Assine aqui para receber atualizações deste blog

domingo, 3 de maio de 2009

NO SABADO O TRABALHO NA MATA



Sábado -dia 9, vai acontecer mais um trabalho de mata da turma do Pai Maneco. O lugar é o mesmo que aparece nas fotos.
Maiores detalhe no site http://www.paimaneco.org.br/

15 comentários:

  1. Olá, Pai Fernando...

    Estava na gira um dia desses e comecei a tentar realmente entender o ritual de abertura, já que faço parte da corrente. Então comecei a me questionar porque em algumas parte nos ajoelhamos e batemos a cabeça e para o nosso pai de cabeça não fazemos isso? Desculpa se for uma pergunta tola, mas é algo que eu fiquei me perguntando e não achei uma resposta plausível.

    Abraços,

    Marcela

    ResponderExcluir
  2. Marcela, o bate a cabeça é uma tradição dentro do ritual da Umbanda. Nós louvamos nossos pais de cabeça quando cantamos o ponto para eles no final do ritual. FMG

    ResponderExcluir
  3. Acho que não fui clara. Não digo o ritual do bate a cabeça( qdo é cantado o ponto "bate a cabeça filho de umbanda.."). Mas sim, durante o ritual de abertura nós literalmente batemos a cabeça outras duas vezes ou mais vezes não me recordo agora , porém, na hora do nosso pai de cabeça não. Eu só gostaria de entender o significado...

    ResponderExcluir
  4. Patricia Sabadin3 de maio de 2009 18:59

    Eu bato a cabeça pro meu Pai de Cabeça...
    por que não bateria? afinal é ele quem me protege, me cuida, me guia...
    Se todos pensassem bem... acho que todos fariam isso, naturalmente... acho que pra isso ninguem precisa "mandar"...
    Saravá o Pai de Cabeça.

    ResponderExcluir
  5. Sr.Fernando,gostaria de saber mais sobre os trabalhos de cura.Acredito na Umbanda e sei de sua magnifica força,mas não sei como posso me beneficiar desses tratamentos,pois não tenho acesso ao terreiro nem tenho como ir a Curitiba.Minha irmã esta passando por problemas de saude e precisa de ajuda,mas não encontramos meios de fazer tais tratamentos.Existe algum tratamento que podemos fazer em casa(banhos,chas etc.)Não quero ser inconveniente,realmente busco ajuda uma orientação um caminho a seguir.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Patricia, a questão não é mandar... Foi só uma pergunta! Acho realmente, natural bater a cabeça pro Pia de cabeça, por isso a minha pergunta...

    ResponderExcluir
  7. Patricia Sabadin3 de maio de 2009 19:51

    Pai Fernando, com relação ao que a Marcela postou, gostaria de fazer um parênteses, caso o Sr. me permita.

    Quando entramos na gira pela primeira vez, alguem nos diz que devemos sempre bater a cabeça para as entidades do Pai de Santo, pra entidade X e Y... mas dificilmente alguem diz o porquê.
    Imagino que deve ter alguem que faça isso por "fazer parte do ritual", sem saber que o fazemos por respeito às entidades dirigentes.
    E não só para os dirigente podemos fazer isso... podemos bater a cabeça tbem para aquelas entidades pelas quais temos devoção, carinho, respeito. E nessa lista, entram tbem as entidade que cuidam da nossa coroa, que nos guiam e nos protegem sempre, porque pra essas sim, devemos todo o nosso respeito.

    ResponderExcluir
  8. Alexandra, mande-me o nome, idade e endereço de sua irmã além de, se possivel, falar sobre o problema e vamos tentar ajuda-la com vibrações daqui. Mande por e-mail "fernandoguima@terra.com.br".

    ResponderExcluir
  9. Aproveitem bem o trabalho deste ano. Eu infelizmente não poderei ir, terei prova sábado pela manha :(
    Mas estarei buscando mentalizá-los para consegui sentir ao menos um pouco dessa eneria, dos caboclos, pretos, crianças. E principalmente desta corrente maravilhosa!
    Boa gira à todos!!

    ResponderExcluir
  10. Alexandra,
    A distancia nao é um problema para a espiritualidade. Isso posso te garantir, visto que sempre peço ajuda à distancia para mim e para outros que necessitam, e garanto que funciona. Tenha fé e vibre na mesma sintonia que você vera a cura da sua irma acontecer!
    Sarava!
    Aline

    ResponderExcluir
  11. ô inveja!
    trabalho de mata é o melhor trabalho. aquele campo de futebol, como uam clareira no meio da mata, o rio ali do lado, aquilo é forte. só de lembrar já me arrepio.

    pena que ainda estou distante demais pra poder ir.

    mas se tiver ano que vem eu vou! e recomendo a todos irem.
    filho de oxóssi que sou, fica meio suspieta minha opinião. mas pra mim é melhor que trabalho de mata!

    abraços a todos irmãos de corrente!

    ResponderExcluir
  12. eu sempre bato a cabeça para o meu pai de cabeça, durante o ponto do pai de cabeça, e antes qnd não tinha esse ponto, durante o bata a cabeça, eu mentalizava (ainda faço) td para quem eu batia a cabeça, e o 1° sempre foi meu pai de cabeça, e não só ele como td os guias q trabalham comigo, as entidades chefes(de tds as giras), as entidades q eu tenho devoção, e tds as q trabalham na casa...

    ResponderExcluir
  13. Estava tão triste pq não iria poder ir...mas como sempre td se ajeitou e amanhã estarei lá...

    Amo amo o trab de mata...

    ResponderExcluir
  14. Aline,valeu pela força,é maravilhoso poder contar com palavras de otimismo,quando passamos por qualquer tipo de problema,nos ajuda a manter a força e o equilibrio.
    Obrigado,um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Sem dúvida o trabalho de mata tem sempre uma energia maravilhosa!!
    E cada ano uma surpresa!!

    Lindas as fotos postadas!! Rsrsrs

    Um grande beijo para o senhor

    ResponderExcluir