Assine aqui para receber atualizações deste blog

quarta-feira, 4 de março de 2009

FRASES SOLTAS – NHÔ QUIM

O excepcional médium paranaense Hercilio Maes, que escreveu várias obras ditadas pelo espírito do Mestre Ramatis, também incorporava o caboclinho Nhô Quim, como ele Hercilio carinhosamente chamava. Durante uma consulta ele disse à consulente: “Recomendo que mecê tome chá de cola.” Diante do olhar intrigado da pessoa, completou marotamente: “assim mecê para de falar bobagem...”

Vou ser o primeiro a comentar: sempre digo que prefiro enfrentar uma falange de espiritos maus do que um fofoqueiro. É que os espiritos são previsiveis, completo. FMG

9 comentários:

  1. Pai Fernando:
    José Angelo Gaiarsa escreveu um livro chamado o Tratado Geral da Fofoca, e ali sabiamente ele discorre sobre o assunto falando que nós somos os maiores fofoqueiros sobre nossa própria vida. Que poder absurdo que nós temos de fazer fofoca sobre nossa própria vida ,não é mesmo?Eu posso falar por mim mesma.Já me arrependi algumas vezes de abrir minha boca...Vou adaptar uma história que ouvi certa vez: sabe essa marca que temos no lábio superior? É o sinal feito pelo nosso pai de cabeça pra nos lembrarmos que devemos falar menos do que sabemos. De qualquer forma, não custa tentar: alguém no terreiro incorpora o Nho Quim pra me dar a receita do chá de cola? Axé!

    ResponderExcluir
  2. Confesso que quando entrei ler hoje essa frase solta logo pensei... Nossa o que vou comentar???Sendo que em algum momento de nossas vidas abrimos a boca falando demais,seja por impulso do momento ou seja de caso pensado.
    Então lendo o recado da Andrea só me resta assinar em baixo...
    Saravá

    Monique

    ResponderExcluir
  3. Sabedoria com as palavras , a fofoca gera discordia , intriga e confusão se não sabe oq disser fique calado , nao invente historias nem futricas , seja leal aos amigos , porem policie seus pensamentos , e quem anda metido com mexerico , mexeriqueiro é .

    Eis aqui uma boa passagem .

    Pv 20:19 “O mexeriqueiro revela o segredo; portanto, não te metas com quem muito abre os lábios.

    Julio Cesar Vieira

    ResponderExcluir
  4. Eu gostaria mt desse chá de cola...
    Tenho o pessimo habito de falar demais, minha mãe sempre dizia, "vc nasceu com defeito, nasceu faltando o filtro entre a cabeça e a boca...', e é verdade, os pensamentos passam automatico, pensei, falei...e depois de dito é q percebo...falei de mais...e magoei...por isso é melhor escrever...

    mas como diz o ditado popular: melhor uma amarga verdade q mil lindas mentiras...
    Isamara

    ResponderExcluir
  5. Estive aprendendo recentemente sobre uma prática espiritual, que não cabe descrever de modo completo aqui...

    Mas, durante os dias de prática, deveríamos permanecer sem falar de outras pessoas, quando conversássemos com alguém...

    A dúvida era: quando não se fala de outras pessoas, fala-se do quê?! rsrs...

    E a resposta: de si mesmo; vc se abre e torna-se mais sincero, expondo-se de coração aberto...

    Obs: os livros de Hercílio Maes / Ramatis são muuuito bons e esclarecedores!

    ResponderExcluir
  6. Concordo, a fofoca já fez grandes estragos em minha vida, que me foram custosos a recuperar. Ultimamente me vi novamente numa rede de intrigas, que surgiu por causa de um problema familiar, novamente problemas pequenos foram tomando uma escala assombrosa. Graças a iluminação espiritual consegui verificar a origem do problema, estava na fofoca, pois ingeneuamente, ao confiar em pessoas que, achava eu, deveriam me dar apoio só me vi cercado novamente por aquela rede de maledicências e 'lero-lero'. Pois vejam que ao tomar consciência de estar pisando novamente 'em ovos', ao confiar segredos e me abrir espiritualmente a terceiros, o chão se consumia sob meus próprios pés. O que fiz para retomar a caminhada? Recorri ao amor, não ao amor de pessoas que gostaria que me amassem mas ao meu amor próprio, pelo meu ser e por Oxalá.
    Ogum veio em meu socorro e ajudou-me novamente a colocar meu coração num cofre, como o Sr. mesmo, meu amigo e pai de Santo já havia ensinado. Saí da rede de intrigas e fechei as sentidos aos faladores, assim mesmo, sem esitação. O resultado é que o chão sob meus pés se refez como que por milagre, os problemas que pareciam insoluveis tornaram-se uma gota de xixi em meio a um oceano de água pura e límpida. Tudo clareou agora e desta vez não esquecerei mais a lição, assim espero. Vale mesmo aquele velho ditado popular que nos acompanha desde os tempos do império romano "antes só do que mal acompanhado". As pessos se bastam a si próprias e só as fracas precisam se envolver com falsas amizades para não sentirem-se sós. A níos bastam nossos Orixás e aos nossos nos cabe dar o caminho.
    Obrigado pai, obrigado Nhô Quim. Minha boca está fechada para fofoca, mas meus ouvidos atentos para poder separar o joio do trigo mas meus dedos ávidos por compartilhar conhecimento. A fofoca deixo para os fofoqueiros e o julgo pelo que escrrevi aqui acima para Xangô. Mucuiu pai Fernado?

    ResponderExcluir
  7. Isamara:

    Acho que a formula do chá vc pode procurar nos estragos que a palavra mal colocada faz. FMG

    ResponderExcluir
  8. Dizem que Deus nos deu dois ouvidos e apenas uma boca para aprender a escutar mais que falar.... para que possamos filtrar o que é ouvido e falar apenas o que vale a pena..... depois que falamos não há como voltar atrás do que foi dito, por mais desculpas que a gente peça o estrago foi feito... a palavra tem muita força e devemos saber como usá-la... o chá de cola é uma ótima receita. hehehehehehe....

    ResponderExcluir
  9. Carlos Lima - Portugal6 de março de 2009 21:16

    As palavras. Cuidado com as palavras. Elas são o veículo de Deus no mundo físico. No início, era o Verbo...

    Muito AXÉ

    ResponderExcluir