Assine aqui para receber atualizações deste blog

terça-feira, 24 de março de 2009

JANTAR NA BAHIA COM O PAI MANECO


No site http://www.paimaneco.org.br/ na Minha Opinião de Fevereiro, mencionei o jantar mensal do Didi com o Pai Maneco, na Bahia, onde muita coisa boa tem acontecido. É uma opção alternativa da pratica da Umbanda. Acima na primeira foto os convidados aguardando o jantar que está sendo preparado, como se vê na 2a. foto.

11 comentários:

  1. Isso é fé...mt fé, estão tds esperando a chegada do ilustre convidado, q com certeza chegara, mas mts não perceberão esse momento, mas creem...
    É lindo...seria bom se mais pessoas tivessem essa fé, acreditarem na presença, na chegada, na proteção, ainda q não vejam ou sintam, ela esta lá...
    Saravá Pai Maneco.

    ResponderExcluir
  2. o que nos salva é a alegria, a fé... o que nos derruba são as dúvidas, pois somos todos guerreiros; melhor arriscar e as vezes até errar que ficar na apatia. o Pai Maneco está convidando, vamos fazer nossas refeições e nos alimentar do pão espiritual, não só na Bahia ou na terra do pinhão mas em todo o planeta. Aqui no Rio de Janeiro a ceia está servida. Saravá filhos de Umbanda e de Quimbanda, em toda parte vamos nos alimentar da fé que nutre nossas almas. Saravá!

    ResponderExcluir
  3. Ai....Foi lá na Aline??Que inveja!!!Pow, quando o senhor virá no jantar do Rio, pai Fernando?
    Aqui tbém a curimba é boa. Rsrsrss.
    Pow, sou filha de Yemanjá e Oxossi...Um tanto ciumenta heim, dona Aline ( amiga linda!)
    Vou aguardar o Jantar ou um lual com o Pai Maneco.
    Saravá.

    ResponderExcluir
  4. Luna, na verdade esse jantar foi um acerto do Didi e o Pai Maneco.

    Isamara, muito feliz o comentário quando vc diz
    " ...que com certeza chegara, mas muitos não perceberão esse momento, mas creem..."

    Ronald, estou mandando.
    FMG

    ResponderExcluir
  5. "Ele é Preto Velho, preto sim senhor

    Ele é Pai Maneco, meu filho, nêgo rezador

    Ele tem chicote, não pra revidar:

    Ele aponta uma estrela meu filho,

    No reino de Iemanjá!"

    ResponderExcluir
  6. quando o didi me contou sobre esse jantar que o Pai Maneco acertou com ele,
    no primeiro momento achei um pouco estranho pois sempre respeitei muito a força e a magia dos pretos velhos e
    depois de tantas entregas, oferendas e amalás, não conseguia entender como um "simples jantar" iria ajudar de alguma maneira na magia do querido Pai Maneco.

    eu estava apenas iniciando minha caminada na Umbanda.
    ja tinha algum tempo de trabalho no terreiro, mas não consegui compreender como isso seria possivel. e qual seria o motivo desse pedido.

    um jantar.
    pensei que era mais um dos delírios do didi...rsrs.
    mas como conheço ele a muitos anos, e sei de sua fé, resolvi acreditar e olhar de perto.
    estava enganado...

    o primeiro de tantos jantares que participei ja faz uns 5 ou 6 anos. minha fraca e seletiva memória apagou a data. pouco importa.
    uma linda noite de lua crescente. céu estrelado da Bahia. um calor que justifica a "moleza" baiana.

    esse jantar, somente eu e o didi participamos.
    não. foram chegando muitos amigos. cada em seu ponto. cantado por duas vozes de cheias de fé...

    Pai Maneco, Pai Akuan, Sr. 7Ponteiras do Mar, meu amigo Caboclo Tupinambá, Dona Maria Redonda, Vovó Maria, lindas crianças...
    nesse dia jantaram com a gente, caboclos, boiadeiros, marinheiros, ciganos. tantos baianos e baianas. Seu Zé, Seu Tranca Ruas e sua "falange azul"
    também meu Pai Fernando, minha Mãe Lucília, meu irmão Lolô...
    tenho certeza que naquele dia, cada um dos membros do terreiro do Pai Maneco compartilharam daquele singelo e delicioso jantar de Preto Velho.

    sempre me foi dito que a Umbanda funciona e só pode ser feita com eficiência com Pai de Santo, corrente e hierarquia.
    recebi o ensimamento correto.
    naquele momento eu compreendi que a força e a energia da Umbanda ultrapassa as paredes do nosso lindo Terreiro, que a corrente do Pai Akuan é muito maior que eu imaginava
    e que o meu Pai de Santo é uma pessoa muito especial.

    A Umbanda é paz e amor, é um mundo cheio de luz!

    obrigado Pai Maneco por mais esse ensinamento e por me receber em seu jantar. por me receber em seus braços.

    saravá a corrente do Seu Akuan
    saravá meu pai de santo!

    ResponderExcluir
  7. Gostaria de saber a sua opiniao sobre este video que foi divulgado na comunidade do Terreiro no orkut , sem duvida eh um assunto polemico mas sua sabedoria e humildade ira nos mostrar oq devemos pensar com sabedoria .

    http://video.google.com/videoplay?docid=223065834701294490&ei=OQrJSfL3BYeGqQLx8rSeDw&q=umbanda+espiritismo

    ResponderExcluir
  8. Desde que eu soube deste jantar algo mexeu dentro de mim. O conceito e a pratica da fé por algumas pessoas tem me sensibilizado muito ultimamente.Esse jantar estrapola a fé. O dicionario explica a fé como:"uma firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém." Alguém, em sã consciencia, vendo as fotos e lendo o comentário do Marcio Bellé pode dizer que o Pai Maneco não estava lá? Dá pra ouvir até ele rindo...Axé.

    ResponderExcluir
  9. Luna querida irma, Yemanja como eu,ate a alma! rsrsrs...
    Foi sobre este jantar que comentei com você sim! Maravilhoso!Nao tenho palavras para descrever a força destes encontros com o Pai Maneco, na beira do mar!
    Didi, meu querido irmao em Oxossi, mora ha duas horas da ilha onde moro, aqui na Bahia, e é ele quem organiza o jantar, com o aval do querido preto velho.
    Tudo começou, segundo o Didi, pela saudade que ele sentia do terreiro (tpm) e de um terreiro aqui pelas nossas bandas, que praticasse a umbanda.Sei bem o que isso significa. Nos sentiamos sozinhos, muito embora saibamos que nossas queridas entidades jamais nos abandonam. Precisavamos deste apoio do Pretinho, como sustentaculo nos momentos de "solidao"...na verdade, ouso falar no plural, mas tudo começou e continua, graças a força e a fé do meu amigo "menino maluquinho" Didi. Acontece que como filha saudosa do terreiro, abraçei esta historia com muito, muito amor!
    Sarava!

    ResponderExcluir
  10. Augusto:

    Eu publiquei teu texto só para poder responder. Continuo na mesma opinião que fiz do Divaldo no texto Divaldo pisou feio". Sabe que assistindo o video fiquei feliz, porque isso mostra que a Umbanda está crescendo e incomodando. A espiritualidade estgá cheia de pessoas de uma falácia incrivel.Eu não vi o nome do conferencista e não vou abrir o video só para isso. Eu poderia rebater várias assertivas cheia de erros e intenção de confundir, como "erro religioso", praticada pela religião dos escravos africanos, mentor espiritual não pode ser preto (???), cultura antiga com mais de 200 anos. E os kardecistas não estão aprisionados pelos ensinamentos de Kardec? Sabe Augusto, essas coisas me aborrecem. A semente implantada pelo Padre Quevedo brotou nos Divaldos da vida. Que pena que o Chico Xavier desencarnou. Se a discussão é em um Orkut do pessoal da Umbanda, parem de discutir isso que não vale a pena. FMG

    ResponderExcluir
  11. Queridos irmãos, o próximo jantar é dia 6 de abril, ás 20 hrs. aqui na beira da praia, em Maraú, venha de branco e traga uma vela.
    Saravá.

    ResponderExcluir