Assine aqui para receber atualizações deste blog

terça-feira, 17 de março de 2009

CURA FISICA NA UMBANDA

Os trabalhos de cura dentro da Umbanda são frequentes, eficientes e insuperáveis. Tenho evidenciado isso no nosso terreiro, inclusive que são os índios, preto-velhos e boiadeiros os grandes mestres curadores. Muita gente enaltece a linha do Oriente como os responsáveis pelas curas. Umbanda não se discute, mas entendo que a linha dos orientais extrai as energias que são usadas pelos índios, preto-velhos e boiadeiros. O Caboclo Akuan conversando com alguém disse que os estrangeiros têm uma técnica avançada da cura espiritual, mas o que lhes falta são os índios brasileiros. O preto-velho e o boiadeiro ele não disse, mas está subentendido na sua explicação. A menção dessas entidades não tira também das demais linhas, desde crianças até os exus, a capacidade de extirparem uma doença grave dos encarnados.

11 comentários:

  1. Imagino que a ligação de cura com a linha do Oriente tenha a ver também com a "tradição" do trabalho que era realizado todas as quintas-feiras com essa linha, visto que esse trabalho foi realizado por alguns anos. A imagem que todos tinham de uma gira sem o som dos atabaques, com médicos trabalhando, usando aventais e instrumentos "cirúrgicos", com o consulente deitado na "maca", nos transmite a idéia de hospital, e automaticamente, a idéia de cura.
    Por conta dessa "tradição" creio que ainda demorará algum tempo até que todos se acostumem com as mudanças.
    Mas, logo todos verão que o que importa mesmo não é a linha que "fará a cura" e sim a FÉ que se tem pra conseguir a cura.
    Isso sim é que faz toda a diferença.

    ResponderExcluir
  2. Saravá meus caros...
    Bom, vou relatar o que aconteceu. A gira havia acabado. Todos os médiuns estavam sentados lancahando após uma gira pesada! Chega uma senhora amparada por um senhor.A dirigente explicou que a gira já havia encerrado e pediu que eles voltassem na próxima. E eles explicaram que haviam demorado duas horas e meia para chegar ao terreiro....A dirigente com um bom coração que tinha olhou...Olhou. Aquela senhora estava fazendo um tratamento de coluna há um mês com antibióticos e antiinflamatórios e nada resolvia. Chegando a casa amparada pelo esposo.Nossa dirigente pediu que levasse a senhora para a sala de cura e havia me chamado...Eu? Mas eu não trabalhava com cura!!! Mas fui.Tinha um médium que fazia a evangilização, a mãe pequena que incorporava um médico, a dirigente, um médium de passe e eu de psicofonia.Quando começaram os trabalhos todos fecharam os olhos e a senhora com muita, mas muita dificuldade virou de bruços na maca. QUANDO ELA VIROU FOI NÍTIDO O QUE VÍ....EM SUA COLUNA VERTEBRAL HAVIAM INSETOS AGARRADOS EM CADA NÓDULO. MAS ERAM INSETOS GIGANTESCOS CRAVANDO SEUS FERRÕES EM CASA PARTE DA COLUNA VERTEBRAL...Eu quando ví aquilo me assustei, pois não é sempre que vejo. Fiquei sem saber o que fazer. Olhava para as pessoas e todos estavam de olhos fechados. Tentei falar e pedir ajuda...Mas todos estavam concentrados...Até que num momento me dirigi calmamente a mãe pequena...Quando ia falar com ela, ela de pronto incorporou com o médico. Ela pegou minha mão e foi em direção a senhora que estava deitada...E eu sem saber o que fazer...E ao mesmo tempo tentando falar o que estava vendo.Não contive minha fala e falei em seu ouvido o que estava vendo...E o médico falou. Por isso que preciso da sua ajuda. Então com as nossas mãos juntas o médico falou. Eu vou abrir e vc vai tirar. Quando ele passou as mãos pela coluna da senhora tudo ficou mais vivo.O começo da retirada dos insetos foi muito difícil. Mesmo porque eu estava nervosa e os ferrões estava muito endurecidos...Foi necessário fazer os trabalhos por duas vêzes. Mas foi um trabalho magnífico! Quando todos os insetos foram retirados. Éu falei acabei...LOGO QUANDO O MÉDICO ERGUEU SUAS MÃOS SAIU UM RAIO DE LUZ VIOLETA COMO SE FOSSE UM LENÇOL COBRINDO AQUELA SENHORA...ISSO DUROU UNS 30 SEGUNDOS E LOGO TUDO ACABOU.A senhora saiu da sala e todos nós juntos. Voltamos a lanchar. Essa senhora recebeu da sala de cura uma garrafa de água fluidificada. Colocou ao seu lado. E entre uma conversa e outra ela esbarrou na garrafa e ela caiu no chão! E sabem o que aconteceu????????? A SENHOR RODOU SUA COLUNA E ABAIXOU PARA PEGAR NUMA VELOCIDADE INCRÍVEL! PARECIA UMA JOVEM!...SARAVÁ !!!

    * Pai Fernando, se não puder postar...Sem problemas.
    Abção.

    ResponderExcluir
  3. Luna, não sei porque não poderia postar esse interessante e valioso depoimento. Como disse, todos curam. Veja também em nosso site www.paimaneco.org.br a reportagem do Discovery sobre um trabalho também da coluna. Os resultados foram identicos. O objetivo do meu comentário é para desmistificar que as curas são feitas pela linha do oriente. FMG

    ResponderExcluir
  4. Hum... Num primeiro momento o que me ocorre é que a Linha do Oriente trabalha com a cura num nível mais mental - espiritual, agindo mais no corpo astral, e que por vezes apenas após a cura estar estabelecida nesses campos é que ela vai se manifestar no físico...
    Enquanto que os Pretos Velhos, Caboclos e Boiadeiros, agem mais diretamente no plano físico (mas é claro que tbém agem no astral), manipulando as energias telúricas e elementos magísticos da Umbanda, e por isso realizam as curas de maneira mais imediatista...
    Mas tendo a concordar com a Patrícia, de que a Fé ajuda muito (mas não acho que seja imprescindível), além, é claro, do próprio merecimento e condições cármicas do indivíduo a ser curado...

    ResponderExcluir
  5. Ana Carolina F. Dias19 de março de 2009 11:03

    Inicialmente, quero dizer que gostei muito do depoimento da Luciana (aliás, esta ponte com o RJ parece muito fértil).



    Quanto ao texto, sei que algumas pessoas têm sentido falta da chamada "linha de cura" com os médicos e o povo do Oriente na gira de quinta, mas considero importante que se saiba que o trabalho de cura espiritual é feito em todas as linhas.


    Um dia desses achei bonito porque estava trabalhando com o Caboclo Piraí e ele foi atender uma moça da corrente chorando muito. Ao perguntar a razão do choro ela respondeu que sentia saudades/falta da "linha de cura"... A resposta do Caboclo foi bem no sentido que o sr. colocou, Pai Fernando, ele olhou para ela e disse que "Cura se faz sempre, está sendo feita agora" (era o momento da vibração das sete linhas que eu particularmente acho muito especial e forte). Aos poucos ela foi se acalmando e espero que tenha entendido, porque acho que esta consciência serve a fortalecer o trabalho e permitir que a cura aconteça em qualquer linha.

    ResponderExcluir
  6. Olá Ana Carolina! Não sabia que a Gira de 5ª, do Pai Beco, não estava mais trabalhando principalmente com os médicos e Linha do Oriente na primeira parte... Agora está como as outras Giras, com Caboclos trabalhando na 1ª parte? Posso perguntar o por quê da mudança?

    ResponderExcluir
  7. A cura na umbanda é o alento de muitos. Principalmente para os pobres, materialmente falando.
    O caboclo Akuan curou minha amiga à distancia. Ela nunca pisou em Curitiba. Nem poderia, pois seu salario e o numero de bocas para alimentar nao permitiria.
    Foi um tratamento para tireoide,"on line", pois eu escrevia para Pai Fernando para coloca-lo a par do seu estado. Durou um ano e meio este tratamento.
    Devo ressaltar que seu estado era grave: tomava tres tipos de medicaçao fortissimas e carissimas, foi feito por duas vezes punçao por desconfiança de CA, seu pescoço tinha uma aparência horrivel, deformada!
    Quero aproveitar a oportunidade para dar a feliz noticia à pai Fernando, em primeira mao, online e para o mundo inteiro, que Elenita (a paciente de se Akuan, esteve no medico semana passada, e seus exames nao mostraram mais nenhuma alteraçao na tireoide e provavelmente, na ocasiao da proxima visita ao consultorio, devera ser suspensa a sua medicaçao.
    Imaginam uma alegria tao grande? uma jovem senhora que volta a viver?!!!!!
    Sarava a todos os caboclos!
    Sarava umbanda!
    Sarava Pai Fernando, por seu amor e doaçao!!!

    ResponderExcluir
  8. Gostaria de saber se é preciso estar no terreiro para conseguir uma cura, isso pq não há um terreiro na minha cidade e eu acredito muito que seria curado com a ajuda dessas pessoas incríveis e a espiritualidade.Obrigado!

    ResponderExcluir
  9. Douglas, o ideal é a presença fisica, mas pode ser feito à distância. Em nosso terreiro pedimos que a pessoa mande nome comple, idade, endereço e uma indicação do problema. Isso pode ser feito, se quiser, diretamente por e-mail, cujo endereçõ está no site www.paimaneco.org.br FMG

    ResponderExcluir
  10. Boa noite!

    Gostaria de saber se a síndrome do pânico, distúrbio neuro vegetativo, enfim, todas essas sensações emocionais (sudorese, formigamentos, aceleração cardíaca, etc) horríveis, são derivações espíritas e tem cura pela Umbanda?

    ResponderExcluir
  11. Mauricio, na realidade nem todos esses sintomas são derivados das energias espirituais. O que ocorre, em alguns casos, é que os espíritos que precisam de luz usam dessa baixa carga energética e interfira no campo psicológico, ai sim a Umbanda pode ajudar.
    Axé,
    Camila

    ResponderExcluir