavelmente va inicialmente no terreiro e depois ou ao mesmo tempo va ao medico ou ao psicólogo.
    O não Umbandista talvez faça o caminho inverso.
    Importante é assumir a autoria da propria vida e para resolver com maturidade os problemas que nela encontramos.
    abracos
    Sidney

    ResponderExcluir
  78. Pai Fernando, esclarecendo, quando disse: "Podem colocar em último lugar os problemas espirituais como causa destes sintomas", me referi a nós, Umbandistas praticantes.

    Se tenho dor nas costas, constante, vou fazer uma massagem... se não resolve vou ao médico, e com todo saravá que pratico... rsrsrs... se a dor continua aí é de se preocupar... falo aí de minha pessoa, cada um, cada um.

    Bom, mudando de saco pra mala... quero fazer uma sugestão. O Babalawô poderia, a cada tema livre, sintetizar o tema mais comentado dos posts e transformar numa questão. Esta pergunta então seria feita ao Caboclo Akuan, ao Pai Maneco, ou entidade que você escolher. Depois a resposta postada aqui no blog, quem sabe abrindo o tema seguinte.

    Uma sarvada aqui na rede vai sacudir, será legal! Mensagens e respostas, direto dos Espíritos, aqui na web.

    Que tal? Boa idéia?

    Saravá - PR/RJ

    ResponderExcluir
  79. Pai Ronald, bem legal. Vou ver coomo poderemos fazer isso. FMG

    ResponderExcluir
  80. Boa noite Pai Fernando...

    Não sei se a pergunta que vou fazer agora o senhor já viu...

    Bom, aqui no Rio de Janeiro existe uma certa linhagem de entidades.
    Tipo: Eu Luna. Trabalho com seo tranca ruas das almas, e com isso com seo pai Joaquim de angola. E com Dona Maria Padilha...Não vou falar o restante pois não tem necessidade.
    Mas já ví médiuns com a mesma linhagem de entidades.
    Tipo: Filhos de Oxum, Oxosse, Yemajá...Terem uma mesma linhagem de entidades.
    Entendeu?
    Tenho amigos que trabalham exatamente com quase as mesmas entidades que eu. E coiscidentemente ele é filho de Oxum e Oxosse ( e eu de Yemanjá e Oxosse).
    E estamos aqui no RJ com um médium com uma linhagem muito parecida com a minha.
    Como pode isso?
    Bom, até agora nunca ví filhos de Ogum ou de Xangô terem uma linha de entidades parecidas. Mas essa que mencionei acima geralmente carregam boa parte das entidades iguais.
    Pode ajudar?
    Obrigada.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  81. Boa noite Pai Fernando.
    Mucuiú!!! Não sei entrar no twitter!! :(
    Alguém pode ensinar???
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  82. Luna, vc fez uma observação realmente interessante. Nãol sei explicar a razão, mas isso existe sim, e nem só com os Orixás mas com médiuns também. Já estamos com duas situações que temos que resolver, a da postagem do Pai Ronald e agora a da Mãe Luna. Para essa da Luna, vou pedir que todos que souberem de casos que se enquadrem nessa colocação que escrevam para no final conferirmos. FMG

    ResponderExcluir
  83. Camila, explique para a Luna como se faz e como funciona o twitter. FMG

    ResponderExcluir
  84. Então...Obrigada Pai Fernando!Sua benção.
    Bom dia!!!

    Então vou ser mais específica...
    Aqui tem um mpedium que trabalha com:
    Maria Padilha do cabaré ( mesma que eu)
    Tranca Rua da almas ( mesmo)
    Pai Joaquim de angola ( mesmo)
    Caveira ( mesmo)
    Pedrinho da praia ( mesmo) - sendo que o dele é da beira da praia.

    Sei que tem entidades nas quais nem eu nem ele poderemos trabalhar...Mas como fico surpresa com essa semelhança!!!
    Porque não é um caso isolado.
    Tenho um amigo que trabalha com 80% das mesmas entidades que as minhas.
    Ficamos num empasse com relação aqui.
    Mas como isso não é somente uma coinscidência, te peço ajuda. Pois futuramente entrarão outros médiuns aqui no RJ. E teremos que resolver essas situações. Porque isso aqui é muito comum.
    Bjs e boa dia.

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  85. Encontrei o terreiro no twitter... se é que achei o endereço oficial. Bom, se foi o Afrânio que criou o endereço é http://twitter.com/paimaneco . Por enquanto só eu e uma irmã de fé por lá e 0 tweets. Vamos agitar esse negócio moçada! Twitter é o bicho papão das redes sociais, o resto ficou no passado.

    ResponderExcluir
  86. Falando em twitter, quem quiser me seguir lá é só adicionar @quimbanda

    Saravás e bom final de semana a todos.

    e.t.: Hoje fazem 36 anos da passagem do meu avô, Adherbal Gaertner Stresser, pioneiro da televisão no Estado do Paraná. Peço a todos uma vibe pelo espírito deste grande paranaesnse.

    ResponderExcluir
  87. Tenho um exemplo bem claro desta postagem da Luna.
    Muitos anos atrás trabalhava no terreiro uma médium chamada Mirella(que saudade!), ela trabalhava com a D.Mama Rosa na linha dos Ciganos e com S.Vira Mundo na linha de EXú.
    Ela mudou de cidade e parou de praticar a Umbanda. Anos depois veio a Fabiana e começou a trabalhar com estas mesmas entidades. As duas filhas de Oxóssi.
    Lucilia

    ResponderExcluir
  88. Pai,outra coisa.
    Luna escreveu que trabalha com S.Tranca Ruas e com S.Caveira.
    Isto não é complicado?Duas entidades de linhas diferentes? Quem tem preferência nos trabalhos?Quem prioriza, o médium ou a entidade?
    Lucilia

    ResponderExcluir
  89. Lucilia, não existe impedimento da Luna trabalhar com o seo José Caveira e também com o seo Tranca Ruas das Almas. No meu entendimento um dos dois vai se afastar para dar espaço ao outro, principalmente agora que ela é Mãe Pequena. Vamos aguardar. FMG

    ResponderExcluir
  90. Ronald, fiz o twitter oficial do Terreiro: @tpmanecoficial, o endereço é http://twitter.com/tpmanecoficial
    Não tem mistério Luna, é só entrar no www.twitter.com e tem um ícone que é "sign in", clica ali e se cadastra. Ai o negócio é o seguinte, cada postagem você recebe a atualização, mas para isso você tem que ser seguidora do @tpmanecoficial.
    Saravá!

    ResponderExcluir
  91. Bom dia Mãe Lucília! Mucuiú!!!

    Boa colocação...Quem prioriza, o médium ou a entidade???
    Se fosse deixar por mim. Trabalharia com seo Tranca rua. Pois foi minha primeira entidade a se apresentar. Há 16 anps atrás.
    Mas quando fui cruzada Seo Akuan, falou que eu trabalharia mais com a linha das almas. ótimo! Fico feliz tém...Mesmo porque não podemos trabalhar com seo tranca rua. Pois assim ele teria que comandar a gira. Pois é chefe espiritual do Terreiro Pai Maneco. E o dirigente de todos é Pai Fernando que trabalha com ele.

    Bom, na verdade tudo isso fou meio complexo no começo pra mim. Até antes de fazer o meu primeiro ritual no TPM ( Amaci)...Mas o tempo foi passando e percebí que não somos donos das entidades. Apenas trabalhamos juntos.
    Um exemplo é o preto velho Pai Joaquim de Angola. No qual trabalhei por 13 anos seguidos...E ele sabiamente saiu dos trabalhos direto, para dar passagem para vóvó Maria Quitéria que hoje trabalha comigo há 4 anos.
    Então pensei esses ultimos dias a respeito disso sabe...Até que ponto posso achar que eu decido ou não qual entidade trabalhar comigo. Se eu sou apenas uma mediadora?
    Esses dias uma amiga do blog me madou um e-mail falando que uma preta velha se apresentou para ela dizendo que era vóvó Maria Quitéria...Então logo me veio o CIUME E A POSSE! Mas depois de uns quatro minutos pensando senti até alegria da preta escolher outras pessoas para trabalhar ( se é que é o mesmo espírito)Por que no fimal de tudo pra mim, o que mais importa é o resultado final das entidades para nós.
    Então estarei aqui...Sentindo saudades de uns e alegria de outros trabalharem comigo.

    Mas continuarei aqui sendo filha de Deus. Filha de mãe Yemajá e Oxosse...E servindo a Umbanda!

    Axé e bjs.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  92. Esqueci!!!

    Então...Pensando nos meus botões aqui. Percebí que o Tranca Rua que trabalha comigo não é o mesmo ´Tranca ruas que trabalha com pai Fernando. São espíritos muito diferentes.
    O que trabalha mais comigo é muito da linha de cirurgia, cura, até palavras mais doces do que seo José Caveira. Que não é nada amigável. Mas educado!
    Então se é para pegar nos trabalhos brabos e ir na frente da batalha, até escolho seo Jose Caveira...rsrsrs

    Mas como o pai falou são eles quem decidirão.rs
    Axé.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  93. Bom dia Pai Fernando
    Saravá a todos!!

    Com relação a médiuns que receberem uma mesma entidade de uma linha, eu tenho uma dúvida. Porque algumas entidades com o mesmo nome se apresentam de forma diferente? Tipo: forma de incorporar, caminhar e falar. Isso tem a influência do médium ou da sua Coroa?

    Um ótimo dia Pai!!

    Axé

    Anna

    ResponderExcluir
  94. Pai Fernando! Sua explicação foi clara e me sanou muitas dúvidas. Percebo que o conceito "vivencial" de karma vai um pouco além daquilo que as palavras podem explicar, e quem teorizou este conceito lá pras bandas do oriente não pensou em como o karma poderia repercutir para além do mundo material (ou fenomenal).
    Quero, agora, "trocar" a palavra "severa" por humana. O conceito de karma na Umbanda nos permite ser humanos, e não nos obriga a tornarmos santos, como as filosofias que conheci.
    Então, Saravá a Umbanda do Pai MAneco!
    Axé e mto obrigada pelo esclarecimento.
    Sheila/Ctba

    ResponderExcluir
  95. Mariana Meister - Ctba16 de outubro de 2009 14:03

    Pai Fernando

    temos no Terreiro o caso do Edgar(Juca), Robinson e Renato. Ambos são filhos de Oxossi e a relação fica, ate onde eu sei, assim:

    Juca e Robinson: Cab. Ubirajara e Exu Lalu
    Juca e Renato: Pai Benedito, Cab. 7 cachoeiras e Ogum das Matas
    Juca, Robinson e Renato: Cigano Ramon

    acho q é isso, rs.
    beijos

    ResponderExcluir
  96. Boa Tarde!
    Pai Fernando!

    No cruzamento da Luna o Seu Akuan chamou o seu Jose Caveira e disse que ela trabalharia com ele, não que não pudesse trabalhar com o seu Tranca Ruas ,mas quem viria é o Seu José Caveira, no meu entendimento o Seu Akuan já deu inicio .....

    Bjos
    Dede

    ResponderExcluir
  97. Oi Mainha Dede!! Mucuiú.

    Então está confirmado! Eu me lembro de Seo Akuan falar comigo. Então se ele falou com seo José Caveira tbém...Está certíssimo!
    Bjs e saudades!
    Bjs na Mirtes e filhota.
    Saravá.
    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  98. Pai Fernando, que legal esse assunto... vou aproveitar p/ perguntar... hehe
    Na gira de Exu do mês passado cruzei minha guia de Exu, Seo Tata perguntou se era Exu ou Pomba Gira, respondi que ainda não sabia, mas q qdo tocava o ponto do Seo Tranca Ruas da Encruzilhada eu ficava tonta e mts vezes td se apagava por alguns segundos, ele me perguntou qual era meu Orixá e respondi q era Oxossi.
    Como fiquei meio cismadinha com a pergunta dele, fui pesquisar, e me disseram que Seo Tranca Ruas é entidade da linha de Ogum e q se eu sentia vibração no ponto dele poderia ser por causa da minha mãe q é de Ogum ou por algum outro parente q poderia ter trabalhado com ele e por isso Seo Tranca Ruas me protege e td aquela hist do ponto que já lhe contei, coisa de família... hehe... É por aí msm? :o)

    Beijinhos e obrigada SEMPRE, Dê

    ResponderExcluir
  99. Salve Baba!
    Salve mainha Lucília!
    Só para acrescentar, a Míriam, médium de Oxossi daqui, a mesma coisa... Também trabalha com a Mama Rosa, o Exú ainda não sei.
    A Fer com a Vovó Catarina como a Mãe Rita, Mães pequenas de Oxum. (sem contar uma aparição da Dona Maria Homem gira passada!)
    Interessante né?!
    beijo

    ResponderExcluir
  100. Anna (RJ),no dia que a Umbanda aceitar pacificamente e disso houver divulgação que o médium tem significativa participação na incorporação da entidade, como falar e andar, além da propria cultura, tenho certeza que as consultas serão valorizadas, não só pelos consulentes como pelos proprios médiuns. Esse papo do médium que diz quando a entidade sobe, "o que aconteceu?" tem que acabar. FMG

    ResponderExcluir
  101. Denise, não sei se vc fica tonta pela vibração do seo Tranca Ruas, mas o fato de vc ser Oxossi não é impedimento para que vc trabalhe com ele. FMG

    ResponderExcluir
  102. Perfeito Pai Fernando!

    Muito obrigada pelo esclarecimento...;)

    Axé

    Anna

    ResponderExcluir
  103. Pai Fernando...sua licença.

    Anna!!!

    Completanto o que o senhor falou para a Anna do RJ. As entidades com o mesmo nome e quem vêm de forma diferente. Muitas das vêzes tbém não são os mesmo espíritos.
    São espíritos que se identificam vibratoriamente com uma linha "X" Tipo: vóvó Maria Conga. E alí começam a trabalhar como preta velha Maria Conga.
    Claro que existe a forma que o médium aprendeu,ou "copiou" outros médiuns incorporarem. E assim foram passando pra frente.
    E claro, ainda não ví na Umbanda um médium inconsciente. Por isso a nossa transparência.

    Mas como o TPM, trabalha com os pés no chão, vamos caminhando para uma incorporação mais amena e firme.

    Axé

    Luna - RJ

    ResponderExcluir
  104. Mauro Monteiro - RJ16 de outubro de 2009 22:15

    Salve Pai Fernando, mucuiú !!!

    Nao tive como avisar antes, o Sr poderia pedir ao Lolô para me confirmar que horas começa o ensaio da engoma amanhã ? Pode postar aqui no blog que leio amanha.

    Saravá ! Ate manhã se Deus quiser !!

    ResponderExcluir
  105. Boa Noite, Pai Fernando,
    Como é feito o calendário das giras e a distribuição das falanges e os Orixás que serão chamados?
    Um abraço a todos,

    ResponderExcluir
  106. Pai Fernando tenho um assunto pessoal que gostaria da sua opinião e orientação. Posso lhe mandar um e-mail?

    Muitooooo Obrigada!
    Anna

    ResponderExcluir
  107. Claudio, fica sob as determinações dos dirigentes de cada gira. FMG

    ResponderExcluir
  108. Anna, estou à disposição. Meu e-mail: fernandoguima@terra.com.br FMG

    ResponderExcluir
  109. Salve, salve Pai Fernando mucuiú !
    Ja estou em Ctba.
    Saravá !!

    ResponderExcluir
  110. Pai Fernando, se o Sr. achar q não é assunto para o blog delete, tá? Mando pq penso ser de utilidade. :o)

    Gostaria de avisar aos amigos Curitibanos que a partir de dezembro os estacionamentos regulamentados de Idosos e Deficientes só poderão ser utilizados com credencial da URBS, quem não tiver a credencial 'ganhará' multa. Para conseguir a credencial é super rapidinho, basta fazer um pré cadastro no link: www.urbs.curitiba.pr.gov.br, que o funcionário da URBS retorna a ligação agendando um horário para concluir o cadastro. É bom fazer o qto antes para evitar o corre corre de última hora. TODOS que tem idoso e/ou deficiente na família deve fazer, pois a credencial é para a pessoa e pode ser utilizado independente do condutor do veículo.
    Para a credencial de deficiente precisa ter um laudo médico. :o)

    Beijinhos, Dê

    ResponderExcluir
  111. Denise, bem importante a noticia. Estou nessa... FMG

    ResponderExcluir
  112. Mucuiú Pai Fernando
    Tenho mts perguntas a lhe fazer mas isso vai acontecer aos poucos, ñ se assuste!!!rsrsrs...Aí vai o primeiro tiro:A Luna/RJ referiu-se à "casos de espíritos encarnarem junto com seus supostos obsessores.Para fim de karma"Este"encarnar junto" entendi no mesmo corpo físico, certo? Poderia por favor me explicar a citação e se ela é verdadeira? Inicialmente obrigada por enquanto. Sua proteção e carinho. Ma Angela

    ResponderExcluir
  113. Maria Angela, seja bem-vinda ao blog e pode perguntar que terei prazer em responder, a não ser que eu não saiba. Quanto a citação da Luna, não encontrei essa postagem, mas posso afirmar que houve um engano na interpretação, que não tem como dois espiritos ocuparem um mesmo corpo fisico. Se vc quiser repetir a perguntar pode faze-la indicando a data da postagem. FMG

    ResponderExcluir
  114. Salve Pai Fernando, mucuiú !

    Hoje terei a horna e a satisfação de participar da gira de segunda, do Paizão Fernando.

    Vou com o Kiko comprar os apetrechos para entregar dois amalás, e aguardar a hora da gira.

    Estar aqui em Curitiba junto com a familia TPM é muito gratificante, as conversas, o aprendizado constante a interação com todos, a educação, a amizade e acima de tudo o amor pela Umbanda que me alimenta com essa energia incrivel.

    A todos os irmaos do T. Pai Maneco meu saravá !!!

    Até mais tarde !

    ResponderExcluir
  115. Tio Fernando

    Bom dia!

    Saudades

    Gostaria de perguntar uma coisa... O Sr estava explicando pra alguém no Blog, neste Tema mesmo, que o Sr queima as vestes, guias e pertences do médium que morre, o Sr poderia me explicar como isso é feito? Local mais indicado? Se existe algum procedimento ou ritual para fazer?

    Bjos

    ResponderExcluir
  116. Joyce, vou explicar como eu faço. Junto no alguidar todas as guias, corto todas e deixo as contas dentro do alguidar e junto com ele todo material que ele usava na Umbanda, desde roupas até os materiais das entidades, deixo com uma vela de 7 dias e depois que ela acaba queimo tudo em fogo. Não descarrego no rio ou no mar para não poluir as águas e correr o risco dos peixe comerem as contas quem sabe atraidos pelos seus brilhos. Enterro ou simplesmente, depois de queimados, jogo fora. FMG

    ResponderExcluir
  117. Recusei dois comentários em trabalho de mata e mãe jô e suas guias, por não possuirem os nomes dos remetentes. Se for repetir, peço que faça neste Tema Livre 23. FMG

    ResponderExcluir
  118. Boa noite pai gostaria de saber qual livro basico para eu começara aentender a umbnad a racionalmente mainara da gira da quinta do pai beco filha de oxossi

    ResponderExcluir
  119. Pai Fernando. Mucuiú!

    Boa noite
    Gostaria de um esclarecimento. Como é feita a desobsessão no terreiro?

    Ela é feita em astral( Pelas entidades)Ou é pelos médiuns transporte? De forma visível?
    Obrigada
    Axé - LUNA - RJ

    ResponderExcluir
  120. Boa Pai Fernando....

    Aonde está sua opinião de Outubro???
    Se quiser ajuda para a criatividade bem que o senhor poderia falar do avanço do TPM mundo a fora...rs
    Brincadeir heim!!!
    Só para lembrar.

    Axé Luna - RJ

    ResponderExcluir
  121. Boa noite Pai Fernando,´
    Saravá a todos!

    Esse tema sobre roupas e guias após o falecimento do médium me dá uma oportunidade para perguntar:
    Quando mudamos de um Terreiro para outro, temos algum procedimento a fazer também com as roupas, as guias ou outras ferramentas que eram utilizadas?

    Obrigada Pai!
    Anna

    ResponderExcluir
  122. Mucuiú Pai Fernando!

    Olha eu quase nunca assisto tv, mas por conta de uma gripe feia eu to de molho em casa, e também por causa de uma sincronicidade daquelas, assisti sua entrevista no programa da FIES !!! Mto, mto legal meeeesmo! Ah e quero dizer tb que amei o vídeo do trabalho de praia, bah, que coisa mais linda!! Bom demais poder fazer parte de tudo isso, obrigada, mais uma vez!

    Pai, estou com uma pulguinha atrás da orelha. Estou sabendo que não pode-se mais jogar adjuntó. Entretanto, sei que sou filha de Oxóssi, e estava comentando sobre isso com uma colega, e meu companheiro comentou que achava que era filho de Ogum com Iansã. Então nos disseram que Iansã só pode ser adjuntó de Xangô..? Isso é certo?

    E no caso de uma filha de Iemanjá com Oxalá... seu desenvolvedor tem que ser outro não é? Neste caso, o Pai de Cabeça seria da linha do Orixá desenvolvedor?

    Estou tentando entender melhor a Umbanda, mas pelo que percebi, temos que tomar cuidado com as fontes disponíveis, pois nem sempre são seguras, no sentido de informação errada mesmo, e também acho que cada terreiro deve ter sua filosofia o que acaba modificando suas verdades. Isso é correto?

    Obrigada pela sempre pronta disponibilidade.
    Um abraço fraterno!
    Axé!
    Sheila/Ctba

    ResponderExcluir
  123. Fernanda Garcez - Floripa SC20 de outubro de 2009 15:04

    Mucuiu Pai Fernando!! No site ainda não tem o calendário de novembro e eu gostaria de saber se dia 02, segunda, terá gira? Como estarei em Curitiba, queria esticar a estadia para ir no trabalho.
    Beijo,
    Fernanda

    ResponderExcluir
  124. Bacana! Quanto assunto interessante!
    Vou aproveitar e fazer duas perguntas, se me permitem. Eu hoje canto na curimba do Terreiro Tio Antônio, mas sou oq podemos chamar de "médium em franco desenvolvimento", pois é muito comum, durante o cantar de pontos, eu sentir vibração para a incorporação. No entanto, não permito a incorporação... por consciência do meu papel na gira naquele momento e por respeito às entidades da curimba. Pergunta: tá certo isso? Lutar contra a incorporação? É na realidade uma entidade esperando por passagem ou posso estar confundindo isso com "mera" vibração? Eu particularmente não acho legal e responsável parar de cantar, largar o microfone no chão - no nosso caso - e sair incorporando. Mas afinal... é possível "não segurar"?
    Abraços
    Suêzi Nogueira - CTBA

    ResponderExcluir
  125. Luna, a desobsessão no terreiro acontece no plano astral e também no mediunico havendo incorporação do espírito que precisa ser afastado e, em decorrencia, também ser encaminhado desde aos hospitais do espaço até as prisões espirituais onde ficam confinados espiritos que perderam o livre arbitrio. FMG

    ResponderExcluir
  126. Anna, por ética deve ser explicado ao dirigente da nova casa que vem de outra e levar o material de trabalho, principalmente as guias, para que sejam adequadas ao costume do novo terreiro. FMG

    ResponderExcluir
  127. Andrea Destefani- Colombo-Pr20 de outubro de 2009 17:36

    Exatamente o que acontece comespiritos que perderam o livre arbítrio meu pai?

    ResponderExcluir
  128. Andrea Destefani - Colombo-Pr20 de outubro de 2009 19:04

    Ontem enquanto me encaminhava pro Terreiro, duas pessoas aqui da cidade, em momentos diferentes, me pediram pra pedir por elas.O que eu acho estranho é que sempre me perguntam se eu to indo pra igreja,quando falo o nome Terreiro ninguém aceita e chegam a falar Igreja de Umbanda. Tá certo que é gente simples ,mas por curiosidade fui olhar no dicionário e eis o que encontrei:
    A palavra terreiro vem do «lat[im] terrarĭus,a,um, "relativo a terra, solo", depois subst[anti]v[ado] no neutro sing[ular] terrarĭum,ĭi, "área de terra batida ou calçada, elevação de terra"». Significa, entre outras coisas, «espaço de terra largo e plano», «largo ou praça dentro de uma povoação» ou «adro de igreja».
    Então fui ver o dito adro:Adro é o nome pelo qual é chamada a área externa, em geral cercada, das igrejas. Por extensão, o nome também pode designar, em arquitectura, aos terrenos margeantes duma construção. Pode, ainda, ser usada como sinônimo de períbolo e átrio.
    Como nós começamos a umbanda no sincretismo, talvez , e isso é só uma hipótese, no início se referissem também a este Adro, até porque era algo fora da religião imposta e dominante.Achei isto bem interessante. As crianças aqui em casa só se referem ao terreiro como igreja, pois terreiro aqui em colombo é onde ficam os bichos que criamos em sítio. Seja como for, tenho a dizer que este terreiro /igreja do pai maneco é o meu lar, aonde deposito minha fé e aonde cresce a minha força, onde meu coração umbandista bate em uníssono com os atabaques. Saravá!!!!!!

    ResponderExcluir
  129. Sheila, agradeço o incentivo e que bom que vc gostou da entrevista. Prefiro dizer que é desnecessario saber o tal do ajuntó. Quanto a Xangô e Iansã, é que o feminino de Xangô é Iansã e obviamente o masculino de Ians~ça é Xangô. Por isso o feminino de Ogum não pode ser Iansã, sobrando, pois, Oxum ou Iemanjá. Vc está certa quanto ao pai de cabeça do filho de Iemanjá e Oxalá. A Umbanda tem realmente a diversidade e por isso cada dirigente tem sua filosofia propria, mas não deve ferir nunca os principios da ética. FMG

    ResponderExcluir
  130. Fernanda, vamos decidir agora se haverá ou não gira no dia 2. FMG

    ResponderExcluir
  131. Suêzi, seja bem-vinda ao blog. Não vejo nenhum problema os médiuns que ajudam em uma curimba de eventualmente dar passagem eventuais às sua entidades. Mas, se quiser desenvolver a mediunidade deve conversar com sdeu pai de santo, aliás o Pai André que tem muita experiencia, e ele vai arranjar uma forma de acomodar a situação. FMG

    ResponderExcluir
  132. Andréa, encarnados ou desencarnados que perdem o livre arbitrio é porque entraram em fase de descontrole total e tem que ser dirigido pelios outros. Sua liberdade acaba até voltar a ter consciencia. FMG

    ResponderExcluir
  133. Andréa Destefani-Colombo-Pr20 de outubro de 2009 20:48

    No plano astral isso de voltar a ter livre arbitrio é quando a pessoa entende o que faz de errado, não é? Por exemplo,uma pessoa que fez algo errado aos olhos do Divino ela é aconselhada ou ela fica em um espaço até tomar consciencia sozinha? Porque fico pensando que mesmo confinada uma pessoa, esteja desencarnada ou não, ainda exerce o livre pensamento e as entidades só auxiliam quem pede ajuda.Vejo que em alguns encaminhamentos as entidades que trabalham comigo e com outras pessoas conversam com os desencarnados calmamente e a outros nem dirigem a palavra.enfim minha pergunta é as entidades conversam com quem está fora do controle ou eles apenas deixam que tome consciência de tudo sozinho?

    ResponderExcluir
  134. Andréa, sem essa de sem livre arbitrio entender alguma coisa. Quem perde o livre arbitrio virou um animal, louco solto no espaçio, sem raciocinio e cheio de violencia. Porque só o mal, ou então, só os maus é que provocam e perdem o direito de sua liberdade. Como eles saem desse estado eu não sei, mas sei como eles entram. Então acho melhor deixarmos isso por conta do astral superior que provavelmente a nossa - ou ao menos a minha, capacidade de entender é nula. FMG

    ResponderExcluir
  135. Entendi meu pai. Obrigada pela explicação clara e direta.

    ResponderExcluir
  136. Boa noite a todos... :o)

    Pai Fernando, na gira de Caboclo camboneei a Jurema e ela comentou q no começo do terreiro ia muita kiumba, mas q Seo Junco Verde interveio e a partir de então nunca mais aconteceu. O Sr. pode contar mais sobre isso? :o)

    Muito obrigadinha, beijinhos carinhosos,

    ResponderExcluir
  137. Vou fazer isso Pai Fernando.

    Obrigada
    Boa noite a todos!!

    ResponderExcluir
  138. Tio Fernando Bom dia!

    Muito obrigada pelo esclarecimento, como sempre muito bom.
    Agora lá vem outra dúvida, parece meio besta mas eu não sei... na engoma temos 3 atabaques (RUM, RUMPI e LE) (RUM o grande, RUMPI o médio e LE o menor) tá certo? Qual a diferença de som entre eles???? Eu não sei, desculpa se pareceu bobagem.

    Tio o Kiko te encaminhou o Beijão que eu mandei 2ªfeira para o Sr????? Hum?

    Bjos a todos

    ResponderExcluir
  139. Mucuiú Pai Fernando.
    Mucuiú Pai Béco.

    O Senhor poderia nos agraciar com as seguintes definições e explicações:

    1) Perispírito, Duplo-Etérico;
    2) Como a Umbanda trabalha com essas "energias"?

    Grato, Alex

    ResponderExcluir
  140. Joyce, vou passar a resposta para o Lourenço Lolô), meu Pai Pequeno e antes Ogan desde os 14 anos. FMG

    ResponderExcluir
  141. JOÃO EMERSON DA COSTA,CURITIBA21 de outubro de 2009 11:32

    MUCUIÚ PAI FERNANDO,TENHO OUVIDO TANTA MISTIFICAÇÃO EM TORNO DO DIA 02(FINADOS)...COMENTANDO COM UM AMIGO,UMA DELAS QUE FALAM QUE NESSE DIA OS ESPÍRITOS TEM PERMISSÃO PARA IREM AO ENCONTRO DE SEUS FAMILIARES VIVOS,E POR ISSO AS ENERGIAS FICAM CONFUSAS...MEU AMIGO QUE NÃO É UMBANDISTA DISSE:" UÉ JOÃO,PELO QUE SEI, E OQUE VC CONTA,NO PAI MANECO,OS ESPIRITOS ESTÃO SEMPRE VISITANDO OS VIVOS,COM MUITO AMOR...FIQUEI QUIETO NÉ...E DIA 02 PELO ANDAR DO CALENDÁRIO VAI SER,SE ACONTECER,GIRA DE EXÚ...SARAVÁ

    ResponderExcluir
  142. Bom dia Pai!!

    Acompanhando a leitura do blog, gostei muito do post da Sheila (20/10), mas não entendi de todo.
    O trecho que tive duvida foi: "...Estou sabendo que não pode-se mais jogar adjuntó...." O que seria isso, Pai Fernando?
    Essa entrevista esta disponibilizada em algum site? Ou alguma matéria sobre a entrevista?
    Queria se possivel aprender um pouco mais sobre o assunto em questão.


    Obrigada
    Axé Anna

    ResponderExcluir
  143. Bom dia Pai Fernando,Mucuiú!!
    surgiu-me uma dúvida....
    Qual é a finalidade da capa para um Exú? Existem normas para tê-la?
    Tenha um ótimo dia de sol paizinho!!!
    Beijo!!
    Jan - Ctba-Pr

    ResponderExcluir
  144. Pai Fernando, fiquei sabendo de uma entrevista recente do senhor e por sinal ouvi cometários muito bons, porém infelizmente eu não tive como assistir. O senhor tem a gravação e pode nos disponibilizar? Ou poderia informar se existe alguma forma de adquiri-la lá no TPM ou pela internet, enfim se ainda tem como assistir... Obrigada!

    ResponderExcluir
  145. Olá Pai Fernando, Saravá.
    Desculpe a demora em esclarecer sb minha pergunta, eu já lhe respondi mas como sou iniciante no uso do blog,creio q fiz algo errado pq o sr ainda ñ m respondeu .O assunto foi tratado no Tema 23, dia 13/10 pela Luna, que referia-se às crianças atuais tão desenvoltas e mtas com uma sensibilidade mediúnica mt precoce. Estranhei a colocação dela sb "casos de espíritos encarnarem junto com seus supostos obsessores..." Eu lhe pedi esclarecimento a esse respeito;creio q agora o sr pode localizar a fala dela, ok?
    Oxalá lhe guarde e a tds nós.

    ResponderExcluir
  146. Pai Fernando...
    esqueci de me identificar no contato anterior,torço p q o sr tenha se lembrado de mim ou q leia este antes de desconsiderar o anterior. Mais uma desculpa, aliás enquanto ñ m acostumar c o blog vou ter q repetí-las mts vezes.
    Saravá Ma Angela

    ResponderExcluir
  147. Pai...
    já q estou lhe encampando um monte, vai aí outra pergunta: acredito q cheguei perto d entender O Q É APOMETRIA.Pode pf explicar-me com clareza essa técnica? Como, qd e se ela tb é aplicada na Umbanda? Tenho lido em textos/ livros diversos ( kardecistas,esotéricos, umbandistas, psicológicos,médicos, etc) alusão à Apometria e m parece q o conceito e a finalidade ñ são coincidentes ( ou eu é q ñ alcancei o seu significado)
    Sua benção e obrigada pela paciência (eu lhe disse q tinha mts pergs, se o sr ñ acreditou....rsrsrsrs...)
    Ma Angela/ Ctba

    ResponderExcluir
  148. Denise, é verdade o que a Jurema falou. Antigamente incorporavam muitos espiritos carentes e hoje dificilmente isso acontece. A explicação é simples, é que nosso terreiro felizmente está muito bom e a corrente bem firme, facilitando que as entidades sejam encaminhadas sem incorporação. FMG

    ResponderExcluir
  149. Alex, a constituição da aura é formada pela materia (copor fisico), duplo etéreo (cascão), perispírito e o espirito. Essa é uma matéria longa e já amplamente explicada em textos anteriores e no nosso site. A Umbanda lida com a aura das pessoas como todos fazem. Não existe diferença de religião para religião. Quem sabe se vc fizer a pergunta objetivamente seja mais facil de responder. Fico no aguardo. FMG

    ResponderExcluir
  150. João, vou aproveitar tua postagem para esclarecer que no dia 2 resolvemos cancelar a gira. Na verdade o dia de finados pelo sofrimento dos encarnados e dos proprios espiritos não é uma data recomendavel para sessões espiritas. FMG

    ResponderExcluir
  151. Anna (RJ), ajuntó seria o Orixá ligado com o Orixá de Cabeça. Eu não uso essa forma. Sempre digo que existe o Orixá de Cabeça e os outros estão no mesmo plano para todas as pessoas. FMG

    ResponderExcluir
  152. Jan, o principal da capa do Exu é que a entidade cria nela através da sua energia um campo de força de grande utilidade nos trabalhos. O uso dela depende da determinação do dirigente. FMG

    ResponderExcluir
  153. Nathalia, obrigadopela força.Vou pedir para a Mãe Eli ou para o Henrique Karan que façam uma postagem explicando como se chega ao video da entrevista. Eu não digo porque não sei. FMG

    ResponderExcluir
  154. Angela, já respondi a pergunta com postagem no dia 19, mas acho que errei pois mencionei Maria Angela. Não sei se é o correto. Quanto a apometria tem pessoas que são mais ligadas ao assunto do que eu, então vou passar a pergunta aguardando a resposta da Fabille, de Sta Catarina. FMG

    ResponderExcluir
  155. Pai Fernando li o questionamento da Denise e a resposta do senhor sobre os espiritos carentes serem encaminhados sem a necessidade de incorporações. Como isso funciona? são as entidades que trabalham no terreiro que conversam com eles e encaminham? E queria entender tambem pq em alguns locais existe a necessidade desses espíritos incorporarem ou ainda de terem algum contato para orientação com encarnados. São as entidades que trabalham nesses centros ou terreiros que ainda não podem fazer isso? trata-se de energia? Ou ainda existem locais que fazem isso e outros com outras tipos demanda? Por exemplo, um espirito perdido que vai buscar ajuda apenas para entender onde deve ir e confirmar se morreu mesmo, lá no terreiro seria orientado como? Grata!

    ResponderExcluir